Transcrição

E aí [Música] o Olá terráqueos como é que você tá se o Rogério beleza começando mais um inteligência limitada o programa onde a limitação da Inteligência acontece somente por parte do apresentador que vos fala porque sempre as pessoas mais inteligentes mais interessantes e muito mais o que é uma vida mais agitada que a nossa né mandíbula Com certeza Apesar que ontem ontem foi agitado essa semana nosso pico de agitação bateu a dos convidados que vieram aqui É verdade ontem foi tenso essa semana até o final de semana não podemos mais falar isso é É verdade hoje vai ser mais calma meu anjo eu acho que hoje estamos aqui e o Paulo tá aqui mesmo em casa não dá de cima terminando uma live e ele já Desce aqui para falar com a gente mas antes falar com os dois eu gostaria que você pequeno mandíbula falasse com nossa audiência cara é para nós o apelido audiência participar do programa de hoje é só mandar super chat se vocês quiserem fazer perguntas comentário Olá eu sou jabazão os valores estão fixados no chat da Live Então é só dá uma olhadinha lá como participar com suas perguntas comentários ou já basta tem branco que não dá para ler tudo a gente nem as melhores seleciona e manda tá eu só para saber se tá você tá na boca você tá com presente do inútil do convidado da tarde você tá com ele na boca você falando assim é a pessoa as pessoas não sabem o que entendeu Mas ele deu um saco de pirulito eles atualmente empregado criança é o pirulito 7 Belo né cara O bom para caramba Mas ali pô é legal que você veio aqui já vi que você veio com cidade é o presente no tio é meu assim não é tão inútil assim mas como faz muito tempo que eu não jogo RPG tá lá em casa um livro O cara eu joguei muito RPG O que que tem dado com tem de 20 Dedé porque eu acho que é questão de estilo de design tipo de um jogo também né então que alguns sistemas de RPG que utilizavam dados de quatro lá dos outros de 20 lados é ocasional aquelas piadinha Infame né você tem dado tem dado em casa né a mandíbula já tava pensando em fazer essa piada e certeza cara que entrou alguém deu dado para a gente também é que foi o de Eusébio Jana atender a é e outra coisa ali é era do Qual o jogo que você gostava de jogar eu começo vou Fire não vou mexer com três dei-te que é brasileiro e tal da galera da dragão Brasil cara começou a jogar no Pokémon cara ela tipo virada dos anos 2000 e aí eu lembro que mora em Taubaté lembra os eventos de RPG que tinha aqui em São Paulo não não vieram antes tá ligado né Vou ligar para o RPG teria fica assim cara lembro e um amigo meu chegou no ano 2000 falou para ali tô caçando Pokémon e eu achei que tava brizando porque ela tá fumando muito ninguém quer celular na época e tal ele chegou me mostrou um monte de papel folha até eu entender que era aquele jogo começa a jogar atualizei te depois joguei gurps que é os cara de calculado já tem problema daqui um pouquinho aí assim grampos quebra galera de calculadora sentir é tipo aí o Caiu foi para o storytelling que é um Vampiro tampar ela vem vamos Fala galera pior vai fazer a live action né fazia fazia pô tem que lavar treta né sabia disso um dia buscar se vestir um e com os personagens é um fantasma ainda tem ainda tem encontrava no casarão é muito inchado é uma fazia uma Liberty um tipo Eles ensinando a parada uma vez eu sair lá vem as história dele não mas é verdade acho que meu irmão tava nesse dia a gente a uma praça e Tinha dois caras vestidos de gladiador se batendo com espada e Machado e é uma coisa que eu acho que eu lá e Vietnã ele evoluiu com lanche Amado Lar pedir não sei o que que é isso quer cara tipo é um live-action um mais com uma mais regras e algumas coisas um pouco mais elaboradas assim Cantão tem algumas encenações de combate alguma coisa nesse sentido ele de doidão também mas máscara hoje tem menos gente que joga aí pedindo que antes da caro bom hoje foi final dos anos 90 né É porque hoje assim você cresce e você vai ficar uma hora montando uma ficha sempre um lugar vai na cara eu achava muito chato outra ficha do personagem Oi bom dia jogar já é uma hora da manhã né cara e hoje em dia essa pega o celular montam uma baixo qualquer aplicativo começa a jogar E aí o jogo online com a galera boa The World of Warcraft essas porras todas aí tipo não RPG nunca joguei esses online é da hora mas é a última vez que eu joguei o hoje Warcraft foi muito tempo muito tempo eu lembro que eu comecei a jogar tipo ela Janeiro o ano passou não lembro mais nada daquele ano só lembro que eu terminei com saudade de você tenta tá ligado ele rouba sua vida assim totalmente você fica viciado aí eu parei de jogar essas coisas ainda outra coisa eu vi que você tem presentes úteis também tem só lembrando para vocês né medida que hoje é o dia Ao Combate o dia do combate ao racismo então claro que esse tema vai ser vai ser discutido aqui e eu chamei vocês porque o Paulo e o Alê têm visões diferentes sobre pontos mas apesar disso tem o podcast juntos não tem para o nó Harmony cast não é pode quer a gente começou aí a duas semanas lá nos grupos e cada um o pessoal do flor e eu e o Paulo a gente já discutia um bom tempo né gente se tem uma boa primeira vez não mora em show cara é mesmo Olha só foi 2019 era de Gaara ainda era de garganta Tô sentindo cheiro de pizza aí mano Vocês estão sentindo caramba pizza que é Tá bom quando quiser quem manda você deixa o Paulo chegar né bem lado né pra gente comer antes de transmissão Paulo a Dani seu pai já conversou aí é treta mas isso se conhecerem que eu não moro em show próximo a gente se conheceu no Twitter tá porque eu eu meio que aparecia no Twitter no final 2018 porque eu tava contando fazendo algumas pressa galera Algumas pessoas dizem que eu meio que criei as prévias narrativas que é uma torre de narrativa conta a história através daqueles fio um encadeamento de três últimos dias eu achava aquela coisa i***** eu falei para o Jaque mas eu conheci o dia é quando eu ir para o Brasil sério eu falei p**** manda eu achava que que tipo de perdedor escreve embaixo do próprio Twitter é melhor a Red Bull está conversando com ele mesmo né então eu tinha essa visão cara Então como chama Cred Ted o filme é um fio é Segue o fio na cidade coloca um tipo tem continua depois vou aí eles estão todos em cadeado Se você começar eu lembro que eu comecei porque já tem algumas pessoas fazendo isso naquela época e aumentar o engajamento assim meu é uns por conta do RPG um Twitter de RPG 15 mil seguidores ali aonde eu falei se eu usar essa parada para contar uma história aí eu contei história do genocídio do congo do Leopoldo e boa foi a primeira vez que eu fui de cinco mil a 40 mil seguidores assim tipo uma semana cara aí achou compartilhando para cara partilhando e eu comecei a dar entrevista e vi algumas editoras foi p**** daí sem transformar essas praias no livro mas isso vinha de uma pesquisa sua de um seu interesse antigo mas interesse vamos lá para trás então eu sou um Nerd Cara eu já fui um nerd daqueles cara que gosta de estudar porque sim porque gosta de ler você sabe que o louco pessoal só associar nerd com coisa e dói quadrinho mas eu acho que nerd é um cara que estuda não é um assunto não importa o assunto né Eu acho que não é aquele cara que é Curioso o suficiente para não se para não se bastar de pergunta e resposta simples é então coisa que eu tô dizendo que não é só é uma cópia não cara gosta de escorpião e Aranha o cara vai empurra o cara bitolado nesse gosta de vai atrás atrás atrás estuda não ela sabe porque quando eu jogava RPG não tinha internet não quer como você dá conta o efe na Wikipédia e recobre as coisas O que é tão essa então eu tipo ah vou montar uma aventura sobre o império romano tinha que ler enciclopédia garotada não sabe o que é isso mas você pegava aqueles livre fazer isso aí porta por toda cara então eu tinha esse hábito de pesquisar histórica E aí obviamente a medida que eu vou me entendendo conta uma pessoa Nega vou p**** preciso me identificar Nisso porque eu que acontece isso cara porque eu não tenho essa experiência claro né E apesar de eu ser de Periferia o Metalúrgico e ter amigos Pretos é diferente sentado a pele como que é isso que estudou em escola pública se da escola eu estudei em escola particular até a 5ª série porque minha mãe tipo ela trabalhava na escola para arrancar a minha a minha mistura no meu irmão também desconto Eu lembro que tipo era muito falta porque a gente pegava os livros em que os alunos utilizavam no ano chegava dezembro eu tinha que apagar todos os livros na borracha eu vou para outra pessoa usar é para eu usar tá ligado pegar você pegava um já usa pegava usado cara então tipo todo o desenho dele eu tava lá pagando na borrachas linha entre família por exemplo a minha irmã eu usava nos livros fazer é isso que eu sou eu estudava em colégio estadual né Mas lava também do os colégios particulares que ela já sabia que ligava lá já pegava do outro lado professores facilitavam e tal e não tinha muito preto na minha cara que a causa já não lembro porque eu estudei em escola particular até a quarta série é muito muito pequeno assim ganhar na quarta série entra com 7 8 9 anos é não sei eu só lembro que tipo eu tinha esse hábito mas a minha família é miscigenado né Bora ver que tipo mais pegar mais claro então tem todo tipo de pessoa lá branco tem tua mãe a minha mãe ela é o tipo Branco brasileiro assim também seja nada vem de uma origem que a mãe dela ela a mãe da minha avó ainda viva com 90 anos ela tem ascendência indígena ela vem de panela é minha avó indígena e aí já a família do meu pai tem uma tendência mais Negra e tal mas eu não conheci meu avô eu acho que ele abandonou minha avó e tal e deixa tudo para lá então minha família bastante me tinha nada e quando você é Você vende Periferia sabe quando você é pobre não preferia parece que o racismo tá meio que nublado aqui todo mundo é pobre todo mundo está se f****** igual a você uma cidade que ela que a cidade chamada Cruzeiro 90 mil habitantes 89 mil habitantes deve ser pobre é a final é de São Paulo Minas Gerais cara vaso lá de Cachoeira Paulista para nascimento da pele Aparecida É verdade Aparecida Aparecida do Norte é que chama de Aparecida do Norte mas é aparecido aqui na base uma parecida é muito ruim a TAM aquela aquela região tipo é devido a comida nas com rio é verdade é verdade um triângulo até a região então assim 89 mil pessoas daquela cidade é um pobre dentro daquela a realidade ninguém discutiu o racismo porque tá todo mundo correndo atrás das de emprego sim chegar então racismo existia aquelas piadinhas nos estereótipos só que não era discutido meu pai não chegar do trocar ideia comigo de filho você é preto e por isso o mundo vai ser assim com você e tal o que acontecia a de alguns professores fazerem comentários assisto tipo ao seu cabelo tem que ser raspado ou preso por quê Porque cabelo de preto eu tinha que ser raspado preso porque não podia deixar crescer Tinha que avisar porque preto é de Nego Ela bagunçado assim ele não gostava até Garden bom então além desse estereótipo forjadas né é piadas aquelas piadas que na década de 90 você vai lembrar que ela muito comum galera falar t**************** cara você é que a tipo ao t**************** não vai muito letra ajeitando as coisas é feita nas coxas tinha esses estereótipos Mas a gente não sentia muito ou não se discutir a muito porque ela também é segunda é dia de branco é pertinho que tinha que ter muita muitas muitas eróticos assim cara eu fui perceber mesmo que fazia muita diferença Quando entrei na universidade cara porque eu entrei na velocidade particular né estudei por cotas mas é universidade particular em outra cidade e lá quando ouvi pessoas que não eram da minha da mesma condição social aí você começa a perceber que tem que eles te tratam diferente tá ligado que eles vão de trocar aquele que eles reconhecem que eles reconhecem você como sendo uma pessoa diferente eu acho que o racismo está muito ligado à até mais e também entregar tipo brancos pobres e eles estão lá com vendo junto mas a galera Branca rica rica mesmo assim Carol eles estão nos Espaços masterizadas né espaço onde senta e Mega Shopping restaurante onde só tem as pessoas brancas ali então talvez eles eles eles percebem qualquer variação de cor já entendem que você é diferente isso que olha e fala pro outro para você não é comum esse cara tá com esse computador não é como esse carro tá com esse carro não é como escala tá do nosso lado aqui tá ligado Então acho que eu fui começar a perceber muito o que fazia muita diferença e isso na faculdade e no esporte porque curiosamente no esporte por conta de um racismo científico nego era valorizado Então é porque a galera que estava aqui negros eram é melhores para o esporte forças e me senti fico não é provado de nenhuma maneira cara é mesmo é não é provado não velocidade não tem não tem nenhuma prova científica disso é isso Caiu só que aí eu naquela época Trono corra né no no filme ligado eu tô ligado e aquela pelo correio eu fui velocista cara eu fazia seguimento normal as 200 mais Raso EA galera tipo gostava de mim cara achava que falava que eu tinha talento Nato no basquete lembra tem um filme chamado brancos não sabem enterrar É isso aí então é é que tu tá fazendo no científico cara não existe prova de que a gente é tem biologicamente mais diferença ali no de esportes Mas acontece que po tá lá como o velocista a gente me ligava na história dos velocistas da Michael Johnson toda galera assim que corria para caramba e é Claudinei Quirino Vicente Lenilson aqui na na Copa do Brasil aí você começa a se envolver na cultura Negra mesmo rap hip hop começa assim entender como parte daquela coisa quando eu entrei na universidade e eu vi que realmente as pessoas me tratavam diferente assim sabe é parece quem não sabe então desprezo é um silêncio no sentido de você reconhecer delas reconhecerem que você é diferente daquele lugar obrigado eu acho que eu fui uma das primeiras turmas de cotas entrar naquela Universidade Então me sentia bastante descolado mesmo eu tinha uns três quatro negros lá na minha sala então as pessoas as discussões pareciam que que a gente realmente não estava é totalmente integrado ali ou que não era muito comum que a gente existisse naquela Universidade Hoje é mais comum as pessoas já já se acostumou com a presença e tal mas aquela época não era tão comum assim cara até porque na estatística naquela que eu entrei quando eu entrei na universidade 97 por cento dos Universitários eram autodeclarados brancos cara para um país que vão lentes aí vai dar certo cara vão país que diz que somos todos iguais Isso é uma vergonha absurda assim sabe então quando hoje eu acho que algumas verdade é pública já tem 50 por cento aprender ele já são maioria de alguns cursos então está caminhando para uma igualdade mas naquela época ela era muito diferente então lá comecei a sacar que existia e ainda mais porque eu fui fazer publicidade Sou formada em publicidade EA publicidade até hoje eu fiz o Lorena até até hoje a publicidade tem vários problemas não é tipo publicidade até hoje tem problemas de usar estereótipos de algumas agências sempre tem polêmicas com profissionais que trabalham nessas agências é você lembra que vazou aquele o vídeo do pai do Maynard falando eu não coloco preto na propaganda cada Esse vídeo é aterrador na década de 90 falando porque que deve estar no vapor que nem o preto gosta do preto mesmo agradecer um lixo vazou ele falava entrevista de serviço aberta Vista aberta e que é o pensamento que a publicidade tinha cara e então a publicidade é um espaço ainda muito problemático para negros que trabalham dentro dessa área teve ela sente que mu E desde desde a sua infância para cá ou não cara não só a publicidade mais a série A da cremoso não principalmente no atendimento tem mudado bastante não é por que que eu década de 90 as únicas figuras que tinham lá na televisão ela lista ela era o Cirilo do Carrossel vocês são assim mas eu lembro de novela no mentirá motorista era pregador do México é então bom dia daquela época não assiste a novela né tipo chamou de velho não não é que eu tô ligado porque ela criança meus pais não deixam de verdade foi bom realmente era isso é difícil ter problema protagonista mesmo ela é bem me lembro quem foi o primeiro que o lado vamos ver mais recente muito bom certeza deve ter alguém um pouco antes mas eu não lembro de herói não tinha que ela chama o primeiro herói que eu pro curte assim eu falei caramba eu quero ser igual ele é o Spawn É mesmo né mas só quadrinho quadro ele mais mas na época eu acho que vazava quem que pegava VHS e clonado VHS e compartilh o mundo então estou falando sobre os personagens complicar a usa esse pau que eu nem sabia que eu tava me ligando no Spawn por questão racial lá Não não eu acho que tipo de conscientemente eu olhava para ir para o posto alguma coisa que eu sei que que tem a ver comigo até porque o Spawn não discutir o padre não é um momento momento não discutir a Negritude do aos irmãos né então mas aí ele era uma figura Negra ou é forte poderosa e tal e outras figuras que comecei a surgir na época comecei a me conectar a galera do rap que vinha naqueles DVDs Black 2 mil que você tiraste a vaca Então eu levo meus filhos meus primos chegava com aquele DVD Piratão eu colocava latinha fique senti-la com um carro bancando todo mundo e tal com essa imagem poderosa f*** eu lembro que eu chegava na escola EA molecada já você é tipo fácil ser ia gostar se eu calado eu só fico centimanos o nele só a chegado começava a curtir por conta dessas figuras e comecei a me conectar bastan e por conta disso e aí assim foi um caminho de estudar um caminho de me descobrir e nessa minha descoberta eu fui estudando e lendo por conta do meu lado Nerd Porque eu gostava muito de cavaleiros da távola redonda todo nerd gostava de ler aventuras medievais né cara tô que eu sou fã de toco eu adoro que estou quem faz e a momento você fala manda isso porque tu não tem um personagem negro que eu posso tá aqui também e o RPG era bom foi que eu poderia escrever por cima já maneira que eu quisesse cara inclusive negros mas algum momento você começa a buscar o que você gosta que parece com você e aí começa aparecer John steward na Liga da Justiça que tinha no SBT começa aparecer Super Choque aí você começa a gostar e começa a se conectar cada vez mais com essas histórias hoje a gente tem eu acho que vem muito mais do dos Estados Unidos por conta dos streamings um uma pulverização de imagens de heróis e de não o vídeo filmes totais assim de Meira Mendes superastros negros que tiver lá furar a bolha né lá bolha e eles como eles eles mesmos produziram os filmes eles fazem o que eles queriam exatamente Will Smith não existiria Pantera Negra Se não tivesse Will Smith porque o Will Smith na década de 90 ele trabalhou para para humanizar e para assumir a posição de negros na ficção científica mas não teve aquele te esperando é com Smith como chamavam concordo Hancock mas não em quando foi 2006 Olha eu acho que era mais antigo não mas é o Smith antes ele ainda tinha feito Inteligência Artificial que é uma obra do da mãe do Isaac asimov não não ele fez o eu roubou roubou roubou ele foi seu roubou ele fez o Independence Day verdade ele foi daquele sou eu o primeiro sucessão dele não foi foi o primeiro sério mesmo que a gente conheceu pro outro ele fez também aquele filme horrível é filho dele a dois a terra Pensei que você ia falar ou do velho a desbotar o que aquele era o Largo é a música legal simplezinha sem colocar essa da tarde era para descer o Nildo matrícula tô ligado que ele recusou por causa desse filme Wally West Caramba aí ele ouve as músicas vê se vai ser sucesso Matrix vai ser a eu fui bonzinho assim cara mais altamente Matrix é bem legal cara mas ele fala que se ele escolhesse Matrix ou o morpheus não ia ser quem ele quem foi entendeu por um colocar dois nesse enfim né então ele vai fazer a sentido morpheus aquele morfeu mas eu comecei a falar alguma coisa e tá ligado que tipo ele brigou com essas nega pelo aquele papel naquele filme que ele era um dos zumbis o último homem lá cara ao É pô tá ligado eu sou além de Eu Sou a Lenda eu sou a fazer pois faz nega ele tem documentários eu realmente vejo que ia fazer aquele que ele chegou pessoas nega falou por mim igual a seguinte cara você já é Governador você não vai ter tempo de gravada esse papel aí para mim aí ele conseguiu convencer o Schwarzenegger é dar o papel para ele ele assumiu a sua lenda então esses casos como Smith é é como vários outros atores estadunidense ali naquela época estava brigando para tipo de negros na cultura pop cara estavam lá fazendo isso acontecer então também não tinha posso tá falando besteira mas não tinha boneco né é boneco amanhã para menina ou fique ela tem um filho né agora não lembro cara eu não lembro também suquinha sei lá tentando lembrar cara Acho que não tinha mesmo não cara naquela época não tinha aí sei que tipo o que é f*** aqui esses caras eles o cara fez o Cleide também é o p**** e quando esses maluco tudo Carla Blade procura aí para gente por favor inclusive vai chegar ou não Wesley é cara ele veio antes então essa galera tava tipo a Bonito Blade vai vir um novo aí a gente tava linda cara borra Esse filme foi forró da caravana para caramba mano do c****** Então essas galera eu tava capinando lá o espaço para que o sucesso como Pantera Negra chegar assim hoje cara tá eu tava lá para o ideia tanto das histórias de ficção curtindo estudando e aí você pensava tipo eu vou produzir também ou você só imaginava com como consumidor eu pensava que tipo falar de história falar de fotografia na internet em livros não foi planejado por mim cara foi e inclusive umas peças racista da do Brasil cara como assim porque na no Brasil algumas pessoas negras jogam relevância na internet se tiver falando de racismo é mesmo é em 2013 eu tentei o Brasil numa antologia mundial de ficção científica nessa época eu falei caramba cara a legião da vão se abrir para mim vai ser vai ser da hora eu vou ter espaço vou criar uma carreira e aconteceu por nenhuma dica e desiste de ser escritora naquela época porque não tava dando dinheiro e a grana desapareceu cara é muito difícil viver de livro né Mas e aí mas eu consegui hoje depois é depois de começar a falar de racismo na Internet Deixa eu ver seus livros agora isso aqui é o rasto gente tem esse meu livro Uma História esse livro aqui essa história é das praias que eu criava no Twitter depois que as pernas começaram a bombar e tal começar a ganhar audiência o as editoras chegaram e quiseram comprar os direitos para a gente transformar Isso numa narrativa no livro mesmo tá ligado E aí eu fechei com a Panda boot assim eu amo o trabalho deles Eles colocaram o coração deles aí nessa obra foi um trabalho muito árduo para mim porque não sou Historiador formação e a gente tem que fazer a fotografia absurdo aí para para entregar Olha o Paulo chegando aí cara tava falando mal de você que falou para você para caramba cara aquela história lá do sabe do negócio lá do lado aqui que bom se inscreva colocou no Twitter não entendi nada é porque o Paulo fala do Rebouças lá no podcast a cada 5 minutos já Rebouças boa é boa já começou já começou a falar um negócio tá ligado ligou o bolo de verdade boa boa noite boa noite Vilela publicá-lo e o rapaz deu certo lá deu certo Deu certo deu uma aula muito bacana lá obrigado viu que a gente falou que você não ia vim falar ele tá indo ai ai que bom que deu certo que bom que deu certo para todo mundo tá assistindo carinha cama onde o que eu falo a sua ali é aquela a em pó obrigado por vocês terem esperado aqui em ótima companhia com meu mano Alessandro e Vilela tamo junto vou só terminar com ele aqui então os livros aí é bom para mim isso aqui é melhor comer na mão e no prato com talheres prefere como no guardanapo guarda mal né guardanapo tem aqui agradecer a pizza aqui ó Max de bom olha aqui que mandou a pizza para gente que a parceira da gente é trás o patins também só para colocar é para ir para lá em cima para não ficar na mesa por favor e Tac vão pegando aí Paulo beleza tranquilo e depois a gente vai para um debate sangrante sobre o cara louco é que cara eu a gente vai enfiar o seu inglês é manda manda e o toque tu me fala que eu vou aqui ó Cruzeiro é muito vai Cruzeiro Cara já tô sabendo não sabe separar que o medo que eu passei ontem eu tava só aqui velho eu olhava para o Mogi Mirim fora o cara os cara saindo na porrada aquilo que eu vou fazer a sequência de assustar não não não era só eles tinha três caras aqui mais três os caras eram grande velho cabeça era eu e você que eu tô cê escreve cara aqui eu ia proteger os equipamentos Aí você ia ver o que rosqueando ao microfone tirando as câmeras briga aí mas aqui a gente vai sair na porrada da mãe daqui a pouco então a gente vai falar sobre racismo depois e se ele também eu tirava sem levei das paredes e ele vai ele não é tradição e ele foi finalista do jabuti no ano passado lhe pergunto legal aqui capricho na editorial como trampo com isso velho eu vi ficar colorido velho tu é intro muito legal olha esse livro ele já tá hoje em todas as escolas estaduais São Paulo é eu comprar o bolo amanhã você falou que você não é Historiador tenho preconceito por você não sei Historiador falar sobre isso ou não ah eu acho que eu acho que não preciso não apesar assim eu eu conto histórias com viés no entendimento a forma do que eu escrevo você