Transcrição

e fala pessoal bem-vindos a mais um episódio aqui do à Deriva e antes de começar esse programa é acesse saco cheio. Tv que a forma de me apoiar e consumir as coisas que eu faço na internet o poder que é saco cheio desinformação e os assinantes da plataforma é têm acesso ao grupo exclusivo do à Deriva no telegram onde eles podem enviar perguntas para os convidados do do à Deriva aqui então o pessoal já tá mandando mensagem no grupo no grupo do telegram para o convidado de hoje então se você quiser apoiar financeiramente receber algumas coisas em troca por exemplo acesso esse grupo acesse aí saco cheio. Tv e tá rolando promoção de black friday lá no saco cheio. Tv acessa aí para me ajudar valeu e é que tu me 21 treinos para fazer em casa se você não gosta de ir na academia ou não gosta de levantar peso mas quer se manter em forma quer mexer esse corpo aí fazer alguma coisa é acesse Arthur Petry ponto com barra x-treme 21 que é uma plataforma com mais de 200 tipos de treino para você fazer a e usando o peso do seu corpo em qualquer lugar no quarto na sala na academia do prédio no parque enfim são treinos funcionais que você pode fazer apenas tendo seu corpo acesse aí Arthur Petry ponto com barra x-treme 21 e o WhatsApp online. Com. Br/Arthur Petry para você aprender a falar inglês de uma vez por todas as essa aí o WhatsApp online. Com. Br/Arthur Petry É isso aí no convidado de hoje grande Eric Surita o beleza estava falando treininho Botar todo mundo falando que eu tô com a barriguinha mas não ia tomar muito na quarentena aí tá difícil manter a forma eu peguei correndo lá nos Stories fazendo eu tento eu tento só que chega final de semana cachaça braba aí corre todos os dias ou um pouco cão Eu Corro três quatro vezes por semana três quatro vezes eu gosto eu gosto mais para manter também a cabeça em ordem a 5 a corrida para mim é uma terapia mesmo mas Oi como é que tu descobriu que exercício físico ajuda na sanidade mental Clara foi quando a última crise depressiva de uma crise depressiva E aí aí eu comecei a correr e aí eu percebi que aquilo me dava um bem-estar danado e foi uma das um dos uma das formas de driblar os esses gatilho sair da depressão foi a corrida então pô eu sou eu toda semana eu gosto mas aí chegou essa pandemia eu até fiz o trabalho a gente tava conversando Em off aqui no trabalho do Setembro Amarelo vão trabalho com em consumir muito porque eu acabei acumulando muitas funções de coordenação de produção produção de pauta coisas que eu não gosto de fazer E aí enfim aí eu acabei deixando um pouco de lado os exercícios físicos engordei mas agora eu tô de volta eu tô me sentindo uma velha senhora sentiu alguma recaída na nas crises psicológicas o resultado de correr cara nesse ele nesse projeto foi muito louco foi muito intenso eu fiz com o Marinho que é meu parceiro de trampo agora lá na Jovem Pan e aí e aí como é como foi algo Eu tava no acúmulo de frustrações cara não acabou que eu tive meu computador roubado uma vez Furtado aí é a enfim esse trampo consumiu muito o meu eu tava envolvido com uma pessoa mesmo que acabou aí não sei o quê aí chegou esse trampo aí logo depois que eu terminei esse trabalho eu tinha acabado de dar uma entrevista super legal para a Marie Claire falando sobre isso psicológico que eu já te disse esses problemas enfim psicológicos como eu tava no caminho tava indo para casa do Zezinho toma o que eu faço o trabalho aí me liga minha amiga e fala para o seu o nosso legal que enfim é um grande amigo meu de Infância ela tinha acabado de tirar para vir ele não sei o que então foi um acúmulo de frustrações aí em setembro né mas é um ano meio maluco Então beleza aí desde Outubro assim eu voltei a me reconectar só como eu tava com muito trabalho e isso acaba consumindo a gente precisa encontrar algumas dosagem sair da vida né para não para não surtar para não ficar louco tô se importa e falar mais sobre esse Não de jeito nenhum eu até que perguntei porque pouco começar já com esses assuntos pesados né Vamos lá eu vou fundo eu quero saber porque ninguém vê de fora não imagina Inclusive a minha situação também quem me Quem me conhece desde o início sabe porque eu falo sobre isso abertamente sobre os meus ursos sobre os meus problemas e ajuda muita gente a superar mas assim que vêm de fora quem consome de fora e vê uma foto no Instagram não imagina que todo mundo passa por esse problemas e eu quero saber se principalmente é antes de tu começar a correr que tá falando que teve alguns surtos de depressão e foi especificamente como isso funciona na tua cabeça cara a as cinco seis anos atrás ou eu comecei a perceber eu tava num relacionamento muito longo tá não sei o que terminei é morava junto com a pessoa e tal não sei o quê aí fim aí nisso você tá quatro anos junto tava com contrato legal no SBT trabalhava no SBT fazer uma graninha maneira tava com meu espaço lá do dedo assim de um momento para o outro se acaba me perdendo tudo e tal e aquilo eu já havia percebido anteriormente que eu tinha alguns descontroles emocionais Mas enfim aí comecei a me tratar e chegou um momento que nesse tratamento com uma uma psiquiatra algumas ao tanto eu quanto ela negligenciamos de certa forma o tratamento e oca Acabei tomando uma dosagem de um remédio enfim além e e e e aí em 2017 foi 2017 para 2018 eu tive eu tive um surto muito louco assim então como eu tava eu tava tomando um tal do remédio que eu eu não lembro era um antidepressivo que chamava como é que se chama é que sabe ó é algum desses é algum de só que eu tava tomando uma dosagem muito alta que eu acho que depois eu fui descobrir que nem era necessário mas perto vai procurar pode procurar esse esse tratamento é o que que tu tava sentindo especificamente então eu eu na verdade não foi muito bem pensado eu ao invés de eu procurar uma psicóloga fazer uma terapia eu fui direto para psiquiatra enfim ali a gente meio que errou no tratamento eu acabei tomando um dosagens muito altas eu sei que eu tomava um canhãozinho bicho era um remédio desse tamanho assim e eu comer e foi mesmo negligenciado porque eu passei de uma dosagem baixa e toda toda a sessão ela e aumentando aumentando aumentando e quando eu fui ver eu tava uma semana sem dormir com a pupila desse tamanho de repente minha família voltou de viagem eu encontrei meus pais eles viram só o cara aqui é só é essa que que esse cara tem que esse moleque louco ele tava uma semana sem dormir eu falei com amigos médicos e Poa É como se você tivesse cheirado o sete carreiras de cocaína por dia sim eu tava completamente louco e a enfim aí obviamente troquei de psiquiatra troquei o tratamento eu fui descobrir que eu tenho uma ciclo tem uma tal da ciclotimia que é como se fosse uma bipolaridade digamos assim só que mais amena Então eu tenho essas variações de humor Então são ciclos São fases assim de por exemplo de três em três meses que eu ficou muito fólico muito acelerado e as fases que eu fico depressivo então aí eu fico deitado o dia inteiro na cama tal não sei o quê mas eu fui descobrir com o esse outro