Transcrição

Já estamos no ar com mais um à Deriva eu sou Arthur Petry na mesa está caiu de lá com os avisos viram eu sou mais carga lá quando eu cai lá com eu uso aviso aviso isso tá então sobrenome já tá galera aviso de hoje aviso de hoje aqui com meu óculos escuro estilosíssimo para você mandar mensagens aqui em interagir na Live você tem muitas opções uma delas é saco cheio. Tv para os assinantes vocês os assinantes tem tem acesso ao telegram tem episódios não consegue não vai não vai não vai assinante do saco cheio de TV tem acesso ao telegram para poder mandar mensagens de texto e de de áudio aqui no programa que a gente toca todas as mensagens no final as perguntas as mensagens a gente passa aqui no final também tem a plataforma do flor é flor podcast.com.br ou a derivada ao vivo lá você compra as moedas as Sparks e manda mensagens aqui é lá tem diferença você pode mandar por vídeo também que ela vou mandar mensagem vídeo os caras mandaram depois nunca mais nunca mais fico fotos não vamos mandar mais em vídeos olha geme de dor mas pode mandar em mensagens em vídeo lá também se compra as madrinhas Sparks e estamos ao vivo no site roxo suíte na suíte TV o link de tudo menos da suíte TV né Tem algum problema com se inscrever aqui no YouTube mais de resto tem todos os links na descrição da Live tá tudo bonitinho lá e hoje nós temos um emblema temos um emblema aqui do convidado é a gente não combina muito bem com a gente faz a não como nós vamos limpar entrega do emblema mas esse aqui é o emblema do programa de hoje com o Miguel é o cupom para você resgatar o emblema É parece que tá vivo tá aparecendo na tela aí para vocês parece que tá vivo o link para resgatar tá na descrição também você entra lá e resgata o emblema de hoje e é isso aí cara é isso aí então vamos apresentar o convidado de hoje depois de apresentar o emblema de like a visão e se divertir desse de disso é o convidado de hoje é o grande Miguel Carlos que é um necromaquiador isso né isso e por isso que a gente botou o cupom ocupam de emblema é o código parece que tá vivo maravilhoso foi tu que deu essa ideia Avenida é uma belíssima ideia obrigado obrigado por vir no na deriva eu quero começar pelo o que é necromaquiagem bom Boa tarde a todos é a necromaquiagem ela é um conjunto de estética e maquiagem é usado para pessoas falecidas Então é o que a gente o que que é a né com maquiagem a gente tem que procurar melhorar deixar a pessoa melhor possível depois de depois da morte né então às vezes tem pessoas que pode chegar falecer para o acidente de carro se por algum tipo de projeto de arma de fogo o ou até às vezes por patologias e dependendo às vezes atingindo a parte da face e a gente tem que melhorar e isso para que a gente conforte de uma certa forma de uma forma melhor para os familiares a névoa maquiagem ela tem a ver só com o rosto ou o corpo inteiro não a gente tem uma o que a gente vela como a gente fala o que a pessoa ou que o família o que as pessoas vêm vai ser o rosto e a mão mas a gente tem que ter uma higienização a gente faz o corpo todo e quem tem que higienizar dependendo da tem que ter sutura tem higienizar a parte de se tiver com sangue alguma coisa E aí depois a gente poder entrar com uma maquiagem e é só maquiagem ou se o rosto aconteceu um acidente no rosto da pessoa se refazem também é isso aí é uma outra um outro trabalho que anda junto com a necromaquiagem que a parte da reconstrução facial e tu faz isso também te passa e por isso e reconstituição facial né e reconstrução facial diferente são situações de reconstituição uma pessoa tem um corte eu vou fazer uma sutura a reconstrução facial aí são um caso de próteses um aí tu não mexe nesse objeto também lá se mexem todos você fazer uma parte de uma orelha e reconstruir uma parte do nariz por isso que é importante para né para maquiagem conhecida anatomia Então o que eu te perguntar por que que é importante Agora Eu Tô sacando o parte da anatomia importante porque você imagina uma pessoa que teve um acidente de carro e teve fraturas no rosto né o corte de fratura no rosto e é dentro da necromaquiagem agente tem que trazer o mais próximo possível do que a pessoa em vida então eu tenho que ter tem uma né com maquiagem ou ter que ter uma ideia de anatomia da face para mim poder dentro com a reconstrução facial eu poder fazer sutura poder fazer preenchimentos mas existe uma anatomia básica do ser humano ou tu tem que ver uma foto da pessoa de como ela era não assim eu nunca lidei com foto não nunca pedi fotos para fazer é que eu vou fazendo ali vejo a parte do rosto lado do rosto que tá o mais íntegro né mas inteiro e eu vou trazendo mais próximo Lógico que às vezes o local que tenha pancada o que tem a lesão é mas você tá inchado às vezes e com certeza vai temperatura e é muito comum chegar com fratura se morte por fratura acidente é é diário assim tem bastante eu fiz um caso de uma uma mulher no IML de Guarulhos um abraço para o pessoal do IML de Guarulhos Vila Rio é eu depois eu não soube direito se foi isso se ela se suicidou não entrei muito no detalhe mas um caso que eu tava no nos estágios com os alunos algumas alunas bom e o que chegou para a gente chegou para mim que ela tinha caído décimo andar do prédio bom então falou Amiga tem como você era uma nessa situação era uma amiga de um amigo meu que ela quer dormir e eu falar vamos lá dar uma olhada e tava complicado tava o rosto tá bom obrigada tá tudo complicado tá toda e aí tu teve que já tinha pegado segura nos dedos ela tinha fratura de quadril ela tinha fratura de perna tinha fratura de o rosto do olho dela tava aqui na lateral porque quando eu entendi quando ela veio no ar bate deve ter batido em algum lugar ou quando bateu no chão o rosto dela retorceu E aí eu tive que quando foi feito lá o pessoal na necrópsia lá eles Abrir eu tive que vir aos poucos trazendo e para deixar de frente de novo o rosto dela né que o lado tá machucado tive que preservar o olho que tava dei sorte dele tá de não ter estourado nada mas a parte ou você tava toda isso faz com a tuas mãos eu tenho ferramentas tem algumas ferramentas de pinça tem algumas tesouras específicos da área mas eu não caso desses que é uma lesão muito grande tem que ir na mão mesmo tem que tem das relações que tem que ser feita na mão porque eu tenho que ir né ver o tato para vim trazendo devagar nos dá danificar mais ainda do que já tá e o trabalho desse demora quanto tempo por exemplo desse desse caso é esse caso Nós ficamos 3:30 quase quatro horas estamos aqui pedir quantas pessoas também nesse dia tava eu e mais três alunas e como é que é o teu dia a dia tu trabalha com isso colega de segunda a sexta trabalha com isso não também não tenho e eu não tenho tem domingo que eu tô trabalhando tem e muitas aulas hoje da aula e trabalha de trabalho ou nos estágios que os alunos então assim eu não tenho muito um assim Ah tá o dia eu vou fazer isso que às vezes é muita aula e os estágios tudo às vezes aparece trabalho eu tenho que estar eu vou não tenho uma coisa assim certinha tal como é que chega o caso por exemplo do tá onde E aí o caso chega parte das vezes é no celular né eu tenho a gente quando acaba o a gente faz os cursos quando tá fazendo o curso a gente tem uma moto um cartão uma um jeito da pessoa entrar em contato com você Oi e aí às vezes já aconteceu de eu tá dando aula e às vezes a pessoa ligar você tem como você fazer uma leve maquiagem para mim e tal Totó aí dali eu falar eu tô dando aula daqui Qual o tempo para mim saber se tem tempo olha só a pessoa pode de repente amar um outro profissional a isso é uma coisa privada o próprio parente de te liga e que se não o serviço que o seu ao cemitério no quarteirão é oferece entende a gente faz na no um esse estágio dentro do IML porque é uma parceria né mas assim no normal não tem então eu acho legal por ter parecendo bastante profissional para esta área porque isso aí melhor a área e de uma forma se ajuda muitas famílias né porque acontece a situação tem muita família que fica perdida não sabe por onde o qual o profissional os itens profissional né E qual é a média de chamadas e que tem cinco por semana é muita coisa agora tá meio tá mais vagar por causa dessa situação que nós estamos passando dar de pandemia tudo mas um tempinho atrás aí até antes de começar a isso era eu de sábado e domingo ia direto acontecia às vezes de semana Ah é Então ela lhe bota aí quatro cinco casos que eu fazia na semana desumana nesta semana às vezes eu tava em outro trabalho e tava no estádio exemplo eu passava para outro amigo né ou às vezes até alguns ex-alunos e-mail que já tava trabalhando ó vai em tal lugar tem passar viu o contato da pessoa que entrou em contato comigo e lá eles conversando e é isso é feito onde tipo parente da pessoa que morreu te liga necessitando de serviço aí onde que isso acontece onde é que faz o trabalho pode ser no velório passar no próprio velório velório porque às vezes a pessoa tá ali um exemplo pode estar vazando líquido e não é isso aí para família muito constrangedor né E aí eu vou lá para arrumar para dar uma melhorada pode ser hospital o mel a gente faz no no próprio ml lá e já faz na uma sala específica para isso então a gente vai eu a ideia da necromaquiagem é que tem muita gente que ainda não conhece sério eu não conhecia que muita gente não conhece tanto a né com maquiagem tanto a parte da reconstrução facial mas fazem muito para pessoas vivas pessoas precisam de prótese de orelha de nariz mas estão vivos Entendi então eu fiz um curso o e trouxe essa parte para parte mortoaria entende e por que que tu focou nessa área eu tive algumas situações assim na minha família eu perdi meu irmão mais novo né o Cláudio e eu tava em São Paulo e aconteceu no Rio bom então é quando eu cheguei né que eu fui para lá ele já tava arrumada ali no caixão tá aquela situação toda e até então a gente eu não tinha dado uma eu nessa época só tinha pedido o meu pai dá um é de não tinha uma ideia legal quando eu vi ele bem arrumado no caixão é aquilo ali eu tive a ideia de que amenizou a minha mãe que né tava viva ainda e os meus familiares minha irmã minha sobrinha tal então falei p**** E eu achava eu não tinha quem não sabia quem fazia com ele o rio que eu fui entrar fui vendo tal pata Pode pôr tem um profissional isso aí né como é que a dor ou tá na taxista que é uma outra esse é o contrário você faz o quê tanatopraxia Ela trabalha com a formalização de corpo fez um exemplo é uma pessoa morreu hoje aqui morreu na madrugada e esse oe a maioria dos familiares dele mora no Rio Grande do Sul bom então se eu pego desculpa aqui até chegar o sul né começa a entrar em decomposição pode ter mal cheiro tá então isso é desagradável para familiar Então eu levo esse corpo com a clínica que as clínica de tanatopraxia o e fazem um aí é um conjunto tanatopraxia que é retirada do líquido desse corpo e coloca-se fluídos ou formol para conservação de e na sequência Eu entro com a necromaquiagem que é o que eu vou trazer a pele dessa pessoa por mais próximo da onde que era da pele dele dependendo da morte a pessoa pode ficar mais Palio do pode estar vermelha pele no caso do infarto alguma coisa desse tipo não então eu entro com a né para maquiagem que não é só a maquiagem você tem que saber vestir você tem que saber tem que ter o tamponamento com algodão nas orifícios para que não vaze líquido né o sangue alguma coisa com líquido é eu tenho que saber ornamentação com as flores bom então isso tudo entra na necromaquiagem um coisa bem completa ali a vestimenta também investimento e como é que se decide essa saber se minha TV aí é o familiar entendida bem já atrás ó essa roupa que vai ser vestida só que aí vocês vão lá e a gente essa é a gente veste Às vezes tem pessoas que manda dois tipos