Transcrição

nós estamos no arco mais uma deriva eu sou Arthur Petry na mesa está o Caio dalaqua E aí beleza como é que tá tudo certo tudo maravilhoso trabalhando de noite hoje é trabalhando à noite temos que marcar esse deriva para noite 19 horas estarei fazendo com quem hoje com flor low a Vênus Vilela Vilela na galera oficialmente o podcast de menor audiência da podosfera hoje então tá no horário nobre and está no horário nobre objetivo a Rede TV tentando emplacar um negócio na hora da novela isso que a gente tá fazendo aí Eu só falava na internet vai ser diferente não tá na mesma coisa acontece tem mais dinheiro tá no topo que tem menos dinheiro fica lá embaixo na audiência mesma coisa esse somos nós seja bem-vindo à Deriva e se você quiser mandar perguntas para os convidados à Deriva você acessa o que Caio fazer aí você pode entrar nas Acreditei porque ela jogou mexer para mim só que eu fiz cada toque cheiroso e se você é assinante das a tivessem acesso ao telegram então eu recomendaria você se assinante da Sakura TV porque você tem exclusividade na hora de mandar as suas perguntas para gente ler aqui para o convidado no à Deriva E especialmente hoje mande apenas em texto porque nós estamos sem retorno aqui porque são três 13 participantes hoje e não tem fone para todo mundo é isso aí então Mande em texto hoje a gente tá também no site do fogo como é que funciona lá a gente está no site do Flor você pode mandar as suas questões no site do Flu pela plataforma você pode mandar lá pela plataforma do fogo e é pelas loucões loucões eu usei que vai ficar. Comigo falou com elas loucões você manda só tem vários valores lá se pode mandar propaganda também bom lembrar o pessoal que tem como Tem como você mandar propaganda e a gente também está na twitch.tv estamos ao vivo na tudo TV a gente não lembro bits na Twitch TV né não a gente ignora um pouco da galera da minha TV é só um esses avisos né e último eu tinha aqui eu é que você me 21 treinos para fazer em casa se a academia não quer levantar peso mas Quer fazer alguma coisa com esse seu corpinho aí acesse Arthur Petry ponto com barra x-treme 21 km-21 é uma plataforma com mais de 300 treinos para você fazer na sua casa usando apenas o peso do seu corpo são treinos bem intensos rápidos fáceis de fazer você pode fazer em qualquer lugar é da sua casa e é isso aí são deles do c****** coisa eu tô fazendo agora por causa da pa neblock dão Ainda não voltei pra academia então eu tô fazendo a Time 21 nesta quarentena passou o vídeo passou Arthur pt.com/x-treme 21 É isso aí vamos trabalhar bora trabalhar hoje nós temos dois convidados se eu vou apresentar um de cada vez o primeiro é o Vanderlei do canal o tanto de atenção é o que é esse canal para quem não conhece na fase ideia do que seja antes de mais nada A grande questão é o seguinte Questão questão a nossa questão boa A grande questão seguinte cara de onde vocês tiraram de mim chamar nós cara Vocês são loucos da cabeça dois presidiários cara e 37 essa que tirou 40 amor é louco vai escolher dislike aqui falando um monte mas nós somos o que a gente já pagou que nós deve cara mas não sou mais nada não devemos nem um dia nenhuma gota de nada para justiça vai para a sociedade cara nós sempre vamos seres presidiário infelizmente a gente ainda vai carregar esse estigma aqui no Brasil para o resto da vida entendeu mas nós não somos mais estamos aqui para tentar mudar um pouco dessa mentalidade dessa mentira que durante 500 anos foi E aí para a sociedade através dos grandes canais de comunicação aí é eu acho até bom você tava falando aí do da questão da audiência agora né que até bom que tem pouca gente vai tá sentindo que é menos a gente jogando pedra no gente revoltada né menos gente brava com a gente mas quero mandar um abração aí para todos os inscritos aí por para todos que estão assistindo aí o podcast aqui beleza tantos dias de Detenção e vocês vão querer mesmo entrevista nós tem certeza lógico então seis são já fazem parte do projeto tantos dias de Detenção trouxe aqui é uma camiseta para cada uma Aí sim o escolheu aí ó a branca para um boa eu quero a preta que eu gosto de usar preto o branquinho aqui eu vou abrir para mostrar pra galera Explique o que é o esse projeto esse canal e ele quer se ver na tela o E aí eu espero que vocês gostem aí beleza não é isso aí é a camiseta aí do projeto tantos dias de Detenção Esse aí é o símbolo pela paz e liberdade do Povo preso brasileira esse símbolo foi desenvolvido e no ano de 1996 dentro da Comarca de Pacaembu cara um cara que chegou lá assassinou um cara lá no na estação ferroviária que tava tentando abusar de outra Teixeira o cara três cheiro mas imagina um cara cabuloso nos desenhos mano eu tinha sempre tive caderno é meu aí eu tinha um caderno lá esse maluco você me pegava nos caderno emprestado e fazia quais o desenho louco louco louco e ele vivia disso ele era três cheiro e toda a cidade que ele chegava ele chegava nos bar assim chegar lá nos mercados chegava no dono falou meu quer que eu faço um desenho aí na sua nesse murão aí pa aí o cara para nós Como assim desenho vou dar um papel aí dá uma folha de caderno ele desenhar Você gosta do que faroeste espacial aí desenhava mano Eu já vi um cara desenhar igual aquele cara aí ele começou fazer tatuagem nos Canadá Cadê mano nós desenvolver uma amizade legal que era um cara maior firmeza o Ademar entendeu E aí ele tatu a cadeia inteira mas eu morri de medo de injeção mano aí amanhã vamos fazer ó essa aqui não sai fora fazer tatuagem no corpo nada mano quero sair da cadeia quero voltar para a sociedade mano sair vai me marcar eu tô lascado aí até que ele chegou com um falou assim aí o André Esse aqui mano era esse símbolo aí mano o que que significa esse símbolo é um machado voltar de novo aqui quebrando a corrente que envolve o Brasil entendeu é o a liberdade e paz em cima então é o símbolo pela paz e liberdade do Povo preso brasileiro aí eu falei para ele falar então mano esse mesmo você fez para mim foi mano eu fiz para você esse aqui enfrentam o seguinte vai fazer mais errado isso aí e fica de olho lá no futuro mano que isso aí não vai ser um desenho não estivesse um símbolo e o bagulho aconteceu mas tatuou não tá tu tá tu tá tu tá nas costas régua desde 1996 aqui galera Oi Darlei Fischer ex-presidiário hoje estamos aí estamos na luta para criar ONG tantos dias de Detenção União dos excluídos para trazer uma nova oportunidade aí para os presos que estão lá dentro lá entendeu então nosso projeto É voltado para dentro dos presídios levar oportunidade de trabalho oportunidade de estudo ou seja uma nova ferramenta uma nova arma os caras sair aqui fora e poder ganhar sua vida entendeu E o canal como é que ele funciona que tem lá naquele canal Agora você tem várias lives que eu vi depoimentos de presidiários Dias presidiários e isso então aí que que acontece o canal é uma etapa do projeto meu na verdade é a primeira etapa do projeto que foi porque a sociedade ela ainda não tá pronta para ressocialização entendeu ainda que nem eu falei ainda tem essa questão dessa mentira que foi introduzida no na sociedade é a respeito do cara que tá lá dentro então eles pintam aí então quando é filme vocês assistiram o Prisioneiro da grade de Ferro o Carandiru tudo o cara monstrão com faca na mão tudo fortão Plus tá ligado mano tudo monstro os cara ruim sangue não dói mas na verdade é mentira isso aí cara tá ligado os cara que tá lá dentro lá os cara aqui da Periferia mano os cara humilde que dá um erro mas o passo na vida e acaba caindo lá então quê que acontece a gente precisou criar esse canal para desmistificar essa mentira para desconstruir tudo isso aí que foi falado e passar uma nova perspectiva para a sociedade certo Então nesse canal tem vários depoimentos de vários ex é vários egressos né vários Reis bandidos criminosos que quebraram saíram da estatística né que conseguiram é porque a verdade é muito difícil quebrar essa essa corrente que envolve entendeu então é aquele círculo vicioso de sai entra sai entra por causa de várias questões né cara entra sai não tem mais ninguém mais dá oportunidade que nem eu falei tô aqui hoje para entrevistar nós porque são os vistos até hoje faz 20 anos que eu saí da cadeira 18 anos que eu saí mas até hoje eu sou visto como um ex-presidiário cara deu ninguém dá uma oportunidade para os presidiário então eu creio canal com esse objetivo de criar um link com a sociedade para mostrar para a sociedade que a grande maioria noventa porcento dos que estão lá não são criminosos periculosos como a mídia sempre pintou e são muito fáceis de ser retirado de lá e sem reencercido na sociedade também entendeu Aí tu traz casos de superação isso traga-o cá vários vários depoimentos várias histórias de egressos que conseguiram sair conseguiram quebrar esse círculo vicioso e hoje tão aí na sociedade trabalhando contribuindo muitos fundaram homens também como por exemplo Maurício Monteiro tem uma ONG chama irec né que trabalha com a juventude aí ensinando Box ah e tem por exemplo aí vários parceiros como o Leo Leo precioso do Instituto recomeçar que também é uma ONG que insere egressos no mercado de trabalho dá um suporte uma estrutura tem também a Karine do responsa que é uma agência de emprego e também dá o suporte para o ingresso Ou seja é tá pouco esse movimento ainda é meu eu acho que deveria ser muito maior e a gente o tantos dias de Detenção vem para ser uma ONG de pressão popular em cima do governo para fomentar aí esse tipo de atitude ou seja de ajudar quem precisa cara né porque prazer em você o Caio então aí na sociedade deram certo Maravilha mano Que benção grande parte da sociedade deu certo né mano mas os cara que estão lá deu errado mano tá ligado Então tem que precisa de mais ajuda a responde para mim Claro não quem tá lá pode estar lá mas certo o cara tão lá de perna quebrada o que tá a área está prestes a entrar Acho que são aqui você falou da miséria miséria é uma das das raízes né das raízes do crime depois nós vamos falar aqui também do meu livro que Alan sei lá dentro no Carandiru no ano 2000 o letras de liberdade que é um livro maravilhoso que eu acho que todo todo advogado cara todo juiz-delegado psicólogo sociólogo pai e mãe todo mundo deveria ler esse livro cara porque nesse livro está contido as 15 Raízes que levam uma pessoa a criminalidade na hora que a gente lançou lá dentro no Carandiru no ano 2000 Mas vamos enrolar apresentar apresentar o último necessário aí é o monstruoso aí do é o áudio da cidade poema E aí tudo bem Tudo bem obrigado por vir aí como é que você se conheceram em a nos conhecemos na década de 90 e eu me ver na televisão o cara de moto me perdeu agora ver o povo sofre você é mostro Eva mas embalada nos conhecemos nada essa época que nós estamos na luta para que constituem esse nego aí que graças a Deus é o alicerce e a estrutura que impulsiona a nossa a esse caminho que ele vai se repetir para a eternidade e para mim é maior eu gostaria de colocar umas palavras para vocês um abraço a navegar no escuro mar da Solidão seguir anal da minha vida aderir um abraço rapaziada da deriva isso é você e é uma satisfação e uma vocês todos aí e muito obrigado por essa oportunidade aí Mas no geral ficou como é que se faz uma amizade dentro do presidiam é um ambiente hostil que tu não sabe quem pode confiar ou o pessoal tem facilidade de fazer amizade com vocês fizeram o cara assim hoje não é muito fácil né Não dá para confiar mas até no meio de do lixão nasce flor isso entendeu então a gente passou por lá e eu tive o prazer de conhecer o Claudinho lá e a gente se espelhou muito nele eu era um jovem né meu e ele já tava macaco velho tirando vários anos lá mas apesar de tá tirando um tanto tempo de cadeia ele não se deixou é não deixou o mal entrar dentro dele ele não deixou a todo as agruras que o sistema impôs tornar ele não a pessoa má rancorosa cheio de ódio e rancor não ele sempre foi esse cara que vocês vão ver durante o podcast aí um cara de coração enorme entendeu Minha um cara que assim eu vi Pelas atitudes pelo proceder dele lá dentro lá que era um cara que vale a pena fazer uma amizade porque é um cara sem palavra entendeu é uma eu conheci lá e resolvi levar para vida tanto é que depois de 17 anos a gente se separou depois assim né é quando tava paz implodir lá o Carandiru e desativou e tudo eu fui para um canto ele foi para o outro 17 anos depois a gente se encontrou de novo aí ele tava numa situação meio difícil para imagina caro Se você dar o governo pega um cara de começou desde os 13 anos de idade no reformatório e vai para lá Febem RPM e depois de 30 anos quase 40 anos solta o cara sem ele nem beira na sociedade não dá apoio nenhum sabe o cara sai bem os é isso é um trocou troglodita meu sai um cara que não conhece nada tá entendendo E aí não tava se adaptando legal aí através do canal eu tenho tinha meus diário né que eu sempre escrevi quando o produto é que eu passei e eu escrevi ia e eu escrevi um diário no Carandiru e eu não mas não escrevi pensando em fazer canal tá aqui né porque a gente isso 2000 tá disso e a escrever sobre ele porque ele era meu correria lá entendeu lá o fabricar vá bichinho de pelúcia boneca de lã caneta cachaça vendia droga esse caramba e aí eu só que eu sou tava tudo na mão dele mano e ele saia vender para mim papá entendeu E aí a gente foi fortalecer nossa amizade aí os 17 anos depois aí pagar pagar para dar um golpe nível saiu soltar o dia da visita lá pai de manual pode barato na mão dele aí daquele vez aí eu tinha que trazer vai 30 pacotes de cigarro E aí quando ele chegar eu chegava chegava com 20 já foi aí Claudinho nenhum extra não mano aqui pa que uma flor uma criança lá queria e o pai não tinha dinheiro e não sei o que pai eu fico coração mole e bem mano Aí é o que entendeu e soroca nenhuma Claudinho tá me tirando tá pensando que eu sou trouxa Rapaz você ver não mais gostei foi a tomar na bexiga aí vai dar uma ele dava os brinquedos para criança né vai pagar aí cara eu eu achava que realmente era mentira eu achava que ele pegava e me dava um chapéu mas vinte anos depois no canal apareceu humana e o gordão de Pirituba aqui falando para mim lembra-se aí no comentário ele comentou aí Vanderlei eu era uma dessas criança aí Que ele dava brinquedo cara nós já tinha um grupo de criança quando eu chegava lá no Carandiru para visitar meu pai nós já falava vamos procurar o velho vamos procurar o velho vamos ver que ele tem hoje para nós aquele grupo de criança já cercavam o Claudinho e já começava catar o quê Oi e aí tal e pai eu sabo casado de casados aí com família constituída Então esse tipo de coisa que que me fez cada vez mais de admiração pelo vai ser 20 anos depois veio alguém quebrar minhas perna mano claro entendeu porque para mim ele pegava o dinheiro para tomar cachaça dele para fumar a pedra dele para tomar outro mas não ele realmente dava para criança Carol o coração desse cara mano entendeu E o cara se apresentou e falou que realmente era a verdade que ele falava a verdade sempre precisamos primeira vez que vocês conversaram nem o Claudinho Pode falar a respeito isso aí Neto foi através do na sala de arte no pavilhão 8 quando 509m lavou dentro do rappi comunidade carcerária é o grupo de funk ela que alemão que eu já escutou ele também escritores na pintura a arte que a sala de ar que eu sempre fico parte não me vi envolvido na sala de arte tá ligado Ah tá né desse movimento da sala de arte nós nos conhecendo que tava lá sendo agraciado por um trabalho que foi feito é que é o letras de liberdade esse livro aí que ele tá envolvido eram 15 pessoas gente preso masculino e feminino penitenciária feminina o Carandiru envolvido na situação entendeu e através desse livro aí quando ele tava sendo agraciado lá eu cheguei lá com esse livro aí renascendo do universo paralelo que vem do passado eu fiz um início o passado presente aí nesse conhecimento ele deu continuação o presente o futuro ficou na mão dele mas eu comecei a começou a tá neste meio né o passado e o presente e através desse conhecimento nesse dia do ele falei Calma eu sou Claudinha e tal e ele falou que também foi escritor é meu pai tinha várias meninas de Janeiro lá da penitenciária feminina bom e tal aí falou para oitava satisfação Então esse livro é o livro que ele está envolvido é só um 15 preso entre homem e mulher tá já de cada hora aí também cada um com uma história tá ligado e eu tava dando início nesse livro renascendo no universo paralelo com a pai a onde veio o projeto que Deus tocou o coração do mundo aí e minha pessoa envolveram depois de 20 anos e 17 anos para 18 anos não ser ver a inclusão e tal aí ele foi embora e eu comecei a rodar os presídios Manicômio judiciário penitenciário do estado a Varela para que eu viajei tua cara por isso que eu tô conseguindo branco no branco alquebrado nosso tá só o pó da rabiola ia sendo realocado de presente presente durante três anos é grande 37 anos e por que que tem essa fricção das peças devido a