psiquiatra hoje em dia eu tomo uma dosagem baixinha do antidepressivo um estabilizador de humor Isso me deixa mais tranquilo assim me deixa na verdade constante né mas eu fui descobrir esses controles emocionais por frustrações profissionais e frustrações pessoais assim e enfim hoje envia caramba é legal fazer eu faço terapia constantemente eu vou ao psiquiatra uma vez a cada dois meses mais ou menos só para controlar e tal mas eu acho que a terapia O mais importante né você fazer essa auto-reflexão se colocar no lugar é de se entender né de toda semana você tá lá e buscando o ressignificar certas coisas certas atitudes que você tem na sua vida e eu acho que você vai se entendendo mas eu descobri porque eu tinha esses descontroles emocionais especialmente uma vez e é que eu percebi que eu tinha um eu tava enfim nessa fase pode SBT tava com dois trabalhos no fim eu acabei ficando sem os dois trabalhos ou e eu não conseguia lidar com aquilo de uma maneira racional ou eu sou um cara impulsivo compulsivo Tem certas coisas assim que eu eu trato mas é muito louco no mundo que a gente vive hoje em dia em São Paulo tem pesquisas que falam que o uma cada quatro pessoas tem transtornos psiquiátricos então em São Paulo ela ou a cidade que mais tem transtorno psiquiátrico também quando a velocidade dessa cidade que é muita coisa acontecendo e é muita gente muito barulho não sei se eu moro no centro é muito barulho e é muita coisa e eu percebi que eu não sou daqui não vim para cá em março percebi que a minha saúde mental ela já não na boa mas piorou estando aqui a piorou bastante mas esse perceber que tudo o que que tu não tinha parece que que tu tava sem controle emocional as crises lá na época que estava com esses dois trabalhos que tu perdeu eles que como é que tu reagiu a isso especificamente do significou a tua vida toda em função dessa dessa derrota momentânea foi isso tudo não sei lá eu sou um fracasso porque por causa disso e isso gera um loop na tua mente Total total é isso faz mais ou menos seis anos em 2015 aí depois eu acabei tendo aquele grande surto que foi ali que desencadeou o fato de eu realmente tratar isso com muita atenção né na minha vida mas até então não fazia terapia não tinha não tinha esse esse trabalho com a minha saúde mental que é completamente necessário é mas eu eu percebi que eu tinha atitudes completamente infantis assim não infantis no sentido de me espernear mesmo não sabia o que fazer eu não sabia lidar com a minha frustração então e eu até vou você mais específico assim eu eu tinha feito eu tinha acabado o meu contrato com o SBT se forem 2015 eu fiz uma novela aqui até sucesso até hoje qual é o nome da Chiquitita senhor ela tá até hoje lá as crianças agora assistem que tá no Netflix aí pro quarentena criançada sem aula então é o Beto personagem até hoje faz assim um barulho vai engraçado mas aí eu terminei Essa novela aí eu tava entre um trabalho na Rede Globo que era Malhação e Disney Channel aí eu lembro que p**** não sei o que que a produtora da da Globo ela vai produtora de Elenco falava não porque tal Porque vão me deu o nome do personagem eu já estou aqui legal vou voltar a trabalhar na Globo quero voltar só que eu tinha ao mesmo tempo feito um teste do Disney Channel que o que eu tinha sido aprovado por uma série e tal e aí eu fiquei naquela situação de melhor ter um passarinho na mão do que dois voando tá perdendo ali Os Dois Passarinhos porque a produtora que me baixo lava no fim falou que eu não passei no teste o trabalho da Disney Channel eu meio que falei não eu tô com outro trabalho em vídeo beijo tchau e ali eu lembro que como eu tava em contato direto não tinha nenhum assessor não tinha empresário não tem essas coisas eu não tinha esse poder de negociação Eu lembro que não conseguia ser claro e transparecer de certa forma se comunicativo ali e aquilo cara me fez uma loucura porque você sabe como que é o trabalho artístico na gente é muito difícil você encontrar uma Constância uma disciplina né hum uma vida estável estável número da habilidade é muito difícil de se encontrar essa estabilidade Eu Sempre busquei muito isso e enfim até depois eu fui estudar outras coisas trabalhei com outras coisas que para mim é ótimo hoje eu tenho mais um pé na produção até do que na do que assim lá na frente do palco graficamente usar Me envia aí eu percebi que eu tinha esses problemas emocionais e tal e desde então emitrato e enfim fui diagnosticado com isso hoje eu sei muito bem lidar tô sei lá agora tô quatro anos direto em terapia então é Raramente eu tenho essa eu consigo tratar de forma que o que eu ganho uma estabilidade emocional ou é maravilhoso né o que tu aprendeu porque eu tenho eu também tenho eu fui diagnosticada com bipolaridade só que eu não tomei remédio não gostei eu tomei remédio e me senti estranho e eu não eu não faço tratamento hoje eu percebo que eu tenho essas oscilações de vez em quando dá uma p*** p*** desânimo e eu dá vontade de ficar na cama esses dias Inclusive eu tive eu me arrumei para ir na academia e sentir aquele negócio ruim eu fazia tempo que eu não fazia eu tava com a roupa da academia deitei não vou conseguir ficar aprendeu sobre sobre como lidar com isso ti e os remédios e e a ter a princípio importante fazer mas que tu mudou dentro da tua cabeça para conseguir lidar com esse Tu aprendeu sobre a vida especificamente falando e o Arthur eu acho que cara é eu é barril essa auto-observar esse poder de se observar né é eu percebi que eu que esse esse poder de você consegui-se entender e enfim e driblar eu acho que driblar por exemplo um esporte algo que você consegue muitas vezes driblar certas gatilhos de depressão Esporte trabalho é uma coisa da rotina a própria rotina e se você conseguir estabelecer uma rotina seja com trabalho seja com Spot para sua pelo menos na minha cabeça e isso já foste fica sabe já evita com que eu caia incertos armadilhas mentais certas armadilhas mentais Exatamente é até uma rotina estabelecida é muito boa eu percebo que quando eu começo a deixar um pouco de lado a rotina e começa tipo assim as vezes o tempo no computador que o que queria ficar da 9 horas ainda tô lá no YouTube vendo coisa eu percebo que se eu faço isso a minha o meu Nacional começa a piorar e quando eu estabeleço uma rotina rígida o fala quando tem esse tipo de coisa tu tem que se tratar como se tu fosse teu próprio pai assim ET xingar ela não vai dormir acorda esse horário vai na academia como eu no mesmo horário Eu também percebi que estabelecer uma rotina em seria Esporte nesta rotina e seguir ela de forma rígida é muito bom a longo prazo Isto vai percebendo que começa a ter menos crise então Mas o f*** é o cara conseguir dar o primeiro passo e sair para correr por exemplo ela é essa primeira atitude que é muito complicado exato não mas é o que você falou é a longo prazo então é uma batalha tua o Léozinho por dia mesmo assim é todo santo dia toda semana você tá lá para gente que segue uma profissão artística é mais difícil mas agora a obra essa pandemia cara deixou todo mundo