já tá seja ou seja para TV seja para qualquer lugar eu escrevo um buscando as emoções ligado à meu interesse não é que a galera acha que esse livro vai te dar todas as respostas mas vai te dar as portas para você buscar essas aguçar a curiosidade de uma martelo metálico eu acho importante dizer que tem um detalhe aí porque assim as pessoas não pega no pé dele porque Claro ele não ele não diz nada que fere suscetibilidades porque assim todo mundo que escreve livro e se mete a Historiador da escreve ó pega o caso mais emblemático é o narloch total eu entrei no leitor EA dor série e a galera galera caibaté Nossa então não importa o que ele pesquisou se ele pesquisou se não estou nem aí porque porque caro fere aquilo que as pessoas estão acostumados a dizer e pensar então é claro que muita gente falou isso para mim também já falar isso para mim escutar mas por que que está falando isso você não é Historiador então aí eles querem que você seja a chance lado não você não pode falar sobre isso porque você vai historiador Oi gente no Gomes Por que que não atormentam ele porque ele vai mais ou menos ali no sapatinho porque se ele sai meio fora já era acho que eu fui por esse lá também porque não fui ainda são de cabelo cresça não foi não era essa não é tipo chocar o entrar no Mas nós vamos poder político e tal é tipo falar o básico para quem não entendi nada até agora vitória né é esse é um livro que tipo tanto por lembro eu tenho uma tia que sentou na minha casa em uma hora tem um livro que qualquer pessoa que que possa ler assim vou ver se na semana essa imagem aqui é muito emblemática quero te ouvir muito ela o que ela significa que era uma coisa comum que que era ai castigo e castigos dos castigos que existiam na época assim são só números e números castigos Absurdos que existiam na época da escravidão no Brasil cara tem aquele outro de troca de nome daquele que juntava perna assim o braço ele não dá que ele escreve sozinho gravar aquilo ficava preso aqui embaixo é nesses Roberto perna com é uma vareta sinal entre a perna e o braço e esse ele vai abrir portas para mim porque depois que ele acaba se tornando não até um sucesso editorial que ele foi finalista do jabuti muitas pessoas começam a perceber a minha habilidade de contar histórias tá ligado e é dali que eu tenho essa oportunidade fala olha Beleza entendeu que eu conto Stories mas não é muito tensão ficar falando de racismo com a galera tá ligado que eu sou o caso da ficção da fantasia eu sou o cara que gosta dele outro e aí vem que esse aqui é a primeira vez que está sendo apresentado esse livro ainda tá chegando a justiça seja feita em O Ali escreve bem pra caramba né o cara é assim eu gosto de literatura sou um cara chato para caramba aí e eu reconheço no Ale um cara preocupado com isso também eu sou muito ocupada escreve bem procure escrever direitinho tal não fica entendeu referência de fixar cara é assim eu queria ser cinco porcento queremos funciona foi tá ligado já é Ariano Suassuna o génio da escrita assim mas eu também óleo para remixar e que dos maiores escritores não tem como não olhar para Shakespeare também Spike ler Adoniran Barbosa eu não consigo só olhar para os carros com ele não ainda cara não é isso aí você tem por Caramba então ele capa maravilhosa do Rafael Albuquerque valor do carro Albuquerque Douglas Lopes dois parceiros O Douglas foi colorir está Rafael fez a ilustração e esse último ancestral aí tá chegando é a Vitória a história dele é de um distrito chamado nagast num futuro distópico onde uma raça de seres tecnológicos impediram a religião EA fé das pessoas empurraram as pessoas pretas para uma favela e aí as pessoas nessa favela não tem nenhuma nenhuma preço por religião só um tipo vive numa região atualmente destruída e ondas dos garotos que tá lá que é um ladrão de carro descobre que ele tem um espírito de uma o poderoso que pode reconectar todo mundo e acabar com a segregação do distrito criado então é uma ficção científica futurista que bebe essa estética do Pantera Negra e tal e assim muito servida voltas no circuito bacanas rica eu quero eu consigo universo desse desse livro aí tem tem mapa já começo da himiko é tem mais apertar vou ela adora o livro com maior cara que realmente a pegada é essa cara teve um trabalho de pensão universo fica águia ou não mais para frente não passei já tem O Verso do Inverso inteiro criado a Lica e eu não me junto com entendeu é a malandro estou eu tô sabendo agora que é fique à vontade aí hora que eu pego eu não tenho capacidade Mas eu conheço quem tem pega que eu falo para o Paulo e o Paulo a gente devia ter publicado o livro dele assim então vocês vão ser depois delicado depois assim tá os livros dele e há muito tempo que falando para ele cara te falei fica tudo Ia amar a Pois é cara eu vou pegar a língua começa que eu demorei muito para entender o que que eu queria escrever entendeu demorou muito assim então e o assunto que eu decidi falar sobre é um tema já pisado e repisado batido é rebatido então então encontrar um é aqui que eu vou demorou muito tempo então eu tô eu tô bastante atrasado com isso é mas vai sair vai sair aqui agora agora você não vai estar ficção Não Não Não Ah não eu não tenho capacidade de que realmente minha praia mas duas também é não eu amo eu não tava mais eu não tenho essa habilidade tudo de estoque viu eu curto para caramba para ela também cara eu queria ter mas eu não tenho não admiro muito feliz tem essa questão de experimentar eu acho que o que torna alguém escritor ou é começar uma linha e continuar para ver no que vai dar um funil Guima fala assim né que você tem que terminar as paradas ativar o cara fica enrolando enrolando e nunca escreve se escreve mesmo pra ruim é escreve termina e guarda depois escreve outros bater que acabou aí você nunca escreve não escreve eu demorei muito tempo também me julgando E aí eu comecei a ser terminar as obras meu primeiro livro Nunca publiquei ou ruim ficou mas eu vou escrever sei lá dez anos atrás tá lá guardado aqui finalizada a uma satisfação muito grande lá mas até terminar essa bosta cara é uma tem uma frase que é assim dá uma linda e o Carol e quando você termina mas o processo é horrível claro que sangrar cabeça velho tem umas horas se focar aqui que eu vou fazer não é as últimas seis páginas última ancestral cara eu demorei 36 horas para revisar mano porque porque então eu sou muito crítico com meu texto mano eu tipo passei mal cara vomitei dor de cabeça só pegar o lance emocional emocional calma aí que os personagens é não vive e do tipo de se cobrar também mano porque a última faz escrever ficção uma grande dor era tudo que eu queria formar gathercole Olha só eu e meu parceiro eu estou na se trata entendeu então qualquer lance você cobra para caramba cara se cobra demais não entendo isso mas é tem uma frase interromper que vocês querem beber refrigerante agora veja alcoólicos que eu não bebo álcool é ele não leva óculos não ele vai começar a dançar break né e eu que não usaria e você eu quero ver na água Tô de boa porque a hora que você tiver um filho normal 100 que não quero engordar também cara pizza não quer e por favor também uma mais mais garfo e faca tenta na água porque quando começar a porrada Cara eu tenho livros lá embora leve apagando vou terminar então a sua linha temporal aí você publica primeiro esse livro então né A partir dessa dessa sua é essa experiência no Twitter e aí os cara Te chamam para você já tive daqui engatilhado você gozar não não não tinha eu depois que eu publiquei esse livro eu comecei a escrever alguns veículos escrevendo da intersept escrever na vai se inscrever na Superinteressante E aí no meio nesse meio termo enquanto eu tava escrevendo suas histórias sempre que eu escrevi há uma narrativa alguém parecer assim olha Professor Paulo Cruz responde esse cara aqui galera sumô nova treta no Twitter de graça a pá e parecia nas no Twitter olha Paulo Cruz O que que você tem a dizer sobre essa história e fazer a mesma coisa com comida atrás dele mano não escrever alguma coisa olha que é de 30 né tal adora treta mano então foi quando a a gente recebeu convite do Morning show' para a parte de falar mal sabia pois eu tô isso Morning Show que a gente já tocava ideia no Zap quem que não está na água desses com se conheceram foi para o Twitter mesmo do Ita mas mais bater com ideias contrárias 10 horas curtindo Na boa não tem Obrigado acabou que eu vi aqui por exemplo o Paulo ele fala muito sobre a sobre os personagens históricos da dessa época da transição para república só para os mais importantes que realmente são as vezes desprezadas debate público tá ligado Então eu via eu ver o Paulo os falando sobre esses caras de uma maneira interessante eu falo para caramba Olha aí não é tipo não é um cara i***** da direita lá e não é um carro tá falando conversa de colocar é então não é o carro e então tipo respeitei a forma que ele contava suas histórias porque eu também gosto delas Eles não tão no meu livro mas são personagem que eu entendi aqui eles eram importante Bidu Palmares André Rebouças Rebouças mesmo que a gente coloca velocidade Patrocínio Luiz Gama Luiz Gama o Tobias Barreto só tem um monte de gente boa é monte de gente importante o André Rebouças ele foi o engenheiro ele o seu irmão foram os dois primeiros Engenheiros negros do Brasil Abolição talvez não aconteceria sem eles melhor não é assim o Nabuco falo Joaquim Nabuco fala que o Rebouças foi o maior dos abolicionista Apesar dele ser uma figura de bastidor porque ele não era ele era um homem é filme dura ele não é um sujeito como o José do Patrocínio que era o Fulano um exclusivo o Rebouças era contido É mas ele era a genial é um homem genial assim então ele arquitetou todo o projeto não só da Abolição mas também do pós-abolição do que fazer depois né O que fazer para resolver o problema dos escravizados por exemplo então ele fez isso e mais um monte de coisa e o seu pai que um homem que veio vai para filho de escravos e que ou escravos a mãe dele acho que era mais caro folheada E o seu pai era um português sou descendente de português mas pobre para caramba da Bahia e Ele Decide Ele arrumou um emprego no cartório e Ele Decide estudar lei jurisprudência e tal e aí ele consegue uma licença pra disse advogado começa advogar se torna o advogado importante vai para Política na Bahia depois vai para o Rio de Janeiro lá ele se notar Oi amor como é deputado e tal e chega a um posto que era de Conselheiro do Imperador Dom Pedro Segundo não é muito amigo de José Bonifácio é muito amigo do Nabuco de Araújo o pai do Joaquim Nabuco então o André Rebouças era filho dele aí e o André e o Antônio ou estudou engenharia depois vão para fora tal volta para cá tem um monte de coisa interessante que eles fazem aqui o Cruzeiro Avenida Rebouças aqui de São Paulo é em homenagem a ele e no rio tem Túnel Rebouças lá no Sul onde o Antônio fez teve uma atividade bastante grande assim aquela estrada de ferro que é histórica lá de Curitiba a Paranaguá seis aí foi o Antônio Pereira Rebouças que projetou Aquilo não é um feito de engenharia assim é impressionante para a época e ainda hoje é impressionante pela engenhosidade c* os homens importantíssimos da história brasileira não é pega o Doutor Juliano Moreira foi o médio e criar antes de mais importante demais o que é um cara que combatia os eugenistas na Seara dos caras nas esferas mais a sexta do Brasil ele combate a cara entendeu então você pega o caras como o Teodoro Sampaio também tem uma rua e famosa aqui em São Paulo era um homem negro o engenheiro negro que fez muita coisa aqui em São Paulo tal e essas figuras não são ninguém fala Machado de Assis ou não mas também aqui que eu achava ele é mais conhecido tal mas e essa questão do Machado negro ou não lembro tanto que eu sou sempre aconteceu né ainda rola porque é mas rola mais eu acho que ele é já tá um pouco apaziguado já era cria ué mas é mas é uma discussão que sempre aconteceu na época já acontecia não é porque o machado morre e aí o nabo que se vê numa discussão com o Léo é isso mas era um outro literatura da época que ele escreve um perfil do Machado de Assis e chama o Machado de Assis vamo lá vamo lá e aí o na boca falar o além de um mulato eu não olhar eu usei essa palavra mulato na época era ofensivo ou não é assim é complicado dizer até que ponto isso era ofensiva O que acontece no Brasil é que a galera tem dia dá uma graduação para pessoas negras miscigenado e esse é o porquê que a galera diz que isso é um ponto de racismo Por que não existe graduação para branco miscigenado que eu não tenho o sardinha não tem não tem o vermelhinho camarão tá ligado mas para nego chegar até 200 gradações de negros então é mulato Caboclo cabo te amo muita muita emula tive que muitas coisas assim cara e então na época era comum cara era comum a galera se identifica em alguns negros preferiam se identificar as Inca então é um pensamento muito complicado de dizer para mulatas do sargentelli é então hoje a galera entende muito recentemente entende que é melhor chamar tudo de negro do que criar uma hierarquia das cores aqui no país até porque a senhora que eu só acontece com a miscigenação Negra não acontece com a miscigenação branca lá forte isso também nos Estados Unidos Por exemplo ou não eu acho que ela ficou mais comum por conta da uma gota né lá tem uma regra que é uma gota de sangue nego já torna você negro até você tiver essa sua família uma descendência eu acho que tem um caso que a Paris Hilton foi assista com o Vin Diesel né porque ele diz que ele tava num bar com ela e aí quando ela olhou para ele ver o que ele tinha uma ascendência negra não gostou até que anda mais sozinho desde a outra palavra de borra uma uma, um sangue um por cento sangue negro a galera já cancelar você negro aqui no Brasil é porque aqui no Brasil há como que uma população muito grande eles tendiam a criança EA realização assim racial e foi mesmo realmente a maior a maior população escrava que teve no mundo foi no Brasil ou não foi 10 milhões ao vivo eu já vi esse papo foi 10 milhões é um legado aqui da é que chegaram aqui e para época era uma coisa assim O que torna a escravidão Colonial tão impressionante no mau sentido do termo né é esse volume né É talvez é claro que sempre houve escravidão escravidão uma coisa da humanidade então não existe um tempo não tem escravidão não tem existido lá então sempre falam de os links chamava de thrawn alguma coisa assim essa palavra para escravizadas lá então Cadê sempre aconteceu né mas a escravidão Colonial ela tem assim essa coisa do volume virou comércio virou uma coisa de você ir lá e ao sujeito lá no continente africano para vender aquilo que começou com o espólio de guerra ai os escravos antigamente Aí você vem aqui mas não água aí mano tô aqui no que começa como espólio de guerra de repente os karas descobrem um mercado então eu transformam o Atlântico não no banho de cadáveres e é um processo que assim às vezes a galera acha que ah o português o francês inglês chegou lá já começou a escravizar e já começou a vender não é um processo que pode durar 100 anos o processo de como o e dar se tornou maior porto de escravos para o Brasil foi sem a anos assim e é um processo que tem muito a ver com corrupção também de da Galera desestabilizar o poder dos Reis oferecendo o corrupção riqueza dinheiro poder e armas para os seus inimigos e para os seus aliados para que eles pudessem surrupiar outono também e como negros também são os seres humanos sujeitos à corrupção direito a todo tipo de coisa aí da m**** e cem anos depois você tem um país escravizado Sim todo mundo então no rosto né como que eles encontraram a África é dividida já e por meio dessas dessa corrupção com os reis e tal conseguiram nesse período o continente estava enfraquecido Então você pega o continente Africano anterior era nas embarcações as embarcações anterior ao a chegada do Europeu é legal é a arca Teve uma época de muita opulência de grandes reinos Reino de Kush tava coisa grandiosa cada coisa desde lá em cima no Egito até a África Subsaariana que eu tinha grandes reinos teve não tem mais assim o burro questões que às vezes nos escapam não é é o continente foi se enfraquecendo por lutas internas trocas e ruim não tá com outro levanta você aí foi uma reserva quiser boa também diz que ela difícil uma densidade muito populacional por conta da extensão do continente era ruim professional super sabão mais da manhã esperta e mais vulnerável né ele também teve a questão da escravidão promovida pelo pelo povoado pela antes dos portugueses ligação que tipo existe uma palavra africana isso aqui é a marca que significa todo o sofrimento do Povo da escravidão do Povo desde dos árabes Até recentemente não é o continente todo mais de mais de 500 anos assim é a quando os portugueses chegaram a espanhóis já chegaram no continente africano ali né no século 16 os ou os árabes já escreve e há um Milênio ali existia comércio de escravos ali tráfico de escravos do continente africano Há Mil Anos caramba que começou ali agora quero um ano e 10 mil anos já tinha ali no processo de cabeça e outra usar esse casal todo mundo eles invadiram a península ibérica no dominar lá por 700 700 anos não é então eles dominaram tudo aquilo ali foi um negócio Avassalador né e escravizavam tudo na cristãos então meu Deus do céu que ele escravizavam de daí tem mais diferença importante do que a escravidão não tem racismo porque a escravidão já acontecia em proporções exorbitantes mas o que aconteceria se você tava por exemplo engano a força escravizados fugir se fosse para outro reino ninguém olhar para você achar que você mais claro eu vou só porque você é se não acontecer aí eu fiquei escravidão não era racial Ah entendi era mais escravidão por guerra por inimigo e o poder jogar fico sabe então o que os europeus fazem é quando Eles olham para tudo aquele continente paródia eles são negros cara então eles são diferente a gente começa a criar justificativas para por quê que eu preciso para poder olha que coisa e ficar que o Luther King fala no vídeo muito legal cara eu te conheci ficar ele fala preciso tirar a humanidade E por que que eu as pessoas ao as vezes que eu tão um cachorro senão sentem aquela comoção emocional Porque ele acha que é uma coisa pegada pesava coisa e ficar aquelas pessoas africanas por isso que a escravidão não Sinceramente é sinônimo e do que a gente chamou hoje de racismo racismo é uma coisa que vem depois E aí sim a escravidão não é criada pelos europeus o racismo com pessoas negras sim porque você tem outras formas de o racionalismo que não é que não acontece que foi criada pelos povos também eu quero saber por exemplo na Bíblia né os judeus e os samaritanos é que era uma treta violenta né é uma coisa o seu diabo assim né então isso sempre aconteceu então essa só que a questão biológica vai surgir no século 18 com os europeus né tentando criar justificativas de como a lei bem diz coisa e ficar aquele povo cobrindo terras enormes que precisavam ser cultivadas exploradas e é e perpetuar os índios dano começo eu pensava fazer os primeiros números zoológico humano do meu zoológico humano foi Cristóvão Colombo que levou alguns Índios lá para o papo e folha Olha que bonitinho gente diferente é Guarda aí para você ficar exibindo para as pessoas para você aumentar o Vaticano tinha vários zoológicos humanos assim vários zoológico 50 de loucos a era coisa de louco então aconteceram várias [Música] concorrente essas é preso em jaulas já jaula mesmo é tão zoológicos humanos aqui para o acontecer um só com negros mas com esquimós com asiático e a galera levava eles lá próprio tinha grandes Exposições universais assim onde todos eram exibidos venham ver a grande como que é a Savana Africana e aí tinha as pessoas lá É vivendo lá no zoológico cara que doideira caras então é isso é o ser humano é esse troço é e claro que nos mas nesse tempo ensinou faz não não faz um tempo é tudo muito recente até mais história no meu livro do outra benga era mais fora interessante porque mostra a origem de um de um exterior o outra bem ele era um pigmeu que é um povo que Originalmente chamado de mi Butt foi sequestrado pela polícia franceses foi vendido para o Estados Unidos e foi colocado no zoológico no Brooklyn em 1911 por aí o e simplesmente colocada numa jaula com o macaco porque porque a Biologia a antropologia que estava aqui negros ela mais próximo de macacos O que diz seres humanos não tinha toda uma ciência cronologia e Há muitas coisas que estudavam isso E aí eles queriam provar isso para as pessoas ele foi colocado lá com macacos erraram dente dele vai aparecer mais afiada tem umas foto aí para você ver que absurdo e ele se matou mais é muito trágica assim que você tem que termina mas a mais história que mostra como que algumas visões da época da ciência tentavam fazer essa hierarquia e tipo nego realmente parecido com o macaco o branco é o ápice da evolução humana e tal e quando a gente algumas pessoas falam desse estereótipo lá por quê que ia chamar um branco de zebra não é racismo é porque não teve esse histórico da ciência tentar provar que brancos ela um zebra e que negros não eram tá ligado é muito acontece também com Rita né sim tem um gênio a recriar que os e perseguidos assim como os judeus né são Mas sabe que essa não era a perfeita essa Eugenia Alemanha começou nos Estados Unidos não sabia pois os primeiros estudos que o gene ali que começava a tentar achar uma raça achar raça ali da forma que foi levado para a Alemanha foi dos Estados Unidos caramba foi aí depois o ao flament os malucos as ministras lá de rir e pega isso e extravasa e mistura com algumas ideias malucas também porque uma coisa interessante sobre raças é que às vezes você vê pessoas utilizando termos como caucasiano Ariano isso tudo não existe não é biológico isso tá ligado é só é só um mito não existe alguém que possa se dizer caucasiano o que que seria colocar vai fazer uma uma raça de branco né Eu não sei que vive nessa região do Cáucaso eu acho que a oferta da Europa também ou dos Estados Unidos ali e você tinha os arianos todas tudo isso não passa de histórias Claro histórias às vezes algumas pessoas insistem em fala com ela quando você quando você não sei se isso já foi provado mas a a vida é pelo pela última últimas coisas que eu vi nasceu na África mesmo né aquela região se essa ainda disse que nasceu tudo lá né gente tem a Lucy né que é o primeiro ancestral é encontrado lá e também mas aí tem várias teorias como quando você vai olhar para eu eu vou soninhos não é como que isso se evolui Como que você fala e tal né que tá aí deixa o martelo bateu Amarelo né tem algumas lacunas Vamos fazer as coisas que são importantes mas mas é isso sim o que é importante da gente e que eu sempre digo assim e as pessoas às vezes me perguntam Por que que o continente Africano como é que foi dominado por que que ele era porque que ele não evoluiu as pessoas perguntam E aí o que eu tento fazê-las compreender que assim não é que ele não evoluiu porque em algum momento da história ele foi grande foi grandioso tinha tecnologia como é que faz conseguir aquelas pirâmide exatamente então quer dizer não é um negócio as ligação exatamente não entrou sem eca não foi um negócio assim sempre daquele jeito é que no nosso tempo histórico na nossa era nós vivemos uma época em que o continente Africano está daquele jeito Isso não significa que ele foi sempre daquele jeito e que ele vai continuar sendo eternamente daquele jeito então essa questão cronológica analisar a história quando você tá fazendo parte dela não é parada né É não é fácil então as pessoas tendem a olhar o com gente africano hoje e as O Condenado a ser daquele jeito e parece que ele sempre foi assim porque porque eu nasci há 46 anos e para mim ele sempre foi assim mas ele não foi sempre assim na história da humanidade também porque alguns assim a escravidão interrompeu a o desenvolvimento das daquele continente então Sabe aquele lance de que o que seria do Brasil se a gente ainda fosse colônia é só extrair coisas e levar para Portugal isso daí coisa ou a Portugal então a com o colonialismo começou as tem países que se libertaram dias na década de 90 daqui 90 não tinha a colônia de Portugal alguns países ainda tinham a moeda colonizada até os dois anos atrás aquele Franco Franco se ele me dando de do Congo alguma coisa assim que ainda tava comandado pela Casa da Moeda da França cara então são países que são muito jovens que a democracia deles é muito muito jovem e pra gente muito frágil também que que ainda tem muitas forças e quando inclusive de algumas empresas querendo ocupar petróleo ocupada cê queira lição de Diamante diamante e começa a investir na Guerrilha para desestabilizar o poder daquele lugar Tô sim é muito mais complexo do que uma resposta simples que as pessoas queiram dar sobre por quê que tal lugar desse jeito daquele outro jeito é mas o que mais me deixa cheio de perguntas é esse buraco que acontece por uma escravidão toma Cissa e tão abrangente foi isso daí o quê que isso refletir hoje indiana vamos falar de Brasil por exemplo né se tem essa população absurda de escravos que de uma hora para outra tipo você não é mais escravo mas não tem nada é aí como você absorve esse pessoal como foi esse processo aqui no Brasil não foi né não foi absolvido Mas como que aconteceu o ar uma bico trabalhar abolição do Rebouças entendeu se for essa policial do Luiz Gama e almoço ideias