minha vida pregressa antes dos trinta e sete anos eu já vinha nessa vida de Marginal ele eu quero de idade entendeu desde forte então eu não tive um forte como uma criança de 10 anos 11 anos que banho tá jogando bola na rua empinando pipa a minha infância foi só nas grades orfanato reformatório e tá ligado aí dei que dó Poli podem Só playboy e depois da maioridade encarando de rua onde eu conheci humano pertence a gostado se desculpa aí onde eu conheci toda rapaziada que foi a primeira Elite aí da do condicionamento do crime aí que hoje em dia se faz presente tá entendendo Tu lembra qual é a tua primeira memória como criança a minha filha da memória como criança falar para você Mano é foi pelas ruas é 89 anos de idade teve uma passagem que eu tava passando um caminhão no centro da cidade Avenida Paulista estava uma noite de Garoa e tem essas restaurantes né que eu tô lado de fora as mesas e mesas é só do que se né Os Mauricinhos Patricinha e tinha uma criança jogada na calçada ali dentro de garoto e tal e ninguém viu ou virar vinho né meu caminhão eu sentei assim na calçada Nós estava de carro roubado eu já tava já no início do crime usando aí que acontece o carro do que eu tinha quantos anos eu tinha uns 9 anos tá marcando aqui no início já na vida louca já já tava no carro roubado aquela porque aquela época não tinha essa fita antigamente era pagaria tudo já não usava mesmo importa a idade de 10 anos 9 anos 8 anos aquela época a mão recado eu já volto Finados se tornar nos primeiros leite do crime brasileiro morre afinado Xepa limãozinho banguelo de Mogi ou cacheada tudo final de meus parceiros né foram embora morrendo tu tá entendendo e a metà linha mama de meu filho Amei ela presente ela é a Apple não estava já visualizar Aí o cara o cara passou com o carro e jogou a poça de água e jogou as rodas sim água caiu em cima da criança da onde eu tava já pulei no cabo do carro já quebrando encaixa tudo Se eu casar de dentro da escola cheia aí foi nessa daí já tive já Meu início levantar uma no crime eu queria entender como é que isso acontece entendeu porque o crime não é o caminho natural né no país desigual acontece como é que tu se insere como é que foi acontecendo na tua vida dele quando eu tô a memória que tu lembra tu já tava nesse eu cortei caminhar foi o início de tudo e depois nessa situação e a situação no Jardim Europa onde eu fui preso tá entendendo aí onde tudo de Vinícius Mas o início de tudo isso aí onde vem o clima me avisou para você o porquê do creme é que devido a desigualdade o preconceito racismo você pode ver que os moradores de rua se encontram aí e nas calçadas crianças adolescentes e mães de família pai de família dormindo nas calçadas e aquelas crianças de 10 anos 8 anos 9 anos não tem ali ó alimentação não tem umas todo não tem um calor humano tem um carinho de uma família sintética o que acontece aonde ele começa usar a caminhar num crime o que tá dormindo aí na calçada Já toma com outro menino negócio uma menina e tal ou vamos caminhando dar recado para um roupa aqui do pai já era iniciou em crimes Angola e que impulsionou ele dá esse a sociedade desigual porque na verdade isso aqui que se encontra no planeta até a riqueza tudo que há de melhor que poderia facilitar área os seres humanos mais pobres moradores de rua família pobre que são das periferias né mano toda ao São Paulo todo o Brasil e de todo o país aí a o sofrimento do povo pobre né Poderia facilitar através dessas riquezas que ele bom e que usufruem falei que a fica de gago o dinheiro não traz felicidade mais trás e um conforto uma estabilidade lá na verdade e por que ele não ajudou aqui precisa aonde que vem a desigualdade venha o início das crianças no creme tá entendendo e tira uma aquele foco ele não se muito formam no coloca uma vida é uma em cima do que todos que precisão que são os familiares as famílias que precisam que estão morando nas ruas agora menos vai ver o inverno da vida temporais e se não se abrigar debaixo de um viaduto como é que vai ficar porque o que faz o cara entrar no clima é um misto de revolta necessidade e se alimentar isso isso verdade EA desigualdade desigualdade organismo todo sofrerá bastante racismo com certeza que eu sou descendente de africano da minha batalha aqui que exemplos por exemplo alguma coisa que seja dele eu pô é mas que um exemplo concreto a fim de algo tenha acontecido para a gente ter uma noção de como é que essa realidade a essa realidade em cima do assim eu vejo que através da desigualdade quer ver o povo índio aí é assim enquanto os índios negros você pode ver que o nego tem uma para um hoje em dia no Brasil tem um um abraço né para com o povo negro vindo que estão tendo aí o espaço para trabalhar segurança pelo braço e ver jogado nessa calçada aquela passou negros e negras ali que vieram do site da África e estão coladinho nova vida aqui no Brasil porque o Brasil na verdade não é um país racista é um país acolhedor tropical e acolhe todos os povos de todos os países e todas as culturas né mas felizmente morou ainda disse que essa desigualdade em relação ao povo pobre você tá entendendo os moradores de rua né mas é o parei que eu acho que deve tem menos racismo E como que era a tua família tua relação com teus pais na infância leva a minha mãe meu pai minha mãe separou de meu pai meu pai é nego acho Branco olhos azuis cabelos vermelho Carapinha tipo sangue e paixão minha mãe índia gravar minha avó Negra mas meu ponto da Bahia Jequié e eu nasci no Paraná Londrina mas devido o excesso de amor sentimento meu pai era muito ciumento com a minha mãe minha mãe Bela linda né E aonde que ela se revoltou com a tua nós as cinco filhos veio para São Paulo lá pra Zona Leste Ermelino Matarazzo com a casa da minha avó avó contra ela foi para casa de minha avó minha avó morava ali aonde início né Aí lá da conhecer o meu padrasto que na verdade foi que me criou e para mim foi como um pai verdadeiro tá entendendo morreu e tal com problema de cansa mas sempre foi trabalhador Metalúrgico e sempre teve como homem presente com a sua família sua mami e a sua esposa o casal EA nós que somos que os filhos e filhas sempre deu aquele carinho o calor humano como pai né que um pai tem que ter aquele calor humano com ela quer integridade total para com os seus familiares tanto é o exemplo que é meu irmão aqui que eu vejo dia a dia dele para com a senhora do Senhor esposa dele a filha dele é Daniele a senhora Maria a mãe dele nada ela que Deus a tenha em um bom lugar e ao irmão dele e seu Wagner toda a família eu vejo então é um exemplo né não é assim que eu vejo a família nós tem que ter sempre presente em todos os momentos e minha família assim também minha irmã Sara queria deixar um salve para minha irmã Sandra para barba a Daniela Priscila Damião o Danilo não é o Gilmar o Marcos enfrentou na minha família de todo meu coração dói até os nove anos tu morava lá na casa da tua avó era uma família unida era travessia unida família Eu liguei para desviar o caminho entrar no crime que aconteceu eu sair pelo mundo a rosa aquele espírito Aventureiro e tal sua casa sair de casa criança e tal aqui parado ser da cidade ela nem veio o caminho onde o caminho que mais nunca eu falar que não tinha família a não entendendo não tem família não não tinha família não minha mãe vai ficar sabendo de mim assistência depois de muito muito tempo adiante tá entendendo não sabia não sabia nunca coloquei a minha família nessa situação refrigeram presente através de cada dir Oi tau tá dia que foi ficar sabendo já na minha presença no que a então quando saiu de casa só foi através de 18 anos saiu de casa com 90 89 anos e aí eu já saía pelo mundo entende que eles foram de Fabiana eu já não vi ele já tava já caminhando dentro do crime no centro da cidade dez anos andou que eu fui mostrando né e ali tem uma situações do Paraná reformatório que ano foi assinado o foi muito que recarga 915 bolinha esse cara que me chamar de pré-história sabe que década foi assim aí tá tirando é eu [Risadas] gostaria de colocar um poema para você no sistema como lenda viva do poeta das masmorras porque porque o cara era da cultura que Deus agraciou ele com o dono do poema do poeta e lá e desenvolveu vários poemas de ferro meu que são poemas que você sente a verdade sempre senti a dor sente o sofrimento em cada palavra por aqui do grupo que tu tinha Abílio e a foi nada mais borra se ela pode nasce ela foge que naquela fotinha para os castigos lá e cimento gelado ratazanas saindo por dentro do buraco da ajuda mas moça se ela forte você chamou esse dia o que é solitária O que é solitária aquela forte mas sempre no subsolo e lá tem um buraco e vim tava atazano e tinha aquelas águas fértil deve tá ligado quanto tempo tem que ficar nesse lugar ele tinha o tempo estipulado né mas devido o Paulo seu processo que a gente trabalha aqui era várias fita né na solitária favoritar meses na solitária isolada de todo mundo e os caras gritavam lá assim que andaram para ver o cara tirou lá de cima e aí Claudinho tá firmão Aí lá embaixo lá na solitária lá e já vivi pode vai chegar eu jogo para você aí aí eu vi ela ficar e tem como é que funciona como é que fica a cabeça quando está no lugar isolado de todo mundo sozinho lugar algum não porque ele meus poemas que eu criei outro a habilidade nessa redor Vitória reformatório também as masmorras os prisioneiros que são de menores de idade que nem hoje em dia tem a ser bem que é o lado também tem aquela forte dos Menezes até hoje de menino de menina não mudou nada no sistema judiciário entendeu então é uma moça se ela forte nas prisões subsolo ali é onde que é outro que ele tem como mais perigoso elemento foi foi direto para esse lugar eu ia direto para esse lugar aí que eu arrumando direto confusão com a funcionar como é que fica a cabeça quando tu sabe que tu vai ter a sua ansiedade privada como é que tá eu ficava no meus pensamentos os meus poemas e falando sozinho queria não me assim ela minhas ideias é minha idealização aí falando com Deus Jesus Cristo que ele nunca nos abandona que tá presente né conosco né Pois existe um período onde tu fica achando que vai enlouquecer hein a calma começa aqui tem esse que tem o mesmo tempo existe a junta médica psiquiatra pelo código penal biotipologia é uma junta de psiquiatra nome de mulheres e ele quando você fica na mão dele ele tinha eles ficam dominam sua mente desculpa eles dominam a sua mente entendeu Como é no sentido assim de entrar na sua mente te deixar você louco e quem também os guarda-roupa enfermeira que eu falo guarda-roupa enfermeira sorte funcionaram enfermeiros mais fortes com aqueles cachê cobrador e vem gruda você para dar injeção a injeção lá ter sol é uma injeção civil quando o Pedrinho matador saiu de liberdade da prisão que ele ficou dois na mesa e vai reportagem com ele ele ficava em pé falando assim vai ficar marchando você não ficar parado assim editar só marchando isso aí é o efeito da injeção lá ter e aqui aplicada pelo de enfermeiro não na espinha para quem quer é para deixar você louco ao início é você começa macheando aí você vai perder na coordenação motora no mental né que você tem vários se tornar aqui tem até hoje em dia no manicômio judiciário vários parceiros de outrora que já tem um já tipo assim onde lá se eu ver assim o recorrente pelos olhos mas se eu ver assim já estão tudo maltratado alquebrado pelo tempo entendeu lá no manicômio judiciário que estão em prisão perpétua sem não sai mais tá ligado Então na mão da biotecnologia médica junta médica psiquiatra e eu tive essa essa Como é que se diz essa graça essa luz que deus escrito me trouxe para mim e me tirou dessa situação eu consegui Me safar no eu me encontrava nessa situação no manicômio judiciário na mão da biotecnologia para ficar lá me tornaram é um vegetal Como é que é o nome da externo que junta médica psiquiatra Bill tipologia média Isso é uma junta de psiquiátrica Elise ela homens e mulheres pelo código penal hábil tipologia o nome significado na mão dele eles podem determinar no caso eu fui condenado quatro anos aí eu compro os quatro horas mas eu tô na mão da biotecnologia tô saindo com meu alvará por tudo fez vou embora aí eles/você não funcionar pode parar o Cláudia Mas por que tá com alvará não ele ainda tem mais cinco anos que é nós que determina a liberdade dele ele ainda tem tá então a sociedade Com base no que é uma variação para nós é a base nos laudos psiquiátricos então eles passam Acima da Lei da Justiça que a neve que é o código penal e as leis né e ele é porque eles têm nessa autorização pelo poder que domina o planeta até né só no Brasil em todos os países sair tem pelos códigos penais na junta médica psiquiátrica biotipologia pelo código penal tá ligado como é que é Manicômio judiciário que se chama a Manicômio judiciário Aonde que tem os presos que é tipo uma prisão fala para ele ver como é que ela nunca Queima ele sabe disso Quê que é eu fiz donner e apreensão do manicômio judiciário ali você fica livre você vai falar o porquê você tá na mão da biotecnologia junta médica psiquiatra você está em tratamento pela biotecnologia pelo psiquiatra eles e ela está ligado Então você fica na mão deles lá é pelo por pelo código penal que você passou uma vez lá nessa madeira vai guardar dele Coincidência não nesse mesmo banheiro não ligou por várias vezes que que tava lá 35 anos E aí 15 - Cadê o clipe Claudia solta o pipi dele aí era um clipe bem logo a dona da Liberdade que artista é esse que fez o grupo por causa direitinho lá dos Estados Unidos como é que ele te conheceu o Cleitinho ele caneta de preso lá no nordeste aí devido minha história de comprar outra dele aí ele fez esse vídeo aqui esse filme aí Rafael o filme é é um creme Guerreiro trovador como é que é dinheiro trovador Guerreiro jogadores E aí Trabalho maravilhoso ali tatu a minha vida né meu gramas vocês na hora ele deu para mim essa fita de presente Isso aí foi gravado em que ano foi feita agora né 2021 foi ano passado 2020 Esse vídeo foi gravado nos Estados Unidos leitinho rapper lado Estados Unidos lá Brasileiro né foi para lá de uns dias aqui também depois foi para lá e lá acompanhando essa história e fez esse clipe aí e olha amor todinho uma cara de morte de desvario nada senhora E aí E aí [Música] E aí E aí E aí E aí a temperatura estava lá antes desatadora vamos um dos últimos a sair de lá você quer [Música] E aí [Música] o silêncio total Pavilhão 8 quem sou eu o filho do sofrimento menino de rua ele corrente Marginal é o menino igual que o forte só como uma diferença na sexta e família forte não tão forte quanto a morte que não quer dizer que tá isso aqui todo o guri da rua gritando para ir lá antes que alguém vai que ele venha te matar Se Essa parte aí vai do documentário Prisioneiro da grade de Ferro mataram o Dr tomou comentário Albertini roupa mostrando o produto foi sepultado o menino Algemado ele foi parar lá na frente eu pude dizer passar bem grande abraço é ligeiro monopolista original Faz justiça e Deus oi olha eu aqui de novo original un e o tempo foge Corinthians gráficos e também que para assim por cento se vai se tu não liga quando a noite cai foi mais um dia você ficar a saudade se por um lado e desejo que o tempo corra ur urso eu queria ter tempo para a obra salvei Gladiador Guerreiro trovador Nozinho da cidade O Combatente sofredor casar de Detenção Estação Carandiru zona norte São Paulo Cruzeiro do Sul é muito a preta eu acho que você consegue imaginar só quem já viveu só sabe quem já esteve lá eram sete pavilhões com quase 8 mil vence cabulosas o verdadeiro confio Pois é quem viu fio malandrão batizar vacilão na Detenção advanced com Satanás somar palavra errada eu escutei foi a sentir era dois caras 4 facas aí só um sairá vivo muitas coisas à frente várias guerras ou Vencer muito sangue derramado mais eu sobrevivi por difícil a caminhar e dar até aqui lágrimas Eu derramei só Deus sabe o que eu sofri quantas madrugadas ouvirem Claro na prisão mais resistir era um plano fora de cogitação porque guerreiro que é guerreiro entra na arena OU se cancele de cabeça servido no café da Esperança só passageiro do carro trovador incansável poeta das masmorras coração e inabalável ressurgindo das cinzas de volta para o mundão que Claudinho da cidade um flor de lótus a pressão e tira a beira da morte receber a extrema-unção recuperei Porém na casa de detenção outra vez a liberdade se mudou hoje cadeia 37 de ponta e pagou no sistema por uma súbita de honra passei minha vida inteira Atrás das Grades da Prisão de Sofrimento tortura e espancamento humilhação saudade dos meus irmãos saudades da infância que saudades da família dos bons tempos de criança saudades da gladiadora aqui no caminho tão bom dia galeraaa metrô linha para sempre meu amor hoje Agradeço ao Senhor o meu Deus do céu para o meu irmão Vanderlei Hoje os Gabriel alemão que tamo junto preparados para a missão firme e forte mesmo após tantos dias de Detenção Deus dai-nos proteção abençoa nossos caminhos