à flor da pele hoje todo mundo inclusive eu tava teste de uma matéria aqui que o grande desafio da após com anemia também vai ser a pandemia da depressão porque enfim as pessoas perderam essa existência de rotina perderam o fato de sair de casa etc é escritório contato social então é uma vai ser uma busca uma busca e sociedade mesmo que a gente vai ter que enfrentar é agora é interessante isso até tava conversando com uma psicóloga amiga minha ela falou para as pessoas que tiveram esse contato o pré pandemia com a depressão a depressão não pegou elas de forma tão grave quanto para quem nunca tinha entrado em contato com depressão a cidade etc Porque a gente já certa forma como a gente já já esse lugar já conhecia esse lugar a pandemia não chegou tão forte a gente já sabia certa forma já tinha uma estrutura psicológica para lidar com isso sim e p**** eu me identifiquei com isso porque é a O isolamento acordei minha amiga pegou Óbvio pegou Todos nós né que você tem certeza de futuro enfim de sociedade mesmo mas mas eu consegui a lidar com calma e Óbvio também não deixei de correr assim teve alguns momentos de isolamento tu não pode sair de casa tal que o momento que eu falei cara beleza eu vou correr de máscara e fui entendeu Porque também é esse lugar da rotina que você precisa e a gente a ser humano B e eu acho que ainda bem que tava flexibilizando um pouco não sabemos como vai ser aí né Depois das eleições se volta Lock Down se fica mais a gente eu acho é encontrar esse estrutura Mental é é importantíssimo caro mas como é que foi para para ti conseguir dar esse primeiro passo de sair para correr depois de ter tido uma crise pesada com várias coisas que aconteceram na tua vida é quando é que te deu o estalo Tava imaginando em casa mal e pessoal amanhã vou começar a correr porque eu sei que isso vai me ajudar o desafio de acordar e fazer porque eu sei que às vezes a gente promete que a gente vai fazer e não chega o dia seguinte ele não faça e uma hora tem que fazer o quê que tu aprendeu sobre o Zap especificamente essa atitude de conseguir fazer então é cara eu boto eu não sei se vai chega um momento em que você você tá tão habituado aí correr que você tá tão habituada praticar aqui é fácil começa a ficar estranho você não ir é tão bom isso né porque por o meu corpo hoje em dia ele pede para ocorrer mas é realmente naquele primeiro instante você fala por aí eu tinha amigos me senti sempre me incentivaram vamos vamos vamos isso para pandemia e tal aí eu ia aí enfim aí eu boto minha musiquinha cara eu vejo aquele dia bonito Olha eu pego de manhã e vou cara e vó e o meu dia se torna muito melhor muitas vezes até vou final final do dia também quando quando não encontro tempo ali matinal mas eu acho que é uma superação duas consigo mesmo ali né e Pô isso vai ficar 40 minutos no girando o feed do Instagram também será p**** entendeu a gente tem gente que fica se tu for ver o temporizador que os celulares têm hoje meu ele te mostra quanto tempo tu fica no Instagram aí tu vai Lívia tá 3 horas e já ter corrido 40 minutos oito na academia durante uma hora eu fiquei nessa p**** o dia inteiro coloquei o limite no meu também o documento no teu Tenho limite de duas horas lá para o meu vou ter 15 minutos né é casar menos eu sou eu só uso o senhor precisa usar eu sei que se eu precisar usar não precisa usar 3 horas eu vou no máximo divulgar alguma coisa ver o que eu acompanho eu quero ver eu vou dar um like alguma coisa ver as minhas DMC deu acabou eu sei que não tem porque ficar é Teresa negócio totalmente excessivo não eu também o Coloquei duas horas ainda muito que que é que tu tá tu usa muito para trabalho né uma seu Instagram Eu uso mas também perco meu tempo ali pô tô solteiro não sei o que fica ali tá é não tem jeito cara famosa dele tá m**** você fica presa muito louco mesmo você ficar preso a às vezes eu penso em sair das redes eu falo o cara tá que também tudo bem a gente usa para trabalho tem que ter uma visibilidade tal é mas as muitas vezes eu falo tá até que ponto também as redes sociais obviamente não fazem bem para nossa saúde um par ao é óbvio que tu viu o documentário aqui na Netflix chow-chow da Helena e Total total falam que deram uma certa exagerada mas também tem muita coisa real eu realmente acredito que eles botaram mais que é para nos prender e fazer a gente virar um ratinho de laboratório ali e ficar girando aquele negócio ali e quando a gente vai ajuda a gente vai dar informação para eles eles vão ganhando save e pois Muitas vezes os cara não te paga nada o Instagram não me paga para tá ali eu não é nós né a gente assim não é o cara fala uma frase muito interessante né fala se você não paga pelo produto você é o produto é a gente é um produto do negócio e a gente assina e aceito os termos e vai agora o esse trabalho até que eu fiz o pessoas precisam de pessoas no em setembro junto com a TV tal foi bem legal porque a gente certa forma tem por explorar esse sentido mesmo de como a usar as redes sociais o nosso favor né como também compartilhar coisas mais legais assim que também não extinguem a comparação ou muito narcisismo engraçado nesses últimos anos enquanto a gente ficou narcisista com isso e tal então a gente se refletir mesmo né você colocar nessa posição de refletir fala tá mais de tá usando também para que esse negócio vamos usar para compartilhar coisa legal enfim eu te pego em alguns momentos é na usando a rede social e pensando cara que você narcisista agora o caí nessa pegadinha direto direto direto hoje em dia eu uso mais até o povo e Friends o para postar minhas besteiras assim nesse besteirol é mais direto você fala tá tô aqui fazendo a selfie para que né tem por que não fazer para ganhar like para não sei o quê para ficar lá tirando onda sabe e tu tem quanto tem quase meio milhão em já tem 400 mil potência deve ser uma loucura saber que tem meio milhão de pessoas te acompanhando e te seguindo se deve mexer o cabeça de alguma forma eu não sei é muito louco né hoje em dia a gente tem tanto nós já tem tanta gente que tem seguidor que não sei o que você fala tá é mais um sabe eu não sei eu não eu confesso que eu nem eu não pensa muito nessa não não é que eu a gente sabe né tá lá para a gente ver comparar mas mais por exemplo muitas vezes às vezes eu vou tava te falando produz trabalhos o parte participou de concepção de projetos e tal eu muito busco por exemplo pessoas quando eu faço produção de Elenco eu busco pessoas pelo pelo talento eu não vi os números seguidor pouco importa sabe é óbvio que ali na uma parte comercial talvez a marca se interessa mais por determinada alcance é mas eu acho que as pessoas e as marcas Isso é uma visão talvez até muito otimista minha elas estão com uma outra percepção em relação a isso sabe a influenciadores né como a gente gosta de chamar então elas estão buscando pessoas que sejam mais como eu posso dizer mais relevantes socialmente que têm algum propósito social que muitas vezes aquele seguida aquele influenciador que ficou famoso por ser bonito por por postar fotos sabe