não dá para frente então o problema é esse Então as pessoas acham que não tinha a gente foi lá assinou e vai embora isso não é verdade então quer dizer o processo O abolicionismo que foi gestado né devagar Claro e pode ser a gente pode discutir se demorou muito ou não e tudo essa é uma discussão agora que aqueles oito anos lá entre 1880 1188 de trabalho intenso do movimento abolicionista organizado já ele ele que é muitos projetos para resolver o problema depois então a a disputa era entre os senhores de Engenho queria uma indenização e os abolicionista sabe não a abolição tem que ser sem indenização se alguém tiver que ser indenizado serão os escravos e não o senhor o que vi um deles a Camila falência mas primeira referência histórica do Banco do Brasil foi por conta da Abolição porque o que acontecia que os bancos eles emprestavam dinheiro para os fazendeiros e eles recebiam os documentos da escravidão como contrapartida a garantia de que eles iam pagar tá ligado aí é bem Abolição os documentos não valem nada exatamente então assim os caras que a indenização e inclusive no estatuto e tá das reivindicações dos Adolescentes não pode ter entender ação para senhor de Engenho porque isso é um absurdo né E quando a abolição acontece e que o inclusive o Dom Pedro Segundo se recusa a indenizar os usei Senhora de Engenho isso quem registra é o Rebouças na ele escreve no seu diário Os Diários revolução documento histórico importantíssimo ele fala olha o que a gente fez abolição e passado um ano os senhores de Engenho ou esse Ele disse que elas ainda estavam e quando puro indenização um ano depois e então me falaram no aniversário da Abolição eu eu caí numa tristeza terrível porque os caras não pararam então eles emperraram processo do pós-abolição não é tanto os republicanos que tavam querendo dar um golpe fazer a tempo quanto usei senhores de Engenho que se juntaram aos republicanos e transformaram o política do país numa confusão desgraçada que não deixou andar nenhum projeto para resolver o problema dos escravizados assistiu uma alguma movimento de dar algum motivo de reparação ao percorrer a outros o projeto Rebouças uma é falada sei nem o que a gente chama de reforma agrária no Rebouças tinha uma o desenho O base eu quero o seguinte Olha é pegar essas Grandes propriedades de terra os seus grandes fazendas e o Seu Dono ele arrendar parte dessa terra para os seus escravos meus escravos um grande também Imigrante torta casa dividir fatia essa grande propriedade em algumas propriedades menores e você faz produção em escala bom então o que ele chamava de iniciativa individual e do espírito de associação então cada pessoa vai ter um pedacinho de terra e aí ela vai trabalhar Vai cultivar vai fazer a sua parte ali e esse eu quero produzir ali ela vai passar para o que ele chamava de fazenda Central tu era Engenho Central e a fazer na central processado e distribuir e todo mundo ganhava dinheiro sua ideia dele era essa Como que você é escravizado por um cara e depois você tá no mesmo lugar agora no outra função não isso é complicado né Isso é complicado porque não na prática como é que eu Machado de Assis tem um conto dele clássico né que aquele conto que ele dá eu acho que foi do ano da Abolição mesmo é onde tem um senhor de escravo que ver que Abolição vai acontecer e fala para o nego a senhora já acabou só vai acontecer você mais benéfico do que a palavra Abolição vou te libertar agora vou te libertar ainda vou te dar uma grana assim para você e para mim qualquer um valor tão irrisório que no final das contas a escravidão tinha continuado porque ele não teria grana para se sustentar com dinheiro que recebia então aí beleza ele continuou trabalhando com aquele senhor aí o senhor dá uma pancada na casa dele falar tem algumas coisas que vai demorar para passar mais tarde esse isso é genial caminhão genial porque ele sabia que o nabo também escreve sobre isso aqui a a sombra da escravidão iria perdurar na sociedade se não tivesse um projeto de integração se não tivesse um projeto aqui ensinasse as pessoas olha agora tá todo mundo lhe vão conviver vamos fazer o país funcionar para todo mundo o que não foi que aconteceu nos anos seguintes e o que que acontece um de verdade já que esse projeto não passa para onde vai essa mão de obra uma coisa que é interessante sobre a lembrar é que o próprio Joaquim Nabuco escreve no livro dele é que qual era o projeto para acabar com a escravidão antes da abolição a o que os negros já morreu na senzala EA cada vez aí o tráfico foi proibido A então só ia se reta alimentar aqui dentro de um estado vendendo Negro para outro estado e é que aconteceria que eles vão cada vez morrendo mais na senzala até não tem mais medo do país então quando vira a república uma parte dessa Elite que assumir o poder fala beleza vamos manter o nosso nosso padrão aqui vamos tentar formas a gente não precisar convivem integração as pessoas negras que foram abandonados E aí vem esse projeto eugenista no país com um projeto de branco e cimento que é um projeto que tenta criar uma identidade nacional embranquecido de importar pessoas e trazer pessoas de fora e ele dá que lidera isso que o Brasil todo porque eu sou Republicano Eu costumo dizer que assim a chama uma cor Klux Klan de o governo Invisível o Brasil teve os eugenistas são os au eu resolvi fazer um curso mesmo tudo com o nome da entidade Associação eugenista Brasileira como foi a maior Associação ao congresso o tenista brasileiro formado integração da América Latina liderada por Renato kehl Monteiro Lobato e vaso lançada Seu Lobato Lobato patrocinava as primeiras publicações anais de Eugenia foi bancada pelo mundo Lobato Monteiro Lobato o Renato kehl que é o pai da Eugenia que dizia que a Eugenia seria a religião ciência de todos e bom cidadão do Brasil e falou cara eu tenho vergonha de não ter te conhecido antes você era genial te agarrar papel pegava é obras de cientistas da Alemanha publicar vá no boletim da genir entre 1920/1930 Talvez o Brasil foi a época mais racista do Brasil por quê que eu digo mais assista que você entrar em qualquer Universidade qualquer hemeroteca e pesquisar saúde da raça higiene da raça isso tava no tava em discussões o Congresso Brasileiro tava a esterilização gatos negros é de pessoas é eles não chamavam diretamente negros o que ele falou de gênero regenerados de gelados o que a pessoa que tinha doenças congênitas e a Negritude a fé a cultura Negra ela é uma das coisas que eles consideravam alguns problemas por exemplo era uma crença de que o alcoolismo é um problema do sangue do negro uma Barreto foi foi internado várias vezes a conta de rir sua isso alcoolismo alcoolismo Branco bêbado caramba tão tinha Maria mocinha mas é o que acontece até depois da Abolição conta não tinha não tinha trabalho quem quiser contratar as pessoas negras elas ficavam para Rua elas acabavam um tipo bêbadas violentas nos lugares e a galera olhava para isso e a invés de falar nossa isso é uma condição social falando isso uma condição biológica então eles começaram a brawn né Nós vamos falar com você E aí então então eles tinha se a psicologia Brasileira liga de higiene mental é a central de Eugenia brasileira tem que foi congresso de 1930 e tal eles realmente discutido na universidade do Rio de Janeiro discutido no governo pedido no Congresso apoiados pela imprensa essa essa pauta sobre a esterilização foi divulgada no jornal Globo cara então o boletim dou gemia o Renato tá eu agradeci a imprensa por esse projeto de apoio ao genial no Brasil obrigado é assim ela aberto mano ela muito aberto e aí a esse momento que eles querem trazer pessoas brancas ele tinha assim o Brasil uma país que precisava de uma boa natalidade também que todo mundo morria cara tipo é uma doença de uma total cara e esse esse lance é interessante Porque quando eles falam de Eugenia esse termogênica era abrangente Neca porque por exemplo o próprio o o Moreira ele fez parte desta Associação eugênica aí do Renato kehl no entanto ele era negro ou médico psiquiatra negro e ele combatia essa ideia de que o negro é inferior de que existiam doenças associadas ao negro então então ele era ele acreditava né eu gemia Como é o limpeza de saúde n é ruim é por exemplo o que quero e o rebouça de novo eu gostei ele tem uma série de artigos que ele chama de higiene e alguma coisa mas era artigo sobre higiene porque era um problema é a falta de higiene as pessoas vão tomar natalidade gato morria muita criança morrer muita gente embalagem a mãe do Casamento entre primos e pessoas mesmo sangue então isso da mãe da vai escolher aquela cirurgia nesse sentido abrangente também de higiene Então temos que cuidar tornar o país mais mais limpo mas não dentro direto canecaria para das é muito ligado eugenie Então assim é um erro a pessoa associar diretamente Eugenia racismo ingenieria várias outras tretas e outros pensamentos e inclusive alguns que foram bom é por conta do movimento higienista que teve uma lei que não pode mais casar com seu primo tá ligado que tava dando erro então é tipo você tá percebendo que tá tá dando ruim é pelo Brasil naquela época da bastante Rural né cara até mais setenta por cento do Brasil ela Rural então você não tinha essa elemento básico as pessoas morreram de várias doenças é quando tinha filhos em pe tinha muita muito a morte de bebês então que a galera começou a fazer atrás os europeus traz os imigrantes dá um pedacinho de terra e às vezes você dá o básico para eles por exemplo um trabalho e uma assistência odontológica só isso já garantiria mais Sobrevivência para galera cara mas porque essa decisão de dar essa terra para os europeus e não para os negros e aqueles ele é um branco e eu não branquear des É sim existe um essa ideia é racista né de achar que o negro era menos evoluído ela pegou deu no começo do século 20 ela pegou Então esse não é um negócio que vem da escravidão não é não é uma herança hz é uma herança indireta mas ela assim no período do império por exemplo a gente encontrava não só esses negros que a gente disse não o cérebro e tal mas tinha muitas pessoas negras que eram importantes no império que eram políticos importantes que eram artistas O Dom Pedro Segundo pagou a bolsa de estudo para o Estevam Silva que era um pintor negro estuda a fora o próprio Carlos Gomes que era que era mestiço não era miscigenado é o um monte de gente importante então assim esse ideal racista eugênico ele vai no corpo depois da Abolição porque os caras que é o ideal de país e esse del de país ele não inclui a população negra por esses caras eles são menos evoluídos porque eles estavam bebendo naquela coisa alemã de de Eugenia que vinha da Alemanha a ciência defendia isso é interessante pensar em te dizer que inclusive pessoas negras acreditavam que negros eram diferentes biologicamente Então teve um congresso Universal das raças 1911 que tipo pessoal falar em Londres reunindo todas as pessoas eram chineses além de todo mundo para falar com aquele que a gente vai fazer vivendo junto e o William de boa parte da intelectualidade negra estadunidense participou do congresso Universal das raças aí o foi onde já foi apresentado a tese do branqueamento do Brasil por quê Porque uma sociedade o Brasil e sem te ver se olhar de eu quero ser uma Europa tá ligado Então eu quero ser uma Europa e na Europa Não tenho não tem mais população mestiça e negra Eu preciso vender a imagem de que a gente tem uma uma população Branca interessante falar que o branqueamento ele não existe biologicamente Como assim as pessoas a população não vai ficar branca e os negros não vão desaparecer se todo mundo se miscigenar essa uma visão muito da América Latina não tem tanto que na Alemanha nazista a miscigenação era tida como emagrecer as pessoas na Europa na América Latina que queria fazer o inverso queria vender a imagem do Inverso a galera acreditava aqui que uma conta de 100 anos do João Batista de Lacerda bizarro ele fez uma conta você se no processo e depois juntar essa conta lá no Congresso Universal das raças se continuar o processo de miscigenação assim em 100 anos não vão existir quase ninguém com traços negróides no país Ele foi o contrário né então hoje se a gente fala aqui que tem mais de cinquenta por cento de negros do Brasil é por causa da miscigenação não trazer a produzir o efeito contrário caras queria ver as inversamente muito muito abertamente porque naquela época os 10 milhões de pessoas negras no país é que existiam naquela época hoje só de pessoas negras re Tintas São 10 milhões e de pessoas mesmo sem nada são quase 80 milhões assim tá então ou seja o seu genes estas eles eram burros se eu tava ele não sabe a p**** nenhuma de genética eles só tinham sonhos de que o sangue branco vai obliterar o sangue negro e tal ele vai ter um desejo depois que Anatel diz a ciência religião porque ele sabia que aquilo ela mais um desejo à medida que as pessoas vão aprendendo sobre genética sabe quando que a humanidade teve a certeza de que nós somos uma raça biológica agora 2003/2003 né comprou g293 eu já te amava antes 2003 todo mundo por isso que a gente 2003 na escola pública se aprende aqui nego são diferentes que talvez tem um comportamento diferentes que tem que a educação física brasileira que tem a base antes de 2003 vai e fica mais forte para isso que nega melhor para aquilo criado a maior parte dos paradigmas científicos 2003 tratam negro como uma raça biológica diferente fica Caramba então quer dizer não é nosso o Brasil se se fundiu né Depois da proclamação da chamada proclamação da república nesse e paradigma né no paradigma do embranquecimento do branqueamento da sociedade do alojamento da de oportunidades das para as pessoas negras não é à toa que é o o movimento abolicionista acabou numa ressaca desgraçada né o o André repouso vai embora com a Família Imperial quando eles são expulsos do Brasil e logo depois do golpe Republicano José Patrocínio morre pobre mais grossinho cair em desgraça vai preso o cabelo não vai desgraça desgraçada então eu morre pobre o Nabuco vai embora né então o movimento sim e espalha então a gente ler por exemplo cartas né trocados entre Nabuco Rebouças e o licor de donec foi um cara importante também nesse processo e ele e assim você vê o a desilusão deles lá vou falando para você olha se você visse ele mandando mandou uma carta para o repouso ele diz a Se você visse o que que tá acontecendo no Brasil o reembolso no morre triste ele cai de um penhasco se joga nunca vai a gente vai saber mas ele ele vai embora ele passa por vários lugares ele vai para a África é para tentar ajudar a acabar com a escravidão no continente africano André Rebouças Rebouças final do século 19 e ele morre ele vai ficando cada vez mais doente cada vez mais pobre sem dinheiro o governo aqui os caras aqui os republicanos oferecem para ele irá emprego não volta para cá a gente arruma um emprego ele não volta cara ele fala eu não vou trabalhar para esses caras esses cara e eles destruíram o país e ele não volta ele fica pobre ele fica doente e ele é encontrado no pé de um penhasco de umas rochas que ele caiu lá de cima ali na na Ilha da Madeira Funchal ele caiu lá de cima aí mas alguns Disseram que ele se jogou sim aquele Caiu porque ele tava doente as últimas cartas dele são de cortar o coração cara meu Deus e é um negócio de cortar o coração Nutella vendo uma uma perspectiva não tinha ele falando acabou o Brasil ele fala para mim o Brasil é o país do passado acabou caramba e aí eu vou com você começa a ver algumas leis porque no Brasil é Brasil tem um contingente muito grande negros e isso Raimundo Nina Rodrigues foi um dos maiores artistas antes até mesmo para hoje em dia do projeto Juliano Moreira bateu forte bateu o Raimundo Nina Rodrigues Ele é o pai da ciência criminal criminal no Brasil cara ele escreveu um livro onde ele dizia que tinha que ter um código penal para negros e para brancos porque a palavra dele e olha cheia de moral é diferente das raças e que o cérebro de um negro é inferior ao de um branco já desse Brasil e em os caras falaram que isso era ciência Vila é um negócio impressionante assim ó é a ciência e tal então Os caras abraçaram essas irmã do Raimundo Nina Rodrigues dizia acaba não dá para resolver como Estados Unidos resolveu porque os Estados Unidos faz barulho pra caramba comunidade Negra mas são 16 por cento você pega uma cidade como o Rio de Janeiro que você tinha um continente cinquenta por cento de nego e você tem poderia ter mais de 100 mil pessoas negras lá em São Gonçalo chega lá e liberta do monte de falar agora a gente odeia vocês agora vocês não pode usar esse bebedor não ia dar certo cara e eu vi ser uma revolta absurda então eles tentavam criar outras formas de dividir as pessoas por exemplo só pode votar quem tem propriedade disso até mesmo sentimento que tem que tinha a propriedade neles não tinha propriedade então negros não podiam votar obrigado agora se você for pego sem uma cara o e de trabalho sem senhora disse o canto se sente saía os mais a gente leva a carteira de trabalho é cara é porque ele ainda vai melhorar a gente está nem você for pego sem carteira de trabalho sem emprego você pode ser preso quem que não tinha emprego a maior parte o coração as pessoas negócio aqui entendeu então assim industrialização da carne moída né a capoeira é só foi descriminalizada na 140 vai menos 40 que falaram mas não é crime ter capoeira e assim a história muito louca porque inclusive antes da criminalização você tinha Departamento de Polícia que tinham o seu a sua Malta de capoeira para pegar os outro capoeirista era né Q2 muito muito Mato Grosso tem saiba capoeira em O que é o sangue que faz o capital não vou da história só para dar aquele o último ancestral aí mas eu trago um robôs que são baixados com a inteligência artificial de capoeiristas para quebrar tudo ali mas é como se não himatrix honeywell da ou seja em vez de lutar kung fu lá aí como que foi que ele luta né Eu gostaria de sair dessa ideias robozão tudo quebrando os outros na caixa nenhum motivo atender ninguém ninguém ninguém cara então saber que tipo Brasil é muito mais complexo cara porque que não houve uma revolução mesmo uma quebradeira e fala c****** a gente é maioria que a gente é porque que não houve revoluções cara mais assim é muito longe analisadas e sempre terminaram em chacina tipo a Balaiada Balaiada a termina lá no Maranhão com mais de 30 pessoas mortas ali o que era o o motivo trabalhado ela foi a Seco não foi só com pessoas negras não vai a com pessoas pobres ali que parecia aqui o exército militar tava tipo e********* ou passando fazendo violência e o povo tava muito pobre e o pessoal lá não tava dando conta deles acontece que os balaios se já e aqui não descer tentar fazer violência a gente vai quebrar vocês e aí eles mandam o como é que a nossa queria Duque de Caxias recebe o nome de recebe o título de Duque por conta dessa dessa dessa revolta A supressão dessa revolta que acontece em Caxias lá e fornece que o que o quilombo do negro Cosme se junta com os balaios ó todo mundo acaba morto tá ligado toda a gente tem história de revolta entre 810/820 foram 30 revoltas na Bahia se entregar teve várias outras inconfidências liderada por ter matado as mangas sempre acaba em morte assim talvez porque também é a cultura que se criou no Brasil não foi uma cultura aquilo que as pessoas tinham esse ímpeto né então acho que é também meio da da formação do povo brasileiro de não ser um povo assim o uso em larga escala de Gamas assim será tô aqui chutando tá não tenho nenhuma informação e também assim um momento o gene se ele não dizia não criaram-se leis de integral porque eu te falei se tem de igual eu moro na cidade eu moro do lado de Cunha uma cidade que séculos atrás tinha 3 mil habitantes 1800 era um escravisado O que acontece se você cria e liberta a galera que uma lei de integral no aí vai ter vai ser vai ter a tianismo ano vai jogar ela vai matar todos os brancos eram muito mais notícia né Tá tinha alguma coisa é Sutil Então as pessoas iam aquela coisa do sábio dentro é o sapo dentro da panela grande com água é mentira essa história sabe me dizer por enquanto essa história cabelo substituir é Conta aí aquela história que falava que dá para várias coisas que se você coloca um sapo numa panela com água e vai esquentando aos poucos né saco não percebe uma hora ele morre é diferente você colocar um saco já não água fervendo que ele já salta porque ele sente que tá perdendo mas e fomentando a temperatura aos poucos e gradativamente ele ficar lá de boa até ele morrer mas é boa a imagem Apple imagem para caramba na verdade não é medo uma deve doer para c****** aconteceu lá na água deixa eu sou burro no Brasil aconteceu um fenômeno que é muito importante para entender o pouco a nossa sociedade nos Estados Unidos o sem pintinhos Rangers Os Guardiões das Fronteiras assim que depois eles acabaram se tornando um pouco da Ku Klux Klan é os cabos que quando vieram começou a guerra civil eles se juntavam ali nas grandes dele e fala agora que vai proteger essa cidade vai para criar outra eu Brasil foi uma das únicas colônias que deu poder de polícia para os miscigenados filhos da galera até a primeira vez que você começa a ver o cara faz você Natal Negra Se Não tomasse poder aqui se vai ser policial também tá ligado E aí você começa no meio acho que o pouco por falta de alternativa da Galera porque era muita gente né e a gente tem que pegar o meu os carros para ficar do nosso lado eu acho que era isso também então o que acontece é que no Brasil e começa a dar oferecer algumas o possibilidades para algumas pessoas e de alguma maneira você começa a criar uma sociedade que é muito mais complexa do que só todas as pessoas negro são altas as pessoas brancas de o outro tá ligado acontece que você tinha muitas pessoas por um Brasil sem muito grande também muitas pessoas dou é com as pobres vivendo nas mesmas regiões e algumas pessoas negras que conseguiam com um machado como algumas outras como os jornalistas negros de São Paulo é começam a despontar ali porque ele chamaria de uma elite Negra nesse país que atende é muito mais complicado assim que a gente tá falando de que ano aí a aba onde a partir do golpe Republicano rico 15 novembro quem vai ter que ter essa monarquias coisa fala golpe Republicano um bom dia para toda aí na tua casa ele se achando que o celular que levar e começou a colocar não se não tem publicado no Twitter do Vitória e vai lá no ar falar que não é monarquista é [Aplausos] [Risadas] história né assim mesmo não tenho que falar agora e daí para cá bom então daí para cá a coisa vai se complicando né porque é claro que assim governo entra o Brasil está nos governos militares também assim enrola um lance que quando acontece a quando o Brasil quando o mundo começa a ver a m**** que foi Alemanha nazista ao Brasil olha para começa a olhar porque está ligado que o Brasil tem o maior Partido Nazista hora levar ela oito velho o Brasil tipo não pode rir isso aqui velho assim do Maluco bagulho é louco meu caminho dos Ratos que vários é a vários nazistas [ __ ] dos caras que mataram um tipo 200 mil pessoas estavam aqui em São Bernardo do Campo tinha um cara lá tá ligado essa história não morei lá até os reconhece de um cara lá que é um dos estão me enganando de dentro do campo de sobre vários alguma coisa assim ele tava com o mesmo nome cara é Frantz tem alguma coisa assim ele tava com o mesmo nome ele só foi pego porque ele separou de uma mulher e aí o irmão dessa mulher de novembro é aquela aquele cara com aquele mesmo nome trabalhando naquela fábrica lá cerveja mulher o problema ele tá lá com o mesmo nome nazista ele é o nazista de verdade não é um homônimo na reta tá ligado ele se matou o cara do Brasil assim que acontece que o governo quer vender para o mundo para fora que o Brasil é o país onde está tudo resolvido onde não tem diferença nenhuma tá todo mundo então iniciando as não acontece nada só que ele começa a olhar para esses caras nazistas dos Eugenia seus traduzido coisas da Alemanha nazi eles começam a gente precisa de uma nova narrativa para vender o Brasil Aí a gente precisa falar de outra maneira a gente porque quase valioso cara não é teve uma onda que é queria que a gente entrasse para o eixo aí né Pois é aqui dentro cara tinha várias leis assim conta a imigração o Getúlio assinou lei que impedia a imigração de pessoas que queria favorecer a imigração de pessoas ela pés para Bank a para favorecer ao aspecto branco a brasileira que essas leis assim aconteceu de verdade nesse país fica a Eugenia foi segundo lugar foi a educação eugênica promoção da educação higiênica já esteve em constituição cara então a gente teve muita loucura aqui nesse país cá e o Brasil acabou se se formando oligarquica mente né aquela coisa do coronelismo e tal então o que que nas famílias é das famílias das oligarquias então ele se formou assim e ficou assim então partido os casos foram dividindo aí o poder depois da quando mudou o regime Eles foram reorganizando o país e essa organização passou por essa né Essa distribuição Oligárquica do Poder Então quem era já poderoso ficou mais poderoso quentinha ficou naquela vez com e aqueles que não tenho nada a ficaram com menos ainda então o país acabou eu mando desse jeito e até hoje é assim o que é um negócio absolutamente bem usado é uma figura que o Paulo gosta que fala dela para caramba que é importante para o debate que é o José Correa Leite