pelos este vacila entre cobras e espiou Nossa luz a direção e nos fazem enxergar a letra em nome do pai do filho do Espírito Santo amém tudo que acabou hoje sinto na pele o mesmo que o trovador que canta para sua amada e deixa a janela fechada e fingiu não escutar Eu também sou sonhador e vive a sonhar com tia que ele tem a liberdade demais aqui tá tia paz justiça liberdade vai para garantir a paz que o malandro vai para guerra tratar de ladrão pilotar enforcado na cela fogo no pavilhão Explode a rebelião eles querem consoante a nossa reivindicação s***** é sem perdão vacilou vai rodar desce tomando paulada do 5º ao 1º andar ficaria tumulto eu pude faca na mão Tu vai morrer mais um ladrão Retaliação pela tropa de choque cachorros assassinos provas vou abrir o gramado para matar eles não tem gosto de você agora essa cola pela de ressaca mas não morrer Carandiru patroa as coisas horríveis eu fiz só mesmo por Deus do céu foi que eu sobrevivi cidade vi né até o Nova Era uma esquece o Pavilhão que tinha que ser sujeito homem para viver na refeição você vai lá doida tipo de não temer o inimigo e se encontra Independente de conforto o seu desfile que eu covarde entre choque e fecha a coordenação quando vem um monte de frente com as Highlander na mão entre debate fiz acerto os mortos e feridos Agradeço Ao Senhor por ter me protegido por tantas vezes me livrar da faca do inimigo e depois de 37 mil entregar para o mundo vivo senhor ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte não temerei mal algum porque tu estás comigo mil cairão ao meu lado dez mil à minha direita é mas eu nunca serei atingido porque o Senhor é o meu refúgio e minha salvação Amém Ok no dia da rebelião vocês estavam lá e no dia da mega rebelião sim na mega rebelião Sim a gente tava tanto eu quanto o Claudinho Claudinho Claudinho até chora mana a maior bronca é que ficou conhecida é mais conhecida e essa é bem não a mais conhecida é o massacre do Carandiru é que foi de 992 não tava lá nele não não ele não eu também tava lá eu acho que tava tá na penitenciária do Estado né vergonha tem mais legal na net daqui 92 de 90 horas sei lá da manhã eu passei em todas as já tava preso desde 74 na cara de novo e aí ficou mais somente a 2 na chacina tão rápido tava lá eu fui fui para o Manicômio para o Manicômio do Bernardinho um Araraquara Franco da Rocha penitenciário do estado de tensão ficava nesse corrupio tá ligado e falar com Vanderlei um pouco agora eu pago lá e a tua história como é que tu já chegou lá no Carandiru foi direto Grande outro por é prisão já foi do Carandiru não tudo é um processo né a verdade eu fui comecei também com meus 15 anos de idade me envolvendo com o caminho errado também me envolvendo com o clima né a gente nunca começa direto no crime na verdade a gente é um caminho que vai sendo traçada com a Bíblia diz um abismo vai chamando outro abismo tá ligado Então a gente começa com o nosso espírito Rebelde que é característico de todos jovem tá entendendo e se não for bem direcionado e dependendo também muito das situações né Porque eu quero te destacar depois o Caio pode por aí também na tela o livro letras de liberdade e a gente lançou né É teve um Concurso Literário promovido pela Sophia bisilliat lá que era uma guerreira do sistema lá que vivia lá e isso esse aí ó livro letras de liberdade entendeu então o que que acontece nesse o conto toda minha trajetória e não só a minha por isso que eu acho muito importante esse livro todos que puderem que mexem com o crime ler esse livro até paz porque nesse livro está contido as 15 Raízes que levam ao Crime o Claudinho falou de uma das raízes eu tenho outra Raiz e esse livro escâncaras 15 Raízes que leva são 15 histórias 15 pessoas Cada uma com a sua raíz que levou ela para o crime a tua foi qual então como eu tava falando né vem de uma família boa meu para taxista né Na época hoje tá que não vale não tá valendo mais nada né É tá ganhando aí tá é um trabalhador comum normal ganha para sustentar a família mas na época taxista estouro mano daí ela vai para caramba sai na hora de 1990 e noventa e quando eu era criança no caso de bebê que 7877 meu pai já era taxista né mas desde quando me conheço por gente aí de 85 mais ou menos para frente aí que eu tô com uns 10 anos é que a gente começa a tomar conhecimento é um pouquinho sobre a vida que a gente sabe que na verdade a gente uma vida razoavelmente né razoa morava na periferia e tudo mais em Osasco delas Taboão da Serra Mas tinha uma vida boa tinha tudo para dar certo mas as Encruzilhadas da vida vão levando a gente para caminhos tortuosos e ali como grande parte dos jovens pessoal meio da Periferia também minha história não é diferente diferente de nenhuma deles também entendeu vai sendo levado vai ser empurrado pela vida porque na verdade um jovem ele não tem muita noção ainda do que não passou por nada nunca passou por uma cadeia nunca sabe passou por sofrimento e o melhor professor é o sofrimento que ninguém precisasse passar por isso mas na verdade o sofrimento ensina mais que qualquer escola e nessa trajetória eu fui né começando a fumar cigarro depois bebida isso más influências que acontece mesmo vamos chegar tá entendeu E aí que que acontece gente começa a beber e beber normalmente você começa a beber no seio familiar certo Seu pai bebe seu irmão bebe só sua mãe muitas vezes bebe esses dia eu vi fiquei chocado com a cena infelizmente se repete sempre no Taboão um amigo meu de Infância na rodinha de dos amigos e tal bebendo a cerveja dele comendo churrasco e o filhinho dele cara de cinco anos encostou perto dele mano e ele orca tua cerveja e deu um biquinho para o moleque mano ele nem sabe o que que ele tá fazendo ali na ver a mensagem que ele tá passando para aquela criança tá ligado então talvez ali que seja quebrado e não Jesus mas talvez ali vai ser aquele ali é o pontapé inicial para uma vida errada entendendo porque eu falo do que eu visito que eu sei do começa através da bebida cara ninguém começa fumando uma com ele Quem começa cheirando cocaína e nem começa a fumando crack Tudo começa na bebida tá entendendo e de repente dependendo do rumo que a sua vida vai você vai progredindo para o a vida para cocaína por para maconha normalmente é isso né Cada vez vai piorando mais porque a droga é desse jeito cara ela fora aquele primeiro momento que você usou Ela ali que você conseguiu ver nuvens ver as estrelas você se sentiu no Êxtase você não consegue mais então você começa usar cada vez mais e chegam aumento que não faz mais efeito você tem que pular para outra então droga desse jeito e eu fui me envolvendo com meus 15 anos ali eu já conhecia o tio já tinha com esse espírito Rebelde e comecei a me envolver com rapaziada ela quebrada também que tava ali se divertindo na fogueirinha na esquina ali fumando só maconha tomando o seu vinho na fogueira de noite eu sempre passava e observava eles mas não era envolvido trabalhava já como entregadora em Pinheiros madeg pa até que me lembro que nem hoje pra vocês ver como quis negócio pegando centro eu tava lá em baixo na vila e Taboão da Serra aí viu uma senhora descer o ônibus com duas sacolas pesada cara eu sempre teve isso mas não sei porque eu pegava busão de manhã e ela tem a Vila aqui na onde eu moro tem uma outra vila lá do outro lado tem um ponto final do busão eu ia andando até o ponto final para vir Sentado aí que chegava na vida que eu moro tem uns quatro pontos para frente entrava na tiazinha sempre a mesma Tiazinha outra cara aí eu sempre ela já parava na minha frente que ela sabia que eu levantava para ela sentar lá aí eu dava eu vi essa senhora aí peguei essa cola dela ajudei levei até na casa dela lá e nessa aí eu conheci o cara que ver se tornar o meu irmão cara tá ligado Sabe aquele irmão que ele é amigo que é melhor do que o irmão cara que se torna um irmão que o tamanho aquele cara era Firmeza total final do de Reginaldo Rodrigues da Silva entendeu E nessa aí ele quando viu a gente né eu chegando passar Cola e Já correu ou para pegou a sacola Obrigado mano e tal ajudou minha mãe aí tá não sei o quê pai a ideia mano e aí já me convidou para ir lá tomar um vinho para curtir ali umas ideia com eles ali entendeu E ali já rolava muita ideia decline porque o irmão dele já era mais velho ladrão de banco e tudo e ele tava sempre por ali contando as história para nós ir com um até hoje essa essas idéias fissura a sociedade o crime a criminalidade fissura pessoal tudo gosta de não sei porquê cara mas gosta de ouvir história de crime então que tem muito jogo tipo GTA que o outro roubo a banco assalto e Vasco para você ver então tanto é meu canal também você vê aí meu canal eu não gostaria Sinceramente eu não gostaria de estar colocando história de ingressos histórias de cadeia nem nada mas eu entendo que essas histórias atraem pessoas para o canal e o meu objetivo no canal vai trazer o máximo de pessoas possível então é uma século entendeu tem esses ingressos que são amigos a gente é que superaram essa vida b****** então eles vêm com algumas histórias nós vamos passando também a nossa mensagem para frente devagar e introduzindo como a mídia faz aí também que suas mensagens subliminar né no meio dos fios daí das novelas fica lançando mensagem subliminar na cabeça da gente é São Paulo né filha dizer fiz com os pênis do nada né não você já viu como é que eu já vi o os cara desenhando lá os quadrinhos da Mônica a gente começa no pênis Carol com uma vagina e a partir daquilo ali eles fazem um cenário se faz um desenho aquele ali é mensagem subliminar para que para erotizar as nossas crianças por isso que as hoje as crianças estão todos aí crianças é batizar de toque que eu digo ligado Velho tudo pelada dançando não tem como é que ser legal então a gente também se utiliza de sair a gente traz aí o pessoal gosta para tentar passar para eles uma nova realidade a a verdade né não uma nova realidade a realidade verdadeira porque eu sempre pintaram que todos os presos são Monstros e não tem recuperação Mas essa não é verdade nós estamos aqui para contrariar estatística e o nosso projeto é baseado nisso ah entendo E aí aí eu comecei a me envolver com os cara e ali ainda noite a história interessante tudo jogou sua ideia que estavam falando isso isso aí de frio escritor de jovem fala mais alta semana aí quero final do sócio ele já contava histórias para nós do Carandiru tinha 15 anos de idade pô tá ligado e ali eu fui ele foi ele foi envolvendo daqui a pouco apareceu um baseado certo daqui a pouco apareceu uma cocaína usando os foram passando daqui a pouco apareceu a pedra entendeu o crack também me envolvi e a partir daquilo ali foi onde começou a de caída na minha vida né E aí para você ver como que um ato político pode mudar toda uma história de uma pessoa isso aí nós estava na época do colo cara quando quando te vi e aqui é que o Collor se elegeu Presidente acho que foi 1991/92 né 91/93 alguma coisa assim e aí o que que aconteceu e teve aqueles aqui na bloqueio da poupança é físico da poupança e ali muitas empresas mandou aquela demissão em massa e eu fui um dos demitidos trabalhava já no empresa boa ali na Faria Lima ela tinha Jardim São história sabe empresa boa tinha talão de cheque tinha tinha tudo então eu usava minha droga eu bebi a minha bebida com esse camarada aí é para o samba Mas é po para os rolê e tal mas eu não roubava os cara já fazer uma cetim e tal Porque os caras perderam os trampo deles mais rápido mas nessa fita aí eu perdi o meu Pô eu entrei numa eleição em 90 ele assumiu sumiu 990 exatamente E aí veio essa paulada na sociedade cara e teve essas demissão em massa e eu fui um dos demitido tá ligado e nessa aí eu já estava envolvido com os cara do crime E eu achava que eu não era viciado mas aí quando o dinheiro começou a faltar e abstinência começou a chegar eu vi que realmente eu era viciado que eu já era um prisioneiro sem Grades Oi e aí os cara já tava ali envolvido roubando já tinha os cara que tava roubando mansão né mano eu comecei também nessa nesse mundo entendeu eu já vou fazer assaltava mercados gostava muito de invadir lojas de noite furtar roupa por peças barato tudo que você então era para poder continuar usando droga para poder continuar usando a minha droga entendeu então aí você acha eu percebi que realmente era um viciado mas eu tava empolgado mano tá ligado mas eu não sou esse cara eu não fui eu não era esse esse bandidão que as pessoas falam tá ligado como a maioria da Periferia não é cara como a cadeia tá cheia noventa porcento deles lá são pessoas igual eu no passado que foram fomos empurrados pãozinho e na verdade quando comecei a fazer esse jato também não tinha essa consciência total porque você só começa a entender depois você vai preso cara você começa a sofrer as agruras do sistema aí você começa a crescer amadurecer mas a entender um pouco mais da vida da seriedade da vida só que o cara já é tarde mano depois você caiu dentro do sistema Você já virou um número nunca mais você vai ser um cidadão você vai ser sempre um ex-presidiário tá ligado mano então a gente já tá até acostumado graças a Deus graças a Deus tive toda uma história dentro Carandiru como esse livro aí letra de liberdade fiz vários cursos lá dentro terminei o segundo grau que eu tinha o objetivo de vidro eu queria parar entendeu tu tu lembra qual foi o primeiro assalto que ele fez e o porquê que tu Qual foi o momento de decisão de eu vou fazer isso e chegou em algum momento do viu duas vozes da cabeça uma dizendo vai lá e faz isso ou não que isso é uma m**** mas Decidiu ir existiu esse momento é o diabinho e o anjinho fica do lado ali em todos os fungos em todos os assaltos têm que na verdade ou não somos pessoas mas não são inclinados para o mal nós temos nosso livre-arbítrio certo e aí vem aquela aquela pressão então é como um o cara você tem dois cachorros ali qual que vai vencer cara você alimenta mais e outro se alimenta a pouco qual dos dois quando soltasse acho que vai vencer a briga sim qual que vai vai tomar atitudes mais inclusivas né também vai ser vai ganhar quem você alimenta mais então se você já está envolvido no enredo ali de uso de droga de bebida e junto com a rapaziada toda aqui também estão envolvidas pelo método as mesmas questões né então cara você vai ser empurrado para aquele ali então realmente na primeira lembro foi até que no final do Peri um amigão que a gente teve também e eu vi ele morto na minha frente durante a sogra não durante o assalto as depois Você dirige ele acabou indo de caindo e caindo e os cara aí pô ele lá na quebrada lá entendeu Aí a gente ia saltava comércios fechados a gente vá dia e de noite e saqueava deu mas sempre essa questão vai não vai vai não vai mais aí Já viste nência sabe a sua consciência quando você tá usando droga ela vai ficando fraca cara ela vai ser no deteriorada Então por mais que um anjinho ali por tudo que eu aprendi pela minha mãe minha final da mãe que Deus me deu a honra eo prazer de ela faleceu ano passado eu tá segurando a mão dela e acariciando os cabelos dela cara me acompanhou durante todos os meus anos de cadeia eu pude dar esse orgulho para ela de sair do crime e tá com ela no momento da passagem dela mas sempre vinha mente Nessas horas os ensinamentos que ela me deu tá ligado ela meu pai tudo só que tinha o outro aqui também do lado que já era a minha consciência ma a minha vontade de fazer as coisas erradas a minha abstinência por droga que eu já era preso então por isso que eu falo a droga ela é uma doença cara precisa ser combatida entendeu mas sempre tinha essa questão aí do bom e do mau e a decisão é sempre sua né mas com certeza a droga ela te domina cara então eu o atacou lândia direto sim o trabalho com entregas hoje sou dono do meu próprio negócio né some quem precisar de vir individual aprendi na casa de detenção a partir do momento que eu tomei a decisão de não eu não quero mais assim vida para mim comecei a estudar fiz curso lá terminei como eu falei o primeiro ou segundo grau ensino médio fiz um cursos do SEBRAE agradecimento ao Sebrae no ano 2000 levou um curso de empreendedorismo lá eu fiz também é fiz um curso pelo Instituto Universal Brasileiro de mecânica de moto que me ajudou bastante então a comecei a aprender coisas boas lá para mim tem uma ferramenta melhor para mim sair quando eu saísse E é isso que eu também quero fazer hoje né porque nessa é para Deus tocou no meu coração lá dentro do Carandiru então como eu tava preso chegou a hora que eu fui preso de verdade eu fiz um assalto aqui em São Paulo no uma saidinha na época isso aí foi em 1995 em 95 96 a saidinha quando o cara sai do banco e vai para o Caio tava eu e esse filme O final do parceiro Finados de então nós já tava roubando junto já tava milhão roubando o carro bando loja roubando tudo que aparecer saidinha de banco ela direto então eu entrava nos Bancos né mano que eu tinha sempre mais uma presença os cara não é desconfiar entrava no banco ficava lá só ganhando e eu tiver mentindo que nem