ostentando ou por não sei o que eu acho que a gente está caminhando para isso mas é uma visão uma visão otimista minha eu acho acho que no final das contas é o mercado sempre vai no Mais garantido não pode se apegar tanto a esses detalhes no mercado Principalmente eu queria te perguntar também uma coisa se o fato de qualquer coisa que tu faz qualquer coisa não mas as coisas que tu faz do dia a dia acabam virando notícia ficar parecendo o foco isso te incomoda emojis é chato ter isso na vida cara é eu não gosto sabe eu não gosto eu prefiro muito mais depende dar um site de fofoca seja um Léo Dias por conta de um trabalho legal que eu fiz do que por pela minha vida pessoal mas eu sei que é o que eu tava que a gente acabou de falar né É uma visão otimista minha porque realmente dá muito mais queria que a quem que é a namorada do namorado do Eric Surita do que é do que realmente ao trabalho do Setembro amarelo e tal ela tá vendo sai um monte de notícia do Lucas selfie é aquela eu ligo lá cara quê que isso que o cara foi o jantar agora comigo dele e virou uma então p*** uma p*** polêmica gente se posicionando E aí você fica pagar um post porque ficou umbigo uma frase c****** como é que eu eu falei eu e depois o Léo Dias me entrou em contato comigo e tal ele tá tava trabalhando na Jovem Pan então a gente acabou pegando uma proximidade tal é mas eu eu falei eu aqui nessa situação com Lucas que é um grande amigo assim eu acho que aí também existe um negócio do da falta de normalização de afeto entre homens não foi por eu coloquei no posto eu coloquei o meu amigo pena que você saiu mas ainda bem que você vai estar aqui comigo porque eu sinto falta do seu abraço do teu beijo carinhoso tal mas era uma coisa de amizade só que as pessoas também muitas vezes interpretam uma maneira que elas querem interpretar né É eles alguma coisa que nem tu teve que apagou o post porque cara eu apaguei porque começaram a me xingar vi eu depois eu mesmo Descobri que ele tava tá ficando sério com a menina lá dentro com uma raiz a isso e aí começaram a vir me xingar não porque tal Porque é selfie eu não sei o que eu falei o clube do casal começou a xingar Eu falei ixi bicho mexer coloquei alguma coisa tá errado aqui aí eu falei bom vou apagar antes que que isso que sugira e muito antes que subir fofoca Mas acabou virando fofoca Então velho que loucura enfim o até tava com ele agora na jovem para ele tava lá dando uma entrevista e tal e ele brincou comigo falou é não sei o que é fez um Story lá para tirar uma onda mas é engraçado comum como a fofoca as pessoas gostam de consumir Especialmente na rede social né então acho que apagar esse post é tipo valorizar o dará pontos para essas pessoas às vezes agiu crise que se importam com esse Pois é eu eu ali como eu vi que tava repercutindo muito e eu fiz meio Foi espontâneo foi uma coisa do tipo Pô vou fazer aqui tô eu tô tava morrendo de o filho da mãe do Lucas que tava lá preso em três meses foi Portal com saudade dele e aí eu fiz no calor do momento a gente assistiu a fazenda eu minha mãe meu pai também envia aí eu falei cara fiz o post para ele aí vieram com toda essa interpretação e tal Eu falei a realmente talvez eu dei munição também ali para mim tia Sabe tem munição ali porque da forma que eu falei carinhosa que quer como eu trato meus amigos minhas amigas eu sempre trata de uma forma muito carinhosa e só que como é os dois os dois são assumidos do sexuais tanto eu quanto Lucas então acabaram então querendo interpretar dessa forma assim tal e enfim aí se você dá munição também eu dei munição e depois eu falei eu pensei eu falei p*** de munição para os caras fazerem fofoca também eu não posso ser hipócrita de falar que estão querendo forçar minha vida o que tem alguém atrás de mim aqui na rua não foi o caso sabe é uma visão muito ingênua minha mas tu não não passa outra cabeça assim f***-se a mídia vou ignorar esses caras e vou manter a minha vida e não vou mais me basear nessas fofoca vocês quiserem falar a grande difícil não não então Pedro eu já isso passa passa na minha cabeça mas eu falo isso só vai acontecer a partir do momento que eu decidi excluir meu Instagram o Twitter eu já excluí o Facebook eu não uso mais o Tik Tok eu só vou usar se me pagarem bem o o Instagram eu falei cara é um dia que eu que eu apagar minha rede social aí eu acho que eu esse pensamento eu vou conseguir realmente colocar em prática Porque até então aquilo que afeta sabe sem entra ali no Direct você vê não sei que é escrevendo tal você vê teu nome no assunto relevante assistir marca no posto aí você fala p*** que não mexe com você né as pessoas nem comentar alguma coisa mas é um pensamento que eu pretendo colocar em prática mesmo assim agora muito quem tá lendo o teu nome Insight as pessoas falando e deve Cara que p**** é essa que estão falando isso é uma coisa também eu sou também filho do cara né do Emílio Paulo é uma coisa que eu não planejou não escolhi é né então mas eu sei que as pessoas sempre se interessaram pelo pelo Emílio e tal então obviamente o fato de eu ser filho do cara isso eu vou dar uma forma e sabe quem é e da clique sabe o teu filho de Emílio Ah não sei que também eu tive meus momentos lá de colírio Capricho junto com meu irmão e aí isso isso foi gera curiosidade das pessoas de querer saber da vida pessoal e tal mas é isso que você falou eu achei do momento que eu falo cara f***-se eu sou eu mesmo você que eu sou e f***-se entendeu Quando é quando é que foi que tu que tu sacou Eu sou filho do homem e isso gera uma certa um certo interesse no público e algumas responsabilidades em mim que até Então imagina eu não faço a menor ideia se o Emílio é conhecido ou não chega uma hora que deve bater uma um c****** eu sou responsável por algumas coisas aqui porque você não vai bater na figura dele quando é que tu saco isso quando é que tu viu isso E como tu interpretou a sua história fosse uma boa pergunta eu eu acho que cara desde muito moleque assim quando pane começou a estourar na tv' obviamente na TV a gente eu senti isso muito mais Porque até então a rádio tinha aquela coisa do meu pai se a grande voz sempre foi grande voz tudo bem ele sempre trabalhou na TV mas o pânico foi o Kiko o que levou ele e por né o que for projeto da vida dele e ali eu eu percebi o Óbvio a gente muitas vezes eu ia nas gravações e no set de filmagem Às vezes a gente até ia no Pânico no navio a percebia que muitas pessoas se aproximavam de mim é perto para tá perto do cara para não sei o quê e tal e aí a medida claro que você vai ficando adulto você vai percebendo que o cara tem que certo poder conhece muita gente influente p*** cara talentoso inteligente isso e tal e aí eu comecei a entender isso mas é mas eu acho que foi foi a medida que você envelhece né você vai sacando que que que enfim que as pessoas têm um interesse também de tá perto ali daquela naquele ambiente e tal é mais enfim é óbvio e pela história que meu pai tem também o Emílio ele tem uma história que p*** vem desde os anos 80 e cada vez até antes mas começou na Band lá