o que acontece depois da nossa falei dele aula de hoje inclusive depois essa dessa Abolição o que acontece é que alguns movimentos negros começam a se formar tipo a galera costuma dia ao Brasil importa a discussão momento ele nego não já tinha lá em 1910 eles diziam que eles brigavam chamava de falsa Abolição esse vai usar falsa Abolição foi até meu 180 porque a galera que os momentos nele discutiram sobre essa falsa abolição e aí você tinha alguns grupos mas o que é interessante nessa história é que na hora do só dividir tipo esquerda direita como a gente conhece hoje não cara você tinha movimentos negros realmente monarquista se você tinha integrar integralistas e tia todo tipo de loucura e você tem uma parte desse movimento que a frente negra brasileira que foi tipo o o Pantera Negra do país com a mais 100 mil pessoas negras ela é cadastrado Sales entrar carteirinha essa você tinha carteirinha da frente negra brasileira você era bem visto você conseguirá emprego mais fácil eles estão jornais eles vão ver um trampo estava construindo o que os outros cara tava fazendo na f*** o cara chamado Arlindo Veiga dos Santos ele e o José Correa Leite foram os dois que criaram avisar né mas eles brigaram logo no começo porque porque o Arlindo vem era um católico intelectual católico tomista tradutor de Tomás de Aquino tá um cara formado no colégio São Bento que deu aula no colégio São Bento tá então quero muito eleito ao mesmo de altíssimo nível né E que caro é caiu na desgraça e dos movimentos e depois que aí é chamado de fascista não sei o quê por quê porque primeiro ele era monarquista a convicto ele achava que a república tinha sido um erro desgraça aqui tá voltar então ele ele e pregava aqui ele cria um movimento é chamado patrianovismo que ela essa ideia de um terceiro reinado e coisa e tal então ele fomentava isso e ele tinha essa coisa da luta negra que era uma coisa inclusive com o jornal A Voz da raça da frente nele era é Deus Pátria família e raça que Deus mata família no Leme integralista mais legais porque o Clarim da Alvorada é o carinha então do José correndo aí fica Eles brigam porque ocorrer Leite era um cara mais Progressista então e brigam porque ele achava que o Arlindo veio era muito Carola muito católico muito conservador e tal todos brigam inclusive um crítico outra coisa e tal não sei o quê mas assim era uma efervescência de de gente de ideias e de iniciativas que concorriam mas que não era um negocinho ficar tentando eliminar o outro né Então tinha um sentido como por exemplo a frente Negra Os caras chegaram a ter é um eles a Rede de Educação Infantil e de perdão de alfabetização que você e eles chegaram a ter por exemplo um departamento de assessoria jurídica e assim como é que eles enfrentavam os casos de racismo se você sofre o raça de algum lugar por exemplo Sei lá tinha Barbeiro é que não cortava o cabelo de negro que você chegava lá o que ela falava na sua cara dela que a gente não com aquela de preta não entendemos fazer isso é adoro aqui foi assim o meu pai teve de ter uma lei né que foi a lei que impedia você de não atender uma pessoa negra no Brasil na década de 50 o meu pai chegou no clube Tietê porque meu pai teve uma época que ele queria ser atleta Correia e tal então ele foi lá que ele queria fazer atletismo no clube Recanto do GT que não existe mais e os caras falam ele não aqui no a gente não aceita Negro aqui não tem nele momento aqui não na cara dele agora não deu outra desculpa não na guarda hora do futebol também aconteceu isso da Seleção Brasileira já ter sido eu indo para um campeonato na Argentina e aí um do presidente Me manda as pessoas negras também não tem graça sem a história do Brasil é muito dessa não precisava ter uma lei impedindo porque o comportamento das pessoas já reproduzir aí as os caras da frente dele eles iam lá jun Tava um monte de advogado e apavorava o lugar ou o que que é que você tá fazendo meu irmão processar você vamos acabar com a sua vida e tal entendeu E tinha também consultoria é financeira por quê Porque eles achavam fundamental que as famílias negras tivessem propriedade eles tinham um departamento que você ia lá ele te ajudar a vó tem que fazer isso tem que fazer aquilo que orientava para você poder comprar uma casa tá se você quer ser um trabalho assim é fantástico aqui em São Paulo também teve e a frente Negra daqui mas também teve uma outra iniciativa que eu considero genial que foi o clube aristocrata que ainda existe hoje porque ninguém local existe ainda ainda existe mas é só uma sede social então eu não tenho mais mas teve grande relevância porque os caras não pôde O clubinho quando começa a surgir essa Elite Negra aqui em São Paulo de profissionais liberais de funcionários públicos são os cara com essa ter uma grana eles queriam sessões do Corinthians ser sócio dos Contos que eu por aí né e não podia eles não podiam entrar não ter falar Beleza não podemos certo vamos criar o nosso então screw aristocrata que primeiro tinha só uma sede social e tal é que tinha bailes então ficou muito famoso vim artistas dos Estados Unidos para cá passar a voga venha para cá o Simonal não sair daqui Jair Rodrigues tá então foi muito famoso e badalado né a famosa festa de debutante que eles fizeram aqui também as meninas negras não tinham festa de debutante que eles fizeram uma festa grandiosa é uma foto bonita na internet sobre essa festa aí e aí depois eles compraram um terreno uma propriedade lá no Grajaú e fizeram clube de campo com piscina com quadra que eu não sei o que tal então assim né iniciativas que eu costumo dizer me avise liberais de brasileiros antes que não não ficar esperando ninguém fazer nada o Abdias não tem nada a ver com experimental o que que o cara fez o Abdias Nascimento vai ele era o e ele foi o poeta e tal e era um cara ligado à arte e ele se junta com os poetas e vai viajar mas vai viajar porque tal aquela coisa de poeta doido e eles vão para o Chile peru negocinho esse país aqui é um feliz aqui ó ele chega lá e vamos lá uma peça de teatro que era o Imperador Jones do eu de Neil e esse Imperador Jones era um homem negro só que nessa peça o cara que faz o papel do Imperador Jones era um cara Branco OAB Dias olha aquilo e fala assim Como assim Como assim o cara da nega e o preço de um o ator é branco ele chega aqui no Brasil e fala eu vou montar uma companhia de teatro só com atores né e ele monto o teatro pela metade a gente tinha uma um poder assim Cultural de que estava se organizando no país tudo e acabou com o governo militar impediu qualquer organização partidária a frente Negra acaba aí né E também porque os militares o Getúlio impede qualquer eu quero dizer escolher acredita que tinha dado um passo adiante de ser um partido político eles eles são proibidos atuar e eles decidem eles sei lá porque o ironia do destino eles não continuam eles poderiam ter continuado como organização social e tal mas eles é simplesmente fecha as portas e acaba e aí o que acontece também é que eu esse governo ele tem essa narrativa de somos todos os brasileiros você não pode falar direto e falou de Negritude a comunista ele começa a ter uma percepção é se você falar que até hoje a internet é isso pessoal comentário ó tá querendo dividir o Brasil pegar essa narrativa linear bem agora o Brasil esse vinho a cor é o Brasil é que tem uns e outros que falam aí é é herdeiro desse principalmente E aí você não podia falar da existente que eu quero não pode teatro negro por quê o comunismo não pode ter tipo nego falando de partido só para eles porque é todo mundo junto com novamente eles vão fazer o mesmo com todo mundo essas e você fica ali a gente aqui coisa corretamente vamos fazer a mesmo com peças italianas que tinha tudo quanto é lugar naquela mas ele chegar na Oktoberfest fala que só fosse alemão é todo mundo brasileiro ela tirou o pito meu pito chutando a garagem de pizza voando ao Paulo lá negão lá Chucrute paga essa p**** brasileiro brasileiro caramba e mas não é curioso Isso é verdade então assim tempo é o Brasil é esse troço louco né É esse troço maluco então não Primeiro Curso que eu fiz no meio do curso online que eu fiz eu falo desses três iniciativas que é o Teatro Experimental do Negro à frente negra brasileira e o Aristeu caso que eu acho que só isso eu tiver Geniais assim de gente falou assim os caras não vão fazer nada por nós E se a gente não fizer esses caras não vão fazer então vamos fazer nós e os casos mas a correria Era bastante crítico a qualquer manifestação política é o Teatro Experimental do Negro e aí você pensa que Ele montou um grupo de ale Garcia e a e a Ruth de Souza saíram do Teatro Experimental Mas não era só peça de negro eles fazer um cheio de levar troco o Nelson Rodrigues escreveu peça para o Abdias não é o único negro no Brasil OAB diz Ele amava Abdias Nascimento cara se amava então assim tanta coisa que tantas iniciativas tanta coisa interessante que aconteceu mas é aquele negócio cara era os caras tinham que meter o peitão Mas é uma por mais que aconteceu era uma coisa pequena pelo tamanho do Brasileiro né É óbvio que não chegava lá na interior diretamente no interior o que que acontece as organizações religiosas o Zé Martins São Paulo tem a famosa festa de Tietê ainda tem no Tietê na cidade de Tietê uma festa lá de São Benedito se eu não tô enganado aí ficando para caramba lá na lá no interior tá ó Então as organizações religiosas reuniram muita gente grupos negros assim então tem muita grupo de óleo negro a Congada as manifestações negras que começam a acontecer ali é tudo na nossa base da religiosidade dica Então essa frase de terra e tradicional aqui do interior de São Paulo é uma festa Negra assim não a festa Negra festa religiosa mas que virou uma festa Negra aquelas que a gente saia daqui eu fui para lá mesmo ônibus excursão Aquele monte de negrada assim chegar dominava então quer dizer a gente ninguém é que ele é saber de procissão nada lá para tirar uma onda colocar uma cada um curtir um samba Peça uma lei que atuar na minha cidade em cidade agora tem que tá 120 mil habitantes ali ela para o trânsito da Cidade cara começa a virar galera de cavalo para tudo quanto é lado lá cara dependendo de onde você tá de carro você não vou E aí na sua casa até a festa acabar tudo então tem essa sim é às organizações religiosas no interior de São Paulo Foram muito fortes no sentido de de criar e de preservar uma identidade Negra Assim importante tá aqui em São Paulo você pega a Nossa Senhora do Rosário dos homens pretos né a Igreja Santa Efigênia também taxando fingindo é uma santa africana né E então tem tem esses núcleos de resistência negra muito forte dentro das Comunidades católicas na religiosas é uma uma coisa eu ia dizer que é pouco explorada Mas pode ser que o que não tenha ido atrás de você ainda na tão conectado não tão populares vai ter um pouco lá de você ficar febre ouvi-la que tipo o discurso político sobre que toma conta na internet sobre racismo é uma bosta né porque tanta coisa que a gente falou aqui você vai ficar social é que mais aí agora essa as novas aí né o racismo estrutural você entender eu queria entender uma coisa a gente tem um problema real e a gente tem várias alternativas e e pessoas pensando é de forma diferentes e o que eu vejo as vezes é uma é uma tentativa de algumas pessoas não a gente tem que pensar igual e o Sua calma somos somos negros mais pensamos diferentes o quê que vocês acham sobre isso têm formas diferentes ou tem que ter uma união e todo mundo caminhar para uma mesma por um mesmo objetivo eu acho que é o mesmo né todo mundo que é uma vida melhor para para todo mundo é que não tem racismo e tudo mais mas acho Impossível a gente pensar igual cara né eu também é igualdade mano não pode mesmo nível mas não tem um movimento de que cara Calma eu sei que estamos pensando diferente mas todo mundo tem que saber qual que eu acho que é a treta a gente tem no no Brasil depois da redemocratização o negro vezes foram lá e fechado o bastante para esquerdo porque a única queria ouvir porque a direita brasileira até hoje você vê no poder é não existe racismo não para de falar de nego que dividir eu acho que eles apontam muito para o essa questão do Marxismo sabe porque o Max você não me engano ele quer ele ele fala sobre divisão de classes e tal mas nem não Sinceramente o estudo da negritude o estudo do racismo parte dessa divisão proposta por Marcelle às vezes mais divisão é que é que foi orgânica da sociedade com todo esse histórico de como a sociedade subalternos ou as pessoas negras não quer dizer que você falar da sua subalternização das pessoas negras você falava os estereótipos significa que você está falando a partir de um viés da esquerda marxista ligado mas aí com o que acontece que qualquer um que fala na internet qualquer coisa já é colocado no na caixa da esquerda marxista fala comigo para caramba até começa a contar a sua seu Twitter tava lá só feliz contando história ganhando público cara de a p**** você é comunista porque eu sou comune só porque eu tô falando que existe racismo tá ligado E aí você tem essa direita maluca esquizofrênica que não não é todo mundo nesse gerado para de falar que existe desigualdade tá tudo resolvido no Brasil é só seguir assim adiante e você tem uma isso faz com que a esquerda ela só ela esteja eu acho que propondo hoje no debate sobre isso a partir da política partidária na enquanto intelectuais eu acho que existe algumas pessoas e inclusive Paula propondo isso mas enquanto partido vocês vão ver partidos da direita propondo soluções para o racismo não tem mesmo porque não tem assim no Brasil os partidos fala a somos um partido de direita aparecerá republicanos hoje se considera um partido de direito aí você pensa assim tá eles são e em que sentido se você pega um partido de esquerda ele é um partido de esquerda porque ele tá pautado por alguns ideais que tradicionalmente a esquerda tem se você pega um partido que se considera um partido direito ou é só o moralismo Ele acha que se direito é ser a favor da família esse a favor da religião e não é isso então o ser de direita aí que é um negócio aqui é ser conservador ou ser liberal e tal pressupõe que você compreenda alguns conceitos que te colocam nesse nesse lugar tá E essas pessoas não tendem esse eles acham que ser de direita é Ser Cristão patriota da família tradicional não é cabo da arma a favor de arma Então é só isso e não é verdade então nós não temos no Brasil uma direita articulada politicamente nesse sentido né e e o bolsonaro não veio para Scan gastar com tudo então aquilo que já não existia agora que não existe mesmo e é eles tomaram conta de tudo então se fala hoje direito no Brasil é eles conseguiram transformar a a incipiente direita brasileira na caricatura que a esquerda sempre fez da direita então quer dizer complicou tudo de novo então eu sempre tenho dito à esquerda ou à direita que já quase não existia morreu acabou vai ter que começar tudo de novo aí então não tem mais e E aí a dificuldade é só também que essa porque os caras que são a caricatura estão no poder agora então reproduzir naquele discurso caricato é minha cor é o Brasil vamos parar de falar disso que somos todos irmãos aqui não sei o que toca cara não é assim a coisa não é assim você tinha da época de eleição aqui todo mundo tava sentindo o bolsonarista agradar direita e tava abraçando um um pouco dessas faltas eu tinha medo falar na eu não tenho interesse em acabar com a desigualdade e nesse sentido tem que só acabar com a pobreza só se eu tinha você tem uma direita é porque eu sou com um episódio com o líder que o Holiday um cara aqui é só não só contra cotas aí Magazine Luiza vai fazer Terminei eu vou processar Magazine Luiza aí não sei quem vai querer propor uma falta nega não vou acabar com a porta nem que vai sair que tá pronto Em substituição você tem só uma ideia Ou você só tem crítica Ou você só quer que acabe com a música da festa tá ligado porque o problema do racismo e tá aí fica ele tá aí ele ainda faz com que pessoas negras sejam estereotipadas que algumas pessoas negras possam morrer porque estão segurando guarda-chuva na sua casa tá ligado a ontem se não me engano era para ter sido o aniversário de 7 anos do João Miguel garotinha que foi morto obrigado pela pela polícia foi confundido o com bala perdida ele um caso muito complicado que daí você tem o racismo a com fazendo isso acontecer e aí que que você tem para por quê que é direito a propõe nada cara só ela só critica Então ela eu entendo E aí você tem alguns discursos mais acalorados pessoalmente de uma galera mais na internet da esquerda que parece que que tenta criar caricaturas da polícia que tenta que tenta às vezes atropelar o discurso e tal mas a verdade é que só os partidos de esquerda hoje estão conversando e propondo coisas para a população negra e esse E aí a gente enxerga marcou na situação que Algumas propostas não porque a esquerda poderia para não gosta de propor coisas econômicas para a população negra e aí é para esquerda nunca vai para o Black Man que é uma coisa que acontece nos Estados Unidos que é o buraco mãe breckman nem o desenvolvimento econômico da população negra é inclusive tá ligado que isso era bloqueado no Twitter por conta disso né só baseado na vida por conta disso eu vou te contar essa vou contar conta uma vez eu fiz um Twitter porque eu já pegava uma cerveja foi deposto da cerveja provavelmente fim da escravidão então não vou comprar mais ela com aquele você não falava na época ela foi criada né precisar um totalmente ela foi criada por pessoas que foram escravizadas aí uma galera das comediantes começar a pegar meu tive que começar a me encher o saco para tirar esse ela você tava nesse bolo tá legal nossa mano mas vacilou eu falei para o Paulo aí é mesmo mas a gente nem discutiu só bloqueei que eu não queria saber de treta nenhuma não pegar essa hora de discutir celular Cara eu vou discutir inglês pois é bom que eu tinha inglês What's your name What's your como que diz a não inglês warth eu sabia na hora eu não quis falar porque eu achei que ia apimentar ainda mais então mas a porque por exemplo Luther King que ela é um cara então mas isso pouco isso é feito como piada ou você não acha mesmo que se uma cerveja foi feito na época não tem que tomar ela não acho que a gente tem que que a gente não tem que tomar o acho que a gente tem que pressionar ela de alguma maneira e a medida ou para contratar mais pessoas negras ou para ressarcir a população outra pelo menos criar uma consciência de que se ela não tá valorizando ainda as pessoas negras Ela não ela não merece a nossa atenção é porque ela foi criada é um trabalho escravo é isso vai escravo como aconteceu com cachaça nos Estados Unidos já que ele parece Descobriram que tomar cachaça famosa lá e tal que depois que o dia que a fórmula dela foi criado uma pessoa negra e tal dormir era pra pessoa nem uma pessoa com ele e tal e ela não colocar o erro descoberta é isso mais de depois de 30 40 anos assim seguir então acho que assim o black maneira que a gente que eles a sociedade de consumo para pressionar as marcas e isso tava no último discurso do Luther King e isso últimos curso que ele fez é eu estive na montanha antes dele morrer ele falou sobre isso você parentesco para valer porque Cara eu amo esse discurso e é uma das coisas mais lindas que eu já vi assim cara o e ouviu falando inclusive agora compromisso desse discurso ele falou que tava é ele tava falando com os ativistas sobre uma uma greve estava acontecendo hoje alguns trabalhadores também e ele tava falando sobre que ele já esteve no topo da montanha e diz assim não temos que discutir com ninguém não temos que praguejar e sair agindo mal com nossas palavras não precisamos de tijolos e garrafas não precisamos de nenhum coquetel molotov precisamos apenas e as essas lojas essas indústrias enormes nosso país e dizer Deus nos enviou por aqui para dizer a vocês que vocês não estão tratam bem os filhos dele e venho aqui para pedir que torna em primeiro item da sua agenda o tratamento justo no que diz respeito aos filhos de Deus se você não tá preparado para fazer isso temos uma agenda que devemos seguir e a nossa agenda pede a retirada do seu apoio econômico isso é o último Luther King e cita as marcas e fala não comprei Coca Cola Se ela não tiver contratando vocês não é e dar uma loja e você vê que eles não estão valorizando pessoas negras eu não precisa colocar o seu problema de tweet no Twitter ele não explica tudo isso ele é uma ele é uma coisa reduzida e que parece um absurdo né eu não vou comprar mais cerveja porque foi feita né para escravidão você falar pô o quando você dá esse contexto no concorda não E esse negócio é emblemático porque o mal como é que também falava isso tá então era uma coisa comum porque o mal que eu não vejo a hora da gente diferentes não eram duas abordagens fez que que que ora se encontra você né então o que é natural é o mal como também falava isso né então ele falava aqui é que ele tinha uma perspectiva o por muito tempo ele tem uma perspectiva mais separatista para fazer inclusive né a nação do Islã ele se junta os nazistas a maior vergonha do mal com ex é aquele participou de uma de um evento da é uma vez cara para quê o que eles aquele já acreditava aqui porque a nação do Islã pegava isso que tinha que separar isso tá no último na última biografia dele né um mini mar vó é muito f*** que a maior vergonha dele porque assim já que ele acreditava que tá cada um no seu lugar ele chegou a ser homenageado no evento da Cléo quer ver ó esse aqui é o nego que a gente gosta porque ele quer saber parada único lugar é que é isso aqui uma foto famosa de um tudo de uma reunião do da nação do Islã que o o Malcom X foi o palestrante e tinha o líder do Partido Nazista americano lá esqueci o nome do fulano os caras sentados na frente colocou uma bracelete nazista aqui com a suástica e tal numa reunião da nação do Islã que é o dizer seja feita que o mal com ele depois ele saiu da Nação e inclusive foi uma das motivos de ele ter sido morto por que ele foi uma peregrinação a Meca de verdade quando ele voltou e descobri p**** então quer dizer que essa história que me contaram não é exatamente o Islã tá ligado e começa a se distanciar tenta uma aproximação porque o mal com percebe no final sua vida que a luta contra o racismo não precisa estar conectado exatamente uma religião porque ela representa pensava isso né No começo a pensar e agora são do exame né nação do Islã é uma religião que que Aliás foi criada por um branco mas tem que assumir não não mas elas São Luís lamy é uma religião específica né é outro Islã eu acho que agora ele tá no islands lá não tem mas assim ela é na casa eu nasceu de um sujeito um profeta americano branco que criou uma religião que ele fala essa é a religião dos negros e aí nos Estados Unidos tem aí eles são fortíssimos ainda lá então é um tipo de religião muçulmana que só tem negros Ah tá então os dias são negros e tal mas às vezes algum artista ou ainda não é agora não tivesse por exemplo eles tinham essa coisa de que o branco ele era o demora na fila para ver monyaka para ver se é da nação do Islã quando mal com entrou ela que pessoas brancas eram demônios no mundo literalmente é bom demais assim eram criaturas criadas em laboratório para matar para Matar 3 temporadas é porque é um todo tem todo mal uma mitologia a imagina a cabeça dele quando ele vai para Meca e aí ele vem inclusive pessoas Branco porque ele Conta isso não teria sido a biografia depois eu eu chamei um cara Branco dormindo do meu lado do irmão o mal como fala isso E aí ele volta começa a romper com a nação do Islão os cara fica muito p*** com ele tal ele tem tudo essa essa treta que leva à morte dele mas enfim o A questão aqui a essa é por isso dessa sociedade de consumo que eu não acredito e que eu acho que quando algumas personalidades da direita falam de Politicamente correto no mercado eles estão viajando é mais um exemplo Pois é Por quê que é porque que a DC está investindo narrativo está querendo colocar um Superman gay lá para mim é muito Claro quer que eu fale o meu fala que faz o primeiro você quer que eu fico dinheiro o mercado gay antes mais da grana no mundo cara isso é uma coisa mas sabe a outra como orador cara quanto tempo os cartão escrevendo histórias mesmo Stories se em cara como criador você tá vendo seu universo o lado e usa como inspiração a coisa vai se expandir é e também vai esse tema vou trazer para cá conta história e vou conseguir histórias novas sobre isso agora a pauta é inteligência artificial ou trazer um super-homem totalmente controlado por uma Max Sei lá ela sabe é uma reação novas é uma demanda uma geração para novas ideias de uma coisa que já tá cansado de é porque a gente vê galera assim a Netflix é investindo mais narrativas negras é estão estão se rendendo ao Politicamente correto não é aquele se rendendo à sociedade de consumo o garoto que eu fui lá atrás que gostava de pau e foi Nossa agora daquela Spawn e agora quero Super Choque agora quero spao super choque de chá lá e agora quero toda a gente vai querendo mais a gente vai querendo mais eu fico irritado tanto com o cara que fala que tudo é mimi com cara que fala que tudo é tudo ela cação né o o inverso também que restou da problema tudo é problema sabe eu eu acho que não é nem uma coisa nem outra cara você vê claramente quando uma coisa vazia é só planetária você ver não vejo problema só que