hoje né geralmente internet há nada era aquelas filas quilométricas tá duas horas no tá ligado Aquelas filhas não faz assim pa e eu só lhe ganhando a hora que sair é um office-boy Contorno eu já saía na bota mano e aí nós ir cá tava e já era aquele dinheiro ali em dia 23 dias ali no p****** da Augusta e forrar da droga e quando há alguma coisa logo agora tá ligado até o momento mano que chegou na minha vida o kil apareceu um cara mano o cara mandado por Deus mano ele era um cara que tinha uma veia cabulosa para o negócio tá ligado tinha Pizzaria tinha chaveiro no shopping tem a loja de carro E aí mano final do Celso aí esse maluco começou a desandar junto com nós mano eu sou uma pele papá perdeu tudo velho questão de dois anos ele perdeu tudo que ele tinha manter a família perdeu tudo aí ele sumiu um tempo depois ele voltou mano foi irmão aí comprou um Passat aquele passagem da Apple depois do Fusca veio passar aqui né Aí ele comprou uma passagem foi comprou outro abrir uma pizzaria eu comecei a colar né para mim aí mano Oi e aí como é que você tá firmão pai foi uma E aí que que tá fazendo não tô na pizzaria aí tá trabalhando Pai Tal mano no canal firmeza Tá inteligente para caramba mano tinha o dono do 71 eu falei mais aí vamos fumar uma pedrinha aí tá tem uma ali tava lama não parei então sei o que eu vejo mais Como assim parou mas eu querendo parar também para todo cara que usa ele quer parar só não tem força então se ele achou alguém que consegue dar uma força para ele ele quer mano mas é difícil aí depois para mim para não eu tô com patrão novo e tal patrão Firmeza mano patrão aí abre todas as portas para mim não é mesmo cara me leva aí patrão aí quer ir mesmo que quero aí beleza foi tão domingo 6:30 eu te pego na sua casa foi beleza vamos lá mãe pa foi Nossa agora tô bonita mas vou arrumar um trampo então só colocar me levou né ir para igreja mano maluco me levou para Assembleia de Deus Vani me colocou lá dentro lembrei você é louco só me trouxe aqui mas para isso eu acho que não quer ir para igreja Mano eu não meu patrão Carlinhos patrão agora Jesus Cristo cara e ele vai mudar a sua vida também tal Foi algumas tá de brincadeira nós já tava lá já vou escutar né mas da palavra aí que a gente tem respeito sempre teve respeito pela pelo cristianismo a gente foi Cristão na vida né mas a católico mas sempre Aprendemos que Jesus Cristo é o caminho a verdade EA vida né e vim produzir o ali cara eu comecei a gostar daqui na linha como você gostar como você achar interessante fui me afastando da Rapaziada comecei a indo mais para igreja em questão de um ano Cara eu já tava Limpo das drogas Limpo do álcool Limpo do cigarro Me batizei e conseguisse sair daquelas droga ai a daquela vida que eu tava levando mano até que tu tá mano o bagulho é louco diabo é sujo mano o e montou uma estratégia cara para me derrubar que tirou meu chão mas aí Acho que nem com Nem vale a pena falar não vai pode falar com ela né Tem Lógico é só que eu não tenho não resolve nada aqui pode falar toda a gente quer ouvir todas as histórias possíveis aqui a Ikebana mano eu tinha um outro primo Finados infelizmente também morreu aí o ano passado e nós era parceiro também de assalto porque esse final do dia que já morreu e que é meu parceiro eu tinha ido em cana e 94 para 93 94 e foi engano então eu arrumei o parceiro arruma esse meu primo é nós roubar metal papá aí depois que eu fui para igreja eu fui querer resgatar ele mano falei não vou levar ele para igreja porque eu achei um caminho bom que me tirou e realmente a igreja um caminho bom cara sem espiritualizar muito mas a igreja ela te traz uma palavra de conforto e traz uma palavra de ânimo uma palavra de encorajamento para você conseguir ter forças para você sair daquele mar de lama que você vive tá ligado eu tinha insere numa comunidade também sério eu vou comunidade com pessoas o que realmente querem o seu bem querem te ajudar não querem te apunhala pelas costas como outros que como quando eu saí nessa época e vinha os outros amigos em casa né quando eu tava na igreja com pedras na mão cocaína na mão com bebida me chamando para ferro mano vamos aí tá o cara que nunca foi na minha casa me chamar para pausar nada depois quando eu sair que eu fui para igreja vários e vários e vários foram lá para me oferecer você ver como é que é e eu fui tentar resgatar esse meu primo cara porque ele também estava inserido tava usando droga tava tudo bem tava no mundo do crime E aí cara foi onde veio o a maior decepção da minha vida mano foi onde o chão saiu do meu pé e eu cai de novo no buraco tá ligado e eu fui lá morava ali no Ceasa eu fui lá ou Vale tá vou para igreja lá eu parei com tudo aí não sei o que papá aí ele falou não meu você parou mesmo eu falei parei falou se separou eu vou parar também mas e a boca comigo você vai ter que ir lá ver os eu usar e você não usar Demorou mano vamos lá né porque já tava me achando super cliente estava um ano batizado já tava morando fora de tudo mano por isso que a gente não a Bíblia é Clara mano que a gente tem que andar em dois Velho nunca andar sozinho nunca subestimar o diabo porque ele é forte tu tá tá errado então nós tem não pode brincar com ele não que o bicho é louco aí que aconteceu fomos lá mas falou que foi lá na boca com ele pegando as droga Aí fomos na casa de um cara aí chega lá na casa do cara bateu na porta e pa E aí o cara falou abriu a porta assim tal já olhou para o meu primo olhou para mim e aí ele é uma beleza beleza Romano seu tio mano tava aqui até agora pouco mano tá desde ontem aí fumando o seu Tião dragão e thalma e quem quer o tio dele quem é se alguém que me mandar ninguém imaginava cara muito menos eu sabe quem era um homem acima de qualquer suspeita o pai de família exemplar trabalhador exemplar o homem acima de qualquer suspeita quem meu pai velho você acredita ali eu descobri que meu pai que tinha um voo de avião no Ceasa ele era esse vulgo não era à toa ele era o avião ele que transportava as drogas para os grandão lá do Ceasa tá ligado Então cara ali meu chão foi tirado e eu na hora já comecei a usar droga já papai já caí mano aí no outro passei a noite usando aí chegou no outro dia fui para casa já apliquei logo golpe no meu pai mano ele tava dormindo assim leva taxista dormir de dia e trabalhava de noite acordei ele o pai Lembro até hoje mano bagulho ou acordei ô pai ô pai pai Combinei com um amigo meu da roça lá daqui a pouco você vai em casa lá dá uns gritam acham e tal eu vou catar um dinheiro aí cara o bagulho é louco olha que que é a droga no mundo aí ali quando você mano que eu falo até hoje eu sou viciado em crack cara eu sou viciada entrar tem 20 anos que eu uso opaco mas eu sou viciado eu tenho que me vigiar dia a dia cara porque se um dia que me a minha mente falhar o dia que eu não matar o meu leão por dia amanhã vai ter dois milhão e vai ficar mais difícil então tem que matar um leão por dia e até hoje eu passo em algum lugar ainda vendo os pensamentos maligno cara de o meu agora você já tá firmão já tá aí com família já tá trabalhando já até tem dinheiro aí pa mano passa ali na boca ali pega o papelzinho pega uma pedrinha e fuma manda vem esse pensamento cara tá ligado mas eu tenho que matar esse leão a cada dia e a droga é gostosa mano bagulho é da hora você cheirar uma cocaína é gostoso mano fuma pedra também da hora mas ela vai te destruir cara ela vai te derrubar lá no fundo ele vai tirar sua moral vai tirar seu caráter vai tirar sua solubilidade vai tirar tudo de você cara vai deixar você na é muito dos de as ruas da Cracolândia tá todo cheio de pessoas assim cara qual é a vencidas pela droga velho Qual é o que acontece nos do craque viu é porque que ia tão fácil viciar Nessa droga especificamente mano ela é uma droga muito viciante cara o craque ela é como se fosse a dor da Fome tá ligado você tá com fome sua barriga não dói então mano quando só que quando você tá na droga também só que a comida quando você come aquela forma excesso certo mas o craque não cara quanto mais você fuma mais fome dá mais vontade de fumar dar eu já passei três dias e três noites cara vem de uma moto que eu tinha voltei na boca deixei lá Minha moto na boca vou ter com os bolsos desse jeito recheado de dinheiro droga depois de três dias depois mano já não tava nem sentindo mais gols do craque não tava lá em sentindo mais nada já tava na na casa do cara assim que a gente tava fumando eu mais uns dois caras já tava vendo Finados ali mano tinha um cara é uma verruga no olho assim ó eu olhava para eles e cabe rua sem fazer assim ó ó mano tava nem sentindo o gosto aí vai ver na brisa mano aí naquele arrependimento de todo drogado pelo cara que usa ele se arrepende mortalmente cara eu várias vezes pedi para Deus me levar que eu não queria aquela vida quando você tá que é entre o aquele momento entre a loucura entre A [ __ ] e o sono que chega uma hora depois desses três dias ainda que aconteceu aí falei não mas não sei algumas quatro pedras no bolso ainda falei que tomar nada não vamos até o pajé mano camarada meu aí Saímos da hora de levar um dia ele vai assistir aí e até trombei na Detenção também aí saindo de lá fomos para o escadão ficamos lá e para comprar um litrão de 51 e começam a tomar papai mas beber virar mesmo para sair daquela nossa lá da pedra mano já não é f*** desculpa a palavra aí não vou falar palavrão tiver de boa aí o que que aconteceu peguei aquelas pé lá em cima lá com ele passou a nossa da pedra e começou a virar nós da loucura da cachaça eu peguei aquelas pedras mas nós vamos usar nunca mais que esse bagulho vai destruir nossa vida e pai tal não sei o que joguei as cinco pedras mano no terreno baldio cheio de mato falei assim pa aí beleza Aí Tamos sentado mais uma meia hora de tomando aí passou a brisa da pedra e v a brisa da cachaça sabe o que aconteceu imagina o que vocês foram buscar as pedras no mato pulando lá no mato velho e fomos atrás das Pedras maginos matam grandão assim mano mana ficou mais de hora tentando achar aquelas pedras vai conseguir me achar umas duas três lá e voltamos para casa do cara para você ver como é o efeito da droga como essa droga te domina cara depois a primeira vez que os Ou mande o Deus da primeira vez que usou acabou a tua vida velho você vira um escravo dela é uma prisão sem grade depois que eu falo mesmo os cara que estão lá na Cracolândia tem que ter um plano do governo cara eles não precisa de cadeiras precisa de um de psicólogos e psiquiatras de sabe de instituições que peguem ele para cuidar de verdade para dar um tratamento de verdade mas por que que o governo faz isso o que custa muita grana cara e o governo quer que o pobre ó acho que ele quer que a gastar dinheiro com pobre filho governo não quer mano tá entendendo Então se lasque para lá que se Max morra mano que espera que nós se exploda velho só que o craque mano é uma doença velho a cocaína ainda você consegue manerar você consegue controlar mas chegou no crack velho é fim de carreira tá ligado mano e ali naquele momento eu meu chão Caiu e eu voltei na ó vou ter acordei meu pai ali para o pai para trás tá querendo me matar aí fumei um monte de pedra essa noite e os cara veio aí me cobrar se não me dar o dinheiro tá tá hora elas vão me matar aí Já acordou ou fio aqui é tua mãe a mãe a mãe então você é louco meu como você tá falando pernas não pode isso é ruim isso nem Papa falei pai eu tô fumando Então eu fui na casa do cara lá o que você tinha acabado de sair lá eu descobri que você usar droga descobri que você é b****** também que saiu usuário e tal a mãe a mãe pera aí que eu já vou levantar já vou correr atrás do dinheiro para você aí já levantou Espera aí daqui 2:00 já tá com dinheiro aí fala para os cara esperar e foi feita aí ele saiu foi trabalhar depois de umas horas voltou com o dinheiro que não tava devendo para ninguém foi um golpe que eu dei nele de raiva mano tá ligado E aí ali já começou a vida com o meu pai aí já comecei roubar com meu pai já comecei a usar com o meu pai tá ligado mano foi uma época eu vou falar para você triste por causa disso desse lado mais de outro lado foi boa porque foi uns dois anos que eu tive contato de verdade com meu pai cara porque ele era taxista ele trabalhava de dia o entrave de noite e dormia de dia então nunca tivemos momentos de lazer junto fora algum churrasco assim final de semana dia de domingo que ele sentava alí para assistir Silvio Santos com a minha mãe com a gente tal mas nunca tivemos um rolê legal nunca tiveram mais nesses dois anos nós interagimos legal tá ligado mesmo na vida b****** então esses são os momentos que eu lembro dele e última vez que eu vi meu pai e foi em 1998 dentro da casa de detenção no Pavilhão 9 quando ele foi me visitar entendeu lembro dele Saindo passo despedindo derramou uma lágrima nunca vi meu pai chorar derramar uma lágrima como se soubesse que fosse a despedida fase tá velhinho já não não é 50 anos tá ligado mas depois daquilo ali eu nunca mais vi ele cara né a verdade ele sumiu tá ligado e nunca mais voltou saiu para comprar cigarro com a minha mãe fala e nunca mais voltou cara e até hoje todo mendigo que eu vejo na rua eu olho nos olhos para ver se eu vejo o azul dos olhos do meu pai tá ligado mas sumiu cara vítima do crack também Eu nem pude nem chorar cara porque eu não sei se ele tá vivo se ele tá morto o que que aconteceu Obrigado mas para a gente entender como é que tu foi parar no presídio depois que tu tu entrou na igreja acho que está recuperado aí tu voltou para o mundo do crime e voltei a mil aí Rolou isso essa com teu pai então escola meu pai né começou a roubar junto começou a pegar a grana pegar meu pai também era estelionatário também mexer com vários torre de droga entendeu então sempre tinha dinheiro tinha droga nessa fazer assalto em lanchonete mercado aplicava roubava carro rapaz besteira aí que nós fez aí tá ligado mano essa até perdão aí só uma vítima e de milho e ano atrás aparecer aí eu vi a gente peço perdão de coração aí se eu pudesse stituir quem eu roubei quem eu fiz mal eu misturei porque eu me arrependo até o último fio de cabelo da da minha cabeça tá ligado mano e Restitui algumas pessoas que eu consegui mas infelizmente não dá para restituir tudo mesmo porque eu não sei quem foi quem não foi faz 25 20 anos atrás né e chega algum momento dessa vida que tu acha que tu é invencível que está ganhando dinheiro tá saltando etapas também é viciante cara tá ligado adrenalina do crime é viciante mano é uma adrenalina te dá um tchan' tá ligado né todo mundo cara não sei se é covardia ou é coragem você pegar e levantar uma arma mas não é todo mundo que consegue não tudo você pega uma arma na mão já começa a tremer velho tá ligado a arma é um instrumento muito poderoso Mas você pode tirar uma vida você pode morrer também tá ligado mano então eu não sei se o que como posso definir se coragem ou covardia você pegar uma arma tá ligado mas você senti uma adrenalina Alô que você vai viciando aqui também você vai viciando na vida fácil você vai iniciando é isso que a molecada da quebrada muitos deles vão para o crime também uma outra raiz desta árvore chamada crime é isso aí também tá ligado os cara tá na quebrada Quem que é o espelho dele o trabalhador que sai de manhã cedo para trabalhar pegar busão lotado mano marmita filha grama mixaria aí não uma baita de uma mixaria nem para sustentar os filhos cara né e não consegue dar um lazer para a família a gente vive para trabalhar velho nós somos escravos moderno tá ligado aí a molecada da Periferia Olha lá mano patrão lá mano com carro novo tênis da hora tá ligado mano Cheguei rodiado de mulher de quem se acha ele vai se espelhar a cara você acha que ele vai querer sair trabalhar ele não vai ele vai se espelhar no maior ao que está ali mano toda criança assim todos os jogos do Adolescente assim porque ele não conhece o sofrimento Ele não conhece o mundo do crime ainda então ele vai se espelhar naquele porque o carro tá lá bacana não ó por cima da cocada preta que tem um cara vai aí é uma possível vítima aí do crime entendeu E a gente momento tu caiu e no então aí nós estava nesses assalto e pai tem um dia eu fui lá tava fazendo um churrasco depois de um assalto bem sucedido Nós estava fazendo um churrasco na minha casa não tá bom ué aí os parceiros tudo ali nós lá para quadrilha meu pai já estava envolvido A Quadrilha ela fazendo churrasco da hora ali mano PA aí daqui a pouco eu fui no bar comprar uma cerveja mas tinha acabado aí subir uma viatura velho manda civil estacionar na frente da minha casa falei Vixe mano falei para o dono do bar a minha irmã casa caiu para o meu lado A Mônica vai dar todo mundo quer ver não mano calma aí vamos ver como é que é aí o saiu velho saiu aí na hora que ele saiu já voltei correndo mano falei aí rapaziada não sai fora aí molhou molhou manhã os caras Marcelo você tá na não é fumou pedra mano tava não mas da polícia aí não sai da noia foi não mas parou a polícia aí caramba Vão bora mano aí os cara viu o