foi o primeiro o cara que tocou black music não sabia ele cada vez que ele me conta as histórias eu vou me surpreendendo mais Caramba como você tem chão bicho bom e é muito louco né e a gente aqui É moleque tá adulto é mas que ainda tem muito chão a gente não imagina né o quanto que a vida nos traz de história e tal como é que é também saber porque eu sou fã do Emílio ele moldou meu caráter de certa forma que eu acompanhei acompanha o pânico acompanhei desde 95 96 e não para escola com a minha mãe ela me levava para a escola de carro e a gente ouvindo Pânico na Rádio então sempre escutei ele certa forma inclusive que eu tô fazendo agora foi incentivado por ele que eu era viciado em rádio e ele era grande voz do rádio ele foi um cara que que eu fiz um bravo lavar esse cara que talentoso e se comunica que f*** pra c****** tu não tem essa visão que você entrou não consigo curtir o pânico como todos nós da nossa geração curtimos faz sentido isso que eu tô falando que seja dentro trouxe tem a noção para fora como é que as pessoas enxergam Oi Total não tem é isso aí isso é uma coisa que eu me pego pensando assim eu não tenho às vezes eu sei lá eu não sei eu às vezes eu comparo sei lá o Emílio com ser alguém que também é super famoso tal aí eu consigo compreender um pouco Sei lá eu adoro Galvão Bueno por exemplo também fanzaço do cara eu eu falo é será que me por meu pai o Galvão tá será que é mais ou menos na mesma proporção mas mais sei lá eu respeito muito a carreira a carreira dele eu enfim e eu curtia pânico como um jovem havia se divertir o pânico eu sempre gostei mais na rádio também você também né Eu sempre gostei aquele CD eu tenho que ele CD de música eu quero tipo Pô Essa menina é de Boston eu sei é muito antigo concerto era cassete lá em casa a gente já fitinha com a serra e lembrando encarte é um bonequinho dentro pegar o telefone assim pouco assustado e eu vi muito essa esse CD na minha c****** macacaralho é muito boa para mim na levada do Mamonas né eu lembro mamona surgiu ali 95 Raimundos também veio Nessa onda é ver mamona sai Mundo Pânico que mais alguns ali daqui dessa onda de zoeira né era muito bom aqui conosco zoeira eu falei não não eles faziam shows as três grandes eu lembro tenho vídeos deles do do Pânico eles não é no Gugu faz é piru essas pena com muito louco muito louco muito louco hoje p**** essas músicas completamente é hoje seriam cancela não escreve seria preso e seriam presos com certeza e eu acho que eu não lembro se o bola eu acho que o Bola Não tava ainda era o Emílio era o Billy mas tudo mais sobre ele só na caixa mais sobre ele porretinho e eu já para não ter o japa então o japa eu acho que não era parte da banda eu não lembro agora o seu bola tava p*** é muito antigo isso cara é muito louco mas a gente é a gente tem algumas recordações assim dessa época né É É interessante né bicho cê vê quanto quanto de coisa o velho já fez já é engraçado e parte foi mais fácil em contrato a provocação na vida por estar já inserido no meio artístico ou tu sofreu algum momento pensar será que eu tô eu quero ver artista comunicador e apresentador só porque a minha família está nesse meio tu chegou até outro até hoje até hoje eu tenho umas crises existenciais assim falo que será que é isso que eu quero e tal mas sempre percebi que eu tinha uma vocação para isso muito jovem eu comecei a trabalhar com isso acabei de trabalhar na eu tinha um canal no YouTube 2009/2010 quero chamar ah moleque FC é um canal de boa Oi algusta sou muito fanático pelo Corinthians e tal aí comecei esse canal com os amigos meus por acaso fiz algum barulho o meu irmão virou o colírio da Capricho enfim começou a fazer uma baita febre aquele negócio na época a gente era muito criança era um negócio que muito também narcisismo de culto à imagem até umas reflexões mais profundas a interessante mas mas enfim aqui não foi uma febre e tal a gente começou a trabalhar para algumas empresas tipo a forma turismo no mundo esses vídeos da forma turismo eu acabei fazendo uma reportagem junto com uma menina e aí me chamaram para trabalhar na Globo para apresentar a TV Globinho Oi e eu acabei sendo assim como Maurício Meirelles acabei enterrando a TV Globinho TV Globinho Eu fui o último apresentador da TV Globinho mas isso com por 18 19 anos né Então você já começa na Rede Globo e tal c****** deve ser uma carga para um psicológico de um jovem assim e mais assim só aconteceu naturalmente só que p**** não tinha noção nenhuma da vida então quando quando eu comecei a minha vida profissional já tá pisando lá no Projac aqui o Claro você fica deslumbrado você fala outra beleza mas aí Óbvio depois de isso acontecer tal as coisas vão passando você vai tomar no pernada da vida você vai você vai enfim se f****** mesmo e aí você começa a se questionar comecei a me questionar bastante e fui fazer outras coisas trabalhei em agência de marketing faz um bastante tempo que eu trabalho com ações sociais que eu trabalho com ONGs e tal o e fui descobrindo outras coisas também fui estudar RB jornalismo outras coisas eu vi que foi jornalista abandonou também né porque eu também fiz amor tá nele é a três aqui ele também não caiu outro que abandonando a hora de nós estamos agora a oleosidade Jornalismo do mundo pois é pois é não sabe muita coisa muito bom comer é um negócio vazio eu gosto de eu descobrir o RP dentro do jornalismo foi uma coisa que eu descobri o RP que é uma coisa que eu faço o bem que eu gosto de fazer mas eu acabei indo para esse lado de produção assim de concepção de projeto é uma coisa que eu gosto de fazer estruturar projeto juntar equipe é uma coisa aqui que eu acabei me interessando mas eu vira e mexe eu sempre volta a apresentar alguma coisa trabalhar em frente às câmeras é algo que eu sei fazer que eu gosto eu gosto de entrevistar também então então mas eu me questiono até porque pela comparação com meu pai eu lembro que era um negócio a******* Claro seu se for comparar com o gigante p**** não te pega te comparando com ele as vezes pensando se ele faria muito melhor que eu essa apresentação nesse sentido eu me comparo mais pelo jeito que a gente Aparecido pela voz né gente tem uma voz eu puxei o vozeirão do dele assim mas mas esse Jeitão de comunicar assim é mas eu não chegou a me comparar a falar pô Será que ele faria dessa forma então talvez o meu subconsciente sim eu pensando agora talvez talvez eu enfim eu tenho alguns trejeitos a gente convive relativamente bastante então então acho que acaba carregando alguns trejeitos bastante tá todo mundo fala p*** igual o Emílio todo mundo a voz cara a voz e sei lá se é o jeito também eu lembro no dia que eu fui no estado da prova em pano lá que tu virou poder lá e falou que a Lari vai ficar igual é muito igual E aí a gente tá com viver desde que eu voltei eu morei Fórum de Frutal a gente tá com vivendo mais e com vendo bastante até porque eu também tô lá na Pan então p*** se acaba eu acabo puxando igual meu amigo meu Goiano em casa eu daqui a pouco tô falando aqui igual a Goiânia eu pego as coisas sim a pouco eu vou