esse esse esse produto pode ser que não dê certo e depois eu vou jogar você me fala ah o público é machista o público é racista não a sua história que é ruim cara então É mas é o que o debate político atropela galera de entender esse uma história boa ruim né Por exemplo mas não tem que mas é que tá eu queria saber até sua opinião sobre isso eu acho que a discussão não tem que ser antes de tudo se é feita para mim você é feito PA essa é a história boca eu acho que você ganha é é a série do negócio a senhora é boa é sobre isso a gente vai pegar aqui você leia o meu último a social mas é isso militando última sessão tá ligado porque porque senão eu vou ler e ai é tipo café com leite não é não mas eu tenho que dar um desconto porque aí você não sabe não não pode sério não acredito nisso como criar alguém me perguntaram no meu Instagram ontem que eu acho o que eu achava do termo literatura negra eu falei eu acho que esse tempo não faz sentido porque não tem branca mas coisa a literatura alemã literatura japonesa Então você fala porque é geograficamente é um lugar e talvez a visão de mundo do escritor galinha influencia só literatura e tal mas agora e você falar literatura nigeriana você fala a literatura angolana vai lá e aí você tá contextualizando no lugar geográfico e talvez com uma visão de mundo então pode ter eu nem que é o que é o livro escrito por negro e adiantamento o e é igual a última negro um ponto que é importante marcar aí assim eu não gosto de quando eu fui finalista do jabuti e eu dei várias entrevistas e de repente as manchetes que o torneio tava foi para a área não sei que não quero que todo mundo aqui falando que eu sou escritor negro porque só queria ser o escritor mais assim aí tem um outro ponto que pode possa trazer para o debate o mercado de literatura mercado majoritariamente banco 97 por cento dos escritores contratados são branco sem que no passado já foi também muito homem só né então às vezes quando você marca é é para discutir o mercado Não eu não gosto não se discute indevido mas quando é para discutir para discutir a posição desse mercado de como a literatura precisa crescer é importante acho importante falar escritor negro hoje em dia ou não o cara mais brigado de comprar sincera se quiser me chamar escritor negro para me comprar para aparecer com machado eu vou curtir para caramba você só vê tá não me comparar com o escritor Branco aí eu pego o mal entendeu então porque esse negócio da letra Então você pensa assim é porque se você tiver falar não eles nervosa com negro faz sentido na cara eles querem discutir o mercado então criar um termo literatura negra que vai incluir lá o que escritores negros que escrevem qualquer coisa é ficção sem aí fica a poesia então eu acho existem sua irmã como é que vai ter uma prateleira na livraria escritores negros não faz né então literatura negra ela queria queijo daqui a ficção científica certo que são as futurista também então é no tá no na parte dele como Cyber punk pode ser entendido como uma parte da população asiática também é o Cyber punk asiático ao futurismo um recorte ficção cientí e ainda tem uma Nacional bigénero mas vai estar lá em Literatura nacional e ficção sentirem G mas eu não é isso então aí voltando um pouco tô sim mas qual o pneu de vocês sobre isso que a gente tá falando sobre essa essa e essa essa discussão cultural e eu acho o seguinte como é que eu cheguei nessa conversa com ele como é que eu voltei para essa conversa né Exatamente porque eu percebi que a discussão que estava fazendo a respeito do racismo no Brasil ela tava num diapasão único e esse diapasão único ele era ele tinha uma referência diferente das referências que eu tive então eu percebi isso eu falei ué mas diferenciação vai assim problema é bem assim porque não só da vivência mas de tudo que eu tinha lido já tinha vida todo dia eu descobri uma coisa nova desse maluco lá no programa é todo dia que ela e parece que ele viu 45 mil vidas aí tipo no dia a gente vai gravar ele ele eu descobri que ele já dá um sou Blake o circo é real ocorreu lindo na bebê que não se sobremesa comando E aí ele vai gravar no outro dia descubram que foram atração zep acharam não é né É aqui agora com e não caramba concurso não pode ser cara quantas vezes esse maluco teve uma roupa da novela partido alto Claro a capa da novela Era uns caras dançando para ele que eu Break chegou no Brasil no começo dos anos 80 é só uma febre ela se foi eu dançar então Black Juniors do caramba e nessa e vamos forma dança break aqui nessa conversa mãe é interior que eu sou benção Sou eu [Música] então assim oh eu fiz uma porrada de coisa mas mas voltando eu Hoje eu li um monte de coisa quando era adolescente eu li o alto perfil do Mal comércio Lino década de 90 né quando eu comecei a me aproximar desse assunto li biografia do ver quem lhe biografia de Steven biko li um monte de colírio raízes de um monte de coisa fiquei revoltada então eu tive minha fase de revolta né bom tem também o meu para caso de Monark é exatamente aí tem o meu bacana e familiar Meu pai minha mãe e tal tudo aquilo que eu aprendi em casa e também sou formou a minha maneira de ver o mundo e tal é só que sim essa minha maneira de ver o mundo é só minha porque eu andava teve longos anos da minha vida em que eu andava só com negros a gente uma turma grande de negra ensaia junto é para tudo quanto é canto os bailes não sei o que tal todo mundo preto e tal e e todo mundo pensava mais ou menos do mesmo jeito assim não tinha muita diferença de pensamento político e tal todo mundo precisa saber que era o seguinte nós temos que ir para cima e temos que fazer acontecer e pronto mete o pé na porta entre e vamos que vamos ir e é isso né de repente eu tô vendo um outro jeito de lutar digamos assim eu olho para isso achei estranho acho que violento acho contraproducente então eu falo Paulo a pena aí caramba Será que só tem esse jeito que esse cartão falando e aí eu vou querer entender da onde que tá vendo isso aí então essa ligação por exemplo com a esquerda que é uma coisa real e e que na verdade ganha fôlego assim né e ganha uma legitimidade como movimento negro Unificado aqui em São Paulo que vem o Face de esquerda já aí nós diz que Senador da militar é e a reclamação do José Correa Leite que é um dos fundadores da frente negra é essa é que naquele momento os negros estavam se dispersando em partidos políticos Ele reclama disso ele falar pera aí a a luta do negro é a luta do não tem nada não tem que ter negro dividir em partido por isso que ele pode até ter como pessoa as suas opiniões políticas mas no sentido de buscar um progresso para a população negra ele não pode se dividir em partido político e ele fala isso claramente numa entrevista é do livro importante que tem na verdade o único livro que tem artigos dele e entrevistas e tal que o livro organizado pelo Cut é então ele fala isso a preocupação dele naquele momento é essa e o Correa Leite é um cara da década de 20 e 30 de e que tava agora vendo nascer esse movimento negro mais à esquerda e mais partidarizado nada Um e oitenta final da década de 70 na início da década de 80 então ele ver isso com maus olhos e falou isso não é bom escutar acontecendo e de fato foi isso que aconteceu então você encontra atualmente a imensa maioria dos movimentos negros pelo menos aqueles mais conhecidos e os ativistas mais conhecidos todos alinhados à esquerda todos quando não são no listas e listas vermelhas são todos a esquerda e tal e isso eu como nunca fui uma pessoa de esquerda na vida nunca fui assim porque primeiro que eu era ele me ligava para isso aí e nunca fui preocupado com isso apesar de ter lido autores que que me deram uma perspectiva mais à esquerda eu nunca me dei clarear pessoal diz que eu também não entendia disso né no meu café uma coisa que me apeteceu e eu me Descobri um cara conservador por exemplo de direita Tá OK depois que eu me converti ao cristianismo então aí que eu fui estudar filosofia falar com ela aí eu vou e quando descobri essa coisa de conservadorismo de direita e esquerda apoia então eu sou isso aqui tá então eu me né me achei assim mas os caras estão todos à esquerda E aí quando você ver como é que os caras discutem os as coisas hoje e olha para como ficar discutindo Antigamente você deu um contraste é só que quando eu quis trazer esse contraste para o debate os cara a Capitão do Mato a negro da casa ela falou que você não sabe que me irrita entendeu então Os caras fizeram escalar é quiser virar Você ainda quer em silêncio ainda hoje né Mas eu não ligo então assim os caras não querem discutir eu até falei isso na minha aula agora porque é o seguinte na rede social aquela coisa que a gente conhece bem né uma vez me convidaram para ir no debate na PUC aqui de São Paulo é que era era um evento de psicologia e o assunto racial EA ter uma mesa sobre a questão do racismo tal e eu fui convidado e eu olhei lá as pessoas que um participar eu era a única pessoa que não era de esquerda mesmo quem foi atrás das pessoas e vi que todo mundo era esquerdo eu e eu fiquei naquela vou não vou vou lá para que buscavam enxotado do negócio e eu decidi ir e eu fui na moita não conversei falei nem para os meus amigos eu ia falei eu vou porque eu quero texto é aquilo que eu tenho para dizer no ambiente totalmente então assim eu quero saber como é que eles vão reagir se ele foi o local foi longe o meu nome lá fui e os caras falaram tudo aquele pautam nexo no meio da Ku Klux Klan colonialismo e tal e não sei o quê Porque o Marcos porque não sei o que papai chegou minha vez de falar eu olha eu vi que vocês eram fiz um contraponto ao que eles tinham dito apresentei meus argumentos falei do revólver trouxe as minhas referências todas E aí assim os caras no final vieram falar com você apesar de eu não concordar com que o modo como você é ver as coisas eu considero importante o modo como você vê que foi o a lei quando a gente se conheceu eu entendo que você não cara que só tá querendo polemizar são cara que tava querendo trazer uma outra visão da discussão então a gente pode sentar e pode discutir a gente pode convergir de ver o que a gente pode caminhar no sentido de encontrar caminhos para ajudar a população negra brasileira é isso é porque juízes querem a mesma coisa exatamente então eu encontro o que que tem tanto tanto atrito nada é nesses falta de uns camarada aqui é que ganha eleição e joga Tipo trash-talk na p**** toda cagada é assumir lá a fundação Palmares e só fica sabendo antes dela eu eu tô eu tô eu tô uma paulada antes do bolsonaro existir então assim eu não apareci agora nessa discussão A então assim Em 2014 eu tava tem um artigo meu no blog antigo meu que é chama repensando o dia da consciência negra que é de 2012 certinho que era bolsonaro 2012 era o cara que era Luciana Gimenez lá ninguém tava nem aí então eu tô nessa discussão já faz tempo e aí e os caras tão querendo me calar faz tempo já porque eles não querem discutir não tem discussão Eles não aceitam e não aceita na internet porque eu falei cheguei lá os caras falam né pode ser cresceu ir embora falou assim poxa que legal também a Janete é a galera Pega aquele negócio na internet sabe e quer tipo de confrontar tesoa que a gente cancelar na internet para pegar aquele seu Twitter te ferrar tá ligado na eu vou repetir sua eternamente assim e as pessoas é porque se sentiu sentir Claro porque na entrevista com Silvio Almeida no Roda Viva que eu fui convidado para ser um dos entrevistadores e eu era o único lá que não tinha ido só para enaltecer e tal cara e foi assim eu fui massacrado de um jeito que eu nunca vi galera no Twitter eu tinha que ficar uns dias sem olhar porque ninguém me fazer ó eu não quero nem ver eu fiquei sabendo que vieram me falar para os cara tão nem olha eu falei no olhar do nada a Vila não tava fazendo nada Eu tratei um super bem eu fui super respeitoso falei que admirava para o Sílvio como no território e o Miranda ele eu posso discordar dele em tudo mas ele é um intelectual importante e brasileiro eu não posso menosprezar isso e eu não fiz isso lá eu só fiz um contraponto aquilo que ele escreveu Porque eu li o livro do que o meu e falei sobre as coisas que eu tinha entendido lá e que eu te acordava para que não pode ficar fui massacrado do Vale que assim que essa galera que foi atacar e criticar o Paulo Nossa Senhora nem que eles estavam correspondendo a um pensamento do tipo porque se viu não respondeu Ele também vai valer a sua resto foi tranquilo é é super tranquilo mas aí você tem uma galera na internet que você não pode falar nada que é diferente do que eles pensam que ela assim é parece que é uma cartilha assim vota no Lula papá Você é de esquerda você você não pode ter nada que não bata isso daqui que você é o Capitão do Mato e Papa negro de direita a pobre de espírito de criar essa essa essa a todos aí e fica um carinho mandando a peça dos outros com essas coisas aí tá assim é uma coisa aqui daqui a pouco a pessoa vai te falar mas você é de direito então você é contra a vacina você cria uma lista de coisas também por outro lado entendeu É vai vai colocando Alerta entrega mal do deu fazer programa com Paulo cara é claro agora nós vamos acrescentando essa imagina mais nada né assim cara não posso conversar com Paulo Não tá ligado é pegar ela quer que a gente limite a nossa Negritude a ser de direito ou sendo esquerdo então a gente ou é porque você tem uma partida de outro então a gente tá aqui falando de várias coisas que se que você viu que a nossa ideias às vezes convergem a gente gosta de algumas brasileira ideia porque isso é o interior é uma escolha de um partido ou de uma ideologia exatamente não é exatamente sua condição como ser humano a sua vivência o que você falou de experiências e das suas leituras elas vêm antes cara mas você vai escolher o time que você torce vai escolher é só escolher a sua e de logística pode ajudar também Ninguém é obrigado a escolher uma ideologia e já fui mais à esquerda já fui mais adiante pessoas elas elas não percebem que elas estão se tornando zumbis do algoritmo porque o roupa você fala alguma coisa que os ônibus ele não perde eu vi não coisa vendo veio ao mundo por favor já viu o filme de terror né você é o cara se ele não voltar tá a ninguém vai investigar já sabe que ele morreu fosse uma virgem era seria ela mas agora essa galera tá presa não sabe que o algoritmo ele é feito para dar treta né cara e daí você tem pessoas que querem viver do do algoritmo porque é o consegue destaque é o palco que tem para ter todo dia e o algoritmo ele quer que todo dia você vai aponte para alguém você vai desligar alguém é ti Olá tudo que você me fale de racismo é todo dia você fale de machinho não que isso não seja o verdadeiro Obrigado mas vive apontando isso constantemente é emocionalmente devastador não tem uma pessoa que tá lá no Twitter adoece e o Paulo sabe porque a gente fala com alguns bastidores não tem um cara que tava todo dia falando sobre isso que não tá fazendo terapia não tem uma pessoa adoece porque é difícil para caramba só que aí você tem pessoas que sei lá porque por insegurança criativa acham que ser está no algoritmo que corresponder ao algoritmo é o que é o ideal para vida dela então tá todo dia lá como se fosse uma profissão é apontar criticar atacar buscar o próximo a Gil um pouco como ainda ela agia no começo cara é de vou achar a próxima habitado achar a próxima lacrada vou confrontar vou fazer thumb aqui tá ligado eles fazem isso mano Ah mas isso né esquerda também sempre fez mas aqui eu entendo que a lei tá dizendo é porque ela nascer de novo né que são nascidos nesse ambiente virtual já também o ele sabe exatamente entendeu Os caras estão se adaptando aí né Eu imagino o que essa próxima lição o bolo servir aqui eu mostrei as coisa ele já já passafo você fica a parte virtual dele a parte por funciona para caramba cara já a esquerda aprendeu entendeu que tem que ir correr também porque a direita na última eleição surfou absurdamente lenta Mundial domina a comunicação política na internet na cara tipo porque ela nasce assim o que a gente chama de auto-hide é só direita maluca se ela já máxima bem digital se você pega por exemplo o Brasil a última vez a primeira vez que o PT foi eleito a gente discutir no sms mano então faça foi em 2012 foi dois SMS a soma das cargas não tinha não tinha eu acho que ela poder curte aí eu não lembro não vai assim pois você não tinha todas essas discussões de como o digital estava impactante exatamente a na verdade as discussões ela como a foto no Jornal Nacional impactava a a eleição tá ligado né então eles passaram muitos anos sem entender tudo isso bolo dá um dos casos que tá entendendo a internet mas a direita brasileira essa nova direita que já nasce em inclusive com a Andriele e inclusive com o bolsonarista ele já dominam ele surfa nessa plástico então esquerda nas próximas eleições vai ter que suar um pouquinho para se entender não vençam essa população já já tava pau cara eu tava forró até a guerra de narrativa guerra de narrativa é o sempre existiu né contar minha versão e eu vou aqui e outro aqui só que uma coisa é você fazer esse comício fazendo no a panfletar vantagem fazer isso no programa e uma coisa você disparar para milhões de pessoas é muito cara é muito mais fácil e a galera não sacou Isso quer dizer saco agora né só a juíza quando isso aqui também mas eu não queria nem parecer lado que ia voltar para uma para essa coisa da produção cultural mesmo que acho importante cima para parecer combate ao racismo né pra tirar essa é para as crianças negras se verem nas coisas que eu vi uma vez um filme não sei se viram que era o contrário não era uma era uma distopia uma distopia não era uma uma uma fábula né quero contrário era o mundo é é o tópico não não sei ver a palavra que não sei conhecer a palavra mais um Gaara era era negro e os brancos eram eram sofreram racismo então a criança recebi um boneco negro e já tá por o tem boneco da minha cor entendeu sabe essas coisas era para mostrar até o fio assim bem caro filminho meio antigo e para mostrar Olha uma posição de racismo como seria entendeu Tipo o cara era humilhado na empresa era o policial dá uma batida nele eu ligava no Natal ganhava a filha o moleque ganhava um nome disso é fantasia eu acho que seria isso não é uma fábula fábula Tecnicamente tem que ter bicho que fala fantasia você sabe que quando a galera do Politicamente correto precisa elas estão atingindo Porque também tem mais negros em posições de decisão também exatamente que tá chegando lá velho Branco estão decidindo é uma coisa você tem mulher você tem você tem um é exatamente cara então assim até uma série chamada Hollywood não sei se assistiu que mostra a desproporção de distribuição de narrativas negras no cinema é nova não já tá em os dois anos ali Rude e por exemplo lá em 1911 que nasce aquele filme nascimento de uma nação filme e foi importante porque ela em seu primeiro Marco de Hollywood foi um dos Marcos da Ku Klux Klan na segunda geração dela né É Esse filme foi distribuído por 200 é uma por 20 mil salas de cinema nos Estados Unidos alguma desgraça porque o filme o filme é muito bem feito né ao grito chegado eu queria que ele mandava dessas lado direito e o filme assista até o tutano até o tutano negócio ficar com ódio de assistir e decorar eu acho que não assistiu ainda cara é muito curioso primeiros ele foi o filme que distribuiu aquele estereótipo do negro estuprador é é todos os Legos do filme são são degenerados assim a Dori ela para que fez sal também então tipo é um filme que distribuiu aquele medo de uma menina branca se e******** por um cara negro tá ligado esse e isso deu força para correr para a segunda criação dela mas enfim eu fui recebida por 20 mil salas e a galera faça hipóteses e os negros porque eles não fazem filme latinha negros fazendo filme tinha um cinema Nego Os cara 20 show ficar me escreve sobre ele na minha coluna escreveu uma conta narrativa que é nos portões de alguma coisa que o senhor Gates né só que aconteceu esse filme dele só foi distribuído em 200 salas nos Estados Unidos enquanto o nascimento de uma nação que foi o propulsor da Ku Klux Klan foi distribuído de 20 mil salas teve o governo ou subsidio único luz visível o ingresso para que os estadunidenses pudesse a entrar por um dólar para assistir essa p**** os negros estava lá tentando as carnes tô fazendo o cinema e ninguém segundo então quando a gente fala de empoderamento no cinema nego E aí tá falando de distribuição adianta foi tudo né não existe uma lei que diz assim negros não podem escrever mas quem tá ganhando dinheiro e sobrevivendo suficiente para poder ter uma carreira com isso essa é a grande questão E aí tem aquela coisa que eu quizer as visões aqui para eu ir ali nesse sentido a gente vai divergir que a porque eu ali Acho importante ação afirmativa só que não você tem que criar lá um lugar onde você vai facilitar pra que as pessoas negras sejam incluídas nesses espaços rotas é a sofrer mostra cotas para cinema essas coisas não não acho que funciona as cotas isso funciona para educação e mas eu acho que que no cinema acaba sendo um pouco orgânico sabe tipo não posso falar de alguma coisa que que eu tô vendo acontecer vai destruir missão chegando no Brasil e esses trem estão querendo reproduzir os sucessos estadunidenses E aí só olhando para Caio funk e quem que tem para fazer coisas parecidas E aí eles são abrindo várias para várias salas de roteiro de pessoas negras criado então eu não acho que precisa de uma lei para dançar galera acessar essa indústria de atendimento mas eu acho que precisa ter talvez uma campanha como Netflix fez da do Black storytelling já há vários anos é estimulando o debate da falta desses profissionais Então as a questão é você aumentar as oportunidades da vida ai chegando um monte de streaming E aí os caras querem disputar o espaço né então posso como é que eu vou disputar espaço o que é o Netflix como que eu consigo uma diretores negros como que eu consigo mais a torneira só for você tiver como que eu formo é o que falou não tem regras que fala não esse time tem que ser dirigido por um branco ou para uma mulher mas por que que tá sendo dirigido por uma por um tipo de pessoa entendeu o que que é maior parte dos filmes que são lançados e são sempre de diretores Branco Sagrada é isso que precisa ser questionado mano e aí a gente precisa eu talvez dessa da campanha dessa discussão para que quem tem o poder porque se depender da galera que tá aí a muitos anos as narrativas vão ser as mesmas cada preto na com chicote nas costas fazendo escravo na novela porque a gente pensa coisa também assim igual eu a minha visão sobre sobre vai ser um diretor Célia primeiro que é o Spike Lee e eu na minha visão é o Spike Ele piorou como diretor também acho você pega o Spike lindo faça coisa assim aquele filme é uma obra-prima aqui ele é muito tava muito afiado mal como é que você é uma obra prima né E aí você pega o aí é o que você fala então Spike de eram era um diretor é era um direito o negro depois ele se tornou o nego diretor e agora é só negro assim se do que ele só faz militância e e o cinema dele eu acho que diminuiu nesse sentido mas essa é uma discussão Então essa é uma opinião pessoal mas o o espaço para explorar talento de diretores negros é que tem que ser discutido porque claro também não é só porque nega porque tem muita gente ruim é que não vale a pena o cara que eu em você tiver um Jordan p o cara sério cara de lugar gâmbias eu dou a pera aí né você pega o Denis é o Washington dirigindo não sabe o que tá falando se alguém quer produzir uma história por a história Negra Eu acho esse pensamento errado tá ligado tem encontro mensal porque ela é boa quando eu li seus anéis para dormir tô aqui é porque a história é boa para caramba tem que tem gente que não gosta os fãs de Harry Potter f***-se eles não tô brincando por mais tipo aí uma história boa cara então eu não quero que as pessoas Leiam uma história enquanto criador negro que eu sou é como se isso me dele me definisse a Negritude não é o que me defina meu ponto de partida para contar novas histórias games volto hein caramba Deus bom não escreveu só sobre nosso mais head conhece possam aí correndo ele Carol primeira Negra a ganhar dois políticos e ele ganhou nos últimos anos consecutivos assim com reformatório níquel e underground World que virou série também ali na alma muito caro está revolucionando o que o órgão frio tá fazendo no cinema ele tava fazendo na literatura o reformatório like porque o cara é bom galho então né porque o cara é preto que foram lá vem aqui tá é claro que assim por de trás e tu tem aquele aquele ar de que p*** Laura tarde diga pagar conta assim e também ele pode ter chegado até esse espaço porque alguém vai viu de uma oportunidade também oportunidade para ele e o cara foi lá e pá e falar Ah então tá bom agarre e detona né E porque é o que a gente tá falando Tem muita gente que é ruim e a gente sabe que aqueles que são bons eles vão acontecer vão prevalecer se tiver oportunidade para pessoal aparecer o problema é esse do Brasil para ele não tem então se você não tem um cara começar lá de trás tem muita gente talentosa que nunca vai aparecer por ou nunca apareceria Por que não têm oportunidade porque não deles da escola colocar coisa de teatro exato as regiões eu não sei o que é só tá aí você vai funcionar a gente moleque é bom isso aqui não sei o que falar cara continua nisso