de roupa a gente olha aí é melhor de escolhe tava como é que faz para decidir qual que é melhor é que vocês fazem é mais é a gente tem uma eu levo muito pelo lado assim é uma por exemplo uma roupa que dá uma mulher pô eu acho que essa roupa vai combinar um pouco com essas flores tem essa esse daqui e tu consegue manter a como é que tu lida com a morte estando quase todos os dias em contato com ela tu consegue ficar de boa no começo lá no começo ela também a família da mulher né e o Miguel que trabalhar na cozinha Cara eu fiz gastronomia e trabalhava trabalhava outra Orante e tal né aí eu comecei a foi fiz o curso só na WT Centro de Estudos e até hoje ainda dou aula lá tá E e aí que que eu fiz eu falei por preciso fazer esse curso mas era uma coisa muito essa área uma toalha é muito fechado ainda já melhorou bastante mas mesmo assim a gente pode ser melhor pode ter mais visualização por isso que eu acho legal esse desprograme-se e E aí eu tá ali na cozinha tal e fiz o curso tá eu fiz os estágio cheguei no dono lá da do restaurante na época foi aula Aí você me dá um mês aí para tu arrumar alguém eu vou tocar minha vida não vou lá na o***** pode fica eu comecei e no tal então no começo era uma coisa que eu eu digo que eu tive anos na palavra não pode ser sorte eu tive muita oportunidade aprende muito rápido tive que aprender muitas coisas difíceis e muito rápido alguns casos que chegava por tem que fazer isso tem que preencher tem que fazer sutura Então você pega muito rápido isso aí ó I e II dentro disso eu via muitos casos se tem dia que é vez no ML era coisa com coisa ruim e muito caso muitos casos Então você vai vendo vai vendo vai vendo Então quando era uma situação assim você trabalha o dia inteiro você tá cansado Quando eu relaxava meu corpo eu entendo assim né aquilo ali muitas vezes voltava que eu trabalhei o dia inteiro voltar na minha eu não sei se eu tava dormindo as imagens ainda haja algumas imagens tal programa de alguma aqui que te marcou esse e ficava voltando nessa época nesse início essa essa mulher que eu fiz que caiu do lado prédio e foi no início da carreira foi um pouco meio que no início um rapaz o que ele não foi nem por morte violenta ele foi para ele tinha HIV e veio a falecer e nós fizemos tanta coisa mais eu eu me impressionei por ele ser novo era muito novo 20 e Poucos Anos 17 e 25 anos e eu acho que eu não sei se eu que aquela coisa você tá fazendo a linha com maquiagem arrumando um pouco ali você foca o rosto estão chegou a hora que aquilo grava eu penso que deve ser isso aí e aí tá foi acabou ali fui para casa tudo normal e quando eu deitei que eu Relaxei tá eu dormi pouco assim sabe quando você curtiu ele dorme um pouquinho e eu via ele no banheiro da minha casa embaixo do chuveiro não novo ali novo no banheiro mesmo no banheiro da minha casa E aí eu acordei bom então para caramba na Pois é coisa da minha cabeça tal até parei Alice fiz uma oração para ele que ele isso o caminho dele tá aí cansado deitei de novo ele voltou voltou de novo mesmo sonho só que ele andando dentro da minha casa então eu olhava no corredor ele tava na ponta quando eu chegava lá ele vim aqui tá de ficava Cadê banda falei caramba aí eu vejo a hora que eu sentei não dormia mais sentei na cama de que sentado esperando amanhecer amanhecer para mim começar de novo aí nessa Paz No começo eu tinha muito sonho também não leva pouca você você tava legal lá na cozinha Tal Qual que você tá tudo não dorme tu não mas foi começo depois eu fui acostumando acostumar foi costumam naturalmente eu não sei se foi natural fazer alguma coisa não até teve caso de me falar em Poço tem que procurar um psicólogo é mas eu vi aqui não era o caso do psicólogo eu não tenho assim eu não tenho medo eu tenho respeito que eu acho que tem que ter respeito porque é é uma pessoa ali que a gente está tratando fazendo melhorando né mas que a gente não conhece mais eu eu tenho que ter esse respeito por aquela pessoa ali que momentos antes tava aí andando na rua no meio de todo mundo tá eu penso por esse lado aí então eu nunca tive medo não mas eu sempre tive respeito e essa é de essa coisa de fazer sempre o melhor eu preciso melhorar essa pessoa para mim amenizar ou familiar e vai chorar vai chorar perdeu uma pessoa mas eu amenizando porque teve situações de pessoa essa essa menina que essa mulher que eu fiz eu e os alunos sempre é do jeito que ela tava aqui nós temos na mesa não tem como uma pessoa um familiar e ali ver eu na minha cabeça não tinha então eu falei para os alunos naquele dia eram três alunos agora não tô lembrando bem o nome que é muita gente e e aí eu falei para ela só nós temos que melhorar o máximo menina então foi um conjunto nós tivemos que melhorar a parte de dar reconstrução reconstruirmos parte do rosto dela e depois Nós entramos com a maquiagem e o que ajudou aí é um conjunto foi a roupa que mandaram para ela a roupa bonita mandaram um cachecol então eu tive que ficou o negócio muito sim sabe completo Isso é uma maquiagem perguntando se ela tinha uma maquiagem ela usava uma maquiagem hora usar maquiagem mas aí eu tenho que ter ideia que eu não posso fazer uma maquiagem exuberante né ah não sei que a família ela usa a sempre usou batom vermelho Então ela bota para tu ver mesmo mas ele dá com a morte todos os dias assim mudou a forma como você enxerga a vida aí eu tenho uma ideia que acho que é que aí é muito da cultura Nossa eu tenho uma ideia que acha que todo mundo teria que ter um dia o e dentro do IML passa ali ó vê que elas ali a ter uma ideia de parar aí ver um é um familiar a situação que fica familiar só tá chorando pessoas ficam tem pessoas que entra em desespero E aí eu acho que que teria que ter um aí a pessoa eu acho que muda o que que mudou Henrique antes do trabalhar com o restaurante era uma coisa que eu não tinha eu não tenho lidado com morte na com essa ideia com essa ideia de que um dia a gente morrer com o dia eu tô com a minha assim eu tinha na minha cabeça um dia o que eu queria fazer alguma coisa dentro dessa área já tinha esquecido de me acordar chinês a cara bota aí você começa com para mim com 13 anos a vender de cedo 13 14 anos eu comecei a ele por mais fazer uma coisa que eu vi a coisa assim de anatomia Eu queria tanto que eu fiz na parte da minha formação acadêmica eu eu fiz estética e nutrição a nutrição para dentro da parte estética Então é eu sempre tive isso com de vi dar com a parte de saúde com a parte de anatomia tá Eu sempre pensei isso e quando começou esse curso aí eu falei pô isso aqui é o que eu onde eu me encontrei ali isso já depois de trabalhar no restaurante até hoje passei o restaurante tá E aí eu comecei teve a chance né pela pela própria WT Centro de Estudos me deram chance de eu dar começar a dar aula ia começar aí na nos estágios falar com 13 anos o que foi que te despertou a vontade de trabalhar com isso Tu lembra a eu lembro assim tipo eu era moleque eu era mais novo ainda e eu via uma coisa por exemplo eu perdi a minha vó bom E era uma coisa assim que hoje em dia não tem mais Mas marca eu não sei se você chegar a pegar essa situação de aquela pessoa parecia com na com algodão no nariz aquilo ali marcava de uma forma que era um negócio complicado Oi e aí eu falei pô eu via isso assim né em alguns parentes meus que per meu tio estava lá atrás que e a Clarinha fala por mais arrumada ele povo Será que como é que faz isso quem fez isso eu penso até que só era de coisa de médico que fazia nada a ver que desde pequena então tu já perguntou já tinha essas ideias não falar para ninguém não é meu porque a na época e depois quando eu comecei com quatro horas e tal que eu comecei a fui jogar basquete então eu comecei a jogar basquete ficava tal aí depois lavou para vir para São Paulo aí que eu comecei fazer crítico de gastronomia fique fiz um pouco de fisioterapia lá no Rio começou a jogar basquete e levando de crédito no meu profissionalmente não ali eu era moleque ainda mas é um clube Jequiá Iate Clube tudo que eu tenho um carinho muito grande entendeu foi onde eu comecei e as coisas acontecer comigo muito rápido com um ano já o carioca aí dali a um ano e meio já tava em São Paulo jogando no Corinthians negócio foi muito e o basquete entrou como na tua vida nessa época lá do Rio de Janeiro foi por um professor de educação física do colégio ele conhecia o professor que que era desse clube do Jequiá e eu fui foi para o clube já teve algum contato de assistir já tinha áudio assistir já gostava também já tinha vontade de jogar aí começou a jogar e se destacou aí foi militante coisa muito rápida e logo eu peguei uma seleção carioca e fui no Campeonato Brasileiro aí Alguns clubes de São Paulo viro né Tá Fogo No outro ano eu já um ano e dois anos depois eu já tava em São Paulo que ano foi isso 81 82 83 final de 84 eu vim para São Paulo e nessa época dá para pagar uma grande jogando basquete como é que era não era uma coisa meio um amador assim né cara mas era uma coisa eu tinha uma como né amador tipo uma ajuda de custo entender o mínimo se era uma coisa assim eu não tem ideia Quanto era mas era um alojamento tá é de um negócio tinha passagem tinham algum depois eu comecei a ganhar uma grana por mês assim tal que eu não é para fazer ter um dinheirinho pra alguma coisa E aí depois eu vim para São Paulo aí foi mudando as coisas mudaram muito rápida aqui tu vem para jogar continuar jogando e o que que terminou esse negócio de basquete na tua vida porque aí assim eu fiquei aí joguei Corinthians joguei Pinheiro joguei Juventus oi oi algum motivo algumas convocações para a Seleção Paulista e seleção brasileira e E aí dentro disso eu falar para o tá chegando não dá né cara já tem hora que eu começo a jogar jogado e começa a ter contusão tal Falei pô tem que ter alguma outra saída daqui a pouco eu tenho que parar E aí eu tentei a fisioterapia fiquei um tempo mas aí depois parei depois eu fui para gastronomia onde eu fiquei um bom tempo tenda gastronomia trabalhei em algum restaurante legal em São Paulo porque não ficou na negócio para mim ou gastronomia Foi brincando aí umas sete anos Qual era a função eu comecei como como todo mundo né você começa ali nós panela no tancão lavando panela prato louça tal aí depois eu fui lá e Fiz alguns cursos de segundo cozinheiro aí depois você faz um curso de guardman Jequié parte de salada e vai indo aí tu fica ali às vezes já começa a lidar com o primeiro com o chefe da cozinha é um negócio mais ir lá dentro Cola aquele negócio meu masterchef dos caras passaram brigando e xingando dizendo que tá sem sal agora como é que ela dentro da cunhada dentro da cozinha que vai vir uma maluquice daquele jeito mesmo tô falando sério eu trabalhei no frigideira em São Paulo o porto imagine um cá louca que vai ler um negócio louco e ali era brincando assim de 550 600 prata e era Buffet entendeu mas é que você tem que repor toda hora porque era muita gente muita gente você perguntar um era uma loucura porque você tá ali daqui a pouco mais arroz amor não sei o que você tem que fazer tem coisas que é na chapa você não pode deixar faltando lá então você já tem que estar ligado né clarinho então é um é meio estressante também mas são legal horas ligado né entendeu Você não pode ter uma coisa assim de ah eu tô a fui ali almocei vou dar um descansinho aqui de pô só parava aí dentro disso a gente ficava ali tal aí acabou a gente almoçava que uma hora que eu me ajudou nenhum sai direito de tu ficar toda hora de pimentão não sei o que tem para você ver como é que tá tudo bem Já almoçou né mas chega uma hora que já papou eu não tô com fome era uma coisa bem bem assim mesmo e aí dali você já começa a ter que começar a ver com o chefe lá para Vamos que vamos fazer já para amanhã você já tem que começar a preparar as coisas para para para o