Engraçado eu sou um cara mil suscetível A tá pegando estrangeiro das pessoas atribuíram as mortes aqui muito louco é tudo deve observar bastante as coisas ao redor para ir pegando isso aí né eu queria eu queria ver eu quero saber de se tu sente então que a tua vida foi tipo um trem descontrolado e quando tu viu que tava num lugar assim e aí que tu parou para analisar o que estava acontecendo Eu Suponho que não teve um tempo assim para eu tive muito tempo refletindo colega minha vocação que eu quero fazer até eu descobri comédia então eu fiquei muito tempo parado tenta E aí fazendo faculdade administração Errei muito e fiquei naquele naquela vai pedir que que eu faço da minha vida Eu sinto que parte foi um negócio que tu nasceu virei um jovem tô trabalhando tô na mídia comunicador apresenta tal e aí depois de quase chegando nos 30 que tu deu uma parada aí entendeu o que que aconteceu na tua vida é por aí é por aí Artur eu eu lembro que quando eu tava fazendo a faculdade de jornalismo pousa a Alice sei lá no mercado tá com 18 19 e 20 anos curtindo a vida né você tá lá conhecendo as pessoas Então tinha festa de não sei o quê bicho as jogos Olimpíadas Juca sei lá como é que ele tem esse jogos e tal e toda vez que enquanto eles estavam nesses jogos eu tava no rio gravando não sei o que eu fico tava lá trabalhando tal então foi um momento que realmente eu não parei eu falei bom é São coisas que muitas vezes a gente também não escolhe né Av e olhe você e eu acho que é me escolheu assim de certa forma nasce com um cheiro do estúdio no meu pai sempre desde moleque meus pais me levaram para o estúdio sei que tava ali na Jovem Pan e fim e aí é uma coisa que pô eu tenho um amor assim pelo estúdio se eu gosto de voz agora do audiovisual trabalhei um tempo com dublagem Mas eu tive também claro tempo de reflexão assim especialmente entre entre esses trabalhos a Len o a cabeça trabalha na TV Globo SBT já me contratou mas ali naquele período eu você vai descobrindo eu falei por exemplo trabalhar como ator hoje em dia eu fiz essa novela mas eu não eu realmente Eu não me acho um cara talentoso como ator Prefiro muito mais seu dublador ou tá fazendo um podcast tá num projeto com apresentando Eu acho que a gente vai errando e descobrindo né não tem jeito você também não sei administrar eu já fiz várias verificação física fiz muita coisa não tinha nada a ver mas é bom porque aí você vai vai riscando é débil eu acho que é um é um jeito também de se descobrindo cara eu lembro que depois que terminou a escola vem aquela famosa frase água Escolhe um curso aí agora e aí eu vi lá a lista achei que eu ia fazer administração fiz não consegui aí se jornalismo mas sai do Realismo fiz administração de novo uma p*** confusa foi uma p*** confusão é eu acho que também é o jeito que que não sei se é muito mas a sociedade lá meio te empurra para isso né então você pode terminar escola vai vai vai para faculdade gente tem esse negócio acadêmico eu não sei isso por exemplo se eu fosse se eu conseguisse voltar 10 12 15 anos eu ia falar bom repente eu vou morar fora passa dois anos fora trabalhar no restaurante o dinheiro entender o outros outras culturas buscar outras ideias e e usar esse tempo um sabático talvez como reflexão mesmo uma Carrera e tal tentar entender a vida de E aí aquela quando tu era colírio da Capricho tá falando sobre aquela cultura de narcisismo do como é que isso mexeu na tua cabeça de ser uma figura bonita e sai em capa dura chegou a perdeu um contato com o teu interior Em algum momento só por si só uma figura bonita é cara isso pizza isso tem que ter muita terapia para refletir disso realmente eu acho que O que é essa cultura aqui a gente até de que a gente não não criou mas que a gente foi inserido e e alimentou né é eu acho que não fez muito bem para a cabeça de ninguém não o meu irmão era o uma febre também eu lembro que que a gente muitas vezes questionava bom beleza somos e figuras bonitas somos bonitinhas aí tinha um monte de gente que achava a gente bonitinho e a gente ganhava dinheiro e e tava ali na crista da onda mas não tinha muito bem porque era enfim fiz uma coisa que se sentia de não tem muito porque e alimentando sua idade para [ __ ] né então assim realmente eu penso cara não tinha nada de saudável naquilo assim e puro puro mas como tinha consumo por trás como as pessoas consumir as meninas consumiam e a Capricho vende aquilo como a cidade é a gente acabou acabou entrando na onda sabe fumar onda quantos anos eu tinha nessa época isso faz 11 anos eu tinha uns 17 18 c******* oito a deve ser muito louco isso porque normalmente o homem agora tem 16 17 18 ele é feio para c****** não come ninguém tá sozinho em casa pensando como é que eu vou conseguir pegar alguém no dia da minha vida e para ti Imagino que era um monte de meninas jogando e eu não sério período meio fantasma fantasia Rosa sua vida né Total total total mente e algumas tu caiu E aí depois que se passou do carro na realidade e sacou colega da vida de verdade com certeza com certeza é sei lá olha a gente tá muito profunda até até precisa de mais umas umas reflexões sobre o assunto mas é um pouco eu eu não sei mas é como você falou é totalmente fantasioso chega o momento que pô sei lá se você não pode ser diz Cuidado você tem que estar sempre com o aparelho apenas daquele jeito uma aparência muito perfeita com a roupa perfeita tá no sei o que tanta e tal e aí você tá com gente famosa E aí todo mundo quer ser famoso e tal mas eu me toquei quando quando aqui o deixou de ser febre aí quando deixou de ser febre que outras pessoas tomaram um lugar digamos assim outras outras figuras ou viraram os colírios é com o Instagram mudou a gente meio Caio Fora de Moda e tal aqui no já tinha passado a onda já era outra aí eu eu falei a comecei a entender eu falei tá beleza então então acho que a gente estava vivendo alguma coisa que que não corresponde à realidade tá ó e fui morar fora também isso também me fez ser mais um lá a fonte donde demorou cara eu morei em Barcelona na Espanha amor em Genebra um em cada um Alencar e ninguém sabia que tu era ninguém assim isso falar o acaso eu fiquei muito amigo de um cara em Genebra e era p*** que é o 20 do Pânico há muitos anos Robinho um abraço e ele me reconheceu no meio da da Praça É isso aí uma p*** que pariu não foram nos primeiros primeiros meses que eu tava morando fora Eric Eric não sou Fan do Pânico e isso é o que a gente já encontrou o interesse incomum assuntos comuns futebol e tal e foi jogar bola e acabei ficando ficando muito amigo do cara lá e tal mas nessa nessa onda legal é bom você perceber que você é só mais uma aqui Eu sempre tive esse negócio de cartão de visita também por ser filho do Ermínio Any depois as colírio Capricho trabalha na Globo e tal as pessoas vão te colocando num patamar Nec Enfim sei lá é a humildade sempre é essencial assim para a gente não não não se colocar um seja não elitismo intelectual hoje em dia tem essa Cultura né de enfim Opus a gente tá na rede social a gente posta a gente edita nossa vida e possa