bagulho é sério eles nem viram E aí todo mundo já passaremos sai uma milhão tá ligado aí vamos voltar três dias depois mano para nós voltou Ficamos sabendo da Notícia cinco minutos depois que nós saiu mano chegou três viaturas da Rota invadiu minha casa todo mundo de metralhadora de fuzil e tá ligado já tava conhecido mano na quebrada aí invadindo da casa lá chutaram o banheiro tava fechado meu irmão tomando banho mãe deve ter sido uma cena louca com meu irmão né que era ele tá ligando mano invadir subindo na laje subindo invadir mano fizeram uma cena de IBOPE no bagulho lá e só que nunca taram nós que nós saímos fora tá ligado foi nessa aí que eu junto com esse meu primo mas fez uma uma saidinha ali em Pinheiros e tal e como para o interior e Pacaembu foi onde ir lá nessa época 1996 não tinha droga não tinha nada eu tava viciadaço já tá ligado que eu vou ter que tudo mano vou ter que tudo para droga para o Chris eu voltei arrebentando tá ligado que o bagulho Emanuel que a Bíblia diz onde você tá ali nessa vida mas você tem um demônio velho se você conseguir tirar esse demónio de você Beleza você venceu agora se você cair mano volta a 7 horas e você volta sete vezes pior e é verdade mano é isso é verdade mas na Bíblia Eu me baseio na ela porque ela ela contém a verdade Universal é o meu guia de vida hoje tudo que acontece tá lá velho se você seguir é igual a Bíblia é igual o manual de carro manual do celular manual de televisão que a gente seguir ela bonitinho ver né vai ter uma vida legal tá errado mano hoje eu sei mas na época não sabia E aí foi isso aí mano fui para o interior fugidos é uma saidinha e chegou lá não tinha droga não tinha nada e o loucão para querer usar uma droga comprei cola para cheirar Nunca tinha usado Cola mano aí que bagulho louco aquele boiadeiro na sua cabeça você chegar quando ficar show o louco mano aí chegou uma hora que eu peguei cachaça com Diazepam das Diazepam o Gardenal sei lá o que quer que nós tomou lá coloquei logo dois no copo calma aí beleza sumiu minha consciência filho foi acordar sabe aonde na delegacia e mano aí quando eu comecei voltar meio blog mas você entender nada tava lá o cara já lavando meu boletim de ocorrência mas tinha entrado numa casa roubado lá uma bicicleta invadir a casa nem lembro velho nem lembro tá ligado já tinha assinado o bagulho e fiquei lá mano aí foi onde fui condenado a 5 anos e 7 meses no ano de 1996 foi onde eu conheci o Ademar que foi o cara que fez minha tatuagem entendeu Aí foi a minha primeira experiência com cadeia e como é que vai chegar na cadeia você novatos em dá muito medo antes como é que é que fica a cabeça nesse momento Então cara na verdade e sim eu tenho dois lados mano tem o lado psicológico e tem um lado físico da cadeia né mano então o É lógico eu já vinha do crime mana já tava no clima já tinha conhecimento com a rapaziada já conhecia o crime e onde eu fui preso mano na verdade só tinha pé vermelho fruta lá não tinha presídios que nem tem hoje é fui preso na comarca tinha seis ela e o pátio no meio cinco celas e o Pati no meio então ali tava preso o cara que roubou galinha porque agrediu porque brigou no bairro e não tinha ladrão lá tanto é que eu roubei uma bicicleta eu fui assunto na cidade para mais de seis meses tá saindo o jornal La da cidade lá assaltante de São Paulo obrigado E aí truta foi assim eu cheguei lá meio que conceituados cajá Romano tá ser é bandidos é de São Paulo sei o quê para não sei o quê aí normal Fui ali mano então esse lado para você psicológico já tava trabalhando isso é o ruim é o lado da prisão né que ela também não era tão ruim porque cadeirinha do interior era pouca gente cada um tinha sua cama sua sua burra né sua jega como a gente chama seu colchão Zinho então o general geração o dono dicionário da cadeia pega burra significa um cama tarada sua jega sua gaiada inclusive do meu diário que eu escrevi lá dentro do Carandiru tem todo esse vocabulário também todo essas gírias eu no final de cada página é o conforme eu vou relatando eu vou falar tá na Jega tô na minha Jega Aí lá embaixo no diário eu escrevo pega o que quer dizer jegue aí põe o sinônimo pega a biqueira é burra só que entendeu Aí fui lá e foi condenado a cinco anos e quatro meses com um ano eu saí como era primário né isso ele tem a lei de execução penal que tem os lapsos temporais E então como o meu crime também foi 155 com 11 meses eu sair sair da cadeia de liberdade condicional só que que aconteceu sair em Julho de 97 em agosto de 97 Oi para o crime Car voltei conheci os cara de novo né voltei para cá para São Paulo e se juntem com os caras meu finado parceiro já tinha saído da cadeia tava me esperando e nós voltou para o rebento mano só que só durou um mês véi é nós fui fazer um assalto ali também que deu errado tá ligado a gente o meu parceiro tava com a arma na verdade não tava comigo talvez tivesse comigo não tinha feito isso mas trocando tiro com segurança ele foi atingido no pé meu parceiro tomou dois tiros foi atropelado uma pá de tá ligado de m**** aconteceu e aí ele foi preso né ele no WhatsApp porque foi atropelado ainda consegui fugir mas foi capturado numa biqueira né comecei a gerenciar ali as biqueiras ali na quebrada lá que era de um amigo meu e tal tá tendo canal lá história lá que nós conta lá eu o Ceará entendeu hoje também graças a Deus está recuperado tenha sua família tem só com açaí eu consegui quebrar Conseguiu quebrar as estatísticas Oi e aí fui em cana cara sem cana fui para o parar no 34dp ali sim a gente começou ver como que é o barato louco mesmo tá ligado porque eu acredito que assim Deus me colocou lá no 34 como um pai amoroso que quer corrigir seu filho não castigar tá ligado mas ele queria me corrigir mas foi mano não vai para esse caminho não que olha aqui como é que ruim tá ligado mas é embaçado mano tem um ano é sofrido cara mesmo que seja uma cadeira pequena que tem ali tudo belezinha pá mano mas é uma aprisionamento e hoje eu vejo que o que nós temos de mais valioso cara é a liberdade tá ligado e ali eu fui parar no 34 DP e ali sim eu comecei ver o que que a cadeia de verdade porque nessa época 1997 não tinha esses presídios do interior as delegacias elas eram usadas como presídio como cadeia então o cara ia lá e ficava lá dois três anos quatro anos dentro da Lima e lá é puro velho tá ligado como eu te falei a gente já tinha um conceito no crime então quando eu cheguei já tranquei lá já tinha cara que me conhecia já tinha parceiro lá dentro lá se ela vem morar no barraco aqui para não sei o que já foi isso aí naquele barraco Então você já chega com um conceito ao contrário mesmo quem não tem conhecimento do Crime ao contrário de que a sociedade pensa que chega lá apanha chegar lá enjoado para não tem nada disso não cara certo mano aí eu vou falar para você eu conheci na cadeia a bondade extrema cara conhecido tanta bondade extrema quanta maldade extrema de [ __ ] matar dando risada Velho nunca ter o pescoço dando risada tá ligando na minha frente velho do Carandiru e não foi uma vez não quando eu cheguei lá o tipo de pular por cima de um cadáver para mim entrar na cela que eu ia morar mas quando você chega numa cadeia você é bem recebido cara porque é tudo cara que tá no mesmo barco mano tá ligado Às vezes o cara chega lá descabela tomou um couro da Polícia entra pelado para ca de mama e vou entrar numa cela Oscar arranca a camisa do corpo véi e se você não tem um nada seja sem nada é só depois de 15 dias que sua família vai te levar alguma coisa essa coisa que a gente vem série que o cara entra na célula fica todo mundo olhando isso aí é conversa aí mano são programas de sobre cadeia midiático produzidos por produtoras aí que o interesse deles não é mostrar a verdade é uma ficar bem é uma ficção é pinta eles querem ganhar dinheiro em cima de uma ficção mas na verdade não é essa verdade que o maior solidário solidariedade ouvi-la também nos para tirar a roupa do corpo você não tem uma toalha Você não tem uma parte de dentro e não tem um sabonete cara de chopp de tudo velho é a depois eu estado não dá nada não dá nada cara é sua família que tem que levar então Os caras que estão lá dentro a princípio eles que te cedem tudo então eu já cheguei lá já conhecido os cara me subiu de tudo e pa esse na hora Carandiru ainda esse era o 34 DP na vila Sônia tá já tinha o lado mais sofrido que eu falo para você qual que é imagina nós estamos aqui nesse Tá certo Exatamente esse tamanho aqui que as ela cara 5 por 5 certo 5 por 5 mais ou menos tensa aqui seis por cinco imagino nós estamos aqui em quatro já tá meio apertado né mano imagine 30 35 40 cara velho ela desse jeito ficando fiquei um ano lá desse jeito para dormir é de Valet de lá de lado não é deitar de barriga para cima não viu vai dormir de barriga para baixo ai caramba de Valet ali de um virasse de noite virava todo mundo bagulho Alan então naquelas manta forrada no chão e para Mas tinha uma ordem cara mas disciplina é coisa que a gente aprende lá dentro que é pior do que o exército cara nunca fui no exército eu sei que o exército é bem disciplinado mas a cadeia é muito mais velho cadê você porque no exército Se você dá uma melada você vai preso e dois seja preso na cabeça e dá uma melada filho você não cumpriu a sua parte porque seu engrenar é uma engrenagem dentro da cadeia velho você tem o que fazer lá para você tá numa cela aí tem a manta tem o Boi tem aí você já vai direto para o boi você dorme no boi que eu tenho uma ordem o boi é o banheiro não tem a cela e tem o banheirinho ali do lado da cama boi boi é o nome dado ao banheiro pelo ladrão a gente vai pedir para você que tinha uma ela quer saber que lá de dentro lá então ali naquele boi dd11 por 4 por 5 dormia 56 velho no molhado sabe mais se você caça ele tava pingando chuveiro tava pingando água e tal então você vai para lá Primeiramente você vai para lá é uma ordem não importa se você é o pika das galáxia entendeu Você vai para ali porque você chegou depois mãe então conforme vai sair nos cara aí saiu um lá de cima da cama aí o que tá na sequência do chão vai para cama entendeu que tá no boi vai para lugar daquele que tá no chão Então você vai rotação é uma vai vai a engrenagem vai rolando E aí você tem as suas e ligações ao você bate manta você lava o banheiro ou você lava o barraco você lavar louça ou você é o barraqueiro o várias outras atividades que tem ali dentro ali para o negócio funcionar bem porque imagina um barraco com 40 cara com 30 caras e essa organização é feita por quem está lá dentro ou é da a coordenação do presídio pelos preço mesmo é o preço mesmo porque se não houver essa se não houvesse essa Essa ordem o meu negócio de gravar um caos é um total e quando tu chegou lá e viu essa vai ser uma realidade agora no início dá um desespero dá uma tristeza ou te acostuma rápido porque ela realidade a cara é dá um bate um sentimento ruim mesmo tá ligado Porque pô mano já tinha ficado um ano aquele ano e na verdade eu saí de lá É como diz o poema do Claudinho Já Já ele vai contar o poema dele aí voltei para quebrada recebido como herói certo mano aí caía segunda vez aí passou um ano aí passou dois aí passou três aí passou quatro mano como é que como chegar no terceiro ano para frente velho você pensa que nunca você começa a pensar que você nunca mais vai sair você nunca mais vai ver ela Rua você nunca mais você vai morrer ali dentro cara que é muito tempo velho três quatro cinco eu fiquei seis anos tá ligado fiquei seis anos mais um que eu tinha foi sete anos mas na sua que Deus me deu foi de sete anos para mim aprender a lição mesmo mas você vai várias pensamento ruim mano então lá eu ainda tava usando bastante droga semana e teve todo um caminho que eu tive que fazer até dentro da prisão mesmo eu tive que parar aquela roda que eu vinha vivendo né meu e começar a colocar a cabeça no lugar porque ali não tinha mais como manter e eu também não tinha coragem de ficar pedindo para minha família como muitos fazem ficam até extorquindo a família entendeu é uma pedindo para mandar dinheiro lá dentro tal que tá com problema e pai isso aqui mas nunca tive coragem de fazer isso com a minha família e ali eu fui parando cara foi parando fui parando várias e várias experiências eu tive lá que aqui também não vai dar tempo de relatar porque tão tudo lá no meu canal Se alguém quiser conhecer essas histórias toda Então vão lá no canal tantos dias de Detenção e vejam lá tá tudo lá os meus diários desde o dia da mega rebelião tá lá o meus diários lá são mais de 600 vídeos que tem lá no canal contando tudo que eu tô contando só que pormenorizadamente entendeu uma experiência específica e sobre o alguma dessas histórias que tá lá no teu canal específico foi virada de chave alguma coisa muito importante nessa experiência Ok então Deus vai trabalhar na minha vida dessa forma cara é causando situações de morte ou de aprisionamento Perpétuo sei lá e vai para frente que foi me dando nos Livramento Por exemplo quando eu tava na casa de detenção e tava desativando eu fui de Bonde para chegou o carcereiro lá né no à noite para o prontuário 14793 passou eu mais trampo aí arruma suas coisas que você vai de bom adicionando 2000 eu vou para onde vai para Lucélia pa E aí nessa eu tava traficando eu tava fazer a bichinho de pelúcia o meu vendedor a ela que não me deixa mentir tá ligado fazer bonequinha de lã canetinha presilha pai de fita é mais bonito do que o cara já não vou nem falar o quê que ele já tá com presente fazer vai tá quer fazer o poema queria fazer com ela vai fazer bastante realidade a realidade de toda a grande maioria dos que vão lá para dentro lá então eles eu contando a minha história eles estão se vendo cara é história deles não muda nada da tua conta a história pode salvar alguém dessa vida então e aí que aconteceu eu peguei catei o os meus bichinhos está mais forrado de bichinho de pelúcia ela não no meu barraco aí o que que aconteceu o cara o carcereiro parceiro me chamou aí eu beleza ali para até agora mano que que eu vou fazer tô indo para lá lá no fundão o veneno não vou ter nada epa E aí eu tenho um traficante no barraco freio aí para E aí mano vamos fazer um negócio aí nos bichinhos é Natal aí mano para você vai ganhar maior grana aí não sei o quê não sei o quê aí foi ah ah mano eu tenho 4 gramas de crack aí mano quer levar eu falei isso daí Demorou mano aí peguei fiz duas petequinha de duas gramas cada uma e tal aí embalei tudo bonitinho né mas bem enroladinho que fica perto para moleque pa aí no outro dia quando chegou o carcereiro ou você arruma aí Já tá tudo pronto aí rouba embora nessa um pulo aí eu engoli as duas petecas beleza é meio de transporte e como na cadeia tá ligado aí para cá e vai embora cara trabalho não pega o busão vai embora aí no meio do caminho cara policial andando no meio do da gente assim no meio do Corredor busão Preto tudo lacrado calor do caramba mano você passar mal velho comecei passar mal E aí chegou no momento vomitei mano vomitei as pedras pa caiu no chão assim e nós Algemado né mano que Algemado assim ó Oi e o cara andando para cá para lá vomitei e caiu laço peteca mas esse botão Caramba e agora você agora vou assinar mais um 12 aqui né mano e 12 na cabeça e compra de ponta fina é 68 anos de ponta e agora Acabou minha vida mas agora lascou velho aí nessa que o cara tava andando ele não Viu consegui abaixar criando assim peguei e tirei o pênis coloquei né você tirar o pênis Aqui tem uns Buraquinhos você tira a palmilha quentinha meio de tinha agora acho que não sei se tem mais tem uns buraquinho assim coloquei a língua nos Buraquinhos foi ponta por enquanto salvou né mano quando eu chegar na cadeia eu dou um jeito de me livrar disso aí aí beleza aí chegamos na cadeia primeira coisa nós enfrentou velho tira todo mundo a roupa aí antes de entrar coloca tudo ali ó aí todo mundo para o horário os cara já chega apavorando filho dando cacetadas caramba é sem dó Mano ela quer mostrar quem manda para ela daí quem manda aqui é nós aqui na feira dinheiro não papai tira a roupa aí ladrão coloca ali aí pega a mochila rapidão coloca ali todo mundo pelado aí já dá de cara com correu corredor polonês Fi s o que cinco aqui cada um cacetete na mão porrada bicuda maninho vai carai vai parcela papai se você tá aí mano ali que você se lascar mesmo velho aí passou pelo corredor polonês uns bagulho já entrou para o Marcela mano todo mundo pelado aí fica um lá a noite inteira frio do caramba todo mundo pelado Você vem hoje para o sistema que é humilhar a gente mano todo mundo pelado 30 homem pelado ali com frio do caramba aí no outro dia passar pela revista passar tudo aí no outro dia Entra o o Barbeiro Paco é preso também a e começa a cortar o cabelo rapaziada né aí ali nós trocar ideia aí mano como é que é o barato aí truta dá para passar alguma coisa e tal como é que é a revista aí o cara foi mano se você tiver alguma coisa toda que não passa nada velho não passa dentro de lugar nenhuma Tá ligado não passa de jeito nenhum tudo eu falei