ele até uma aquela série que a gente usa para acabar o último inflow que fala sobre hip-hop quadrado você vê que em Chicago tem o hino de rap com piano nas bibliotecas mais aquela cena demais quem é isso que a gente precisa ter o acesso mas agora que eu chorei com essa série é uma série de grupos de hip hop e o último episódio Eu Chorei quase o episódio todo é porque é um negócio tão impressionante recém Aliás o meu Deus meu que é mano o cara que ganhou e se você quem não assistiu e tipo então de fora já faz muito tempo já tá mais assim mais os caras nessa porque porque primeiro é um Reality de rap então são são a carne bi ou o pênis the rapper acid rap reggae E aí eles vão vários estados diferentes e aí fazem aos times então é uma competição de Hip Hop mas o que é comovente é a história dos moleques e não é só preto não tem moleque branco pode humano lá que canta como Eminem cara mano e aquele moleque assim ele conta a história dele que você quer chorar porque é uma desgraça atrás da outra assim o leque Branco lá dos Estados Unidos tipo um cara ganhou mas toda a indústria do hip-hop ganhou com aquele horário que tem vários talentos que estão aqui chegaram ali cara que já tão chegando na Billboard e f*** quero ver a história dos caras e assim o que eles são capazes de fazer com grana os caras falavam assim então no reality não chega maior ó é vocês têm ao Toma aqui o produtor tal um dos maiores produtores do Ribeirópolis Ok você tem 24 horas para produzir uma música então dava o melhor produtor para você você tinha que escrever uma letra que a quis fazer o bit já que levar para o cara e vocês construíram em 24 horas e seguir as coisas que sai era de eu chorava de ar é muito bom cara não chorava de ver e escrevi tem um artigo mas não adianta ter ideia quando os finalistas já é já pelo Twitter flower Girl Talk os cara é bom então assim mas por que que ele tá falando tudo isso porque cara grana certo porque é um negócio que os cara despejaram uma grana violenta e E aí você vê o talento dos moleques que não tinham que assim vendendo almoço para comprar o Florêncio o toque esse cara aí né cara ele é um descendente de latinha ele Boa noite e quando ele canta cara a emoção parece que sangra lá naquela música dele da final casa quem vai casar se até por era meu e casar Tá aí o filho não é casado com filho pequeno tá trabalhando assim custa se matando para poder pagar as contas cara tu viu pode de Roney o conservador e um Progressista e Curte Rap já não então eu meu artigo da semana agora eu coloquei no mesmo artigo Racionais e chesterton um cara reclamou na Gazeta do Povo é que você pode colocar testa e Bruno bravo mesmo lugar tá doido esse cara do Brasil a galera do Rap está tentando tá produzindo tá começando a caminhar por esse pensamento também de informação de apoiar galera de construir a sua a sua rede para dominar esse mercado e também dá oportunidade para essas pessoas e várias caras de gravadoras aí que estão construindo as novas gerações Então mas aí você falou uma coisa aqui que é importante aqui é uma coisa educação outra coisa é a produção cultural né você pega a água do Wagner muito caro eu eu olhos que condenam também daí Netflix Então cara deu tudo também eu eu eu assisto aquilo ali eu não gosto do resultado eu não gosto do modo como ela conta mas ela é muito talentosa é muito conservadora Tá ligado não é muito bom olha olha escondendo é muito bem feito eu não vou zuar com o modo como ela conta a história Porque tem toda uma questão política me ajudar de outra mas é muito bem feito mano é muito bom é muito bom tá bom aquele outro que eu gosto menos ainda o 13ª emenda né que eu ainda gosto mais ainda mas mas é muito bem feito você vê que ela ela é muito tá nervosa Rua na forma de contar a história me seguem que fez Lobby para ficar ontem fantástica também gostou de Loft Loft pronto eu não gostei muito da hora eu achei um pouco apressado a narrativa me desinteressei eu acho que não terceiro quarto tinha ouvir ele vai portanto lugar ou então acho que é narrativa é um pouco apressado assim e no consultório e de repente joga alguns aquele personagem do tio por exemplo achei que dava para ter mais tempo trabalhando com ele que tem bons personagens mas eu acho que a narrativa não não sei lá no conto totalmente a história enquanto deu a ti mano assim que p**** é uma porrada chega primeiro episódio eles mesmos minutos é uma porrada na sua Carneiro já é sobre aquele massacre é meu primeiro Duarte mas o gatinho tocando piano A então naquela cena então do do massacre assim aham cara pesada no Brasil são seu ativa já vai assistir o Acho ótimo caro mesmo você é louco ou formas alternativas né Eu assisti formas alternativas não então assim e o que que essa essa indústria cultural promove é o É lógico que existem por aí cara porque o racismo assim a gente falou do momento a Geni e a gente falou a ciência mas o povo não ia fazer faculdade de racismo contam como que distribuir seu racismo na sociedade por estereótipos por Inclusive tem estudo fala dos cartunistas da década de 30 que é do Brasil e faziam as as piadinhas diário essa negra tá fedido e tal essas coisas que virão essas palavras estereótipos das novelas isso aqui tá dos programas que tá todos que fica mostrando Preto sendo no Play novela formou Imaginário do brasileiro certo década de 80 90 foi muito as novelas da Globo e tal e eu não consigo me lembrar de um personagem nele o que não fosse o bar terno eu tô agoniado então assim daquela mesma maneira que eu vou sentir uma competição lá nos Estados Unidos do nascimento de uma nação em 20 mil salas de cinema e o Oscar micheaux com menos de 200 sala de cinema é uma televisão aberta que produzia milhares e milhares de imagens de negros em situações é ruins e você não tem uma produção na mesma escala de negros sendo empresários de mulheres negras que diz que tem sucesso e sucesso um tecido a ser relacional dinheiro mas que que tem uma família que sobrevive que faz coisas legais de garoto que sai da Periferia e se tornam pessoas tipo que estudam que fazem a vida acontecer pegar a gente precisa de aqui são super-heróis e se você como que é dois sabe como os heróis imaginarem com a vida da Galera Então esse precisa de muito mais produção de muito mais figura a gente precisa disso e e como fazer com grana né cara também é está alguém quer não é eu não acho que seja seu gato como como que a gente resolve tem que ter gente disposta a gastar dinheiro com isso e não tem é entendeu Esse é o negócio cara eu também alguma coisa inventado que podem funcionar mas não não tá isso não como o resultado pegar por exemplo o estado investindo aí a raça elevando arte para falei a característica pode acontecer isso olha uma discussão real sobre a cotas raciais mais cotas de sala de cinema de produções brasileiras ligado inclusive para extremos não me engano quando o ciumento Brasil 25 porcento precisa ser produção Nacional porque senão eles não vão produzir é claro que não o negócio já tá pago para o mundo inteiro porque eles vão gastar fazer em casa mas então vai sair a gente ficar em uma coisa que regularizar ação em que estado pode fazer para promover a cultura nacional te agradei ir a bacana essa cultura nacional você vai junto os novos produtores novas pessoas que vão chegando nessas posições é muito frio Esses dias eu tava vendo um programa do Beach então quer dizer nos Estados Unidos gás tem um canal de televisão negro né o black Entertainment Television television né Eu tava vendo um programa lá eram era o it Awards na e e assim cara era a uma apresentação musical e uma série de comerciais sobre sobre séries de séries negras da o que assim então Os caras tem um canal e os casos produzem conteúdo 24 horas por dia só com personagens negros série com tal e tal e agora sim essa coisa é essa essa cultura negra americana é uma coisa poderosíssima não é um negócio que nasceu o sol dos caras tocv por exemplo a história do Apollo theater que era um judeu é o cara que a grana ele ele comprou Apolo e ele olha para ela fique era lá dorme falar é isso esse aqui é bom hein eu vou botar aqui dentro desse negócio aqui vai fazer sucesso e ele começa a enxergar os talentos negros e começa a investir então assim a forma e em um negócio que deve ter estudo sobre isso mas eu nunca fui atrás mas a maneira como os judeus por exemplo ajudaram a população negra americana a forma a cultura prosperar e tal Porque também eles tinham aquela ideia depois nós somos um povo perseguido também a gente sabe que esses caras passar eu eu vou levar o pessoal que tipo para galera não pode talvez só nivela com é estado ou é mercado como se fosse ele vai fazer pior do que um iniciativa privada eu acho que estado vai ele pode fazer efetivamente faz mas acho que ele não vai fazer igual o mãe não é para guardar entendeu entendeu Mas aí mas eu acho que tipo as soluções devem ser a parte e você não precisa ser totalmente estado vão deixar toda a grana não é a gente essa coisa nesse mercado regula negro escreverem livros assim cara precisa de estilo Teve teve uma várias discussões porque os últimos prêmios nacionais que tinham no Brasil não tinha pessoas negras não teve que ter teve boicote de autores ligados grupo não tem nenhum nego aí a gente vai para a gente vai criticar e vai questionar você para caramba É tem editoras que chegam lá e não são só de todas negras que a minha Editora Raquel coisa eu adoro trabalho tem que falar da Raquel e da Malu som pessoas trabalhar no meu livro e que tenha uma sensibilidade absurda para reconhecer novos autores e elas estão chegando esse lugar porque quando Luther King falava Qual é a medida Nascimento falava não tava só atingindo pessoas negras pessoas brancas também tava fazendo Caramba então quer dizer que eu posso ajudar nesse rolê também também eu posso ajudar Então essas pessoas que estão se sensibilizando então a TIM e abrindo as portas novamente que as pessoas negras que chegam lá tem que chegar com esse pensamento que o Paulo falou cara abre uma janela para mim eu vou atravessar ela eu vou criar uma porta para novas pessoas como eu tô ligado tô aqui outros garotos possam escrever também então não é só não nós não vai existir uma só vi aka não eu sou professor de escola pública Vilela mano e assim esse a gente assumi E é verdade que a população negra é a mais pobre no Brasil e quer dizer infelizmente a pobreza tem cor então a imensa maioria dos alunos de escola pública e negra em qual a educação que eles têm lá cara se você precisa ser assim muito talentoso e muito consciente do seu talento para você não ser reduzido a uma semana lá dentro e a f***-se consciente do talento quando você não é Reflexo exatamente não tinha ninguém na minha família no meu bairro na minha região que é o escritório também entendeu então tem muito disso às vezes o talento não desenvolveu não floresce porque a pessoa não consegue enxergar que ela é capaz de fazer alguma coisa veio Olha a volta não tem pressão nenhuma né E aí nesse momento às vezes ser considerado um escritor nego faz a diferença para o garoto negro sim para toda como as vezes porque daí aquele garoto foi Nossa então eu sonego aquele cara também é negro às vezes eu posso eu posso chegar nesse lugar também as referências são importantes daí e assim e elas não existem e o ensino brasileiro é feito para dar errado como é que você vai como é que resolve isso então é um problema que tá lá na base tá lá no comecinho o problema é Lacta preta é lá que tem que resolver é lá que as pessoas negras tem que se enxergar a capazes ela aquele moleque de 12 13 de dez é lá que ele tem que olhar e ver e falar caramba eu posso ser isso aqui eu posso ser médico eu posso ser artista eu posso ser escritor cá hoje ou a bancada odeia língua portuguesa deu como é que vai sair para onde aqui torcendo não gosta se você odeia a língua não dá né quando eu falei com ela escreve bem porque você quer não tem porque ele ele meu idioma porque lembro que aprendeu que sabe que sabe que faz diferença e escrever bem Tem muita gente que tem fama e dinheiro e que escreve mal E aí então se leve né o só um ghostwriter também tem essa é então assim o problema é nesse sentido ele aí sim eu diria que ele é um problema estrutural porque é o Pior é q tah q tah na estrutura da educação brasileira E porque é que tá no funcionar desde a constituição até às vezes monte de pedagogias que vão inventando hoje não sei o que cara que não é nunca resolve nada porque a intenção não é essa né ah não não é levar para esse lugar de desenvolvimento de talento por exemplo não é Então cara É muito difícil nos completa muito difícil mas vocês vêm é uma um um futuro mais animador ou desolador em download animador assim é enquanto ficcionista eu sou eu sou pessimista eu acho que ele vai dar tudo m**** e aí Os Robôs vão dominar e a primeira é que já fez várias declarações aqui para os robôs força não sei que raiva de que eles vão ter que escolher esse então mas é cada uma vez eu sempre contas história porque eu gosto de referenciar as pessoas que merecem e eu conheci uma Historiador a chamada Mundinha Araújo lá no Maranhão mais uma Senhorinha de 70 anos de idade e ela me disse uma frase que marcou me eu falei nada foi pior que o cativeiro e eu não tô uma carteira hora que o pai quantas pessoas eu tô podendo falar aqui com você e com Paulo Então as coisas estão melhores essa tinha um inferno aqui a pior coisa do mundo e tudo claro que tudo que venha depois vai melhorar a senha é só isso em mente 130 anos atrás das pessoas estavam escravizados nesse país Então as coisas estão melhorando não posso negar que as coisas estão melhorando tipo hoje eu posso viver da minha arte fazer as coisas obviamente ainda tem muita discussão pela frente ainda tem muita violência que pessoas negras é sofre mas eu acho que a gente está no caminho quem está no caminho para fazer isso acontecer a gente falou para caramba do cabelo como a gente fala isso bastante no ar Como que o cabelo é da estereótipo é dois anos atrás cabelo cacheado foi a primeira vez na história que eu mais buscado no Google do que cabelo liso é ou seja Oi gente tá percebendo hoje quando ando com os meus dreads a galera fala assim parece o que monga não me parece uma em Diego claro então a galera tá imagens estão mudando cartão mas eu ainda acho que precisa continuar progredindo mas eu entendo louco pelo carinho é muito loucas que você falou que o cara olha você fala parece o que o manga sim né porque aquele negócio antigamente o nego éramos um Buiú era o Saci era o estereótipo porque não tinha aqui há poucas poucas referências não tem a quem que era referenciam fala uma referência negra brasileira que não és cariótipo mais antigos que eu lembro o Milton com sol Milton Gonçalves sim mas ele era um ator é e que fazer papel subalterno é novela Pelé é criar um jogador de futebol que mas desapareceu Faz tempo ele deixou de ser uma uma referência Negra porque ele saiu do futebol isso e a relembrou a fusão tem não tem então assim por isso que a gente o naja entre as referências nos Estados Unidos e aí eu vou agora eu acho que vai esquentar um pouco mais essa discussão aí é quando a gente fala de racismo estrutural sou um racista em desconstrução vocês acham que todo branco é um racista em construção e que a gente só tem que melhorar ou vou dar para dividir sentem os caras são f************ outros eu queria entender isso daí quando ela que eu não gosto eu não concordo muito e eu não acho que é que é um consenso mundial de que todas as pessoas brancas são racistas e o nome consideram porque isso é porque isso esse uma parada da galera mais brasileira que tá no surgindo está ligado à não é uma coisa Não não é até um se tem um documentário elas Chelsea e seus e seus privilégios lá com Kevin Hart e para mim pergunta para ele sobre as os bancos e todos racista ele também fala olha está falando de bancos tipo meio que generalizando né porque nem todo mundo é então eu acho que eu achei isso um perigo porque dizer que todos os bancos naturalmente são racistas é quase que conectar condição moral a Biologia então eu não sou eu sei que muita gente da esquerda gosta desse desse dessa desse curso eu não eu não ofereci discurso até porque minha família me sentia nada e eu não vou acordar todo dia olhar para um primo meu e uma tia e fala essa racismo como é que você tá Tá ligado não eu não acho isso uma solução apaziguadora e tem uma psicóloga nega do estadunidense que a netherrealm que ela fala que existem alguns estágios de branquitude de um banco para ele se tornar uma pessoalmente racista que são três estágios rapidinho falar que a primeira estar já quando uma pessoa branca nunca vi uma pessoa negra Eu não convivo com ela a primeira vez que você convive no seu trabalho e todo estereótipo porque é o que tinha na sua cabeça nesse momento você começa a Perceber do convívio que você é que as pessoas Negra sofre uma diferenciação e é nessa hora que essa pessoa branca ou vai depositar nessa pessoa negra falar que ela não tem força que ela devia se lutar mais que ela não devia se vitimizar ou ela vai entender o seu lado nessa luta e vai se encaminhar para uma uma o que seria o anti-racismo pegado só existem várias teorias sobre isso eu não acho que é conclusivo dizer que a toda pessoa negra é é toda pessoa branca racista eu entendo uma diferença entre racismo e atitude racista uma pessoa é capaz de uma atitude racista e não ser racista não sei se está entendendo que eu tô falando ou por segurança sentimento acima as pessoas não acorda assim nossa como ato racista hoje é gata tem gente que acorda aluno muito porrada falou que um dia do do nada a não eu estou assista muito pouco o que essas pessoas são Suprema assista esses que deliberadamente assim eu até o negro é do meu lado eu acho que eles são super macias mas eu acho racismo quando é que vai te dar a psicologia então tive que antes do sentimento Existem os arquitetos aí eu falei antes dos arquétipos ainda existem os esquemas mentais racismo às vezes ele tá nesses arquétipos nesse esquemas mentais Então você às vezes tem medo de uma pessoa nega por conta de uma figura que tá na sua cabeça então você não tá conscientemente se emocionando odiando aquelas pessoas sabe você tem um alguma coisa foi programado ou talvez porque está espalhado na sociedade essas figuras é porque toda vez você liga o Cidade Alerta e ele está ligou para o celular lá vejo você tem medo de dois caras numa moto não quer dizer que entendeu do acontece comigo eu entro às vezes e alguns lugares São Paulo e eu percebo que as pessoas têm medo de mim ela entra numa não a padaria asinhas tô sozinho tá sozinho lá eu vejo que as pessoas vão atender do nada desenvolvem medo de mim esses dias o cara do Uber eu tava em graval no ar verdade o cara do Uber fala o Uber no meio do caminho falou que ela desce aí porque eu não vi um meio do caminho Vilela falou o quê dessa aí porque eu não vou te levar o confundi aqui mas eu percebi pelo espelho que ele tava com medo de mim agora eu vida no meio ele ficava me olhando e tentando entender que eu tava fazendo atrás você vem para o meu celular tá ligado Então existe esse medo de algumas pessoas negras situação e esse meio da esperado pela sociedade mano então as novas gerações inclusive de pessoas brancas estão se tocando disso estão entendendo a sua posição mas esse é o racismo estrutural ou não então ouviram a história conceitual é aquele intelectual Play porque a o conceito de raça de Total ele parte de uma visão de mundo Oi e essa visão de mundo assim para grosso modo sim cara é um negócio complexo para caramba mais é a ideia de que as estruturas sociais e aí poder é possível amiga fala né das estruturas políticas e jurídicas econômicas e sociais dele fala de quatro estruturas em que o resto das quais o racismo está impregnado e ele funciona quase que autonomamente então ele funciona independente da vontade das pessoas então por exemplo ele vai falar olha o capitalismo é racista E é porque a estrutura do sistema capitalista exclui as pessoas negras não faz parte da tese isso aí então o capitalismo intrinsecamente racista tão a estrutura econômica do capitalismo é racista Por que excluir as pessoas negras Eu discordo frontalmente isso mas é isso que Kids aí então a a estrutura jurídica é racista porque a por quê Porque se você vai num julgamento e vai jogar um cara negro um cara branco o cara nego geralmente ele tem estudos que apontam isso o negro recebe apenas maiores é com menos droga recebe condenação maior do que o branco com mais droga Então tem essas coisas então quer dizer o sistema jurídico é racista por isso porque independente do juiz que esteja lá ele funciona desse jeito eu tô A ideia é que as estruturas sociais condicionam a consciência individual independente daquilo que você pensa você reproduz porque isso tá na própria estrutura da sociedade E aí eu Eu discordo disso porque eu não acredito que as estruturas serão capazes de já mais fortes do que sejam mais forte do que me bagagem a consciência individual do que do que meus pais ensinaram-me a convivência com os amigos é e eu separo e eu separo o Alê falou É isso aí é só só muda o nome dizer eu acho que fizemos estava falando sobre essas figuras na nossa cabeça que fica com tal é eu acho que como ele falou vocês não funciona antes mesmo que você não tem a intenção tá ligado e eu acho que discutir a terminologia é interessante para quem está nesse campo de estudo como sumiu como o Paulo e tal mas eu gosto de discutir a solução de como a gente pode trabalhar para evitar isso te acontecer tá ligado eu entendo que o Paulo fala eu entendo as discordâncias dele com a questão do racismo estrutural Mas como eu também o tempo da posição dele é a para o mesmo objetivo eu não faço eu não sei se ele tem direito a melhor mais porque talvez isso de lua a culpa como uma coisa incontrolável e tirar a responsável de um dia eu acho que é assim mesmo mesmo que a intenção não seja essa porque não é essa Mas é para isso é para esse lugar que vai não é então se a consequência da teoria ela se torna o perdão se torna incontrolável e vai parar nesse lugar é a mesma coisa para você falar que lugar de fala não é censura Não não é censura lugar de fala é você saber que cada pessoa fala de um lugar social diferente Ok então no mundo concorda com isso é é assim mas o relato teoria isso é mas lá na ponta como isso vai chegar é censura é então o problema para mim é assim você não tem controle das consequências da sua teoria Então esse é um problema para mim E aí eu tenho eu tenho feito a discernir as coisas estão para mim existe uma coisa no Brasil que é o racismo EA discriminação que ao preconceito para com as pessoas negras e pobres em geral e tal e tem uma coisa que eu chamo de Cultura de subalternização do negro O que é um negócio que aí ó é dessa herança histórica das cenas escravista dessa coisa da Eugenia e tal na faixa acabou indo pelo mesmo Caminho das isso meu celular que criou o Imaginário não porque assim eu acho que porque assim agora no tensão entre as duas vou dizer a solução para a teoria do racismo estrutural é a revolução não tem outra assim ninguém fala isso na cara dura teve um entrevistado Silva Almeida que é um professor Lar amigo dele que falou então assim porque como é que você sobra de uma estrutura como é que vocês eu a casa para você constrói a casa no alicerce que tá estragado tem que derrubar e roubar e fazer de novo então é eu eu assim a consequência lógica disso e aqui eu tô falando de filosofia mesmo quando a coisa mais a lógica do argumento filosófico a respeito disso é não tem como consertar você falar não com educação com certa a Se você começar a colocar mais suas regras com certa na não acho que é em seguida destruir construir Eu também acho que espero que não né então mas eu digo que essa coisa que eu chamo de Cultura de subalternização ela resolve com educação e com cultura com tudo coisa que a gente falou aqui com exemplos você vai morrer por isso que eu que eu dou tanta em fazer no meu trabalho a figuras negras importantes da história brasileira porque elas são reconhecidas porque quando o último ancestral do Ali estourar aí o molequinho negro que vai morar lá entendeu Aí o cara olha para mim falar com você eu parece o que o monge e não parece um mendigo é isso você muda a o Imaginário moral da sociedade tá então se você passa deixa de ver o estereótipo ruim é que é que a gente falou então eu cresci vendo novela da Globo e não tinha um personagem na novela qualquer um negro agonista-antagonista ouvir o mesmo trazer problemas uma família negra por exemplo rica e é tudo bem Que isso é absoluta minoria na sociedade mas mas se tivesse reforçaria o Imaginário né não tão estereotipado como se criou Então esse é o problema né a gente tem uma sociedade que adora figura de negros correndo fugindo roubando o pegando em armas tá ligado e então ele precisa de imaginar de negros fazer uma coisa legais cara sendo ter uma família é bacana com narrativas que às vezes sócia Parem de amor só também então gente uma coisa forçada é porque faz parte da realidade exatamente foi embora é exatamente não tá inventando uma coisa exata não quis ir em agosto consome negros tem família bacana lá na tem também com o Brasil que era eram as mesmas história de favela ou moganga sufocar o Brasil é só isso na década de 80 que era só por na x***** exata cinema Era só poder fechada só aquelas coisas relaxada e tal então assim é é o