que a gente quer não é isso faz a gente certa forma ser Sei lá talvez personagens ou um Avatar nossos e a gente a gente projeta um personagem gente queria ser ia te deixar a gente mostra essa parte só para as pessoas né toda a rede social e como se ninguém tivesse Teto de Vidro é hoje que todo mundo é perfeito dono mundo sabe de tudo Acho que meio que todo mundo hoje vive uma vida de um colírio da Capricho naquela época de dependem de local vai das proporções não todo mundo acaba caindo nessa fantasia também é por aí que o que que tu percebeu que te perdi cole depois de mais velho essa vida de fama Oi Tânia e desse colírio bonito e todo mundo se interessar pelo seu sobrenome e chegar perto porque tu tem o teu pai tem poder isso bateu em algum momento Cara eu acho que é um pouco do medo de dia errar eu não sei é tão tudo tem que ser eu talvez me tornei o perfeccionista mas eu me tornei um pouco claro eu acho que mexeu com a minha vaidade Com certeza muitas vezes eu pego meu me questiono mesmo Será que tô sendo muito vaidoso orgulhoso é eu acho que essas coisas eu são coisas conselhos que eu revejo e penso e reflito todos os dias mas nesse sentido eu eu eu creio assim que não é nada saudável tem uma uma exposição dessas e e viver e quando tu foi para Genebra e Barcelona foi quantos anos depois dessa febre do colírio Isso foi em 2017 o colírio 2009/2010 as sete anos é tempinho depois foi e demais então tu procurou morar fora para ser mais um por causa do que aqui que tava acontecendo e é resistente falou assim tipo pô curiosidade ponta foi uma experiência maravilhosa por acaso eu tenho cidadania por conta da minha mãe então isso facilitou muita coisa em relação à burocracia enfim a está lá trabalhar lá etc é mas eu pela experiência esse Claro mas é eu acho que que esse esse essa motivação também de vou procurar e você mais um e tá ali no meio numa cidade com desconhecidos com cidades internacionais também pô baita cidades é mas eu acho que tudo isso motivou assim é agora também o fato de enfim se é mais um de como é que foi ser mais um quando tu chegou lá que tu lembra de ter notado alguma coisa de um alívio alguma Paz Interior Sim sim eu eu acho que sim cara eu eu não sei é difícil também é desafiado foi muito desafiador no sentido de p**** a vocês eu o estrangeiro cedo para você entrar em ciclo social fora é muito difícil então isso já foi eu vou primeiro desafio assim é de se você inserir não ciclo social seja do Catalão ali os espanhóis dos Suíços mesmo ou até Claro se juntar comunidades brasileiras que vivem lá conhecer pessoas imigrantes e Down e enfim eu tiver a chance de estudar em escolas internacionais e tal então isso claro me ajudou aí seria ciclos e conhecer gente legal é mas é é um grande desafio também e o fato de pó Claro que não poder oferecer muita coisa para mim o alívio de oferecer o alívio de saber que os amigos que tu fez lá são teus amigos mesmo e não tem nenhum interesse por trás tu chegava a pensar nisso lá Clara isso também conta isso também conta eu por sorte eu tenho amigos aqui que pô eu considero muito amigos desde criança as amizades que eu dou muito valor mas mas é diferente mesmo vocês e você tá nesse nesse lugar né de conhecer a pessoa e não poder oferecer muito saber como ela te trata mas também não só isso mas o fato de conhecer outras culturas p**** atendendo um mexicano iraniano hoje o povo se eu for sei lá para o Egito tem um amigo sabe então foi uma experiência assim da qual ninguém vai tirar eu faria de novo quantas vezes puder antes meus sonhos aí para Genebra só tem na cabeça aqui que como é que é lá que tem lá qual é a qual é o telefone de silicone se qualifica conhecer como é que a vida lá é real buscar deixa a porta aberta e é tudo tranquilo então só um pouco fantasia do brasileiro pouco de fantasia Isso mudou um pouco assim mas é claro você tem uma uma qualidade pública absurda né absurda É surreal assim Alá o primeiro mundo borra impressionantemente é agora agora claro todo trabalho lá É valorizado sabe enfim mas por que que você queria em Genebra você sabe eu não sei ela Suíça eu gosto de frio e gosto de lugar um pouco antissocial assim imagina esse caráter um pouco mais reservado certeza fico mais em casa e eu gosto de agora essa vaga sou do Sul sei lá é pessoal é mais fechado também sim mas lá no dizem que no sul é frio mesmo no verão é o inferno então sempre fiquei no Google Street visitando a Suíça Suécia Finlândia Islândia Adoro essa parte do mundo mais por uma uma fantasia minha mesmo eu não sei exatamente o que quer mas eu queria muito conhecer lá ver como é que é que funciona viver o frio e não sei eu não sei exatamente quer eu queria muito ir para lá cara é um a Suíça o restante assim nasce até a parte francesa Genebra é um é o cantor uns cancelei o cantor fã sei lá que é o tem um Cantão italiano e a parte de alemã então eles chamam de congregado né são como se não fosse uma nação é um até um conceito quase diferente de nação assim a super interessante eu tenho muita cultura a Genebra e esse é um povo a cidade e super internacional só que é mais é mais assim é uma cidade muito voltada para bancos então p**** para quem é banqueiro ao paraíso sabe lá é o paraíso dos bancos e tal tem toda essa cultura de matemática financeira é um lugar riquíssimo então você conhece muita gente muito rico e tal agora a cultura deles em si quanto a isso é muito bom super pontual eu tenho parentes lá é só extremamente pontuais dos e combinam açoita as 8 horas em ponto na um minuto antes não depois mas eles até São afetivos no sentido físico isso é interessante por exemplo me Genebra Acho que muita gente não vai saber disso mas você cumprimento a pessoa com três vezes na que nem na Argentina Argentina na boca é um beijo na boca e não sabia dessa não é em Paris também se não me engano são três você vai para Barcelona São dois é interessante aqui em São Paulo é um e olha lá o rio aí A Isabela é hora depois da pandemia acabou Aí sim desde que aprender a falar francês lá para o aprendi já porque ele fãs eu esse cenário é esse milho era fala fluente não falo eu diria hoje intermediário e EA falta de prática vai te deixando um lixo cara às vezes eu pratico com a minha mãe com meu vô Você estuda ou fez curso ou eu estudei um mês antes de ir eu fiz um intensivão o soro aqui ele é uma língua difícil não não porque você tem esse me leva é similar com o português isso me leva aquele português você pegar é parecido não no substantivo são super parecidos E você começa a aprender a conjugar né você vai pegando facilmente porque ela vem do latim também então então é uma língua de certa forma como italiano como espanhol é e agora é tão fácil quanto o francês então o espanhol eu acho como a gente está mais acostumado com o Los Hermanos não sei o que acha também pela acho que proximidade do português sei lá do português do Brasil com o espanhol o espanhol da Argentina a gente se entende consegue se entender legal e até aqui está um porto em óleo sem eu tenho o certificado de Porto em óleo quente ficado em casa Portugal 