outro dia né então é loucura mas eu falar um negócio uma experiência muito muito legal que eu tive e aí tu tu não queria ficar nessa área para sempre e aí o que que ela vocação que tu tinha lá e aí eu foi quando apareceu a parte dos custos eu vi isso curso não aquele Jornal Amarelinho na época o livro e outra Porque deve ser só que eu fui ver tá fiz a inscrição comecei a ver tava aí foi comecei fiz o curso e aí como eu falei foi as coisas aconteceram muito rápida trabalhando no restaurante de fazer alguns André mas era uma coisa bem escondida agora valer grupo O dom para os donos né Ah entendi para daqui a um tempo eu vou seguir meu não melhor só me avisa antes E aí fui ver como é que tu entendeu que podias é ganhar uma grana e sobreviver nessa Outra área que até então estava trabalhar no restaurante então era uma novidade para mim nega mas eu tinha um negócio de eu eu falei nada tem que tentar E aí foi no começo era né meio complicado que as pessoas não te conhece e aí é onde entra sempre eu tive muita sorte de ter os padrinhos né tive Padrinho para ir no caso do WT eu tive o Luis é hoje é um cara que eu tenho uma amizade muito grande e dentro disso parte da diretoria todo Luiz a Daiane a Neide né Fábio fazem parte da parte administrativa da escola é Lisandra tem a Camila então São pessoas que né Luiz me deu uma força ó me apresentou em clínicas e tu se está agora na área e aí eu fui e dentro disso um ano e pouquinho Apareceu outra situação muito rápido também apareceu uma reportagem É pô na National Geographic tô falando eu não sabia nem que como é que era o negócio e o negócio que era ser feito uma filmar já vamos na 25 a gente um assim a gente faz um pouco na escola como é que é a sua vida tal e o negócio foi evoluindo evoluindo ele aí a diretoria desse de cima os supervisores de seguir documentário for para o Rio fizeram com o pessoal do Rio aí fizeram o pessoal de Santos e já tava aqui comigo tá E foi por um negócio pão estourando uma forma que a gente não tinha ideia eles fizeram documentário sobre cobre deu funcionais de cadáveres de reclamar seu nome a boca da boca da era a ideia deles era para sim quebrar esse tabu porque nós temos nosso país é infelizmente ainda tem essa situação de a pessoa até aquela aquela coisa da morte então entendeu tem um por isso o nome era um tabu vamos ter que quebrar esse tabu e vamos ver qual é o pescoço o que que passa com as pessoas que estão nessa área então pegar o pessoal da necrópsia que é o Almir que é do um amigo meu de Santos necropsista grande profissional fizeram com a menina da Polícia Civil aí teve o coveiro teve eu só um em algumas fases né de Quando a pessoa morre e aqueles profissionais que cuidam e como é que tu faz para quebrar esse tabu antes disso Tutinha Tabu com a morte alguma coisa assim você fica aquela aquele receio né cara mas eu não tinha conhecimento legal bom então depois que você entra você começa a ver algumas coisas né Hoje é completamente eu vejo completamente diferente e eu acho até que quando eu falo em termos de programas de alguma coisa que fala onde essa área é legal porque porque é para as pessoas conhecerem esses profissionais né porque tem muito você chega no lugar eu sou tanatopraxista eu sou necromaquiador uma quê que isso sim trabalha com quê aí necro maquiagem Ah tá mas já me perguntar se eu trabalhar no salão por ser maquiagem haha Aí eu falei não é uma maquiagem aí você tem que rodar o mundo para você antes que você fala morto já pessoa já fica meio complicado já faço um pouco já já tem aquela então eu falar eu trabalho com maquiagem pessoas falecidas você pode dar uma a quebrada negócio de alguma diferença da maquiagem o canal para maquiagem Não é maquiagem e normal usa-se aí com uma pequena vantagem que pode ser com maquiagem vencida tá É verdade pode ser vencido aqui ela usa porque ali já não tem uma pessoa não vai ter mais circulação né temos de dar uma reação vou dar então pode ser feito assim que fica para Jesus não lá com esse são marcas essas coisas que as mulher como é que é o nome das marcas de maquiagem famosas diz uma aí qualquer Mack ter é tipo essa aí eu tenho uma especial uso e eu uso assim agradecida eu uso Vult e é boa É mesmo assim intermediária E assim a gente pega uma maquiagem muito muito da qualidade muito baixa você vai gastar mais e não vai ficar um trabalho bem feito que eu já vi e situações e usar qualquer maquiagem a pessoa lá no caixão e aquele tá escorrendo uma base de correr um entendeu quero uma qualidade não era legal e também Aí também tem pessoas que usar Eu já vi usar Mary Kay tem uma coisa que você vai usar pouco vai cobrir muito que a maquiagem top do Top mas que são maquiagens caras e quer que financia isso como é que uma maquiagem vocês tem algum de vocês podem usar maquiagem vencida seus olhos conseguem encontrar uma loja seja bem semana para cá eu eu teve uma Bernard no dia do que nós fizemos o documentário na lá na 25 eu tinha uma parte que eu entrava numa loja quando tivesse comprando maquiagem Oi bom e achei legal assim o dono lá por me deu bola escolhe aí leva que você precisar tá depois eu que tinha algumas coisas que sobrou dei para alunos né porque às vezes estava começando trabalho e hoje em dia eu não sei bem como estão como então essa essa essa parte aí mas tem muitas lugares que até tão umas maquiagem tá vencido ali a pessoa então vende mais baratinho sabe pessoal explica a trabalho nessa situação assim assim muitas vezes engravidar e às vezes se vender pô bem barato e eu vi que tá na 13 tá grato da aula né diariamente que daqui as aulas é dorme tava sobre anatomia na parte da anatomia Você tem que ver né como é que você tem que saber a parte da anatomia da face se você tem uma ideia pega um caso de uma pessoa que teve um acidente automobilístico acidente de moto e o que compõem a anatomia o que que te ensina para as pessoas ali a parte óssea né parte de face e a parte de crânio porque às vezes e pode pegar Já vi muitos casos de a pessoa tomar morrer por projeto de arma de fogo tomar um tiro na cabeça então ali você tem que saber enterro de entrada e saída né Qual o osso que que teve a fratura ou os ossos que ter tiveram fratura a para saber como é que ele é Originalmente é para você ter uma ideia como montar aquilo ali lógico ali eu vou não vou para um osso novo mas eu tenho que ter materiais para poder preencher aqui o tiro ele causa muito estrago é muito difícil de arrumar dentro do calibre tem calibre que nem um caixão lacrado e olha depois quando chega lá para ti tu já consegue sacar de cara se tem como resolver ou não pode eu tenho É mas às vezes eu até forço um pouco para que é meio desafio assim povo arruma quero arrumar esse rosto quero já tem algum pouco foi o maior desafio que tu conseguiu melhorar cumprir bom teve essa menina né que é uma coisa bem complicada e deixa eu lembrar aqui teve um rapaz com acidente de moto também bem bem feio a 20 vinte poucos anos assim ele bateu de frente para mesmo ele de capacete Ele tem muita fratura fraturou o pescoço e teve danificou bem o rosto dele em termos de fratura então quando ele chegou para gente Para mim esse dia ele tava com a mandíbula solta que é pelo Impacto por exemplo se tem uma pancada na parte do hospital né Que almoço na parte de trás da cabeça ele venha trazendo tudo achando tudo tão pega temporal pega a parte do esfenóide Orbital às vezes do olho fratura fratura maxilar fratura mandíbula Então você tem que ter os encaixe às vezes futuro interna para poder isso segurar pelo menos para frente ter aquela pessoa ali na posição certa no caixão E aí tu conseguiu aí legal consegui fazer e foi por isso que eu te falei às vezes é vamos lá que ela tem não lá cara mas eu vou pô deixar deixa eu tentar pelo menos lá pelo menos tá E para resolver esse como é que tu achou a solução para resolver esse esse caso aí então hoje em dia sim eu tenho já tenho já vi muita coisa então eu já tenho mais uma é uma uma experiência então assim eu já vejo para você aqui precisa fazer preenchimento então preenchimento eu passo o tem alguns materiais específicos arresto teve que fazer preenchimento e fazer e como é que é eu uso atadura gessada e para dar um acabamento de porta faz preenche com um tipo do material pois eu boto atadura gessada do liso tem que deixar secar aquilo para depois eu que às vezes tenho ajudam a maioria das vezes tem pele ainda tem musculatura ali então para depois eu tenho que dar formato para depois eu fazer suturas sutura natural soltura mesmo dia com linha e agulha Ah tá então estou desse isto faz por dentro esses dias ele por dentro tá falando para dar formato de novo para o rosto entendi tu simula o osso eu comprei de ver a tara por exemplo é a pessoa que tem uma teve fratura e teve uma perfuração no olho né então às vezes está muito para dentro ou então até a pessoa que perdeu mesmo seu olho ali então tem prótese para isso se a pálpebra tiver íntegra dá para você fazer uma prótese de E aí o formato do olho não que precisa botar Íris nada mas só apronta com cera encaixou ali preencho mulher no fundo trago a prótese boto ali de sua pálpebra dou um pontinho de muitas vezes confio de o fio de nylon até um fio dental que é mais fininho mais delicado então a pessoa tem esteticamente ela fica com um de dois olhos né e depois eu marquei ali já dá uma eu preciso trazer o mais próximo do que a pessoa era então isso esse trabalho todo ele é o objetivo dele é fazer com que a família tenha uma boa experiência no velório é necessário que a gente tem em casa e fala assim ó vamos lacrar e não tenho velório então é um família desse ele não tem uma despedida ele não vai ver a despedida daquela pessoa do cliente querido dele sim bom então muitas coisas e muitas vezes a pessoa é leva isso por muito mais tempo fica muito mais triste se ela se se puder ter esse tipo de presente eu tenho um velório e eu trouxe né melhorei muito o rosto daquela pessoa dependendo da causa do que ele morreu a causa morte pessoa chega ali saiba pessoa meu sobrinho meu filho teve um acidente feio de moto de carro tomou um tiro pessoa tem uma ideia ó tá feio tal mas se eu trago e melhoram ele É pô tem um velório um negócio pode ter certeza vai ser uma coisa mais tranquilo Qual é a coisa mais comum que chega para ti ir para trabalhar coloque a causa mais comum aérea uma coisa mais tranquila assim idoso né mas não fala assim ah eu vou escolher um meu trabalho que eu tenho que fazer duas situações tanto causa de morte de por patologia que a causa natural como causa violenta é o coloca o que que chega mais o idoso que já morreu tem muita violência mas aí é muito relativo é bem distribuído aí porque tem que tem dias que é uma coisa tranquila mas idoso morreu já tá com 80 tá quase natural a teologia né causar mais naturais mas é Os Casos do desafio né É só as partes de morte violenta aí é mas uma coisa vai mais O que é a coisa se sente com desafio ali povo tem preciso melhorar esse rosto porque o que a gente vela que a pessoa vai ver lá ali o rosto e a mão que fica para fora entendeu rosto o resto a gente está coberto com flores com né e contando sua experiência na área tem algum caso que chegou que que chocou com a forma como a pessoa morreu teve um menino já te vi já tem embaixo um bom tempo teve um garotinho Isso foi para a Record foi para a televisão aí uma semana com a semana toda rolando aí na na televisão e e Oi e aí foi a história que chegou para mim ele morava numa comunidade Tudo tava brincando ali com as outras crianças e de repente sumiu ninguém tá sabia o que tinha acontecido uma semana e pouco né pra frente é aparecer um corpo dentro desse menino dentro de um córrego seilá o e tinham feito coisa de magia negra A então quando me impactou porque eu fui abrir o saco que tava e eu não sabia dos do histórico