lascou mano aí ali eu já fiz um propósito com Deus mano falei Senhor se o senhor me livrei seu show me tirar dessa aqui eu paro de usar crack ainda tava usando tá ligado e pai vai um corte de cabelo vai lá revista sai das ela já com funcionário atrás grudado mano e aí chega lá na bancada mas dois funcionar e tal e começa a evitar as coisas não passa nada realmente pente firma Aí vai um vai outro chega a sua vez vai ladrão pega suas coisas ali vai lá e vou lá pego minhas coisas para abraço pega o pênis pa Aí coloquei as coisas cima do balcão com o joguei o tênis no chão e o funcionário atrás mano e o bagulho é apertando foi para o tamanho agora se eu me ajuda nessa a pedrinha vão pegar as pedras você não 12 mano aí cara por Deus você ver como que Deus age mesmo aí na hora que tava acabando de conferir as minhas coisas e com outro funcionário chamou funcionário que tava atrás de mim me vigiando ou chega aí vem ver um negócio aqui pa cara foi mano foi o deixa o cara faz aí o cara que tava funcionando eu tava a revista na minhas coisas aí acabou tudo eu falei não tenho pena né que eu abaixei para pegar o tema já tirei a palmilha rapidão já peguei as pedras joguei ali do lado e tem um monte de coisa assim de quero que não entra né do de repente alguém ali p*** mano ali foi minha salvação cara Dispensei o bagulho aí o pênis pa entrei aí fomos lá para o banheiro para lavar mão aí daqui a pouco passou maluco mesmo maluco era o cabeleireiro ou barbeiro lá né E aí mano conseguiu se pensar o bagulho lá eu falei Cara o bagulho tá ali assim assim você tem acesso aí vai lá e pega Manu antes que morre para porque esses caras pegasse depois os cara ia quebrar né na madeira velho até descobri que de quem é tá ligado aí ele foi para passou e passou todo sorridente rebolando por mim mas é um sorrisão falou que era homossexual mas tudo bem não tem problema pegou as Pedrinhas foi embora e aí eu parei o craque foi nesse momento nesse momento eu parei foi meu Meu voto que eu fiz com Deus que ele usar crack vai a situações que tão também descrita no meu canal no meus diários situações mais ou menos parecidas com essa que eu parei de beber que eu parei de fumar eu parei de usar cocaína eu parei com tudo entendeu Então foi do mesmo jeito que a roda andou para frente ela tem que brecar uma hora e ela teve que voltar para trás cara Aos pouco entendeu por isso que eu falo com esse pessoal que usa droga aqui ao contrário deve tão eles têm precisa de um tratamento cara não é [ __ ] falar é vagabundo é porque quer quem quer para né assim não filha eu sei levei e anos para parar eu isso porque eu tinha uma boa educação uma boa família um bom conceito se deu falar um poema para falar um poema aí fala demais fala demais até dormir né oh alô meu agora Mara aqui o tarde Falando assim até amanhã aí nós fica aqui não vou para casa e continuar tu vai aí tu volta amanhã a gente vai tar conversando não é legal ainda desse papo furado ainda você quer fazer um poema pra galera que tá por aí tá aqui na cabeça com essa 18 horas o poema carro a assistir os fugas igual se vê no cinema esteve à beira da morte recebi a extrema-unção recuperando Porém na casa de detenção outra vez a liberdade não soube dar valor botei os velhos amigos recebido como herói sem saber o quanto dói 30 anos na prisão o tempo é Implacável Juventude acabou hoje sinto na pele o mesmo que o tomador que canta para sua amada ela vai deixando a janela fechada fingem não escutar tal qual trovador que insiste nas calçadas a cantar nas madrugadas também sou sonhador mesma sonhar com o dia que me dê a liberdade mesmo ainda que tardia meu horizonte é tão distante que não tenho razão alguma a esperança cultivar até tô tempo que vivem entre muralhas que As Ilusões já não com a embalar quero sonhar com futuro mas não vejo nenhuma estrela que pretenda se arriscar mesmo assim existem anseios e devaneio em minha alma que não deixará de adorar uma mulher que me acompanha que sonho sofre Mas não deixa de me amar esta mulher que tem a alma termina por mais que lute não pode me libertar quando nos vemos são emoções doloridas quando estamos juntos só pensando nos amar mas logo bate a hora e ela vai embora vai muito triste pois eu tenho que ficar se começamos a contar hora se dias a nossa vida se resume esperar saudade de você minha querida vai sofrer do guerreiro vai sofrendo Guerreiro porém de grandes muralhas e solidão solidão É isso aí meu povo um pouco do meu erro através dos meus poemas que escreveu quando isso aí é de Miriam no desde e você reformatório orfanato mas morra prisões é grande se ela forte é vários poemas e tem tudo decorado aí até hoje a tem minha mente dessa mulher a criação de várias de várias de várias vai somos pensamentos e lá tu tinha como anotar outro criava na mente é Nossa tag nossa massa encefálica não cerebelo fica tudo naquele local que fica guardado reservado relançamento criava poema só que realmente é um lugar é claro natural e olha aquilo ali jogado enroscado no chão maltratado azarado é o menino igual tu força só com uma diferença Doutor na sexta família forte não tão forte quanto a morte que não querem se evitar tira do menino das ruas dando para ele um lá antes que alguém OAB Doutor ele venha te matar a manchete vai ser boa no noticiário Popular mataram o doutor à toa ao tentarem derrubar perdeu a vida de graça Doutor também de graça viveu o doutor foi sepultado o menino Algemado Foi parar lá na Febem onde dizem passa bem hoje eu acordei muito mais triste do que o meu normal abri os olhos e vi que tu existe pela saudade que me faz bem me faz mal faz mal esta saudade é porque hoje chegou tão forte machuca aperta meu coração minha alma só sem poder te encontrar vou desejando a morte faz sofrer do guerreiro porém digades muralhas Solidão Em algum momento desses 42 anos tu achou que não ia aguentar ficar tanto tempo preso que tu ia enlouquecer mede que né mano pensei tal que eu não ia conseguir mexer as gralhas mas sempre coloquei as minhas plantas dos pés no chão levantei a cabeça porque eu nunca seria um derrotado aquele que se suicida nas prisões eu vejo como derrotado né mano a gente é gay Nele somos Gladiador Então a gente vai enfrentar as dificuldades quando ela vier de frente ao nosso encontro de cabeça erguida e de frente contra as adversidades que vários eu visse se tornarem Suicidas nada né a vida de Lima flagra conviva suicidarem-se matar enforcado e tal eu vi várias de várias Então essas graças aí nunca veio no meu meus pensamentos eu sempre foi de frente com que eu acredito que eu sou se via todo de cabelos prateados mas se virar diversidade ao meu encontro eu vou te encontrar ela não vou recuar eu vou de encontro ela tá ligado e como é que essa aí para o mundo depois de 42 anos é tudo senti muita diferença que o que mais tu achou esse trampo Esqueci a Pati fica me chamando de homem das cavernas é justificada para todo mundo nada né menos o tarefa entendeu e eu só não tinha liberdade como vocês que cresceram assim tiveram sua infância eu só Vivi Porém desde o o reformatório de 9 10 anos de idade saiu 2017-2018 foi quando ficou livre para ela mesmo Sem dever nada mãe que então aquele dificultando o outro dia para concluir meu CPF para eu poder ter os meus documentos para então aí que nos direitos que é auxílio emergencial para os pessoal de idade eu tô com 64 anos desde que saiu o primeiro auxílio emergencial não consegui pegar nenhum centavo de um direito que é meu Entendeu devido o que o poder judiciário colocou que eu tenho muito uma multa querendo pagar 6.000 real ainda para eles que é cinco meses de cadeia de que era de moto e que se tornou em dinheiro tem que pagar para ele não tem como porque eu não tenho trabalho não tenho nada eu consegui Graças vivemos que falou que colocou humano e os parceiros menino de menino que me ajudaram construir minha casinha aí mas eu não quer um trabalho não tenho nada o pior que tem um restaurante que me alimenta do eu só alimentação por dia entendeu eu não tenho como um poder ninguém quer me dar um trabalho nem de ajudante de nada de nada você tá entendendo de vida o que por falta do meu CPF e aproveitando que ia pedir uma oportunidade E se tiver alguma advogado que tem o entendimento para o poder judiciário a e se liga você já é meu e eu apaguei tudo minha cadê aquela uma oportunidade de vida vocês estão me fechando as portas queremos jogar de volta para o crime é uma borra tiver algum Doutor doutorado aí juiz corregedor O que foi de vocês aí meu eu não tenho chance de nada Tô Revoltado eu vou mandar ela leva mal Quem tá na audiência é o papo reto e a verdade eu tenho conversei com meu CPF para mim poder ter meus direito aí agora não chegar em casa eu tenho um centavo nem um real amanhece assim vai o dia vem a semana Boa noite meses de trabalhando eu fico sempre nessa porque eu não tenho ninguém não tenho condições de dar até unir e qualquer oportunidade que é um trabalho para poder você ter um pode crer será que eu consigo comprar um cigarro toma um conhaque e quando também né mano é prático então se você tem tá trabalhando vai comer esse documento tá tudo documentado aí Você tem todos os documentos certeza direito que vocês têm quieto direito por lei vocês vão ter e eu devido mesmo tempo de prisão devido esse CPF aí eu não consigo nada meu não tá entendendo meu amigo eu queria ver um é tu tem uma ONG ou é um projeto esse tanto de Detenção e longa oficial O que que é o movimento Então vamos lá porque pegando o gancho dele eu queria saber qual é quais são as principais propostas eu acho que poderia ser melhor e quais são as principais é queixas ou o alguns exemplos de como os presidiários são tratados E aí causa a dificuldade que a gente vê depois que o cara sai dificultam a vida dele os exemplos claros e as propostas para mudar isso entendeu então com Claudinho falou né pessoa entra o sistema ela é jogada lá muito toada não é um depósito de pessoas não tem proposta o governo não tem proposta nenhuma de ressocialização então agora a gente vai entrar no porque nós estamos aqui né a gente tá vendo aqui vários comentários é que eu falei para você que ia vim para as pedradas e vem mesmo porque o pessoal tá achando que nós é b****** nós ela não para nós fez aí tal então aqui segurando o clima nós não estamos sendo oriundo de crime nenhum só tá falando faltando com respeito aí pode andar Olha o início esse tipo de comentário a gente já tá acostumado já entendeu Porque infelizmente a sociedade ela tem essa mentalidade alegar veículo quem não conhece que nós estamos aqui a hora falando sobre nosso passado Sim certo mas nós não falamos sobre o nosso presente eo nosso futuro Beleza então o que que aconteceu retornando o plano 2000 no Carandiru eu tava ali já tava no processo de transformação a engrenagem voltando para trás até que chegou uma mão cara que eu não tava conseguindo dormir cara Fiquei uma semana fiquei duas semanas sem conseguir dormir e uns bagulhos aí no na minha cabeça os bagulho vem na minha cabeça foi Carol que que é isso mano não conseguia dormir tá ligado que você fica pensando fixado no barato você não consegue pensar em mais nada nem dormir eu fiquei cara direto isso aí dormir cochilava pa até que chegou a hora mano eu já era desviado da casa de Deus da igreja e tal dobrei meu joelho falei assim ô mãe que que é mano tá querendo o quê comigo aí e tal que que é que você quer deixa eu dormir pô me manda aí veio o bagulho começou a mim eu comecei a escrever mano começo a escrever escrever escrever escrever escrever escrever o estatuto da ONG escrevi todo o projeto tudo que eu acho que eu acredito que precisa o sistema prisional que eu já havia vivido no caso como eu falei fiz curso do SEBRAE fiz curso de mecânica de moto terminei o segundo grau e estudei bastante lá dentro lá e através dessas minhas vivências eu criei o projeto um projeto de Hong tá ligado e quando a gente se encontrou lá no pavilhão 6 lá nessa lançamento do livro letra de liberdade ele tava com esse livro renascendo no universo paralelo pela paz e na acabado re tinha feito a parte do passado é um livro cabuloso fala do Passado Presente Futuro tudo envolvendo o crime está ligado e uma parte do presente mano e e eu tinha esse meu projeto de Hong já escrito saiu de dentro de mim e foi para o Ah tá ligado até com data para começar E aí eu criei acabei de terminar a parte do presente e criei a parte do Futuro a parte do Futuro no livro tá lá ano de 2019 cara que era a data dessa ONG começar a trabalhar começar a atuar na sociedade mané incrível isso e como realmente vem acontecendo tá ligado no ano 2017 eu creio o canal tanto de atenção comecei postar o meu diário tudo que eu vivi lá dentro e tal no ano de 2017 o Claudinho saiu da prisão um ano do canal eu falando do Claudinho meus diários por Claudinho e tal foi vender meu bagulho me deu perdido não sei o quê Pai Tal Carol Mano esse cara aí que você tá falando tá aqui mano tá aqui no grupo aqui para não sei o que aí eu fui lá mano encontrei o cara tá ligado Então eu tenho cada dia mais certeza que esse projeto é um projeto de Deus foi como um negócio que aconteceu foi escrito o nome de 2.000 20 anos depois praticamente começou a conta Ah entendeu Então cara eu fiquei durante 20 anos pensando nisso cara esperando o momento certo disso acontecer e hoje está acontecendo Então é um projeto que a gente tem que a gente vem remando na verdade não é eu que tô na direção dele eu tô remando eu acredito piamente que esse projeto de Deus porque se não for eu não quero tá ligado mano porque isso aí é um Cactus que a gente está abraçando essas pedrada essas Christi é tudo que vem são os espinhos mais eu tô abraçando esse cacto eu saí com amor porque eu vivi o cárcere eu sei quem tá lá dentro do cárcere Quem tá lá dentro do cárcere não é os monstros não é aqueles cara cheio de faca na mão fortão para periculoso que aparece nos filmes são pessoas da Periferia cara igual eu igual Claudinho tem ver no canal lá vai ver o coração com esse cara tem esse cara salvou muita gente na cadeia que eu vi da Morte tá ligado nas tretas nas confusão entrava no meio e separava tá ligado Então cara noventa porcento da cadeia facinho de restaurar e e esse ano de 2019 a gente vem com esse projeto eu gostaria até se o cara eu pudesse por ali a lei de execução penal que é o nosso pelo que a gente briga tá ligado Essa é a lei de execução nº 7210/84 Você pode ler para nós que daqui tá meio ruim ou é só mandei isso aqui é o que isso que sair é uma lei uma lei brasileira lá tá presidência da república Tá eu vou levar o Presidente da República escreveu isso Aí ó faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei título um do objecto e da aplicação da lei de execução penal artigo 1º a execução penal tem por objetivo efetivar as disposições de sentença ou decisão criminal e proporcionar condições para a harmônica Integração Social do condenado e do internado e isso entendeu alguma coisa nada né Eu entendi que é que dever do governo é trabalhar para o preso tem uma vida boa depois vai ficar notícia ali tem juridiquei certo tá uma linguagem meio difícil entender mas essa lei essa lei é a lei da lei de execução penal o Play 7210/1984 o que que ela prevê né traduzido aqui para nós aqui uma linguagem mais simples ela tem duas ramificações ou seja aprender tirar o criminoso das ruas prender certo e isso estado cumpre perfeitamente muito além do que a lei reza certo porque ela prende o cara maltrata o cara o que nem você já viram aí o milho cara é como se preenche um cachorro e ficar se batendo nele dia e noite imagina quando esse cachorro sair que que ele vai fazer quando ele for sou ele vai para cima de você cara ele vai te arrebentar ele vai te devolver tudo aquilo que recebeu é assim também é o preso então o Estado ele vai fazendo isso aí o cara ficar nesse círculo vicioso sempre voltar tá ligado mas essa primeira esse primeiro ramo aí dessa lei trata disso de prender o culpado o cara foi preso O cara roubou por isso é pegou então prendi beleza e tirar o direito de liberdade dele mas não a fazer tudo isso aí não com ele nem com a família dele cara os outros direitos são preservados Mas isso não é preservado na cadeia e a sociedade eles não entendi isso a cidade que é mais e que o cara morrer lá dentro mesmo tá ligado só que atua o ramo que a gente isso me dá o cara foi preso mano foi pego roubando tem que ir preso Beleza truta é a lei tá lá certo mano mas a segundo a segunda perna dessa lei que trata da ressocialização quanto prevê prover condições ao detento de um retorno ao mercado de trabalho ou a sociedade mano isso aí nesse ramo nessa perna da Lei não existe velho estado abriu a mão certo mano a gente tá vivendo esse estado aí que infelizmente quem criou a esses presídios amontoados de pessoas onde primários cai lá e saem verdadeiros bandidos profissionais O primeiro é o primário aquele que nunca foi preso ele cai ali praticamente sem uma noção do que a cadeia e ali ele vai aprendendo se ele era um 55 ele