mercado porque é aquilo que a gente apresenta entrevistou o Ângelo Fernandes abençoar que ele fez o Luizinho Gama é o Dr ele fez o filme do Jefferson de sobre o Luiz Gama que o doutor Gama ele fez o Luiz Gama jovem mas a gente discutiu isso lá no nosso programa assim cara nós também 2021 agora é a em 2021 tem filme do mês saiu um filme sobre uma figura Negra importante que o Luiz Gama em 2021 imagina o tempo que vai levar até o conseguir fazer o Luiz Gama Caçador de Vampiros todos hahaha tem uma para mim colocar essa doida é que não Luiz Gama caçador de lobisomem e assim um filme do Jeferson deu um belo filme inclusive mas eu achei o filme muito curto para imensidão que é o Luiz Gama achei o filme Uma hora e meia curtíssimo assim mas é mas é é muito melhor ele do que nada Ah e não tinha nada como é que pode cara não ter não tem nada para fazer o do Rebouças o revólver série ele quer ser consultora de Reboco Ou seja eu estou falando tempo que ela tá indo aí caminhando fazendo Rebouças contrata e o nosso parece pega Fábio você pega a família dele que vai ajeitar coisa louca você pega uma cara que sai lá de Itaparica lá de não sei o quê não tem nada o cara vai estudo para e e viram que virou é uma série é uma série uma saga de uma família brasileira negra que no contexto da escravidão chegam chegou e Imagina você fazer isso numa Globo da vida e botar essa série no horário nobre imagina o molequinho de negro da Periferia vendo isso homem entendeu imagina vendo a vida do José do Patrocínio um cara que que quando ver ele mesmo chega Platinum escravo daí depois ele se arrepende aí então você vê a história do José do Patrocínio a história do Francisco de Paula Brito cara o primeiro editor brasileiro editor de livros que não eram livros técnicos editor de livros de romance tal foi um negro Francisco de Paula Brito é que publicou o primeiro romance brasileiro escrito por um escritor negro que foi o Teixeira e Souza o filho do pescador primeiro romance brasileiro e o Paula Brito foi o primeiro empregador primeiro patrão de ninguém menos que Machado de Assis velho com 15 anos o machado foi empregada o Brito na tipografia dele o Paula Brito publicou o primeiro poema do Machado o primeiro romance os dois meses romances de Machado foi o Paula Brito que publicou e o palavra existe uma sociedade de intelectuais lá no Rio de Janeiro sociedade petalógica que reunia intelectuais médicos e jornalistas não na casa dele cara fazer uma reuniões intelectuais e tal e não sei o que cara na primeira metade do século 19 Ah entendi como é que é o negócio que um dos sócios dele na tipografia dele dois dezembro Era o próprio Dom Pedro Segundo um cara negro que morreu e o enterro dele foi um acontecimento no Rio de Janeiro É porque conhece o cara ninguém sabe né é uma ninguém sabe quem é o cara e não só as históricas mas as figuras fantásticas também que a gente pode construir cara é de mulheres pretas dirigindo na árvore espaciais ciência somente precisa construir essas histórias porque é isso que vai fazer galera sonhar né o Isaac asimov que diz a ficção científica a ficção hoje é o fato científico da manhã então quando a gente constrói ficção fantasia a gente faz aquela aquele garoto sonhar e possível um dia estudar Engenharia e tentar materializar e construir essa palavra chamada roubou né então é sobre isso cara sobre a gente dá oportunidade de alimentar o Imaginário das pessoas para E aí sim eu acho que é através de imaginar em uma vez quem falou isso para mim foi a miss ida antes de escrever o primeiro livro é lê o nem imaginaria que vai reconstruir a imagem a mente das pessoas que a gente o nosso nosso a nossa disputa Nossa criação a Lica é isso é isso esses dias eu escrevi sobre Ernesto Carneiro Ribeiro que foi um professor baiano Professor de escola médico também negro médico e aí só que ele se formou em mentira mas no meio do caminho Descobriu que era professor então foi se tornou professor e deu aula por mais de 60 anos e ele foi professor de Clóvis Beviláqua Mel autor do primeiro Código Civil brasileiro foi professor do Rui Barbosa e foi professor do Castro Alves a caixa é ninguém sabe quem é eu escrevi um artigo sobre escrever assim o Ernesto Carneiro Ribeiro o verdadeiro o patrono da educação brasileira tem verificar tentando jogar pedra no Paulo Freire eu tô procurando outro cara vamos vamos saber quem é esse aqui e vamos discutir se vale a pena a gente a gente mudar é uma provocação ao cliente mas é uma uma provocação pro positiva é muito Nisso eu concordo é só quando o cara como Lázaro Ramos a quem tem poder para fazer porque não adianta esperar aqui é você que tem que levantar Essa parada é Você vão fazer contra chamar os caras falaram Olha que forma essa história vamos fazer E aí fazer acontecer não é pois é não é algo que vai fazer isso bate também da da historiografia né agora tá começando essa proximal que ele bate entretenimento cara porque você sabe que às vezes essa galera é que que tem essas narrativas na academia vivem no mundo não sabe contar a história da ela não quer Oi chata ler concordo o ódio perto ou às vezes é tão longe mesmo cara não estão nas mesmas aqui porque ativos criando histórias Claro não é o Paulo que vai ser o diretor não ele vai ser uma vai assessorar o cara que vai fazer essa parada entendeu nós dois vamos fazer né p**** não nossa eu quero tá nessa daí diretor de arte tem um filme Um documentário na verdade é um documentário do Kevin Hart no Netflix IV que o garoto Black History muito bom não não viu o outro dele então é isso que eu vi a carreira dele esse é bom perto é o da foto do Zap isso bom para caramba se não eu não vi não esse é um filme mesmo que ela começa a menininha que a filha dele vendo 12 anos de escravidão e chorando aí ele fala pouco tá fazendo aí eu tô com esse frio olha calma aí ó é a vida Negra Não é só isso aí não e aí ele conta várias histórias de pessoas negras e importantíssimas da história americana mas ele cantando e corta para cenas né Aí é que esquece mais uma daquele já assistiu aquele América Latina para idiotas já já há mais ou menos aquele esquema estética muito bem feito muito bem feito é o cara que inventou a batata chips quer um cara negro legal é a primeira astronauta americana o cara que o médico lá que que ele faz tudo né que até ele cobrasse o enfiando mas o cartão você vê que por exemplo pra chegar não desse desse dessa foto do Kevin Hart que é do mês da mesa a história da história Negra está tudo bem se você tem que ter uma direita positivo não uma que ficavam acabar a consciência negra no mundo e Consciência Humana tá ligado entendeu Você precisa a invés de destruído e falar qual que é a sua visão dessa palavra e também mas não sei quem falou que ia ficar a Tábata E aí você coloca cotas para dentro dos partidos inclusive os partidos de direita vão ser obrigados a ter negros mulheres e tudo mais isso vai acabar mudando de dentro para fora não muda ou não é besteira isso é pende cada precisa pega um maluco afetado ali com as ideia errada também ficou tudo entendeu acaba Então mude a curto prazo era curto prazo a gente pega um lunático mas não para os dez anos ainda velho você vai colocar vamos supor que isso aconteça lá então você tenha lá Obrigada de contas garotão tá Que tipo de político que vai se produzir nesse sentido é esse é o negócio tá se a pessoa não é não é porque ele é negra ela tem que ter vontade ela de se candidatar e e o cabo do água usuários clássicos da literatura contra o racismo Mundial que é o livro da Harley né é claro que o a mão keyboard lá como é que é o nome português o Sol é Para Todos tá o autor e branca já cinco não é porque a pessoa é negra que ela vai fazer alguma coisa que presta em prol do negro Então não é muito a Sarinha diz que isso não é sobre o indevido é porque se inclusive partidos à esquerda se você não tiver essa cota os cara continua a legenda a pessoa branca constantemente mano mas eu acho assim eu tô então a cota por si só não para mim não vai resolver a resposta Exatamente isso assim quem é que vai para lá então acho que não é só isso não é só tem que ter bota aí para o e vamos ver o que acontece mas tem que ser gente boa preparada a gente o capaz de fazer alguma coisa então certinho fica reproduzir indo essa essa política tosca que a gente tem a gente precisa melhorar a qualidade dos nossos políticos e aí e aí agora tá discutir a política é a tosca porque os partidos são todos humano porque senão Se você não se você deixar na mão isso eles cara é é estranho aqui Tanto para você preparar bem partido que se diz Mega Progressista que é esquerda raiz que você vai para o interior é só a gente Branca sendo Eleita em todas as cidades vizinhas cara E aí se você fala assim mas você não tem nenhum Preto ele os próprios partidos começam a titia afastar uma Então você precisa de um chacoalhão neles porque ninguém tá tá der para você novamente os partidos de direita eles estão um pouco a ele eu acho que ele tem são as partes mais tem pessoas brancas um novo por exemplo acho que não tem tem menos diversidade mas eu esquerdas historicamente não estão por aí não cara a gente ainda tá falando de lula a gente ainda tá 20 anos depois um feriado Uberlândia pode ser no concordo Oi Será que a gente nada com ele mas eu tive uma conversa com Orlando Silva por exemplo né Tem um quadro político relevante do Brasil posso discordar de tudo como eu falei posso ter eu não tô fazendo juízo de valor né mas tô dizendo de um político negro brasileiro que já tá aí faz tempo e tal mas que tá nem né no canto ali tal e que não cresce não tem relevância e tal então e também tem aquele negócio né parece que é a e é tudo Detonado mas parece aquele cara é mais detonado do que os outros né o ex pegar É parece que pega mais para o cara né pega mais para Benedita da Silva pega mais tá Leci Brandão eu tô Eu discordo de todos eles ver que o próprio pessoal teve um um candidato do movimento negro que era o Douglas que que saiu por discordância porque ele já tava criticando para cada ano pessoal e não oferecer oportunidade ou tipo não debater os não apoiar tanto as candidaturas negras dessa maneira ele acabou saindo desse eu acho que foi o último último mês de 2016 é que ele fez uma agora que já fez algumas críticas ao eu falo que essa questão das portas para dar sentidos ela é boa para toda a sociedade Porque infelizmente por ele já está em acostumados eu não manda muito p*** de se acostumar qualquer coisa tá ligado a gente acostuma e se você se acostuma Alguém precisa te dizer que apesar de você ter boas intenções Olha o resultado disso a superioridade e numérica branca e um partido de esquerda é exatamente a mesma supremacia numérica branca que a gente critica de uma empresa não posso não posso olhar para o Bordo e uma empresa Olha a sua empresa que eu tenho 90 porcento branco agora para um partido e falar seu partido tem 90 o branco mais você aprendesse isso não pode ser assim como que você tem que ter tipo esse serial dinheiro é então se eu conheço esse Justo na sua crítica à todas as estruturas aí sim você vai poder ajudar vão as cotas quando a gente leva para política não é para discutir um devido Geralmente a galera mais à direita vai utilizar essa argumentação de que a cota questiona o indivíduo eu acho que quando a gente propõe corta para alguma estrutura Como a educação e como o partido é mais para gente questionar a estrutura que não tá sendo mobilizada cara que não está se movendo é um de repente tendo e principalmente quando a gente vai olhar para a cidade do interior para aquela cidadezinha para a cidade os estados daqui da arte do sudeste aqui do Rio de Janeiro de São Paulo a gente vê que as estruturas ação são as mesmas cara só as mesmas há muitos anos muitos anos é oligárquico tudo aqui o tal que eu tenho tem uma coisa assim então você pensa assim vamos supor que que não que não houvesse cota mas que houvesse plena oportunidade vai todo mundo que quiser consegue tal vamos supor que é uma situação hipotética da isso aumentaria a quantidade de negros e mulheres por exemplo dentro dos partidos políticos eu não sei eu não tenho resposta não é eu também não tenho eu também não tenho mas ainda mais uma necessidade da pessoa querer isso mas eu vou dizer porque que eu não tenho essa resposta também porque de novo o problema tá lá na base né então assim Pode ser aqui porque assim veja se você tem uma sociedade com a brasileira em que as pessoas negras ainda na sua maioria estão em cargos subalternos e é estou em estudando nas as piores escolas e tá então fazer a pessoa nem se desenvolve ela nem volve a capacidade dela assim chegar com o político vai ter uma pessoa não tem vontade de ir para ir para esse lugar porque ela nem sabe que ela é capaz de chegar ali né então eu também tem essa né porque a pessoa não ela passa a vida inteira sem nem então se você não tem no desenvolvimento do país mas num país como o Brasil no país que não é cuja população é é majoritariamente é preta e parda né como se faz a classificação de negro hoje e você não tem negros ou você não proporcionam a essa população mais pobre avançar no sentido de melhorar de vida só se economicamente e você conseguir mesclar mais a sociedade uma classe média consistente e tal com essas pessoas bom então esses lugares para serem ocupados por pessoas negras vai ser muito mais difícil porque essas pessoas nem chegam ali quantas pessoas que chegam naquele lugar em que ela consegue disputar uma vaga no lugar de estar pouquíssimas né então é isso Problema se você tivesse vamos supor aí sei lá é sei lá dois mil negros juntos Unidos para formar um partido político por exemplo seria uma possibilidade mas você não consegue aí quando você consegue a gente já teve uma experiência aí sentir isso é junta lá 300 negros num grupo do WhatsApp para falar vamos pensar em candidaturas para pessoas negras e você põe lá 300 negros que pensa diferente o negócio não sai do lugar os casos não conseguem olhar para o mesmo. e não consegue e eu Julgo que isso é uma coisa que foi que foi feita para gente se se matar o pneu os caras dentro do grupo já sabe que eu estava por exemplo eu vou ficar me chamaram de preto fascista dentro do grupo já já que era para fomentar que literatura negra os caras xingar e o Fernando Holiday dentro do grupo que ele tava o cara fala meu deus o que que você tá falando uma coisa dessa cara é o fim o esse lugar não é disso Aonde se avança na discussão entendeu então assim a gente a gente se mata enquanto os cara tão vindo nos partidos e vai continuar a mesma coisa porque quando a gente se junta para tentar fazer alguma coisa os caras programaram a gente para se matar programar a gente para brigar programar a gente para discordar visceralmente um do outro enquanto os caras estão tomando um cafezinho Velho você sabe como é que ela Brasília os caras brigando na frente à noite tá todo mundo no mesmo jantar entendeu Tava lá até você ver as festas não ficar tão tudo junto entendeu entre eles brigam tá frente lá atrás ele está fazendo tudo junto e a gente não tem condição de fazer isso velho não conseguiu fazer um negócio desse como que Avança E eu lá eu acho que é lá na verdade eu também acho que tá lá na base o problema é o tempo que tá estabelecer uma base né é a demora mas os caras demoraram para as vezes para ele se estabelecerem também né então eu acho que demora porque porque como agência de começar a plantar agora para daqui a gente nem vamos lá também vai ver isso em Deus não beijar é claro que que dói falar isso mas eu acredito que não tem outro jeito eu acho que qualquer situação diferente disso é ficar remediando até que a coisa se resolva mas assim para mim a única maneira de resolver é o tempo Ana Clara no vestindo e dando tempo da coisa se consolidar porque não tem se não se consolidar vai se desfazer bom então para ser uma coisa consolidada para ser firme tem que se estabelecer pelo e o teste do tempo o investimento em educação Quanto tempo demorou para Coreia do Sul se tornar o que é Samsung um Dai para anos e anos investir na Educação Básica é mas se for depender de uma vontade política Então é isso que a questão eu acho que com Algumas propostas progressistas mas a esquerda é só um exatamente para quebrar essa questão do tempo só uma vez ou CDF tem me parece que a maioria dos partidos progressistas que é fácil e Cara relaxa faz nada não vota em mim eu sou seu porta-voz eu vou fazer não é bem assim eu vou te preparar para você fazer a mudança é por isso que a gente conta progressiva tem que fazer essa crítica eu falei aqui que vim que ando a gente ainda tá pensando no Lula como que é porque assim se a gente vai se formado e não só o Lula mas todos os partidos da esquerda que tentam que tentam candidaturas não tem pessoas negras nem como vice e nem como os candidatos mesmo sabe para Governador para Deputado a gente precisa ter essas pessoas Então esse e a gente não tivesse a crítica inclusive dentro da esquerda vai passar 20 anos a gente vai estar discutindo um outro cara aí que não tem nada a ver que tá utilizando que tá querendo se obrigar o representante de todo mundo tá procurando mais duro final das contas ainda não é caro né E aí vamos brincar acaba Vamos num num ver nunca acaba esse assunto em é que acaba fica o pessoal do chat tá falando pequeno mandíbulas tem frente do shopping comer a pizza e nós estamos aqui não mas é a gente eu não sei nem que horas são ainda da Pizza chegar a gente tava com meu patrão beleza o chat quero eu já começou até discussões bem é produtiva produtivas É que geralmente não temos aqui na [Risadas] verdade é mas por exemplo naquela hora que você falou do racismo não dá não não resisto estrutural mais do racista em desconstrução perguntar aqui se você acha que existe ex racista Oi eita e eu acho que existe uma pessoa aqui que cresceu achando que era superior que reservar lá em relação ao toque ou seja aqui fio né É aquele filme do Eduardo Eduardo Norton é muito legal filmar queriam esse alguma outra sabia que era para ele A Outra História Americana A Outra História Americana a prova que existe assistentes construção Mas é da marca também que ele é um cara aqui aquela Senador da guia é f*** fiz assista o Eduardo nossa sociedade Outra História Americana eu mandei algumas para você aí também do da Asus né mas enquanto isso o Daniel Daniel 2 e deixa eu ver aquele ser uma pergunta parecida aqui e o asaf perguntaram aqui tá inventou esse nome do Asafe não é verdade eu vou trocar é Asus aquele que ela arrasa então mas é verdade para o Daniel perguntou qual livro para a africana cole vocês recomendam e o asa falou quais vocês indicam para conhecer mais sobre grandes reinos africanos o cara fala que o história africana como se eu fui ela fica fosse um país Pois é é muito difícil cá assim tem assim aquele história geral da África da Unesco que é muito bons mas a história desse livro não é São foram 30 anos ano Lula é o Lula fez esse negócio aconteceu foi o Haddad que tu nasceu para cada é Olha só esse livro assim eles pegaram 300 historiadores a Unesco pegou 300 historiadores E durante três décadas estava tudo o revisitando a história da afa tentando tirar um pouco a visão racista de algumas de alguns vereadores do passado e recontar todas as o que não foi contado é o volume assim são oito livros né oito são 89 você vai passar a vida e lembra aquela aquele livro tá muito gigantesco aí o que o Haddad fez quando foi ministro da educação foi trazer é um resumo de um livro Só na resumiu em um livro outro resolver a coleção mas tem que graça tem certeza gás em PDF tem site assim eu acho aí o o pouco que li eu achei que é muito carregado daquele viés do pós-colonial lá então é muito marcadamente com essa visão assim mas é importante agora Alberto Historiador africano que é o exame quiser bolsa esse carnaval nome Esse cara é bom e tem que ter um livro dele muito bom que é para quando a África livrasso caiu livro fininho assim mas é muito bom de entrevista com ele eu tenho o Agora Roberta O Alberto da Costa e Silva né que é o autor brasileiro Diplomata e tal e um dos maiores africanistas brasileiros que tem um a enxada EA lança a Manilha eo libambo são livros de mil páginas assim que ele conta a história da África antes da colonização tá então Alberto da Costa e Silva se quiser me conhecer a formação dos estados dos pais dos reinos afreim O que é do Sim várias linhas a gráfica não é a coisa ruim para aí Não mas ele fala dos reinos fala do resto do reino de Kush fala dos reinados fala é legal cara legal ele morou muitos anos lá então ele é um pesquisador muito importante assim dá ele vai Historiador né para os turistas e tá olhando um diplomata e tal mas é muito bom vale a pena ao falar demais Júnior tá perguntando aqui em relação à questão racial nos Estados Unidos Principalmente as leis de em prol de yincrow caroll Crown vamos partidos Republicano e Democrata viram essa questão ouvi falar de uma leniência do Democrata woodrow Wilson sobre isso meu o do boss detona esse maluco aí assista para caramba é um nossa dos piores o outro Wilson dos piores e ele ele fez ele foi o dos caras que quando ele ele entrou para casa branca ele acabou com eles tinham feito o esquema lá de de segregar o serviço público lá então incluir mais pessoas negras e tava jogar ele acabou com isso mas as suas que ele jogava com isso o do Boys manda uma carta pedindo mais vezes como achando futuro isso é um dos presentes mais racistas que o Estados Unidos já teve é porque interessa a gente lembrar que as mesmo no século passado é todo quase todo mundo tem um pensamento mesmo Já chamei umas pessoas mesmo Abraham Lincon te ligaram um pensamento abrindo encontra uma carta dele dizendo a beleza libertamos todo mundo só que o nego tem a sua posição e essa oposição é guiado por uma pessoa branca tá gata hein mais discussões então eu não eu acho complicado olhar para o passado com a visão atual do que a gente discutir aceso porque no passado era todo mundo aqui estava nessa diferença mas outra você na racista mesmo e assista de verdade que a gente não gostar é que não gostar mesmo não só essa coisa de querer separar e tal mas eu Dirceu Araújo qual opinião de vocês sobre dele e chapéu vocês viram últimos Central dele último especial dele é uma porrada o dele chapéu é é a figura do showbiz mais importante da atualidade que é isso Que é isso que ele é ponto. Cut as que estão ali então ela ao mesmo tempo leve e agudo né cara aqui acho que não vi o especial dele cara de compra uma briga com compra uma briga ele ele tá comprando a briga por liberdade de expressão na verdade e essa coisa do bater para baixo né que falam para ele quando ele faz piada com LGBT papa a convidar Detrans roteia ele porque porque ele tirou onda os caras não gostarem vai se não gostar então vou zoar mais ainda vai dobrar aposta tal então É nesse último ele tá discutindo o seguinte ele fala o seguinte ele falar escuta né então nós estamos aqui nós negros levar mas tomar 500 anos lutando se você estiver agora se organizar agora então querendo mandar em nós também vocês também vocês também agora com essa história vocês também é isso não é só vocês são muito mais poderosos que nós e eu não vou permitir que vocês duas mas aqui é isso é sobre isso que eu tô falando mano o bagulho é louco ele fala agora agora fala entender que eles acusam ele tá batendo para baixo em uma me batendo para baixo e se considera vocês no mesmo nível que eu vocês estão batendo para baixo porque vocês fazem negro perder emprego vocês querem destruir a vida de emprego lembro pode uma piada Mano o bagulho é raro ele faz uma agora quer entender a importância dele lá no Netflix também tem o marketing crise quero legal entrega do prêmio mar primo de comédia lá americana para ele ali se entende o tamanho do ovo é incrível e hoje ele era um cara que abrir mão de um contrato milionário para a África largou tudo e voltou com e voltou Oi Sandra e Carla loucura mano é muito f*** escreve eu acho ele a figura mais importante do chuvisco da atualidade valor subiu de um patamar que o maior que o que a gente falou agora mesmo do outro documentário sim você tem mais pop né mas se ele como discussão como elevador papel é ele é muito inteligente cara ele faz o Standard com a facilidade aqui tu é incrível Alessandro Santana oficial pergunta para eles o que eles acham no continente africano se desenvolver muito daqui uns 50 anos só que sem africanos pois a China está dominando lá o corte sem africanos então não entendi o chineses vão mudar para África aí então o que eles acham continente africano se desenvolveram ações africano vão morar então então daqui daqui 50 anos só que sem africanos coisas esquina tá dominando lá será que é culturalmente não entendi eu acho que tipo tomar esse funcionaria esta suas uma coisa que a China Town das meninas mais bonitas do mundo de mandar uma outra explicando é outra outra outra mensagem explicando melhor do mundo inteiro e tem como domingo Os cara tão com medo dessa coisa achando que a China vai dominar o montar celular todo mundo em comunista e tal é esse bagulho aí é uma coisa que eu não posso ali pode pode no máximo acontecer com outro país mas a festa gigantesca que tem muita outras iniciativas ali né Eu não sei se isso é a pergunta da Maria não esse negócio desse jeito amanhã não E aí já meio que discutiu aqui mandíbula ela perguntar se pergunta para os dois se ele se sente cansado discutir com conservadores que negam não acreditando o