do que aconteceu e abriu o que eles foram pegar e deixar dentro daquele saco fechado eu dali na sala tá o fui abrir para ver teve um impacto porque nossa fizeram as coisas muito feia no rosto desse menino não sei porque me falaram que o negócio de magia negra Então eu não sei como é que isso e esse caso foi uma situação de vai cortar uma mão dele cortar um pé pronto cortar tirado né bom e isso é uma coisa que assim primeiro não pude fazer muita coisa porque já tava dias e já tava uma forma bem avançada Mas pela situação que eu olhei ali tomei aquele susto e por não poder fazer nada não tinha como fazer nada e tu vida eu te perguntei como é que terminou com a morte né Eu queria saber se tu tem alguma visão espiritual algum que eu venho uma auxiliar de necropsia aqui a precisa caminho Ela contou a história dela que ela falou que ela tem uma preparação ela é espírita e ela ela respeita o e conversa com o cara e tal para lá eu tenho que melhor tu tem alguma coisa nesse sentido cara eu terminar religião eu respeito todas e o sempre passo isso para os alunos né tem que ser respeitados Eu Sou Espírita eu isso que é essa profissional falou eu tenho comigo é porque ali é um caso é um corpo que você vende Eu não vi eu tô vendo ali aquele momento Então eu tenho que ter um respeito até de eu botar a mão nesse corpo então eu Lógico não vou falar isso alto dentro da sala mas eu peço licença para botar a mão nesse corpo é aqui comigo eu faço uma oração para aquela pessoa tenha um não sei se pão de by eu mas que tem um caminho legal é isso para mim me traz um pouco lá no começo era uma outra situação hoje em dia eu saio melhor da sala mas eu entendo também que não é a respeitando todas as religiões o Espírita ele tem mais essa a conexão essa conexão E pode Eu tenho quase certeza de esquece de certeza que já aconteceu de se comunicar com o algum morto ou ver ele ali que era essa a mulher mulher que vem aqui ela disse que ela já viu o cara gelado que rola rola É frequente Eu já vi um apareceu uma situação de um rapaz que ele foi baleado e na história que chegou para gente ele foi Acho que vai fazer um assalto alguma coisa aí o teu asae sei lá é baleado Então quando chegou para mim ele tava completamente é a parte muscular e a parte articular deles do braço pescoço a fisionomia dele era de assustado bom e com muita rigidez tanto muscular como articular Então você difícil para eu parei um tempinho ali e parei e como você falou eu tive troquei uma ideia com ele tratamento do meu jeito hahaha olha eu não te conheço mas tô aqui para melhorar sozinho aqui ó às vezes até que ninguém nem parece que eu não falar um negócio desse alto você aí já vai para o Miguel tá maluca mas eu vou estou aqui para melhorar não sei o que que você fez mas eu tô para melhorar para o seu familiar a um e aquilo ali eu vou fazendo uma massagem foi matutando os braços ó eu e é uma coisa que assim você pode ter certeza não é que você não vê na hora fui fazendo falar com a vestir fui tá para botar no caixão humanamente quando eu acabou que eu tive que eu olhei para o rosto dele a boca eu era outra fisionomia a outra fisionomia o cara eu não sei explicar isso mas era ou foi outro mas se tu viu direto ali no no Canadá vem nunca viu o espírito na indo sentar em um lugar já teve mais teve assim já vi amigos falar de eu não vi mas eu assenti presença porque ali na sala nós estamos numa sala ali por exemplo uma sala lá não há crime Totó tão vários casos estão ali eu entendo assim energia então energia pesada e principalmente quando a morte violenta né porque é lido para igual esse rapaz ele fui na na tentar lá o roubo assalto lá e só que ele tem na cabeça dele é querer pode se dar bem ou parte da mal mas muitas vezes ele vai naquela não eu vou me dar bem e quando acontece ao contrário ele você vê que a maioria das pessoas que eu já vi isso aí de que tomar tiro estão tudo assustado porque ele vai para roubar lá e de repente ele entra no ele tá numa situação que ele na Esse é muito rápido a cabeça dele fala assim Nossa me dei mal eu vou morrer sim então é a hora que ele entre em Pânico e o rosto também forrou a água com a curada resultado entendeu então chega pra gente e assustado mesmo e para arrumar esse rosto de assustado é naturalmente ou que isso aí eu vou levar um uma massagem é bonita com isso aí vai passando o tempo vai soltando a rigidez E aí você vai né Você pode certeza absoluta eu já passei Eu sei lá quantas vezes quando não só por por tiro o acidente de automóvel pessoal tá dirigindo ao normal tá de repente bumbum rápido e ele não sabe nem o que que aconteceu você pode ter certeza disso ele congela naquela mais dela tá é pânico bateu o carro dar um exemplo bateu o carro ele Neto morreu ali mas ele não sabe então quando chega para gente chega para mim assim Pois é eu entendo que ele ainda não sabe que que rolou cara que que que que aconteceu eu virei até morre sem perceber que atendendo que morreu e aí é é uma situação que aí tem esse esse de contração né de apavoramento então aí a gente vai um tempo isso aí vai passando as horas você vai melhorar falar mais tarde solta perna abraço até fica até mais pé se não fizer isso que é difícil que você tem que vestir a roupa aí ele não dá que tá muito travado o corpo chega para ti depois de passar pelo ML né Às vezes tem caso que não passa no ML que ele é um é um caso de uma familiar Tem um médico né então para esta direto mas ele acontece contigo aquele negócio do cadastro e se peidar no meio da maquiagem e só isso acontece mas isso aí são alguns fenômenos pós-morte Tem muita gente que e eu já disse que leva para o lado da Pô cara peidou o cara arrotou Mas já tem a roupa também achei que era solteiro que acontece dentro pessoalmente a parte abdominal tem gases forma se gasoli e dá uma pessoa tá lá numa posição se você vira o se mexe né mexeu quando você volta numa posição normal ou se tiver com a boca vai isso aí pela boca tô falando sério pode ter eu hoje vende sabe por baixo é uma Pô cara não é isso então são situações pode morta e pode saúde algumas horas goleada no meio da maquiagem hora rola uma certeza bicho peidando ali acontece maravilhoso direito da da aula disso também Qual é o público que procura se é profissional da necromaquiagem outras e já teve advogada uma lona já teve pessoal da enfermagem tem bastante o ponto tem mais nada tem sim mas existe uma conversa lá dentro de por quê que a pessoa escolher porque é uma é um trabalho diferença trabalho tão situação diferente uma agora tem tem alguns alunos que tem uma curiosidade eu já tive aluno de ter aquela faz o curso todinho tal e chegar na hora do estádio trava que quando tem que botar a mão na massa entendeu porque eu faço umas aulas aí é específicas de caixão aqui é a pessoa dentro do caixão é nós fazemos aula de sutura numa carne de porco né para pessoa ter uma ideia ó mas eu não posso chegar para pessoa e falar assim ó você vai chegar lá no tal lugar ou a pessoa vai te ligar te chamando para fazer um trabalho e o corpo vai estar bonitinho vai estar sem cheiro até brincou e depois você vê a parte de casa a gente vê se a sai o copo tá lá na mesma não tem sangue de nada o cara tá ali mas por um lado é legal que você aprende anatomia que ela fala algumas partes anatômica legal é mas eu disse trago o mais próximo que eles vão ver dentro de um estágio É por isso tem o estágio e tem gente que trava Oi Talita Mas vem faz às vezes vai bem lá anatomia Tá mas na hora ali que que tem que ter que fazer botar a mão mesmo aí quanto tempo é de curso até fazer na prática bom assim está na práxis ia aí né para maquiagens mais ou menos cinco meses aí tem a necromaquiagem que são três meses aí tem um curso de necromaquiagem reconstrução a expressão cinco meses é que fica na sala de aula e tal e aí chegou um momento que tem que fazer um corpo de verdade é sai da os estados para gente fazer no corpo mesmo E aí como é que a como é que a pessoa trata eu o exemplo de tu tava lá na no estágio e a pessoa não aguentou ela sai correndo a começa a chorar que é na nossa não de pelo menos por enquanto decorrer não mas já aconteceu assim é eu era uma menina lá fazia eu não lembro ela fazer um curso na área da saúde e aí ela é um sábado a gente tava no estágio vão para o estádio e ela se formulasse trocando tá pessoal trocou tudo que tem que ter o IPI Neca agora até mais ainda para dessa pandemia aí e dá daqui para frente vai ser ter que ter usar muito mais a parte de proteção e ela quando chegou na na entrada da sala e ela aí ela travou um porque eu tô entrando hálito já veio os Copos na Mesa né tal pessoal preparando para começar oi e ela travou aí eu chamei ela de volta e uma partezinha assim o que aconteceu a fosse miau não é para mim não é mas ela começou a chorar porque ela não sei quem foi que tinha pago né o curso para ela tal e ela ver não calma é assim todo mundo é assim vai lá entra na sala se você sente mal entendeu saio contigo de novo para você daqui a pouco você vai se acostumando tal ela falou Miguel não é não tem como aí eu e tem certeza tal não quer Pelo menos eu vou contigo fico contigo do lado a gente né se o vendo o quê que você vai porque eu tenho eu tô na sala com a Luna eu tenho que estar olhando de pretendo que pode ir malhar ali Já rolou isso aí pode ver seu eu tenho uma ideia assim que às vezes tem alguns alunos que algumas pessoas que têm assim tem uma ideia em é a eu não vou comer o nosso estágio de sete e a uma eu não vou comer muito porque eu vou passar mal vai passar mal para não comer o pó Ele passa mal porque não comeu nada entendeu E aí eu falo eu vou ter que ficar ali meio por perto vamos fazer isso Tá total aí para poder o não tô legal Melhor que sai da sala tomar um ar tá E essa menina lá não conseguiu respeitei tudo e ela desistiu do curso existido porque tu consegue bater um rango antes de entrar na sala para maquiar o cadáver ali viver as coisas é de boa é isso eu acho que normal E aí laço eu de manhã eu não tenho muito não só assim de comer muito mas eu tenho que tomar um café e com leite o café né normal e um pãozinho na chapa só isso aí daí depois sai da sala né dnz ali também banho então sei o que p**** tranquilo almoço eu vou sair da livro da aula à tarde ou à noite sem problema isso não faz nenhum tipo de terapia ou algum cuidado consigo mesmo porque é muita informação pesada né do seu dia é verdade é o eu lá atrás que que eu fazia até voltando a parte que o pessoal vapor preciso de um psicólogo né porque é ver você escuta entre um e outro tal E aí eu falei pô eu preciso dar uma porque quando eu tá quando eu jogava que eu tava assim meio tenso que aconteceu algumas coisas eu corria já dava uma o liberava aquela adrenalina aquilo ali já é o exercício físico e ajudar aí fica eu fazia eu ia ter um parque lá tá eu ia correr eu ia andar eu ia tá trânsito avaliou vi outras coisas o cara correndo falava com outra outro laranja aí eu voltava já tava Zerado o exercício físico seja de outra pessoa Jurava e precisava aí e hoje tô indo ainda Precisa de fazer isso para oito Não continua faço minha caminhada Tá mas não assim é porque eu preciso focada na parte terapêutica não e de lidar com que quando rezo muito procurou né faça umas coisas assim mas uma coisa é bem Sagrada e quando tu Joana na rua e ver pessoas vão pensar que daqui a pouco eu tava todo mundo vai tá morrer vezes acontece no metrô cá já vi muitos Inmetro um olhar assim fala para o ficar um bando de repente eu saio eu já peguei não peguei porque assim lá no começo teve uma situação muito isso aí acontece mas eu tenho eu não sabia é quando a gente vai lidar com um espaço um corpo Oi e a gás na sala tinha vários copos e teve um dia que eu fui com a tá meio frio fui com uma roupa mais escura um agasalho assim mágico mais azul escuro fui lá