vai virar 157 ele vai virar um traficante ele vai virar um sequestrador porque melhora durado velho hein tá ligado e o governo não providencia não propõe nada para o retorno desse apenado na sociedade tá ligado e a sociedade ela acha ela aplaude só que ela não entende que na verdade ela é vítima da própria indiferença cara e quando o cara sai ele sai revoltado ele vai chutar a porta mesmo cara e vai fazer suas vítimas no tá ligado como é que você enxerga o argumento de que existem tantas pessoas lado de fora que não têm oportunidade E aí aí vai se dar oportunidade para quem saiu do presídio existe essa dualidade né que entende o argumento meu nós vivemos numa sociedade que infelizmente até no terceiro mundo cara faz é preparado para ressocialização esse projeto que eu tenho ele prever para daqui 20 anos os índices de criminalidade cair pela metade e para daqui 100 anos nós está no patamar que a Noruega tá por exemplo tá ligado já vi os presentes lá que o melhor exame já veio já veio lá são não são presídios lá em casas de luxo onde os presos são tratados com todo respeito para que a mostrar para ele como ele tem que agir na sociedade com respeito com educação com sabe mano com um cidadão então preso lá ele procura aí até na Islândia tem um f*** também vale a pena Noruega ou seja reside na Islândia por exemplo vai ver uns vídeos [ __ ] o Brasil nós estamos na contramão do mundo cara mas só tamos seguindo como sempre nós somos capacho dos Estados Unidos Estados Unidos é o maior que têm maior número de predio.no cassioneira certo e nós estamos na segunda terceira posição certo mais o mundo inteiro tá entendendo que a saída para a diminuição da violência não é o encarceramento em massa como a gente estamos é a pega ali na periferia os cara passando ali na boca e prende o cara para um monte de anos cara certo então lá nesses países envolvidos eles não eles colocam cara a esse jovem que não tem experiência de vida ainda numa medida socioeducativa dá para ele oportunidades dá para ele curso os prisioneiros estão lá também também são tratados com respeito com dignidade com honra para eles entenderem como eles têm que agir na sociedade também porque muitos vem nunca nem foram socializados cara se você for na periferia você vai ver certo mano tem aí ó pessoas passando as necessidades tem tremenda os barracos de madeira estão voltando para São Paulo então voltando Aí se alastrando de novo e ali já tem violências várias cara Claudinho não quis falar mas ele ali na casa dele quando ele era criança nos vídeos ele fala sério que brigava com o pai deles soltou a pesada no nos peito do pai do padrasto dele porque batia na mãe dele tava tão era aquele ambiente familiar conturbado entendeu eu moro num barraco de madeira pingando em cima de você cárie sua família brigando seu pai tocando sua mãe socando você então são várias coisas que te levam para lá e esses países de primeiro mundo aí eles estão no caminho certo passa aí um vídeo aí lá da Noruega lá é isso aí hoje eu quero que passe um aqui que a gente quer trazer para São Paulo o modelo de Santa Catarina lá do Sul e lá que se começou um projeto maravilhoso para os detentos entendeu E isso a gente quer trazer para cá e esse meu projeto tantos de Detenção ONG União dos excluídos nós queremos implantar em São Paulo aqui também o modelo de Santa Catarina por mais que a sociedade não esteja preparada para isso nós temos que começar agora cara porque senão o meu filho teu filho meu neto tenho neto vão acabar dentro das prisão também tá ligado mano e o sistema cada dia ele tem mais fome cara 1990 havia os depois que estavam lotados construíram as penitenciárias no interior como uma solução para o problema da su Oi hoje 20 anos depois aqueles presídios estão iguais aos de p passou se 20 anos e o problema se multiplicou por dez velho se isso não parasse a gente não começar a se concientizar e parar essa roda começar a voltar lá para trás meu filho vai estar lá meu neto vai estar lá e a classe média também já tá aí mano sendo alvo também aí desse sistema tá ligado mano Então passa lá vamos conhecer um pouquinho de como tá o sistema pelo mundo é esse resguardo é mentira possível meio ambiente da Lei WhatsApp televisão corações comercialização mais ou menos de várias humanos quer dizer que você não sabe o que é o Marcelo André Marcelo quer fazer perguntas Andorinhas tubifex Tive problemas em um depois dos alimentos que as pessoas uma saliva and freedom from here to help you tube YouTube situação de trabalho com a batalha que da hora que você não quer falar contigo de músicas em I knew it hard for murder and share this With Your Friends and your hands cara tá servindo quatro anos por homicídio eu quero tocar no violão que ela falou que o Marcelo foi na que me roubar consegue comprar ever Heart right there it Goes On and on and trust your Feelings in my personal avançar muito agora matar uma pessoa de Joinville que é o modelo mais próximo vem trazer para cá né isso O que é o que é quem a gente quer pressionar o governo a trazer para cá também a idade de trabalho eu acho que todos são os hábitos é uma oportunidade é uma nova chance a cada três dias trabalhados os detentos produzem um da perna o melhor eles ganham para fazer isso para muitos destes detentos trabalhar na penitenciária não significa só a redução da pena mas sim a oportunidade de aprendizado e também de qualificação para o mercado de trabalho para depois quando eles saíram daqui e oportunidades não faltam seja em sala de aula terminando os estudos dos cursos profissionalizantes ou simplesmente trabalhando Ao todo são 22 empresas instaladas aqui da penitenciária elas empregam aproximadamente 260 detentos em dois turnos de Oi e a tarde muitos produtos sair daqui direto para o mercado consumidor as empresas atendem às demandas da região a penitenciária industrial de Joinville oferece essas oportunidades aos apenados que vão desde a parte elétrica até a costura industrial ninguém gosta de tá aqui dentro de dentro preso né a gente não gosta de ficar preso né mas só que muitas coisas a gente faz a gente sabe se você conhece a gente tem que assim como Giovanni dezenas de Detentos já passaram por essas máquinas que aprenderam o Ofício eles costumam cobertores roupinhas de crianças bolsas Eles são muito Caprichosos eles têm um nível de qualidade que a gente diz muito bom inclusive as Produções deles aqui nos surpreendem sempre todas as roupas feitas aqui no curso de costura industrial são distribuídas para instituições de caridade Não só de Joinville uma de cidades aqui da região também os cursos técnicos sobre parceria com o SENAI Joinville a ser uma cidade conhecida no estado como uma diversidade Econômica muito grande os cursos de eletricista auxiliar de manutenção predial costureiro Industrial do vestuário e montador e reparador de computadores são justamente as grandes medo de demandas no mercado Então os apenados saem e já são encaminhados para o mercado de trabalho para o diretor da penitenciária as oportunidades dadas aos preços diminui o trem incidência apenas dezenove por cento dos presos que se entendam pela voltaram isso em 10 Acho que tudo que desenvolve né para retirada do Ócio definitivo do sistema prisional faz com que esses números sejam reduzidos vida nova uma possibilidade garantida Esperança Por Um Mundo Melhor isso está na mão de cada uma dessas pessoas e ela tá ressocialização que é mais importante tá vendo aí cara então o nosso projeto é baseado aí isso aí a gente quer trazer para São Paulo também isso aí se tá dando certo lá no sul porque a gente não pode trazer para cá também só que para isso precisa ter o que vontade política EA sociedade precisa entender isso então a importância do nosso canal é essa aqui E esse link com a sociedade que foi a primeira etapa do canal Agora nós estamos uma segunda etapa na verdade é a união das massas Estamos fazendo parceria aí por exemplo com vários grupos de rap gente já tem aí o como Embaixador o Cascão do dia Sonora do Gueto já temos o afroeks do 509-e comunidade carcerária e inclusive nós vamos fazer uma live Jumbo agora o mês que vem para mandar a mantimento para os cara lá dentro que tão passando uma dificuldade muito grande aí tem contatos que estão comendo casca de laranja lá entendeu então nós já fizemos uma live Jumbo esse mês consegui mandar e lá para dentro gente seleciona as famílias que realmente estão passando necessidade Os caras estão lá sofrendo não tem condições não tá tendo visita não tá entrando quase nada então a gente Estamos fazendo o possível que a gente consegue para dar uma força para o cara lá porque nós conhece a verdade tá ligado que é por mais que alguém vai jogar pedra tudo nós conhece a verdade então é muito mais do que alimento nós estamos mandando para lá nós estamos mandando uma mensagem para os cara que tem alguém aqui fora olhando por eles e tentando dar uma esperança para eles tá ligado Então a gente quer ser um movimento que nós vamos pressionar então tem aí tem Léo Campo Minado tem Paulo galo aí dos líder dos entregadores anti-fascistas que tá junto a gente assistam estamos criando uma coalizão de pessoas de ideologias aqui fora na sociedade que entende que esse esse pensamento precisa mudar que a gente precisa pressionar o governo a trazer esse modelo para cá né Tamos aí um dos nossos carros chefes também é o nosso abaixo-assinado se o cair puder por Aí Os o que a gente já fez começamos na verdade esse abaixo-assinado há um ano atrás só que logo Começou a pandemia E aí tivemos que brecar porque a gente não quer ser um dos disseminadores dessa doença entendeu mas a gente nessas parceria isso então esse é que você tá pondo aí é o o changer.org é um abaixo-assinado que a gente tem digital também nessa plataforma É sério a gente aproveitar que a gente tá com site aberto aqui e mostrar já para o pessoal como é que eles fazem para entrar e isso é conseguem caixa aberta bem já ajeitaram a coxinha e se escreve como se ler chang.org aí você vai ali nos três pontinhos da direita fazer vai nos três pontinhos da direita lá Não não lá no nosso blog na direita lá a gente tem... Lá não tem mais para lá mais mais aí velho e a navegador tão vendo de cá fazer pesquisa pesquisa aí Vanderlei Fischer aqui esse abaixo um abaixo-assinado virtual que a gente tem aí nessa plataforma nós estamos com uma meta aí de 500 mil assinaturas certo é um número elevado é o número Grande para que para chamar mesmo atenção das autoridades então nós estamos fazendo as alianças aí com esses rappers que eu acredito que são as vozes da Periferia que sempre Lutaram por isso e quando essa pandemia passar e o show voltarem os cara vão tá e batalhando junto com a gente colher as assinaturas porque eu tenho esse digital aí o Arthur mas eu quero também nos cadernos entendeu tenho quem quiser assinar aí virtualmente ó vai lá no chang.org pesquisa Vanderlei Fischer e assine o abaixo-assinado se puder dar essa força para gente a gente agradece Tá bom mas tem também os presenciais já tem mais de 30 cadernos espalhados aí com Os rappers de São Paulo e várias não só ri o Flamengo cantores de música sertaneja como o nosso amigo lá do interior Law puxando esqueci o nome dele mas tudo bem É o Paulo e Quando voltarem os shows os cara vão lá vão explicar o projeto nós vamos começar a unir as massas concientizar a periferia porque se se não houvesse a pressão governo não dá o governo o sistema prisional é uma máquina cara criado por eles a rola muito dinheiro ali Ninguém vai querer mexer nisso tá ligado e ninguém para a sociedade não apoia Então todo esse trabalho cara é um trabalho nós estamos começando agora devagarzinho cara tentando mudar essa mentalidade mudar essa situação isso vai levar muito tempo eu sei que você vai levar montado talvez eu vou morrer e eu não vou ver essa ong que eu tô criando ainda não criei né Tamos aí com documentação tudo pronta mas ainda não é o momento ainda não recebi o feedback mas talvez não é toda onde que é criada pelo menos quem cria o presidente ele ele quer ver ela morrer o objetivo e são de uma ONG é bela morrer porque o que que long faz ela cobra um buraco onde o estado não atua ela vai ali na sociedade cobra aquele buraco e ajuda a sociedade mas ele quer que aquela um de morra que aquela aquele buraco seja coberto pelo Estado é que ele não precisa mais trabalhar então o meu sonho também é que essa um que morra um dia eu não sei se eu vou conseguir ver porque nós estamos no país de terceiro mundo para nós chegar lá na Noruega onde eles estão vai ter que passar por tudo isso aí que você falou vamos que nós vamos dar trabalho para preso se a sociedade não tem trabalho cada vamos tirar trabalho da sociedade para dar para o preso Aonde que a sociedade vai Poiares cara eu queria te perguntar outra coisa nesse sentido também fazendo um pouco com contraponto mais nada de que eu acredito na argumentação só quero entender como é que funciona como é que tu enxerga a uma família de uma vítima de um assalto de alguma coisa assim que também não tem o aparato do estado para ajudar não tenho psicólogo como é que tu enxerga essa aquela situação É mano é triste cara é isso aí as pessoas querem por culpa no preso no no cara que tá roubando mas na verdade o preso também uma vítima do estado e esse também uma vítima do Estado certo o estado a constituição A Carta Magna ela reza que o Estado tem que prover para o cidadão condições dignas de sobrevivência o Estado tem que dar casa o Estado tem que prover o trabalho salário pelo menos um salário mínimo salário mínimo hoje no Brasil tá ok r$ 1200 mas nos estudos eles falam que o para ter uma dignidade no na casa para ter umas condições mínimas o salário mim tinha que ser de r$ 5000 cara tá ligado Então o grande culpado também não é aquele que sai roubar cara sabe a vítima também aquela vítima do ladrão também é uma vítima duas vezes vítima do estado e vítima do ladrão tá ligado então lá justificativa para o roubo não há justificativa Mas é uma engrenagem que vem rolando há muito tempo cara então é uma pena que a gente fica triste no meu e tem um monte de gente que você não faz uma ONG para as vítimas do sistema foi meu faz uma ONG você se todo mundo criasse uma ONG para pressionar o governo a lutar por uma causa que o governo só trabalha sobre pressão cara eles estão lá mamando ganhando milhões e milhões cada Governador Presidente Deputado Senador Vereador tão a sugando do Estado cara é vale alimentação Vale toga é o cara tem três quatro cinco casa Cariri ganha Vale em casa você não tá ligado mano o cara nós não venha vale nada mas trabalha trinta dias por mês e não ganha nada mas sobrevive com aquele nosso salário o cara tem um salário lá de 30 mil reais e ainda ganha vara eterno Vale casa vale aluguel vale não sei o que vale o filho fazer faculdade tá entendendo cara então cara eu fico muito triste com as vítimas também mas é uma realidade do Brasil e não adianta a gente tampar o sol com a peneira mas já vemos tampando esse sol há muito tempo cara e todo mundo sabe disso todo mundo sabe a saída é a ressocialização é prover uma saída porque o cara que sair de lá e tiver uma oportunidade de trabalhar é uma menos que vai lá chutar a porta da vítima cara tá ligado mais a vítima ela ela ela se sente também então acuada e ela quer te contar o ódio dela em alguém e acaba descontando na pessoa errada que é uma vítima pior do que ela do sistema e ele vai sair dali piore vai voltar e vai ficar nesse círculo vicioso tá ligado Então é uma situação muito difícil muito triste que a gente vive no Brasil mas quanto antes nós acordarmos para isso aí nós vamos começar a brecar essa roda e partir para o primeiro mundo certo mano nós estamos aqui ao país um Brasil varonil maravilhoso cheio de riquezas mano naturais principalmente donos de petróleo dando donos de montanhas de urânio da Amazônia mas o que que acontece nós somos escravos dos países do primeiro mundo os cara vem aqui e rouba toda a nossa riqueza leva tu nós temos para lá ouro medicina os cara dele Estados Unidos não estão explorando Amazônia lá eu descobri um remédios milagrosos nossos e só tem aqui na Amazônia animais só tem aqui os cara vem pesquisa leva para lá tá ligado Então aí o dia que nós parar de ser Submisso a esses países do primeiro mundo se levantar um presidente com coragem de falar não meu o que nem tem aqui é nosso certo Olha aí o pré-sal nós tinha uma riqueza no nosso quintal já foi tudo fatiado já foi tudo vendido filho é só tem 10 por cento agora de sair cadê o dinheiro mano tem que mudou no Brasil mudou nada mano tá ligado Então povo precisa acordar mano então cada um tem várias causas para ser lutar a causa do morador de rua a causa da vítima do do ladrão é a causa do ladrão a causa do lado não é mais difícil essa ninguém quer abraçar Velho existe várias ONGs né do câncer da criança com sei o quê do damante beleza toda são necessárias porque são buracos do estado não alcança mais e do preso ninguém quer abraçar cara e Deus colocou