racismo estrutural da sociedade brasileira eu não sou proposição e o vale também mas eu tenho uma posição filosófica a respeito disso é o que eu falo então você quer discutir vamos discutir mas eu quero discutir o conceito que a gente mude você quer implodir tudo eu quero discutir por exemplo que quer estrutura ela fez eu acho aí o resto a gente se você quer se discutir a etimologia ou o que significa racismo estrutural só não pode se furtar de discutir o que é o racismo esse porque a maior parte das pessoas que tentam né titio falou isso né O que é o racismo Vamos definir o Alê gosta de explicar o que que é é difícil eu acho que não tem uma definição exata por isso o racismo assim porque são várias ideologias foram a construção histórica as várias ideologias às vezes alguns malucos e criar antologias as vezes algumas pessoas que eram ciência É mas o racismo ou essa construção imagética aí que uma raça inferior é uma raça inferior não só negros é porque assim é o primeiro cara o que é como a gente definiu aquela racismo é um cara chamado de Samuel more Tom que ele pegou o estudo dos cinco grandes lá e falou esse é o crânio do negro que é o último estágio da evolução humana que é mais próximo ao macaco Este é o plano do mongol Esse é o crânio do asiático Esse é o plano e do branco então ali a gente poderia dizer que é o início da Ciência da raça te ligaram mas antes tinha outras outras ideias determine essas outras formas de construir mitologia sobre a inferioridade e superioridade da assim eu acho que não temos uma definição exata eu eu costumo definir como uma ficção compartilhada do rival hallare ó que legal é uma história que foi contado sobre igual a daria é do senso ele chama de realidade como imaginada né são compartilhar O que é uma ficção foi compartilhada e que impactou a nossa sociedade impactou a construção das estruturas nossa sociedade entendi agora é o que aconteceu por exemplo no último BBB é transportando isso para gente aqui dessa dessa coisa dia é a gente contra eles é você é um preto você tem que comportar como eu tô te falando a cara toda essa discussão por teve neste último BBB como vocês viram isso ajudou a discussão ou meio que atrapalho não acompanhei Você viu eu também acompanho sob a repercussão sobre nós que tipo coisas sérias coisas que ficam próxima cidade e não se discute não ela deixou dessa maneira criado por eu acho que gera uma gela entretenimento de redes sociais eu não sei aí eu não sei avaliar até que ponto assim entretenimento essas discussões ficam na sociedade Pois é só garotada Twitter é fazendo se envolvendo em mais um atleta chegou a ver o que era eu vi assim por ser até escrevi sobre isso então eu acho que tem um monte de coisa misturada ali é muito então assim é um ambiente controlado todo mundo tá descontrolado desse ambiente controlado Então nada daquilo é real né o fato é isso na vida real viro do que eu parte da pessoa não é não é não é aquela discussão aquelas discussões não são reais aqueles comportamentos não são reais muito novamente você não se comportaria daquele jeito se não tivesse enclausurada numa casa durante natureza que têm milhões de pessoas estilo então eu e tem e tem todo e acho que a questão da é que fala da sensibilidade aflorada né então tem essa coisa então todo mundo lógica é o enviar Rede Globo até com um Reality Show com s ou com a Record quer com A Fazenda é que a gente fique preso ali na hora de olho estamos comentando o assunto Quanto quanto tempo mas que acabou isso aí É isso aí porque eu vou falar alguma coisa mais recente então que foi essa discussão do Monark que vocês devem estar por dentro até a a relação de vocês é a mesma nos podcast lado flor vocês estão embaixo do guarda-chuva e sem sim sim sei lá entende e essa discussão do monarca que a gente Eles vieram aqui semana passada né na fila não me engano e falou sobre isso também Liberdade expressão e aquele sweetnam do que ele ficou bem com texto de opinião racista é crime ou não vocês estão por causa disso Como disse assim que der que o monarca lá nos baixo a E aí tá assim fica É como diz o Igor que ele o Monark mordeu uma isca Oscar casa uma risca mordeu meu quarto não fez cara ele ele não vai entender mais fui porque eu falei também que não era a melhor plataforma para discutir aquilo não tem nem o melhor forma de disputa é de dizer aqui também poucas pessoas tem essa preocupação E ai que cara eu acho que às vezes se universaliza ele tá achando que todos os garotos do Brasil tá um mega preocupados com a liberdade de opinião ele tá vendo o país que a gasolina tá r$ 8 eca paga o boleto da latinha falando Nossa tão certeza minha liberdade discutir no YouTube são pessoas como ele então eu não acho que ele é mais eu tenho certeza que ele não é mal intencionado pegado a gente entendeu lá no taxado eu ligo racista olha só a gente então vai lá no baixo duas a gente conversa bastante sobre isso E aí e eu acho que ele quer ele só esquece que a liberdade opinião tem que vir junto com a discussão sobre o impacto de uma mensagem para o comunicador e para quem tá no meio de atendimento da publicidade sabe disca que a gente a imprensa da qual o impacto da sua mensagem que às vezes não importa o sentido da sua frase importa como as pessoas vão perceber ela você tem controle sobre isso mas não tem cabimento mas tem que você tem que ter tudo sobre o quê a entender da minha frase por mais claro que elas não vamos mas você tem conta mas você tem controle que tá de saber com de editar essa frase eu sou professor é entendeu imagina se eu se eu chego lá e vou falando de qualquer jeito entendeu então quer dizer ah não aliás todo mundo aqui conhece deve ter tido na vida professor que não tinha didática com a gente a gente entendeu então fazer o cara vai lá fala fala fala ninguém entende nada porque porque ele não tem preocupação com se fazer direito um dos princípios da publicidade do texto publicitário é que não pode ter novidade então seis tudo a redação publicitária Tá mas não pode fazer um texto do Óbvio porque se você escrever um texto do Uber Vai para m**** Exatamente é isso é publicidade propaganda por isso que as vezes eu falo por essa galera da direita e se desdobrou realmente entendem mercado como eles estão falando cara porque olha só isso é coisa de publicitários mano problema então foi a forma eu já não vou passar um que ele tem que conhecer ele ele quer jogar qualquer coisa aí Já que as pessoas eu não lembro como que é o Brasil exatamente uma ideia racista é crime uma opinião racista é crime funcionam não veio Solto No iFood começou com uma discussão antiga é mais anterior sobre liberdade de expressão Aí o Augusto Botelho né se não me engano entrou na extinção e ele perguntou para o advogado isso entendeu o iFood já é uma empresa criticada por questões raciais por quem sabe que todo mundo tipo que noventa porcento dos integradores são nervos ele não e aí tem uma discussão sobre os não tratava muito bem essas pessoas eles tem várias medidas que estão tentando tomar para mitigar esses danos de imagem e imagem importante para as empresas então assim o menor tem que entender que tem todo esse contexto cara que esse conselho acontecesse se seu Twitter parecer racista e a empresa já tiver um pé numa polêmica ela vai se afastar cara Essa é a regra do jogo é regra no mercado Porque o mercado e o centro Paulo é a as marcas não querem se envolver em polêmica seja para direita ou seja para esquerdo estão os influenciadores é da esquerda que fala sobre pautas Mega polêmicas não conseguem fechar publieditorial e não fecham Patrocínio você sabe que no YouTube é os YouTubers Inclusive a direita da esquerda falou que a política não estão sendo monetizado no YouTube porque porque as marcas querem good vibes cala então não entra em polêmica porque isso é do jogo mano porque o cara o faz é porque você não não é a mensagem sua igual um um aluno meu me fez essa provocação hoje na escola ele falou assim é professor tem opinião racista é crime eu falei não aí ele falou não aí eu falei o quê que tá no código penal E aí ele falou eu não sei enfrentam depois que você lesse e volta para conversar comigo cabou coberto agora no Twitter não dá para fazer isso é né entendeu é aí que tem namorada porque não código penal é claro que isso não tá lá certeiro uma opinião e tá não é assim que funciona mas no Twitter é então eu falei para ela falei não é ah não é ele tentou se indignar comigo é meter o louco o que que tá no código penal a eu não sei então você tá querendo frente eu não quero comer mais elevado letra não sabia nem sequer discutir como fazer pegadinha tá me tirando o Guilherme é mais sim existe muito sem problema é só você tá dando o palco para aqueles Cara doido Belle falei eu tenho que perguntar para você que como é chamado no meu programa é e toma não para quem que eu tenho que pedir para não Você não tem pedir para ninguém então que você tá falando não gosto seu programa Então você tem que entender que tem hora que eu vou levar a gente que você gosta que tem então você no dia que você não gosta você não assiste cara tão simples isso né mas eu tô lá na frente dele entendeu no Twitter é o cara 24 46002 se karatê Nutella perder Ele É O Tchan ele pega ou ainda tá de cuecão na casa de entrada perseguem a gente assim tem um cara maluco começou a me seguir e todo Twitter ele tá querendo falar bosta tá ligado formada por quê que simplesmente não para de me seguir mais não ele está realmente juntos são os maiores fãs é mas eu falo eu falei isso fui marcando os baixo dois caiu racismo qualquer qualquer um desses temos machismo LGBT é fobia essas coisas assim já muita dor dor real e por mais que algumas pessoas mas depois nessa dor de forma política estão usando para debate existe essa dor Então imagina tipo um cara que perdeu um a entrevista de emprego perdeu um trampo e sentiu que é por conta de Assis uma porque ele sentiu que alguém tava com medo dele entra no Twitter ver Acredite do mar não vai gerar ódio na galera porque não tem como conversar então assim seria entendeu isso acho que não mãe Hahaha eu falei ele [Risadas] não entendo você [Risadas] você tá errado tudo bem [Risadas] Eu falei para você que a liberdade de opinião não porque eu falei para ele porque você sabe web e pode pegar aquele Twitter dele e levantar com um Bandeira os verdadeiros racistas vão alguém levantar uma bandeirinha aqui é um espaço uma porta para a gente aparecer também além do debate tá ligado ele tem que ter só em relação gente falando que não porque o meu opinião não necessariamente é uma opinião proferida na eu posso uma opinião dentro da minha cabeça e não falar para ninguém então não é um pensamento né Ah tá bom lá no Twitter você vem meter essa amanhã entendeu Aí sexta mesmo do chams olhando e fala nossa Então quer dizer que a gente pode dizer é que a gente pode questionar-se ter opinião racista crime então Aqueles carvão pegar aquela mesma frase dúbia e aparecer no debate por isso tem que entender o impacto da sua mãe que o cara quando vai classificar ele não vai pegar toda com o LED do histórico da conversa para pegar só um acaso ela fala o seguinte o negro e todo negro é menos inteligente que o branco e o que alguém ficar disse tá falando alguém diz uma coisa como essa todo negro o negro é menos inteligente que o branco E aí você fala para ela sintomas Como assim Não isso aí não é a minha opinião e o que ele tá falando ali é uma coisa racista certo nenhuma Com certeza certo é crime E se ele tá falando se o que ele tá proferindo ali É racismo é crime a Sofia não é tão simples assim entendeu então não é você a a interna mas a minha intenção não importa a intenção que você tem que importa é o que saiu ali quer ver assim nem sempre ter opinião racista não é crime às vezes é dependendo da opinião que você tem sou pediu uma porcaria é então não é uma discussão simples ele é eu como um igual forma e caiu na conversa e se ferrou porque falou mas quem como é que fala o ditado quem fala muito dá bom dia a cavalo não é isso aí às vezes nem nem sei o que que é isso mas é isso aí então a gente já cavalo eu não sei também as pessoas fazem porque o negócio de maconha né imagina ele dando bom dia no trabalho aí cavalo Beleza meu E aí povo se você não tem morta em um racista mas você tem uma opinião aqui suja o debate que eu vou a juíza proferiu uma frase que te dá Palco para maluco ficar aparecendo o debaixo também cara porque a galera tudo tem pessoas mal-intencionadas e não pode ser tua ele tem muitas vezes até bobo e eles aparecem cara eles aparecem cara mas seja sentido isso de tirar faz pouco tempo estão com o podcast mas já tiraram coisa do contexto para é Twitter cara é 240 caracteres agora não é não é uma bosta hahaha 246 chances de você se perde errar o Mateus estava lá com a gente lá no último programa falou isso também que ele fez um tweet sobre aulas Ramos e a e a esposa dele só um tipo avião sei o dizia sabe e agora já começou a arma você tá querendo comparar os brasileiros que o estadunidense Então vai para outro lado você não consegue prever né cara algumas coisas Amanda e o lance da Alma coisa alguma coisa polêmica agora palmitagem tu tá ligado que é caramba o sim são a favor diz a não pode não eu acho que faz a cor namorada não precisa eu acho que é isso não eu acho que tipo cada um vai na sua consciência deveria eu entendo que existe uma discussão sobre sobre estereótipos de mulheres pretas que precisa ser combatido tá ligado que impedem que as pessoas desejem mulheres negras de alguma maneira que tem que queremos que deu a ficou negro sim mas eu acho que a mulher branca é a melhor para casar mais bonita e esse tipo de coisa então existe alguns estereótipos devem ser combatidos mas eu acho que isso não impede a gente encontrou o coração né Por uma uma ideologia por uma regra sei lá é que que Geralmente quem assume essa narrativa assunto eu por questões políticas com uma visão totalmente política Não Pode alegar uma desse que é uma decisão emocional ou uma decisão a bicicleta porque ninguém consegue nenhum neurocientista é capaz de definir exatamente que é o amor né tipo e é ela mesmo que a pessoa se apaixone ou não a questão mandíbula você apaixonado por mim você me ama como o cara não um amor sempre sempre ela como um amigo sim com certeza é você faria amor comigo não tem que ser rápido cara obrigado isso aqui agora começando a ficar preocupado com esses papo legal Vamos ligar para a polícia eu quero sair daqui vai Realmente vamos lá Eu Não Sou Mais Eu passei mais uma aí mais uma pode ler o Everton Soares ele fez uma pergunta para a gente uma pergunta muito interessante cara eu achei aqui ele falou pessoal da mesa eu vi que no 150 programas nos últimos 150 programas de inteligência limitada apenas seis convidados eram negros aqui vocês acreditam nisso e ela pergunta interessante o pessoal fala a mesma coisa Às vezes com mulher também ficam fazendo essa e cara eu não eu não sei é todo mundo o valor de Podcast sente que fica agora vieram tive essa dificuldade agora de convidar mulher é difícil só tem órgãos até agora no nosso né Fortal 7º programa e a nossa produtora a Vanessa ela contatou acho que mais de 30 e essas trintas que só três ou quatro aceitaram é porque ele é cara tem 6 do trabalho enorme de que pode que essa coisa de homem tá quem que aguenta ficar todo esse mulher já mandou já vou dormir hahaha vou dormir eu vou fazer meu bem beijo para você tô quase no travado tá não tá então o bem isso aqui não é só da gente né mas é uma coisa que a gente precisa questionar para que a gente vai lavar só vai colocar lá na cabeça só mas é de se ligar é de e até mesmo tem essa dificuldade de quem que eu vou chamar para determinar a falta tem uma questão também de às vezes podcast são mais do YouTube são mais ligados a galera da direita assim sabe então as vezes algumas pessoas se afastam Então mas quem quer dá direito assim o flor talvez a mais à direita eu vejo pode falar mais à esquerda e não é eu pelo menos eu vejo assim que eu não sei mas mas eu não acho que ele só isso pode pá eu vou aí te buscar ou não acabou não indo mais umas vai mas eu achei eu acho complicado colocar numa caixa assim né pode podcast é mais de Direto você acho não eu problema é de quem tem mais participa por conta das polêmicas de assim isso se polir mais aceita vem aqui é mais algumas somado a isso sim eu lhe falei agora se você se isso Se eu convidar mais galera do Rap aí o casamente vai vir cada vez mais pessoas dele só que agora que estão começando a Querer aparecer nos podcast também é um tempo atrás eles não estavam indo daqui a pouco você tenha de rock no lugar do outro de rock vem mais a gente o Tão tentando a gente para caramba assim então não sei não ir na minha vida não acho que tem Tem essa dificuldade assim também né tenho o pessoal que é muito arredio ainda isso então como o pai está nessa loucura também tu acha que porque tem um negócio Jovem Pan nização de tudo tocar acho que ele vai não quer o que aconteceu com a gente né Entendeu para a gente achando que a gente ai só eles achavam contando essa história aí a gente dá uma volta lá para o Morning Show uma voltam duas horas do parque até e tipo a gente tava para fazer o corte tem que juntar depois aí e aí a gente se a galera somou não não tá te tá no Twitter do outro é só que eu curti o conteúdo dele foi por ele não é um cara que vai chegar discutindo na briga e tal não E aí começou a conversar na DM no Twitter depois a gente não sou de conversar no WhatsApp ali aí eu já tinha sido convidado para o manchou no quando o bolsonaro for eleito galera é uma uma péssima hora pronto aqui está aí no programa Natal porque aí ela só alunatico zumbi nos comentários e essa muito ofendido então não tinha aceitado aí passar uns oito meses a Paulinha me chamou de novo quando falava São Paulo Cruz faz isso aqui já discuto com ele no WhatsApp não falei nada para ela e quando eu cheguei lá no nosso show e o nos Bastidores o Paulo chegou também a gente começou a conversar aí eu já aviso que nem a sair treta ele assim que não ia sair ela que a gente nunca mais foi com os convidados sério a gente nunca mais foi convidado mas já Paulinha Carvalho vai estar com a gente lá no ar nós vamos perguntar para ela falou assim porque você não chamado Brasil então nunca mais cara tipo nunca mais chamada a gente para nada nem para lado chamar o Paulo para ir no pânico com Yuri Marçal mas não chamar foi estranho velho foi bem estranho eu não sei se eu se eu quero a gente já falou que você veio aqui do Rezende já falou já então mas chamaram ele com outro cara mas não chamaram mais para tocar me chamar outras vezes assim mas eu não fui não nunca mais eu chamava cara bom então mas é isso né mas é isso é diferença não depende só da gente pode quer o pessoal não sabe como é difícil fazer uma gente pode crer se estão começando agora a gente quer muita gente Às vezes o Bate o dias lá em São Paulo ou tá lá com a gente vai ficar é bem complicado pois não é fácil o motivo não dou uma das pessoas que faz agenda também né complicado cara é a responder quando responde já passou a data que você mandou aí corra cara pede a dá para você passar dez ele responde depois das 10 horas é aí já pode falar é bem complicado então é uma passadinha não é falta de vontade às vezes é porque alguma coisa acaba não acontecendo né acaba não rolando mas eu sinceramente eu não fico medindo mesmo óleo para lá fala Tem tantas mulheres em tanto pretos tem tantos asiática eu não vejo assim eu vejo gente eu quero conversar né E isso eu cara para conversar com todo mundo todo mundo é todo mundo mesmo - bom não vou nem falar com ela aqui para vocês e já falou não não sabe você sabe mas eu não vou falar eu vou te falar depois então não é aquela profissão específica não ah tá achei que tava falando de Colt não gente que se convidou para vir para gastar você tá ligado já tá não vai até a política Clara e não chamar posts também essa essa ela aperta ela já até pergunta para pessoa quando vai convidar você não é coaching Mesmo que às vezes a pessoa não é contigo mas parece muito Coutinho não tem que perguntar se não é cultivada convidar coxa e dá um Palco para o cara errado você vai perguntar você gosta de jujuba ele fala a Jujuba cara como sucesso isso certo aí o cara que fala 20 minutos o que é uma certa cara não esquece da Jujuba agora tá bom você não falou do jogo Então vou falar então como se ela não fosse cara então aí já deu uma lição de vida que eu uso até hoje é seu é o seu ele aciona lá para o 10 daqui a boca aberta e vai cara só veio um conta aqui para nunca mais velho é chato e ele pergunta para você e não aceito que você fala fala assim Paulo O que é felicidade para você e você fala aí não é não conhece exatamente porque não quer saber se ele quer saber ele quer vender ou então conselho um conselho que eu dou do cara que tá no 331 para vocês que estão no programa então a oitava Ué não tinha me encontro tá bom mandíbula é isso meu é o seguinte é o Paulo já veio aqui então já fiz os termos finais para ele para você não então vamos falamos a sua carreira dos história de vida olhando para trás ali Qual que você acha foi o momento mais difícil para sua na sua vida ou da sua carreira O mais difícil é A pousada atrás quando a minha mãe morreu foi o ano que eu realmente eu perdi muita das minhas referências de tudo assim sabe eu não sabia que eu queria mais fazer sei lá às vezes até perdi a vontade de continuar vivendo assim cara ela porque ela era muito muito próximo da minha mãe assim então reconstruir uma vontade de continuar e de de seguir em frente assim quando você perde alguém tem um tão importante assim para sua vida é complicada né mano porém nem nem posso falar isso que não perder meu pai nem minha mãe mas imagino que seja a segunda pergunta é bem pouco com isso né a gente vai morrer um dia perto demore muito tempo e a gente tenha uma produção cultural bons libros publicados até isso mas quando isso acontecer daqui vai passar mais um 147 anos no nesse mundo dominado pelos robôs talvez e as pessoas vêm aqui nesse vídeo que não saber quais são suas últimas palavras as minhas últimas celular da Fé desligarem as máquinas que eu vou máquinas e o roubou eu tô do lado de vocês houve a crise e a terceira a terceira pergunta é se você tem uma dúvida a gente tenta várias né você escritor não quero engravidar Sobretudo o caso em sobre a vida em cia escolher uma delas para dividir com a Dilma uma questão que você pensa a nossa sim uma dúvida de última hora assim é complicado mesmo a religião religião tudo estava falando disso é vendo você com a sua crença Eu não eu acho que eu não consigo me conectar com religiões mais cara mas e a ideia de Deus de um criador você tem ou não eu tenho eu acho não consigo entender Qual a forma dele como se manifesta mas na verdade eu acho que eu consigo entender como eu acho que as histórias que todos os as religiões contam tumulto uma imagem de Deus tá ligado para você é mais o que é mais ou menos uma narrativa não Deus existe mas tem tantas versões dele que a gente se perde no meio do Rolê como diz o que é como diz o teólogo Karl Barth Deus é o totalmente outro o caramba É isso aí ele quer dúvida e você respondeu valeu gente Obrigado o no ar pode quer no ar era l.no e é isso Norma esquece por favor se inscrevam lá no nosso canal clica no Sininho aquela coisa que vocês quiserem então por favor também nós vemos laterais exatamente você tá como a le eu tô com uma roupa Savage Fiction a essa pode física dos agora não é qualquer coisa tô falando essa pras fixa e você Paulo Cruz PH ir no Twitter e lá no Instagram também sigam lá e inscrevam-se no nosso canal ajuda a gente é a crescer o nosso podcast tá rolando uns papo super legais que rola essa esse contraste da gente que o contraste do convidado e tem tido umas entrevistas muito legal então não vale a pena estamos esperando vocês lá no nosso canal no ar podcast aí só envia ela porque ela Brigaram brigaram a senhora muito da hora a gente falou aqui durante uma hora e meia eu moro em 1500 no papo durou uma hora e meia hora uma hora e meia né olha lá que legal a nossa pediu susto é muito legal agora quando a galera ele gosta essa que a mulher falou que eu estou só vendo você tá fazendo Maria José cortes Cada três horas muito recortar mas pelo que eu vi aqui a gente não sabe não sabe o tanto que a gente falou em inglês fala uma hora né fala também falou eca tá muito bom viu Vizela obrigado Mais uma vez aí algumas vezes observa aqui deu certo a falar e eu fui conversando aqui com a aliança tamo junto né Descobri que ele tinha me bloqueado já tô feliz que me desbloqueou não que você não já vi cabeça tá tudo certo tá tudo certo graças a falta de hoje ele vai botar a gente se escreve torne-se membro e vamos lá na vó

Trivia

Curiosidades do episódio

O que o pessoal achou

Comentários


Compartilhe com seus amigos

Inteligência Ltda.

O comediante, quadrinhista e aeromoça Rogério Vilela bate um papo com convidados mais inteligentes do que ele (como se fosse difícil!) sobre os mais diversos temas, dos mais profundos aos mais banais. Quase sempre com bom humor.

DEBATE SOBRE RACISMO: PAULO CRUZ E ALE SANTOS

PAULO CRUZ é professor e ALE SANTOS é escritor. Paulo e Ale batem um papo sobre o racismo no Brasil e no mundo, com visões e opiniões às vezes diferentes, mas buscando soluções para que a desigualdade racial acabe. O que não acaba nunca é essa calça camuflada que o Vilela usa todos os dias.