tirar agasalho eu deixei lá no vestiário tá me troquei e fui para sala mas ali é o são gases né que não sai da sala tá líder gases no ar e isso depois com tempo eu vim saber que esses gacemss é passa com mais facilidade em roupa escura o cheiro e passa para a roupa Como assim que gás gases para o prefeito gás na cheiro de cá dar entendi entendi então não que seja de perto mas a gente tava a sala lá e aqui é o nosso vestiário na você deixa a roupa aí tá aí fui lá trabalhei em tudo tal e outra situação é quando você tá numa sala mesmo você tá no demais cara tudo com ZP estudo ali tem uma tendência do teu cérebro gravar aquele cheiro né que tu ficar muito tempo ali próximo tal então o que que eu fiz tá tão na sala tá acabou tudo lá tá flor Valeu vou embora só tô indo para casa tô no metrô de repente me veio um cheiro cara nariz assim eu falei cara dando metrô metrô fechado E aí eu não me dei um estado na hora Felipe sou eu que eu lembrei do ML é free caramba sou eu que estou quase chegando aí eu tava assim eu fiz assim né a roupa e quando eu fiz assim que eu levantei a cabeça tinha uma menina olhando para mim falei outro só eu mesmo eu fiquei mesmo que eu falei a verdade Sexto Sentido deve estar sentindo cheiro e o cheiro de morte né meu truque quando ele chegou na estação eu como desse aí fui lá no fundo sentei na plataforma ali fiquei um tempo cara eu será Vai ser lá não tava Cara preciso como é que eu vou eu pensei que tu ia falar que tu achava que tava todo mundo morto no metrô dá um assim eu já vi situações de como você falou de eu ver um caso na sala e às vezes tem uma pessoa do Biotipo a sabe aí eu falava caramba Olha só parecer que a pessoa que eu fiz agora da horas para trás tá claro espírito não sei não dá para entender acompanhando metrô mas é um negócio louco louco e você não pode também tem uma situação assim de ir e eu sempre assim eu nunca gostei de ficar muito sabe preso aquilo ali se você entrar numa situação dessa você já tá trabalhando numa situação make pesada e se você botar na tua cabeça assim oh tem fantasma na sala tem não sei o que cara que às vezes já peguei já trabalhei de madrugada eu e povas copo assim cara na sala eu ali na sala aí manda foto manter a minha mantém a mente eu ali ó pá fazia acabava que ele tirava botar na outra mesa ia lá fazer o outro mas só eu já tava com um tempinho porque a pessoa que chega por que você tá assim ó fazendo Papa aí não sei o quê que dá um estalinho o que vem lá na tua mente fala para o cara que que eu tô fazendo aqui com 10 casas aqui cinco copos aqui quero só doença e lá que eu tô fazendo aqui de madrugada e madrugada cassilene Olha já chegou um ponto na sala de escutar isso aí acho que é Acho que nem aquele dia lá eu perdi o medo não teve ali Eu já entrei tal aí fui lá me troquei Quando entrei na sala assim eu entrando na sala que eu comecei viveu um dos primeiros casos que a gente ia que eu ia para arrumar que até que deixa arrumado para outra para outro dia é eu escutei tinha um balde eu escutei água caindo no Balde sabe quando ou tá caindo a gota caindo acho que não fechado direito e aquilo Porto e fala caramba cara olha aí deu parece um tempo um silêncio que só gosto de gala aquela gota ali aí tu começa o tem uma tô falando o que que eu tô fazendo que rola mas aí depois falar com você mano já e depois Aquele caso que tu falou do cara que tu viu no teu banheiro depois tava na casa Aconteceu mais alguma coisa assim não esse cara eu vi assim mítica banda teve mais algum caso tipo esse de situação de do cara parecido já aconteceu com uma vez comigo eu vou falar realidade assim fala assim amiga você viu o vulto nunca vi alvo passou um vulto nunca nunca vi isso aí mas eu já vi uma situação assim ó de foram duas situações muito complicadas de de eu tomar susto de tomar susto assim deu pular para trás mesmo eu cheguei próximo da mesa né próximo da mesa assim para dá para ver tá bom até tinha outro profissional assim tinha outras pessoas na sala então quando eu cheguei próximo da mesa eu vi o rosto do lado do rosto da pessoa que tava o tato BIOS o letramento 21 rosto normal que era pessoa que tava na mesa e eu vi um outro rosto aí eu minhas fiz assim ó só qualquer coisa você viu foi nada não sei ok também que falar todo mundo fica com medo né Tá ligado ele não tem umas coisas assim e a outra situação foi um Isso foi num sonho eu trabalhei muitos casos tal e aí eu sonhei que isso já em casa tá eu sonhei que eu era uma coisa bem embaçado assim porque eu não via Eu sabia que tinha um médico lá na e tinha um outro profissional do meu lado e o corpo na mesa isso no sonho do sonho tá E aí Ali arrumando tal esperando eu escutava falar mas eu não vi essa o rosto das pessoas meio embaçado negócio e eu fiquei assim tô lhe esperando para começar aquele trabalho e quando de repente o quando eu encostei na mesa para olhar né Para que já ia começar o caso era eu na mesa putos e tenta acordou na hora aí na não eu fiquei eu acordei com a minha mulher me batendo porque eu não acordava e comecei a gritar e aquela desespero porque no sonho é um negócio muito rápido ficou assim pô eu tô aqui e para fazer o corpo mas se eu tô deitado ali eu morri e isso foi muito rápido esse pensamento e aí eu ficava naquela coisa não sei se eu morri se eu estou vivo e aquela eu não acordava minha mulher eu acordei ela me batendo ela mas você deve bater dormindo é aí ela e ela acordar e tu não acordar miguel miguel e ela me empurrou e eu tava mesmo vai sair da cama assim foi que eu acordei perdido no quarto não sabe nem onde eu tava aí explicou para ela o que aconteceu aí passou ela veio me deu uma água tal aí é que eu sabe quando você acorda se tu falar Ah não eu tô em casa tô no quarto tá aí foi que eu louco que loucura total deve precisar de férias de vezes de tempos em tempos assim ah não verbas férias viu Deus assim eu tenho que vou para minha casa no Rio a e churrasco fica um negócio mas não vem nenhum filme que tem a morte envolvidos ó desenho animado só uma coisa Alegre quatro lá no CD Zinho las 150 episódio do pica-pau e fico vendo aqui ó e a melhorar um pouco que não mas quando eu saio eu procuro fazer outras coisas dele sei lá para poder dar uma entre precisa disso todo pressionar o kit de vida nessa área aí desde o médico até o eu acho o enterro de Coveiro tenta uma coisa que que eu tava vendo no teu Instagram que eu que me chamou atenção que tem muito maior que os alunos são mulheres muita mulher faz esse curso é uma explicação para isso eu quero pessoal ajudante a minha estágio e já me falaram assim Progresso aí eu preconceito porque vocês só pegam alunos mulheres foi por não é que eu preconceito meu não existe era se inscreve no curso ela se escrevem lá os nomes não vão teve várias turmas teve o teve uma turma que tinha o átomo é de sexta à noite você não me engano o que que foi o Rick né eu falei cara só tem você de homem você vai ter que ficar até o final cara nem que eu pago o teu curso mas você vai ter que ficar ele ficou tá hoje aí na trabalhando na parte de agente funerário e necromaquiagem né Na parte da funerária Municipal aí ele tocou a vida dele tá Tá bem então tem uma turma de quarta à noite necromaquiagem reconstrução quarto homens tipo de uma chance que bota aí quase 15 15 alunos Por que será que as mulheres lá para imprimir cara aí mas para mim comer agora vocês vão ter que aturar aí porque a mulher falar homem cara são não tem coragem Eu acho que eu acho que o homem um pouco mais mas e Avenida vai para cima tá é eu eu não sei qual é a explicação para ele mas eu acho que tem ali eu não conseguiria p*** ter um monte de medo não consegui Às vezes aqui que é é e onde você o dado Imaginário as vezes de repente você pensa assim mas se você for numa sala e vê ali eu já tenho uma outra desconstrói um pouco né porque tem esse negócio aí a morte aí é tem pessoas que já pergunta eu já vi Miguel se já viu fantasma falei povo fantasma como fantasma E aí os caras associam com Sabe aqueles no desenho a fantasminha você não é isso não rola se é verdade tem muita gente que que associa isso aí tá aí ó eu nunca vi fantasma associa com o negócio de filme de terror sabe meio dia só para tomar um susto uma hora sabe uma coisa assim que você tá vendo filme do almoço nada a ver na na questão de aceitar a própria morte que isso é muito difícil por ser humano aceitar que um dia a gente vai morrendo trabalhar com isso te ajudou ajudou e ajudou e eu tenho uma ideia assim ó cada um tem uma forma de viver eu acho que a gente está nesse plano aqui aprender então a gente passa aqui eu tenho essa ideia com ele a gente passa aqui tu vai para o outro plano E aí tá você não tá legal volta lá aí a gente volta participando de novo E aí passa não sei o que Vivi tantos anos tanta vai para o outro morreu vai lá de novo tá legal vai para uma outra situação não tá volta lá de novo eu eu Miguel tem essa ideia e Connect um da da reencarnação de sabe uma situação assim porque é eu já sonhei 3 vezes com meu irmão é uma foi logo que ele faleceu o negócio maluco que a gente estava em frente a minha casa no rio nós pegamos do nada e falou assim Ah pô vamos aqui eu entra entra aqui no carro entrando no carro esse carro a gente era pelo alto tente dela e eu vou ano um ano e ele e aí a gente eu via de perto da minha casa só pessoas que já tinham falecido amigos Nossa ali na vizinha está ok e teve esse sonho né E aí é e o outro sonho que eu tive com ele ele tava num lugar eu sempre tava sem camisa com a calça branca eu era uma parte de uma cachoeira e um lugar sim tranquilaço assim uma um campo um negócio por as duas vezes que eu saí com ele não sei mais e essa o espiritismo tua vida Em que momento E aí isso aí é da mesma família né então foi desde sempre desde sempre e esses te ajudou a trabalhar bem nessa área que te ajuda ajuda eu a para mim ajuda eu acho que é porque assim eu não tenho muito conhecimento nas outras religiões mas por ter essa parte é espírita né a parte do Espírito pode ser uma Allan Kardec pode ser Umbanda candomblé tá eu acho que tem mais essa ligação com a parte da Morte assim da parte da de outra vida sabia uma situação dessa assim então eu acho que tem a ver né eu não jogar falar das outras que não tenho muito conhecimento de outras religiões é transferir base pronto choca tanto com a morte quando vê ali porque tu tem essa ideia do que aquele cara ele ele aprendeu alguma coisa aqui e agora ele tá no outro lugar e se não tiver valor bom então é isso te ajuda a lidar com aquela situação ele começou ajudar muito com ali pô você pegar mas aí você pegar criança tem muitos profissionais que não consegue fazer isso aí a profissional de 20 30 anos dentro da área mas que não consegue fazer criança é porque não sei lá eu acho assim falo pizza não pode associar-se eu tô fazendo um trabalhos antes de as mulheres ó não tem filho né Não só mulher ontem tem teu filho tá lá na tua casa tá legal ou tá Cola outra entendeu eu só tenho de associar com o passo corrida né filho com sobrinho da Criança é É muita gente que é complicado Quais são as principais os principais fatores psicológicos que tu tem que preparar nossa turma ensinar tipo esse negócio de nós ociar O que é mais que tem que falar com eles fora da técnica em si Então aí tem a parte parte da religião deve cada um tem a sua mas isso é dito na aula e é isso nós temos aula de tem parte da religião interessante tem que aí a gente faz é fala essa parte Paulo da parte que eles têm o psicológico deles e é tem que tá legal seu psicológico que tá legal para você fazer uma situação dessa e às vezes tem pessoas que pode ter algum trauma né e criança é que relacione essa parte da Morte e a pessoa ela ela trabalha para investigar para ver se ela tem algum trauma é então é tem uma situação que assim tem muitos alunos