lá no meu coração e eu estou abraçando e vou para cima tô aqui do no mercado a tapa filho e se Deus quiser eu acredito nesse projeto e nós vamos fazer essa roda parar e nós vamos fazer essa roda começar a voltar para trás para que o teu filho tenho neto não venha cair lá dentro lá e sofrer o que eu sofri o que esse cara sofreu e todos estão sofrendo lá dentro lá também tá ligado Vamos fazer perguntas da galera bora um grupo tem as perguntas aqui queria lembrar o pessoal do telegram Se quiserem mandar as perguntas podem mandar exatamente não tem nada telegram delegando na rede hoteleira tá vazio aqui não sei se o pessoal tá tem uma tem tem alguma pergunta deixa eu ver aqui florões os que ali no banheiro alguma coisa tá de boa né E aí já tá com sono aí daqui cedo se gosta do barraco dele é pouco lugar aqui nos dá a oportunidade de falar e agora nós estamos nesse projeto essa segunda etapa é a união das massas nós precisamos de espaço precisamos ter canais que divulgam também nosso projeto e eu agradeço a vocês aí para tu tá abrindo esse espaço para gente ainda aí eu eu quero ouvir todas as histórias de todo mundo aqui já vendi tudo todas as pessoas eu não tenho a julgar mas não toque para condenar vocês estão para entender também exatamente sociedade precisa também esse ouvir o nosso lado velho que tem os dois lados você nunca pode julgar uma causa sem ouvir os dois lados e eu quero mandar aqui Um grande abraço para o doutor excelentíssimo Doutor Juiz de Direito João Marcos buch lado e do Sul também o deputado Berlanda que correm lindamente aí por o causador do do presidiário é um juízo esse Doutor João Marcos buch atua nessas penitenciárias que a gente viu aí e ele não fechou os olhos para essas realidades que eu estou falando quem quiser ir lá na página dele ele é Juiz de Direito lá de Santa Catarina ele vai dentro dos presídios ele ver como os presos Tie conversa com os preços ele dedicou a vida dele está dedicando a cada dia nessa mesma causa que eu tô então aqui vocês estão vendo ex-presidiário falando mas vai lá na página dele no Instagram João Marcos buch do Juiz de Direito ele quer assina para os presos sair tá ligado mas ele vai lá ele quer saber ele quer conhecer ele quer entendeu E ele luta pela ressocialização e ele é muito atacado pelos outros juízes porque ele os outros eles faz assim ó eles eles querem dar para a sociedade O que é sociedade ainda quer e a sociedade que é punição para o preso esse João Marcos buch ele tirou a venda dos olhos e ele foi em cima do e ele sabe quais são as verdadeiras causas e que se isso não for quebrado vai só piorar e ele luta também pelo preso lá em Santa Catarina e ele e o doutor Berlanda são dois responsáveis por essas penitenciárias aí vocês viram um pouquinho lá e aí tem alguma coisa aí ou não senão a gente tem uma mensagem no youtoba o super chat aqui Super Chato é do Fabrício Garcia ele mandou pergunta para o Claudinho O que é o que é Deus para ele a Deus que Deus para mim é tudo é que trouxe a verdade a dignidade a honra Jesus Cristo eu acredito muito em Deus Deus é o criador através de Deus e o não existe Deus não existe ar a humanidade os seres humanos os animais à natureza o verde enfiar existência para mim Deus é maravilhoso Em que momento entendeu que existia Deus sempre acreditou sempre acredita em Deus o criador Eu sempre acreditei continua acreditando dela eu não me considero como se diz é aquele que não acredita em nada né A Glória acredito ou Valeu do Cristo acredito na resistência de que Deus está mantendo Vivo e presente a minha existência e minha família eu uso de Goiás a minas e obrigado pela pergunta aí meu amigo e aí tem mais alguma coisa ou é isso aí é isso aí Essa é a não tem aqui é o Como é o nome dele deixa eu ver o nome completo O telegram costuma beijão no pessoal inveja o maróstica ele mandou aqui ele tinha comentado das 15 principais causas de se tornar um criminoso ele consegue falar um pouco mais um pouco quais são essas né podia estar as 15 anos se não quiserem tá tanto em cada um achei interessante a gente abre essa também entendeu então são várias cara é quem quiser mesmo código até de que esse livro ainda tem na internet um livro antigo não tem mais novo mas consegue máscara é eu entendo várias por exemplo Qual o Claudinho ele foi sempre revoltado com a desigualdade desigualdade da sociedade né a banda Os Ricos e os pobres a grande extrema pobreza EA extrema riqueza então Essa é uma das causas pessoa se revolta Outro dia eu tava ali cara na Vila Andrade e eu passando ali no colégio cara que comeu só entrava e saía Carrão o monstro o cara entra lá dentro assim que eu tava o filho dele tá ligado anda Camilo Schumann naquele bagulho louco e aí eu passei Mas me deu aquela opressão dentro de mim tá ligado mano porque eu não tenho condições de dar uma escola particular para minha filha cara imagina uma escola aquele padrão velho tá ligado eles não Morumbi ali mano então isso aí meio que te dá uma revolta do dia eu quando eu era o futebol quando era motoboy que eu sair da cadeia meu irmão me deu uma ótima você trabalhar igual cachorro louco e tal motoboy entrei no hospital que não aparecia Hospital Nem sabia que ele tava fui levar os talão de cheque para o patrão aí cheguei lá entrei nem pensei que Hospital Manda aí falar a sala tal aí para ir lá na sala tal tava lá a fotinha de um bebê e tal uma lá entrei o malucão apartamento de luxo mano da hora tá ligado a esposa dele assim que a criancinha no braço malucão no computador trabalhando para minha filha tá minha esposa estava grávida da minha filha mano aquilo ali meu priminho cara tá ligado senti uma pontada no coração aquele Caramba mano eu senti um pouquinho do teu Claudinho sente então tem pessoas que se revoltam A Última Ceia voltam mais outra se revoltam menos outras engolem aquilo ali aceitam tudo como é mas assim a sociedade noventa porcento dela dá certo né cara elas aceitam aceitam a escravidão que nós estamos vivendo aí mas tem aqueles que não aceitam também então uma das causas acredita essa aí mané a revolta pela diferença para desigualdade certo eu na verdade o que me incentivou uma raiz que me levou para o crime certo além de toda essa situação que você vai indo é uma situação mas tem um gatilho que te leva tá ligado a minha causa Qual é eu desde criança desde moleque mano 10 12 13 anos eu olhava para televisão assim eu olhava para a cara desses políticos Cara eu vi eles roubando e na cara dura mentindo a roubando milhões do povo e eu olhava para eles eu ficava indignado mano ficava indignado com aquilo ali entendeu mano os cara roubar descaradamente tirando os direitos da população tirando come a saúde tirando todos os direitos do cidadão e com as suas mansões com suas contas em Miami com a sua sala cara fazendo o que quer com o dinheiro dos impostos do povo que deveria ser revertido para o povo e com eles não acontecia nada certo era tudo engavetado naquela época depois deu uma melhorada teve aí até esse lava-jato agora mais recente Mas cadê a lava-jato também acabou mano já estamos voltando de novo para os engavetamento entendeu então a minha raiz foi essa a revolta contra a política no Brasil cara eu olhava para os caras falam não certo mano e tem isso aí se você tá numa casa que a mãe é o código pai alcoólica tendência dos filhos é alcoólatra É muito grande não é todos que vão mas a tendência a regra é e a exceção é os que não vai se você tentar uma casa que o seu pai e sua mãe seja mato drogado o filho mais novo ele tá a tendência é ser também um drogado e a droga uma das raízes também a droga uma e a desigualdade social a revolta com a política é outra social revolta com os pais com nos pô madrasta padrasto que acaba agredindo ali espancando aquela criança acaba levando ela então cria traumas família estruturada natuplus certo nas crianças aí e infelizmente a gente até viu em um caso com rapper esses dias aí né do tribunal Mc s sofram que estava assediando a sobrinha dele cara tá ligado um cara que é voz da Periferia aí sempre lutou contra isso agora praticou tá ligado Então isso aí imagina aquela menina ela vai criou um trauma dentro dela cara que vai gerar uma consequência né aproveitar esse esse papo que a gente o vídeo que dentro do presídio não se aceita estuprador nem p******* é verdade é verdade não aceita aí é totalmente contra as regras de Conduta do ladrão certo isso aí não é ladrão é porque a sociedade coloca tudo no mesmo saco Ah tá ligado mas estupradores não é ladrão certo ladrão tem suas regras de Conduta cara já o estuprador não faz parte daquilo ali e aí verdade e é verdade quando ele chega aí mano quando ele cai lá o bagulho azedas para ele se ele não morrer ele vai sair feio na foto para o hospital quando não sai morto a grande maioria das vezes sai morto vai por isso que ele nem entra para o convívio ele já vai o seguro ele já vai para lá onde tá os outros iguais a ele hoje tem cadeias específicas para eles entendeu porque se cair no meio da massa filha é comida com os dentes mano porque se tem coisa que ladrão não aceita é estrupo tá ligado que eu também vejo que é uma patologia mano é uma patologia muitas vezes esse cara essa essa pessoa que e****** hoje se você puxar o passado dela lá atrás de criancinha A grande maioria eu estudei sobre isso também sobre sexologia ele também foi estuprado lá trás diversas vezes por anos meu padrasto pelo primo pelo tio e ali ele escondeu virou um tá o fim da alma dele ele vai acabar e produzindo isso aí mais lá na frente também Então na verdade também precisa de um de um tratamento cara não da Morte mas o crime não aceita o crime não aceita o Jack como a gente chama de Abreu é morte certa fiz e cair na cadeia junto com o convívio com o ladrão o ladrão aceita agulha no vi vários morrer mas tu viu e vários morremos feio em que fez mano como é que é ver alguém perdendo a vida cara é traumatizante mano traumatizante eu caí eu acordo de vez em quando o suando na minha cama velho lembrando de certas cenas que eu vi tá ligado É bagulho arrepiante truta você vê um cara tomando facada mano até na sola do pé tá ligado no cara gritando igual um demônio cara aí dando piruleta para o alto assim ó e cai no caso faca e faca chega a bater no chão assim atravessa o cara e bate no chão mano e o cara dá mais um pulo mortal assim cai de novo só que ano o cara e o cara gritando igual um porco e não morre rápido não truta demoro ligado ela leva um tempo para Morrer o cara gripe igual um porco velho só e não sai da minha mente mano esses gritos não sai da minha mente eu acordo e vejo quando apavorado com esses gritos mano bagulho é traumatizante então eu acho que eu também precisava de um em um tratamento psicológico é para me livrar disso aí cara mais você sabe que depois que eu não sei o canal melhorou muito cara porque eu jogo tudo isso para fora que nem eu tô falando aqui agora eu já me deu um bagulho louco aqui dentro aqui quando eu falei disso mas só de falar para fora isso alivia bebê tá ligado é o que quem pode né faz nenhum Divã de um psicólogo vai lá joga tudo para fora então foi o que Jesus falou também assim você tem os seus suas coisa errada Aí fala das suas coisas para um para o outro Fala para o outro não falou assim fala para mim ele falou confessa suas curvas Vamos para o outro para que vocês sejam perdoados Mas aliviados então Jesus é conhecia ao nosso lado emocional que precisa desabafar precisa jogar para fora tudo aquilo que a gente vive mas como é que a Bíblia religião foi lá dentro foi antes a fé na igreja naquela época né em 1992 e 94 fui batizado mas na verdade eu fui conhecer mesmo ter um encontro com Deus cara dentro da cadeia tá ligado diante dessas situações que eu falei para você que ali viu o agir de Deus na minha vida que era situações impossíveis por exemplo aquela situação de que o cara tava atrás de mim e a droga estava ali no chão ele não saiu da vigilância que ele tinha com os presos para ninguém velho na minha vez no último minuto o cara o outro carcereiro chamou ele lá se isso aí não for Deus cara eu não sei mais o que é eu senti a presença de Deus ali naquela hora e ali aquilo ali eu sou fiel até hoje naquele voto que eu fiz com ele então foi dentro da cadeia em várias situações essa só uma quem quiser conhecer mais vai lá e vê no meu canal entendeu E lá dentro tinha aula de religião tinha Bíblia para o tule eu era assim é rápido eu li um monte de vez lá dentro lá eu conheci aprendi a Bíblia lá dentro e ela nossa vida ela conta a história da humanidade de cabo a rabo mano entendeu tem um lado história que tem o lado espiritual tem interpretação histórica EA interpretação espiritual hoje eu consigo interpretar os dois lados tá ligado mas eu não fui para igreja lá dentro porque é lá dentro você podia ir normal se há problema nenhum só que se você fosse sua voz do crime só palavra no crime Já era mano se não tinha mais voz no crime entendeu em qualquer filho vai não você tava na igreja mas aprender bater o que está querendo falar o que você aquele dia status status religioso entendi tá ligado e eu fiz um pacto com Deus lá foi senhor do jeito que eu entrei com voz no clima eu quero sair também com voz no crime eu quero sair com não quero sair de cabeça não vou dizer que cabeça mas por que não me orgulho de ter sido um criminoso tá ligado mas hoje o projeto que Deus me deu exigia teus É do jeito que eu entrei e não tendo ido para igreja tá ligado porque hoje eu posso falar hoje tem os cara que me conhece e tem vários amigo que tá preso várias amigas que tá aqui fora que me escuta cara certo de ir aí quando eu saí mas eu falei para Deus conhecer quando eu sair da cadeia eu vou direto para tua casa e nunca mais eu vou sair e faz 17 anos que eu saí sair Deus fez grandes obras minha vida reencontrei a minha namoradinha de colégio para o grande amor da minha vida casei com ela teve filho e virei microempreendedor individual tô aí trabalhando até hoje sem parar um minuto e e o bagulho está rolando mano E hoje nós estamos aqui com esse projeto tá ligado c****** legal tem mais alguma pergunta aí ou é isso aí por isso que eu tinha mais perguntas aqui mas é e eu vou nessa mais um poema aí velho que eu tiver você for ficar aí vai continuar falando que eu vou dormir aqui então põe mais perto dela como um Galhos agora então vamos embora vamos Valeu desculpa alguma coisa os dois os dois os dois de Caio Muito obrigado pela oportunidade aí é você e também a todos que estão ouvindo nós aí e ele só interage ou mesmo rapaziada quem sabe futuramente de novo eu venho mais tranquilo cara do salto gravador mas tem que falar agora quem tá mais sossegado mano quando ele tava acelerar dão call O que é tudo acelerado coitado meu filho gera Muita ansiedade lá Calma aí deixa para acabar vou tá com pressa de que a esse saia milhão já tá aí não vai ter nada fica moscando aí fica atrapalhando aí o o trabalho aí ele vai ganhar nada [Risadas] obrigado obrigado por virem aí valeu Caio amanhã também está de volta aí amanhã está de volta com Vitor José que é um grande cover cover gari né galera também quero tá então aí mais uma vez oportunidade mandando um beijão para minha filha para minha esposa que está me assistindo as duas mulheres mais lindas da zona sul beleza aí mandar esse recado para a sociedade aí para repensar as suas conclusões tudo aquilo que você sabe até hoje sobre os presos tático Olá a todos vocês a conhecerem o meu canal no YouTube tantos dias de Detenção Tá bom a gente estamos aqui regenerados recuperados não fazemos mais coisas erradas sou um trabalhador contribuo com a sociedade da forma correta Beleza então nós estamos ao nosso canal para passar o exemplo para vocês de que é possível beleza principalmente essa rapaziada jovem que tá lá são os mais possíveis de ser recuperado Mas se vocês não entenderem isso isso vai se tornar impossível e vocês vão continuar pagando o preço aí da Sua Indiferença tá bom escola em com a gente acredita em que a gente aí somem com a gente beleza vamos pressionar essas autoridades aí o governo a investir também na ressocialização um só um Monstros Estão lá dentro não são seres humanos amados por Jesus boa bola parou dá um like nesse vídeo e se você gosta da deriva porque nós somos o lado B dos podcast do Brasil precisamos da sua ajuda não dão lá me ajudar aí e só um recado final aqui cara não importa sua opinião nesse mundo ouvir sem julgar e tenta entender o que tá rolando em todos os lados aí que é isso que eu tô tentando fazer aqui beleza grande estilo Caio eu falei os dois Valeu obrigado até amanhã na deriva com nosso grande coveiro é um gari É isso aí vamos partir dessa para melhor Falou galera Valeu vamos junto ó

Trivia

Curiosidades do episódio

O que o pessoal achou

Comentários


Compartilhe com seus amigos

À Deriva

Entrevista com um toque de humor, por Arthur Petry

Tantos Dias De Detenção

Vanderlei e Claudinho são ex-presidiário e no canal Tantos Dias De Detenção, Vanderlei fala sobre a ressocialização de pessoas que já foram presas.