que chegam ali e para vou fazer o curso tal mas pela pela curiosidade Tá mas ele tem lá no fundo ele tem um um negocinho que te incomoda ele né eu vejo isso quando a gente está ali Primeiro segunda etapa quando começa a chegar o final do curso que a gente começa a falar em estágios e tem pessoas que complicam pessoal começa a ficar branco começa a ficar p**** agora agora o bicho vai pegar esse que eu faço essa aula prática para dar uma quebrada a lilou falei a gente aqui lógico a pessoa um amigo nosso nenhum colega de você espetar aqui para gente fazer uma simulação mas lá tal então às vezes eu posso até faço uma simulação com sangue artificial como e lidarem com aquela situação ali como também melhorar né dentro junto com a maquiagem para eles poderem começar a ter uma mesmo assim Às vezes tem Tem situações que a pessoa trava não tem jeito eu queria abrir o teu Instagram botar aqui na TV para que tem umas fotos que queria te perguntar umas coisas que tem na tem nas fotos ele para ele consegue botar aí o Instagram dele na tela Beleza tem várias coisas da tua aula ali né vai valer horas o e projeto colocando por pessoal na tela E aí vamos vendo vendo esses primeiros veio um por um e vamos explicando o que que é uma o que que é isso esse primeiro aí dessa olhe-se no esse lado aí esse isso aí é a parte da reconstrução facial então a gente faz uma prótese de olho né para o aluno treinar prótese de olho meio rosto nariz E aí ele tem a parte da maquiagem que é uma sequência né uma parte de dos epis que não tem como você lidar com a pessoa falecida sem luvas sem nada então né não tem condições isso aí é feito pelos alunos são os alunos A então estou aprendendo a fazer um nariz no caso de Tem que criar um para o cadáver é condição entende e aquele esse primeiro rosto inteiro que aparece quase inteiro que aparece no caso que a pessoa perdeu toda aquela parte de perdeu tende a gente vai ter que vai ter que fazer melhorar o máximo isso aqui só que vamos ver mais algumas umas fotinhas aí como vai ser essa segunda aí também aula de anatomia Anatomia da Face a gente faz a isso aí as chamas plastilina e ali a gente vai o aluno começar acostumar a posição de alguns de alguns múltiplos né Tem a parte óssea e a gente vai fazer na a começar ele treinando e vai gravando o nome dos músculos então ele aí ele aprende aprende que tu tem uma foto no Carrossel tem mais uma olhada nesse mesmo aqui no mesmo é tem mais uma foto então ele ele abrir e limpar Essa parte aí essa turma tá vendo as medidas de bota são só mais uma volta um pouquinho Olha isso aí aquilo ali Essa parte é do esqueleto quem tá segurando da face ali esses pontinhos são é são pontos para você identificar e montar esse rosto sem foto e como como assim como funciona exemplo tá vendo um pontinho dentro do olho amarelo sim se você puxar se você seguir uma linha reta ali chama-se ali é um lacrimal onde sai a nossa lágrimas se você seguir se você tiver uma ideia ali ó você seguir para baixo você vai achar o canto da boca ó tá vendo entende se você pegar um pouquinho mais pouco meio do olho e tem um branco urina e isso você vai achar a asa do nariz e assim vai também na hora porque assim eu não tenho uma foto da pessoa né e lógico que a pessoa esqueletizada é uma outra situação que aí já entra a parte de Antropologia forense é uma coisa mais reconstrução e antropologia uma coisa mais mais para frente só que eu preciso fazer isso aí no no curso para que elas terem ideia de montagem de a parte de da parte muscular onde está localizado mas a estrutura óssea de cada um não na Muda então esse aqui é o e o lance do negócio por exemplo cada estrutura de da parte óssea é diferente de um cada rosto é diferente um do outro mas ele tendo essa aula aí ele ele sabendo a posição em mais ou menos da medida ele tem como montar um rosto mesmo sendo diferente um do outro entendi eu vou ver mais mais algumas o meu terceiro ano também é um vídeo É isso aí é a parte que ele já fizeram tá vendo aí gesso a gente treino isso vai cingir-se maqueia me passa o rosto no gesso que aquele branco ali a gente usa assim o gente usa um um produto que chama-se alginato e alginato é usado para fazer prótese dentária assim não sei se já viram uma uma massinha com gostinho de morango tá aquilo ali alginato eu monto eu ponho no rosto da pessoa modo daí eu tiro passo por gesso no gesso eu passo para cera e da cera eu passo por silicone aí Aqui tem branco que tá em cima dele Jesus o que tá maquiada ou gesso e depois do gestão silicone e depois aqui é isso entendi isso aí o aluno pega simetria ele pega Tá treinando a maquiagem e assim vai ter mais o material orelha a orelha é maravilhoso vou ver mais algumas aí tem as esse tem a parte prática da maquiagem da Neco né no caso que são esses do velório isso aí isso aí você é isso aí É isso aí ó ele já estão treinando aí tem que ter um aluno né não é obrigatório mais ele tem que ter uma Van para entrar no caixão se não ficar e o pessoal sempre quer entrar né Logo Nossa que apareça tem cara em briga para ver quem vai deitada eu imaginei tem pessoas que têm não eu precisava para o seu eu viu faz isso aí eu só entro quando não tiver jeito mesmo aí tem que a última coisa que eu faça minha não deixa realmente aí ela está treinando a vestiram e deram a maquiagem lá em cima e essa parte aí já é uma parte da ornamentação e como é que o clima na aula é descontraído rola risada ou é temos é não mas não aí assim tem que ter um pode também ficar muito tenso porque fica um negócio né é mas a gente eu até brinco e falar gente ao dia é o dia do montar um velório aqui tal tem garrafinha de café ali tem tudo bonitinho contato figurante para ficar chorando em volta às vezes cada fase mas eu mas é dentro de uma seriedade para gente poder ir treinar né na cama junto com uma situação tensa assim ela Exige uma atenção na hora de rir se divertir é negócio negócio muito né pô muito travadão né não dá que é mais que que aquele ali daquela do Canto ali aula de sutura é área de porco aí é porque a carne de porco ela é boa é uma texto ela tem uma textura e é uma carne mais próxima dentro da da parte de poder feita mais próxima do ser humano a só que a gente tem um bacon Zinho a gente também se tiver vem pode dizer mas na floresta e se comendo eu participei de uma uma situação que e é foi feito dentro do de um estudo né dentro do ML o que foi feito de um leitãozinho né já morto e nós fechamos Botar ele no chão ali fecharam atenda só com uma entrada por cima com a garrafa aberta Então as moscas vinha e pousar ali um presente saber quando a começou a dar larvas né naquele no corpo lá do pouquinho para a gente saber aquelas Lavras aquelas larvas ali dá para você saber é aproximadamente a hora e o dia de morte a de acordo com o que vai sair já entra a parte da antropologia e entra a parte aí tem que ter a parte do biólogo que é tem outros profissionais bom dentro do da Sara aí que você pegando o tamanho pelo tamanho de cada larva você vê se é a primeira geração se a segunda será ele sabe Há quanto tempo aquele corpo tá naquele lugar então a entendia pela pela larva que se descobre eu queria eu via um profissional que no dia tava com a gente Oi e aí ele foi falando para mim pegar que foi o Fabrício e eu pego isso aqui eu pegava eu botava ele falava essa aqui o cara era ó essa aqui é a primeira geração tem mais o primeira geração que tá porque isso ela nasceu pouca tempo aquela ali mais gordinha só que deve ter um tratamento do da radiologia forense dentro da parte de pós-morte aí tu trabalha com essa parte também não não eu saí eu fui chamei foi chamado só para mim para dar uma palestrinha desde falar um pouco da dessa área que é mais que ser o aliavo agora só menina ali interessada na isso aí morde se foi dentro da faculdade Anhembi Morumbi cá essas meninas aí fazem maquiagem curso de maquiagem a de maquiagem maquiagem maquiagem normal vamos ao vivo para modelos entendi e aí tem dentro do currículo dela lá tem a parte da né para maquiagem a aí eu fui lá para falar um pouco que loucura vez veja outras fotos e liga para assustadas elas a pessoa aquelas viram alguma coisa mas mesmo por cima olha a gente vai falar e também não é de Morumbi Ah tá interessante que é mais vão ver mais faça uma moleca é que dormir né mais coisas aí E aí é dentro do ML no canto lá ele ama é fake também né dê a pessoa está vivo de aula isso é aula de sutura disse que ela lá a última a sair isso se aula mais uma simulação na simulação a ver mais lá em cima dele Carrossel no ML é só deixa eu ver essas daí do nada do Carrossel a maquiagem aí você simulam eu tô simulando alguns hematomas entendi o a causa da morte né pra elas poderem tem uma causa de acidente tá para responder em fazer a maquiagem cobrir a se vocês queriam aliás as feridas e tal e a pessoa vai ali e corrigir e não entendi isso aqui nossa mulher altura é livre eu boto isso aí porque já teve problema cara é o pessoal acha que tá o Instagram tentou derrubar alguma coisa tua por aqui não foi nem deixar nós temos a aula e Teve um aluno cara ele veio para São Paulo morando em São Paulo para fazer essa e esse curso porque a família já tem um histórico de São donos de funerárias então ele para trabalhar na funerária da família Oi e aí que que ele fez com a bom aula prática dessa ele fez lá então o caixão né para fizemos ele saiu para gente fazer em outra um outro aluno dá sequência na aula e ele foi fundo da da aula e post touca isso na velório de fulano de tal está sendo tá passou coisa de aí continuar aula tal aí isso daqui a pouco começou a ter ligação na na na secretaria do das da cor da escola pode ser o que é Bahia eu tava na sala aí Aqui são saber que ele tinha feito isso pa então uma coisa quando a pessoa tem muita tatuagem como é que faz a Isso é fase adoro não tem o que fazer não têm tatuagem dela tem que ir com ela então se por acaso no acidente assim estragou a tatuagem tem que ter uma certa com a gente não faz só a gente se fosse for na cara tá aí ele tem que melhorar e na máquina de com a maquiagem não faz com que o cara tem uma cruz aqui e aí sofre um acidente e um pedacinho da Cruz vai embora vem a gente tem que tentar de novo nunca peguei esse caso não mas é uma boa questão é porque eu imaginei que quando quando a pessoa que morre de uma tatuagem como ela vai com vai mudar a coloração do corpo como vai ter que fazer a maquiagem vai ter que pintar por cima da maquiagem tatuagem dela irmã mas ela tiver no rosto né porque se for no corpo é no guarda-roupa e f***-se é resto é verdade é lá imagina a mão né E aí Braço às vezes ali a família vez pode mandar a roupa curta sem roupa a semana é fica e fica aparecendo entendeu então a ver aquela lá embaixo a do meio de baixa que é mais ela tá montando o maiorzinho e de acordo com o arroz com de acordo com o boneco ali mas aí tem algum momento que o a pessoa ela tem que ir aí fazer uma prótese de orelha ata tá tirando o molde ele está fazendo depilação na orelha dos caras arrancamos pelo vai ter um momento que o aluno ele consegue montar ali o a cabeça sem olhar o molde sem olhar o livro então começo vai pelo mal dele até ele pegar na cabeça de agravar a parte de músculo tal e ter uma noção depois é como se fosse uma prova se tu consegue se eu te dar uma massa aqui ele consegue criar um a cabeça da pessoa com os ossos tudo bonitinho ali onde tem que estar sempre olhando para um livro é que tem uma tem uma base tem que ter uma barata não mas por causa poder pedir podia que foi o que a menina morreu de cabelo roxo ata pessoal um comentário tem ver se tem alguma festa aí a tem algumas entrando aqui já então vamos fazer umas questões aí então que eu muito legal a leitura já vamos lá só uma coisa queria saber também sobre acontecer alguma coisa no momento do velório da pessoa e você tem que ia tocar maquiagem já aconteceu coisa aconteceu fizemos um foi cidade de Suzano Bom vamos lá arrumando tudo bonitinho de total aí como esse corpo ia para fora de São Paulo que que aconteceu é a ceder uma sala para aquele as pessoas que estavam ali fazer um mar um velório mas se despedir da e do ente querido deles ali e depois o carro ia pegar esse corpo ia levar para aonde essa cidade que aceitar e aí tá eu arrumei tudo bonitinho aí o um dos parentes que já tinha que tinham me contratado eu chamei ó tá bom tá Como é que você acha tá não Miguel beleza obrigado tá legal o que que eu faço Eu sempre fico com tempo naquele local ali eu não pego assim acabou eu recebo e pega minha maleta e vou embora eu dou um tempo né pano e de repente eu cortei alguma coisa para ir ver um parente lá não sei quem era o cara já já tinha tomado alguma coisa daquele jeito vai chegou bairro abaixou o rosto botou a mão aí cagou maquiagem Rodrigo uma maquiagem soon as flores aí eu tava lá fora aí o parente que achava já brigou com o cara e me chamou de novo não calma fica tranquila conta mas o que aconteceu já saí da pessoa daquela coisa aí já teve a irmã Chaves mesmo já teve algum pedido estranho de familiar em relação a maquiagem dela no cadáver no digo de maquiagem mas eu já fiz um esses cara que que tem do clube motoqueiro o cara foi né de ca roupa tudo conto tinha lenço no pescoço já aquela roupa de bota com a bota dele tudo a coisa do motoqueiro lá que eles e do clube a Clube Será que ele morresse e fosse embora a única possibilidade digita ali Vamos fazer as questão da turma Ei bora vamos lá a começar a leitura aqui no telegram essa pelo grupo do telegram pessoas estão mandando suas perguntas aqui conversar pelo Marcos Marcos Oliveira anos e já foi respondido essa pergunta dele aqui ele falou Miguel já recebeu pedidos incomuns de familiares é é esse no caso é os países já Victor Correia Boa tarde Arthur Miguel e caiu nas águas Miguel você já precisou fazer esse trabalho em alguém conhecido se alguém conhecida O que é preciso famoso acho que ele conhecido como se ele disse ele alguém conhecido reconhecido o famoso será famoso ou eu acho que pode ser nas duas também tá é assim eu já de amizade já fiz parecer um amigo eu preparar o caso preparar o corpo dele ia de boa você fica né triste assim tal mas eu tenho uma ideia assim não de menosprezar ninguém mas eu vou fazer o máximo meu porque né eu vou amenizar lá e Pô cara meu amigo eu tenho que fazer um negócio legal porque assim às vezes Tem situações e isso é muito triste muito triste mesmo da pessoa vai faz né a pessoa muito ajuda da família não conhece esse esse trabalho é uma pessoa vai lá e faz alguma coisinha assim meio por cima E aí tá no velório começa a vazar sangue começa a vazar líquido Começa sabe aí chama o resgate aí tem que eu já fui muitas vezes de ir lá para consertar o que já tava eu que supostamente Tá feito e a família desespero pessoa você tá lá no velório sempre vai ter isso não vai ter jeito aquela pessoa que chega o dia ou não sei quem de botar a mão no rosto aquela sabe bota dizer que lá e me avisa tá beijo na boca não sei que era da bochecha na testa final tem que dar um beijinho na testa Manda ela vir no rosto veja havia assim novela aquele beijo de novela complicado já te vi já vi assim o cara deitado a mulher chegar e do pessoal que tava ali a gente qualquer coisa mas não imagina que ela dava para chorando aquela coisa toda tal aí o o a gente que não era a cola e agora vou ter que fechar o caixão para poder levar porque a gente tá dando a hora né para não atrasar tal chegou lá e mandou lhe beijar na bolsa era de nós dois porque tava pensando ficar assim ó um olhando para o outro internet não esperava que sim não quis me esperar como você falou beijinho novo na testa né o da na bochecha ver na mão vou dar um beijinho na mão assim eu passei com a mão em cima da mão da pessoa foi lá e deu na boca falei ó sei de mais nada E aí tem que ir lá e fazer uma carta para o que eu deu beijo deu não foi beijão mas foi vejo de Sabrina segundinho assim Aham eu falei minha nossa senhora é aquilo ali é o que é bactéria não tem como saiu ela e o defunto com a maquiagem borrada porque a pessoa assim ó se sua a se sua circulação a bactéria começa agir então todo cortado tem uma fonte de bastante agora de certeza beijou todo mundo não teve nem como você falar não quando eu não deu tempo Ninguém percebeu que você conta e tinha Imaginava isso nunca de pegar a caso de algum famoso perguntaram aqui não famosão e vamos vamos mais questões Então beleza tem mais aqui lembrando galera que no YouTube aí manda em suas perguntas seu super bagos que nós vamos ler agora com ela é isso aí isso aí também pode resgatar o emblema de hoje no site fixado aqui no chat é só clicar no link aí digitar o cupom de hoje A que mais tem aqui telegram tem mais um aqui do cara que mandou anterior outra pergunta para o Miguel já aconteceu em Casos do rosto do morto chegar tão torto que os familiares reclamaram da reconstrução reconstituição por conta do mortificado é diferente do original nesse processo não comigo não porque eu eu pergunto eu converso com familiar procuro um familiar melhor né que esteja naquela situação melhor possível de da parte psicológica para ele poder me dar alguma dica né alguma coisa com uma pessoa era próximo da pessoa quando ela vir quando tava viva para não ter esse tipo de isso chama-se de caracterizar pessoa eu não posso não pode ir você tem que chegar no o familiar Ou amigo tem que chegar no velório e ver que é aquela pessoa não pode chegar fala assim não mas não é Fulano e como é que essa conversa o cara fica junto ele tiver em alguns casos que eu fica na sala comigo e ali a gente vai conversando às vezes ele só da dica eu vou faço mas ele ele dá a dica e tu imagina a cabeça consegue visualizar o olho da Dica contigo mexendo no quê em duas situações ou dentro da sala das dicas foi um caso de um transformista que eu fiz a e e e é assim ficou uma menina que era sobrinha dele e ficou na sala com ele e aí ela foi só falar até usei as maquiagem dele eu fui eu que usei eu usei as não usei as minhas é dele oi e ela foi só falando avó eu quero que você faça como ele trabalhava e ela transformista trabalhava numa boate Oi e o marido alguém uma coisa assim que aquele E aí vai deixar muito jeito ela foi falando eu fui fazendo granulado até um pouco né mais fácil porque sim aí você pode botar cílios postiço botei unhas postiça é o cabelo muito bem cuidado Então não teve tanta dificuldade eu te perguntei se foi Imagino que não seja muito comum parente desejar estar dali contigo enquanto mexe né então o cara que faz uma conversa antes consegue visualizar na tua cabeça outro desenha não mas eu vou aqui o cara vai falando ele vai montando na cabeça ano por isso que eu eu acho importante saber isso porque às vezes eu tenho o familiar chega já com ela a mulher lá usava Esse batom ela usava e sua maquiagem Beleza eu vou usar o que ela me mandou mas no caso do rosto que esteja desculpa o dourado pode o que é que eu faço se for muito a situação uma situação de muito machucado eu pergunto mas é o que acontece Tem muita gente que não quer ficar de sim e aí eu vou fazendo e faço tento fazer o melhor possível aí tu vê meio que na meio o outro lado do copia o lado que tá a voz de boa olhona entende ele para ir montando acordou conhecimento de anatomia tu sabe onde é que o ponto se liga e tal e se eu já tá Amanhã eu vou fazendo entendi só que temos temos mais questões aí tem tem sim quem que é aqui que mandou até a clássica pergunta do anão Marquinhos ou não eu só tentar por aí Não entendo quando veio o coveiro perguntaram se ele tinha enterrada não quando vier a Priscila alcerj necrópsia perguntaram dia não E agora tem o nome de novo só acho que não não morre e eu sinceramente eu nunca fica tô falando sério o tempo que eu tô na área e assim ó perto de muitos senhor tem um pouco tempo eu até uma um assunto que nós fizemos quando a gente tava indo para o IML e tal e deu um intervalo ali nós eu já perguntei só médicos com sei lá quantos anos de necrópolis já perguntei a técnicos auxiliares de necropsia Oi gente de nunca ter visto de ter ido para o IML um anão a loucura EA um negócio que tu fala pois é mistério não é possível mas nunca morre não é possível mulher perna mas não é eterna não é eterno e mas o governo falou que ele já enterrou não não não terror aí não e a Priscila Priscila eu acho que não também não p**** não tá nós não morre porque assim ó por exemplo nesse caso do Coveiro de repente esse corpo não foi no ML Tá mas tem que ser enterrado Pois é dependendo com o tempo que esse cara trabalha ele nunca ter visto então eu aí não dá para entender cara agora eu quero saber o índice de mortes da convide já noite já que se ele vai morrendo de corrida eles tem dentro dele Sakura e a gente tem que atrás isso aqui em cara a gente tem que atrás disso Olha isso aí as pessoas têm o Davi mandou aqui a pergunta dele Oi boa tarde a todos os muito interessante a profissão muito interessante a profissão a remuneração é igualmente interessante é quanto em média ganha um profissional a isso aí é depende muito dos casos né Se for uma morte violenta já você vai ter mais trabalho para a esse influenciam no preço final e é por hora por minuto por não por meia hora trabalho O trabalho Tudo bem linda e assim ó você tira por exemplo é tem tem casos de uma senhora que faleceu tá no hospital aquela coisa toda como se fala morreu porque já tá velhinha tá tá em caso de se uma pessoa que já tá com a prática 40 minutos você faz um carro tá pronto há 35 minutos tá pronto porque eu não vou lá passar muito da maquiagem vestiu a roupa e faz o tamponamento com os algodão ali tudo para evitar de vazamento então higiene zoológico primeiro esse é o mais barato que tem tranquilo você faz aí um caso desse 600 7:00 né agora você pega um caso a morte violenta vai ter que precisar de uma reconstrução vai precisar de uma situação mas vai ter mais hora de como ficar um caminho lá três horas e pouco aí não dá para você comprar seis até assim não é numa dessas que vai vai três horas quanto que fica e dependendo do casam eu já cheguei a cobrar no caso 3500 é a pitaya a informação para galera que tá líder mais até o dinheiro que tu ganha na dando aula né isso Então são duas fontes de renda né E porque às vezes tem tem muita gente fala assim ah não não precisar é caro gente complicado de trabalho para caramba e é muito a resposta é mais gostoso aí teve um comentário que eu salvei aqui da Kelly essa interessante comentário dela sobre a importância do trabalho do necromaquiador ela mandou aqui minha vó também ficou linda maquiada eu havia feito a retirada do corpo no hospital ela estava muito debilitada depois de muito sofrimento do Câncer um trabalho incrível Ficamos muito em paz no caso de se apresenta não sei qual foi a e o em que local foi o câncer mas se dependendo do câncer é muito complicado eu peguei um um rapaz que ele pegou o câncer me falar não sei se é porque eu não tenho ideia disso aí não conheço pelo negócio do narguilé ele pegou um câncer de língua já fumou muito marido disse que ele já vem um tempo cá tá bem magrinha está vivo usava já há muito tempo não sei desistência não sei o que aí eu já não sei aqui dessa casa vai ter bastante trabalho aqui é o pessoal só vai ser E aí ele foi indo com o tempo tá não sei o que deve deverá fumar cigarro também e pegou um câncer de língua e pegou e foi aumentando e pegou o palato falar até o céu da boca bom então tanto para cima como pra cá para baixo pegou nesse músculo aqui ó que faz a rotação do pescoço esternocleidomastoideo que esse músculo da da rotação do pescoço baixo nome então é essa nova sternocleidomastoid parece que tá isso é do Calypso negócio e aí com um buraco aqui né E tinha secreção purulenta puxa eu tive que fazer uma raspagem ali preencher para dar altura do mesmo lado aí preencher com algodão botei atadura gessada dele ISO né para depois botar uma maquiagem para chegar mais próximo da do outro lado né e fechei a camisa dele em uma camisa social fechado e aqui eu tenho que fazer uma sutura de boca para não ficar aberto e a pessoa não ver quando eu chego em casa assim tu tem que estudar o quê que esse câncer passa uma pessoa para poder saber como lidar eu já tenho mais ou menos né porque a pessoa chegou a tem um caso assim O que foi a um câncer de boca e você já tem que né batizado já tem umas já ter que dar um estado já tem que ter essa fingir não saber mais ou menos é que eu faço chegou na Maleta eu abro o já vou deixando ali meio de jeito as coisas ou vou usar aqui só vou usar atadura gessada ou já vou usar algodão para preenchimento né alguma privadas futura linha assim tal esse caso aqui não vai dar o fim será que é uma linha mas mais grossa tá eu vou e faço com o fio dental faço com nylon bem fininho e depois tu dentro disso vai ter que entrar maquiagem Fala mais alguma coisa aí mas que estas têm a Priscila Castro ela mandou aqui Miguel como faço quando chegar beba criança quais os procedimentos mais comuns recebeu natimorto bebê prematuro Como faz E como você se sente ela mandou mensagem de Juazeiro Bahia olha ali galera boa um abraço aí todo mundo é o natimorto é é uma situação assim fica bem é bem pequeno né e a criança bem pequenininha e algumas estruturas então às vezes não tá certinho a estrutura pessoalmente de pele Então a gente tem que eu pelo menos higienizo eu passo um plástico sabe esse plástico filme eu já passo aí para que para evitar de ter algum tipo de sangramento por causa da estrutura epidérmica né da pele e sujo é porque às vezes o família tá vendo ali vai ver isso e pô roupa suja de sangue é uma imagem que ele vai levar após da vida aí aí eu passo envolvo tudo com plástico tudo né as partes que estão com alguma lesão e depois eu a gente enrola mais uma outra parte com um tipo de papel que a gente tem uma uma proteção e aí depois a gente Veste a roupa para poder ter um dentro ali Jenny zhou a gente bota um perfuminho de criança para dar uma para amenizar tudo isso aí e muitos casos tem que tem caso assim de família te mandar o caixão Zinho tem que ir que querem pelo menos não é o velório longo nada disso mas querem fazer certinho alisar me botar dentro velório aí tem que preencher o velório que a criança é muito pequena e para não ficar muito no fundo né do caixão e ficar uma coisa mais organizado ali e faz isso familiares a nível é o quem tiver se despede a pelo menos em uma outra e mágica já pelo menos ficar a coisa melhor que teve uma pergunta da Júlia aqui ela perguntou qual o procedimento em caso de cremação o seu trabalho e o pessoal do crematório de se conversam Ah eu conheço muita gente assim de cartório mas aí já outra outra situação né não são maquiar né Para eu não ser duas vezes fica a gente faz prepara esse corpo né vai com arroba porque assim muitas vezes antes da cremação Esse é um tem um ritual ele tem uma coisa muito legal é prepara lá pessoa né já vai estar no caixão então tem uma como se fosse uma plateia ali Oi tá pessoa vai lá olha tá olhando a pessoa daqui no caixão ali e tal não sei o quê aí é uma bertura pessoa vem sobe né Hum então você pode a pessoa pode o familiar escolhe uma música já vir cá não senão Em Guarulhos tem um o cemitério que tem essa parte aí então deu escutando a música da tua fui lá visitar com a internet de uma amiga e um cara treinando o indiano violino você escolhe isso eu quero uma música tocada pelo violino cara fica litro tocando violino ou então piano pela música que você escolheu até a cerimônia acabaria Iara já chegou a tem uma pergunta aqui no Júlio essa já chegou a negar algum caso assim de não pegar o caso porque você achou que era muito para você eu não nunca aconteça não nada e muito assim quando o dia ou não de não tentar fazer pelo menos é porque realmente eu tô em outra situação mas mesmo assim eu indico algum algum aluno ou alguém amigo para poder não eu entendo para não deixar aquela família na mão né Pode falar então eu estou indicando um outro profissional para ir lá para resolver o problema por familiar e tem hora para receber ligação trampo tá certo de madrugada vendo cara te acorda ele já tá já aconteceu de eu tá dormindo Meu celular fica do lado assim tocar e tem como você arrumar o corpo do meu parente tá ou aí você tem que saber onde é que tá onde é que tá onde vai né E nesse caso eu fui já fui fazer lá na no cemitério mesmo lá na no velório E aí ó vai chegar 6 horas sete horas da tarde já lá no cemitério ali na no Tatuapé sair de casa tá da hora tava ali o cara e acertei ali com ele fui lá fiz tudo é assim vai mais alguma coisa aí tem mais uma aqui do Márcio e ele perguntou se teve se ele teve algum colega de profissão alguém próximo na profissão que e abandonou o trabalho porque viu alguma coisa o que viu não é um caso que fez o cara sair da profissão p*** não vou conseguir mais seguir você não aí pode ter pode acontecer de da da da pessoa mas não era meu amigo já eu soube que saiu da assim pediu uma licença assim porque a parte de ecológica dele não tava legal E se eu não me engano ele ele é não tava conseguindo fazer o trabalho então ele foi na diretoria lá tal e pedir um afastamento por um tempo para ele né mas não quis seja não era meu amigo assim o conhecia o Fernando motovlog ele mandou aqui ó perguntas sobre aquela chavinha que às vezes colocam em cima do corpo e parece que é para Não explodir algo assim que isso novinha gravador de vídeo game né já viu alguma coisa ela não explodir Como assim você atentado terrorista não é não é com ele Nossa de roupa nem não sei nem como chavinha vou explodir a Deus não ia fazer uma pegadinha da Quando tu morre hoje podia não ser que fosse uma chavinha ligar a chave para mim achavam chaveiro a chave foi uma chavinha eu quero não se pode poder repente ele tá tentando fazer uma pergunta e não tá no seu direito de expressão legal corretor foi o corretor vamos aqui me parece que é para Não explodir algo assim chato isso aqui tá não explodiu a relação de chave e explosão aquela chavinha E aí para o relógio da Explosão tratada cortar o fio azul da isso é uma coisa repetida tentando explicar até perguntar e não se pessoa não tenho nada na cabeça chavinha querendo acudir em se adaptar quando você falou chavinha tem uma e não é uma chavinha uma coisa que a gente bota para a tampa do caixão e a gente entende ali para não ter violação no corpo né mas não é em cima do corpo é na lateral isso é maravilhoso uma pergunta ele vai tirar o cachorro corpo né Só que eu gosto muito mesmo eu queria saber sobre o pessoal que estuda essa área eu preciso de qual momento que eles começam a ter eles começam a ter contato com o corpo depois de um certo tempo né com os corpos certo é esses copos eles são o que a gente pode que eu não sei eu tô olhando que estava na faculdade tinha o curso lá de enfermagem a eles a palavra tem um copo já preparado lá época não esse copo só do dia a dia quando a gente vai fazer estágio uma pessoas que morreram uma hora e depois a hora antes de Mas eles eles são tipo como é que fala eles são liberados eles aconteceu assim um voluntário o trabalho de pesquisa em gente vai de gente eu posso acionar o negócio eu quero que meu corpo seja destinada hoje aí eu acho que ele explica então não ali é isso aí é mais sua parte data de faculdade né Que os corpos ficam lá dentro do formol para conservação tal então tá o dia tava lá assistir ali para ter o estudo mas que corpos acho que essa pergunta na que corpos são esses a pessoa antes de morrer ela nem dor de óleo que é uma autorização é isso tudo aquilo todas tipo doador de órgãos tu descreve negócio que tu quer do ano para faculdade Saquei só que eu voluntário não foi a palavra muito boa é mas é mas é mas é voluntário é eu acho que ele tem que falar no mix e me fale e tem gente que eles usam a depois de um dia hoje em dia sim tem mudou um pouco esse nome não fala assim para a gente não ande gente sempre falava em gente hoje em dia se fala se desconhecido ficar um negócio mais né mas o corpo de desconhecido aí ele pode ser usado Ele pode ser tem Nossa autorização ele pode entender se ele não for desconhecido tem que a motorização do cara que morreu Ok mais alguma coisa aí é isso aí por aqui a gente fechou o só pra divulgar o curso onde estudar aula para o pessoal que se interessou na profissão procurar isso aí bom é eu dou aula na WT Centro de Estudos fica na Major Quedinho 111 na e o telefone Eu tenho um tem WhatsApp que é 98311 10879 igual a Daiane Falar com a Camila falar com a Lizandra e tem site também tudo bonitinho eh tá entrou lá deve ter sendo de estudo já atende o telefone já tem tudo bonitinho aqui em São Paulo em São Paulo perto do metrô Anhangabaú e tem em outras cidades do Brasil esse mesmo curso entrar em Rio de Janeiro tem algum lugar hoje em dia tá bem atribuído pelo Brasil e bueiro o w é isso eu te Centro de Estudos Então tá o Instagram dele também tá na descrição do nosso vídeo aqui então você pode seguir lá quem se interessou na no assunto e quer seguir essa profissão Segue o cara aqui e entrar no WT Centro de Estudos e isso aí procura no Google e acha lá Miguel obrigado boa valeu por viajar depois esquece deixa eu só dá um rolezinho Aki vou mandar um abraço para minha mulher né A Val é para me deu muita força dentro da área aí E assim a pessoa muito gosto muito que eu amo muito então tô mandando esse esse beijo ela é por meus familiares no Rio né meus irmãos meus sobrinhos a todos os meus amigos lá do Rio é especial um amigo meu José Carlos né que é o meu meu guru assim espiritual vão dizer e um abraço Zé Carlos né que tudo corra bem aí com você um pessoal toda a sua casa aí Oi e o pessoal da Diretoria da WT o Luiz a Daiane a Neide o Fábio Camila Lisandra obrigado pela oportunidade e vocês aqui pela oportunidade eu poder falar dessa essa profissão que vem crescendo né é melhorando cada dia e que é de uma importância muito grande não só né para maquiagem mas a tanatopraxia o auxiliar de necropsia o o agente funerário são profissionais nós podemos mudar essa imagem desse profissional é um são profissionais capacitados profissionais que um trabalho que não é fácil né E tem que ser sempre valorizado boa valeu obrigado obrigada valeu é segunda-feira estamos de volta né isso aí só da última vez aqui para o pessoal também é sobre o emblema em 24 horas no ar e aí vocês tem até tem até amanhã as 2:30 para resgatar no site é para quem chegou agora tá aqui parecendo o seu colocar bonitinho sabe por quê Porque a gente tá com a gente tá mandando muito bem nos emblemas cara até mesmo a gente tá muito bem o número de resgate de emblema tá muito alta tá bem da hora isso aí da tem uma resposta muito boa do público tá Tá mas a gente tá ganhando de alguém e a gente tá em último não está esperando você tá ganhando de alguém eu não tive essa não perguntei isso aí tá ganhando Vênus eu quero saber traga essa informação na segunda-feira bem Beleza mas esse aí você tem 24 horas para resgatar e é isso aí como é que é o código O código é parece que tá vivo boa você resgata lá no site do flor e usa lá então tá valeu pessoal bom fim de semana para todo mundo tchau Caio falou até semana que vem tchau tchau tchau

Trivia

Curiosidades do episódio

O que o pessoal achou

Comentários


Compartilhe com seus amigos

À Deriva

Entrevista com um toque de humor, por Arthur Petry

Miguel Carlos (Necromaquiador)

Miguel Carlos é professor de Necromaquiagem, Reconstrução Facial, Técnicas de Necropsia e Anatomia da face.