100% agora o francês também vai é parecido assim italiano até agora tô tendo pegando YouTube para estudar um pouquinho de italiano que eu gosto de estudar línguas latinas e tal ela usava muito o inglês também para jogar se o cara se vira lá e na Suíça o inglês de boa e vira a então vivia quando for fazer o turismo lavou Branco cuidar de boa tranquilo tranquilo vamos falar aquela do dia que eu saí em vários portais nas porque eu tava do teu lado naquele momento que tu fez aquela frase polêmica nos tentar jovem todo mundo isso Meirelles sim para quem não sabe o o Eric ele me pegou não sei se tu quer falar sobre isso abertamente porque se não pode perder mais de um pouco do negócio mas sim fala uma frase polêmica no programa que repercutiu muito na mídia e eu saí do lado de todos os portugueses e o homem Ele tava zoado é tava do meu lado você tava do meu lado é verdade para quem não sabe é isso eu o que que rolou Essa cara a gente tava falando o meu pai tinha sido cancelado umas duas vezes na semana lembro que na verdade por conta do Mário do Tik Tok lá e teve a menino do Big Brother boca rosa e aí enfim aí eu falei para o pai você vocês estão muito ultrapassado sair com Pânico Inclusive eu tenho um depoimento pessoal falei para você Me expulsou de casa pelo fato de eu ser bissexual e tal e aí enfim as pessoas Óbvio hoje em dia amiga ela pega aquele trecho e tal e joga na Manchete né porque aquilo já era clique e etc mas eu eu falei coisas que eu acredito depois até Soltei uma nota de esclarecimento para não ficar aquela aquele tom porque muita gente ficou em dúvida né falar não será que essa história é verdade será que não é verdade tal não sei o que eu falei bom vou soltar uma nota de esclarecimento para não ficar isso mas em entrevista nem falei sobre sobre isso para para preservar porque eu também é eu realmente eu gosto de preservar assim a vida pessoal uma coisa que eu tento fazer e enfim mas essa essa frase específica era era uma brincadeira maioria que tava rolando ali eu tava eu tava rindo eu tenho certeza que era uma mas ficou tão reprodutiva uma forma tão grande que eu pensei em perguntar Será que era brincadeira sabe eu tava rindo de bobo que estava acontecendo ali é não foi muito louco né cara foi muito louco porque quando a gente tava quando a gente faz stand-up era as segundas-feiras e aquilo foi repercutindo uma sexta-feira só que assim foi para eu não imaginei que ia tomar aquele tamanho sabe eu vou eu falei eu falei eu não sei se enfim cortaram aquele trecho soltaram aquele trecho e pronto o filho de Emílio foi expulso de cá eu recebi estará E aí aqui não foi repercutir logo depois só que eles pegam um trecho e corta e coloca na Manchete acabou mas enfim é eu não quero falar assim é verdade mentira é não eu vou eu quero falar eu vou deixar essa história para contar na biografia que escrever do Emílio com detalhes é o mas eu acho que uns o que eu falei na nossa eu fui eu acredito nisso eu acredito que todo mundo é bissexual eu acho que que a gente existe essa Cultura né da das pessoas da sociedade mesmo em se ela ela usar padrões e tal e óbvio que quando quando a certas pessoas fogem desses padrões é é regra no Brasil especialmente pessoas que são LGBT que acabou sai não podem ficar em casa enfim o os pulsos pelos pais que não aceitam é óbvio que vai depender de cada de cada indivíduo também então tem todo tem toda uma série de complexidades e enfim enfim naquela situação eu falei mas eu eu falei cara não vou de jeito nenhum dos merecer quem quem passa por isso pelo amor de Deus pelo contrário né Eu acho que a gente tem que aceitar os indivíduos EA indivíduo EA individualidade de cada um também é porque rolou uma rolou uma polêmica de tu não pode brincar com isso porque isso acontece de verdade foi isso que rolou Então pois é mais ou menos por aí também né Eu acho que a complicado exato é uma coisa que eu acho que é daí é uma uma uma opinião minha mas que é mais regra do que a sessão o filho que se assume E aí o que se assume bissexual que se assume ou a filha enfim é muito comum é muito comum uma acabar os pais da Catarina um aceitando e tentarem de qualquer jeito fazer com que aquilo não seja verdade mas a regra eu acho que é é acontecer isso é o filho acabar lá a pessoa ali acabar sendo sendo vítima de alguma situação do do tipo sabe então então eu eu fiz uma brincadeira com meu pai falei foi expulso de casa não eu fui morar fora por por conta própria agora agora o fato de ser bissexual Eu já fiquei com homem já fiquei com mulher eu tenho minhas preferências e isso acho que não cabe tu botou na aquela nota lá que tu acredita que todo mundo é bissexual Since se investisse alto investigados a vai achar isso exato o Freud o o mesmo fala isso até o você pegasse lá sociedades gregas por exemplo tinha essa cultura de não é o atração ela muitas vezes ela não é apenas sexual ela pode ser uma atração intelectual ela pode ser uma atração física é e eu acho que existem essas complexidades que se seguiu foram investigadas existem teorias muito mais embasadas em teorias embasadas psicológicas mesmo que que afirmam essa teoria Mas é uma teoria também todo ser humano é bissexual Hair quando é que tu descobriu o tu descobriu pela tese outro primeiro tu descobriu que tu era que tu descobriu primeiro não eu digo eu cara eu sempre fui bem amorzão livre assim nunca é nunca como eu posso dizer eu estou até suando foi tá com uma área que tem que é mais a Ah é né fico nervoso da entrevista um vai ver que não é fácil responder alguma coisa tu fala não não então bora Vão bora que era Suave né Tá se coçando para ver é um problema falar publicamente sobre a bissexualidade cara não eu acho que eu acho que assim é muito controverso Então tenha opiniões e opiniões que sempre vão se divertir e muitas vezes as pessoas hoje em dia elas querem chegar num consenso sempre vai pensar diferente cada um tem a sua a sua linha de raciocínio até individualidade tal as pessoas se metem na tua vida pelo fato de ter dito que é bissexual ou quando o deu a treta A treta fofoca do Lucas tu foi eu vi que foi xingado desviados e diz que você tá falando aí as pessoas se meterem nesse sentido de te xingar e claro que é claro que sempre até mesmo dentro do movimento LGBT queimar e se você for pegar os bissexuais eles são vistos ainda como confuso ou com mesmo dentro do próprio movimento é isso existe esse preconceito existe Óbvio ainda mais em outras é em outras perspectivas também agora é uma coisa que eu acredito assim mas como eu te disse não tem eu não tenho embasamento científico para dizer isso tem um Freud que que ele cita isso tem tem teorias que concordam com essa tese agora cada um vai acreditar no que quer sabe agora sempre o preconceito e sempre vai existir e eu tenho eu lido Cara eu não sei eu lido eu tenho casca sabe pra tipo Óbvio muita gente veio mexer depois para quando essa história ou falar alguma coisa eu eu não sei eu relevo tento falar Quer saber também você pensa desse jeito f***-se eu tenho interesse sexual é quatro paredes eu faço o que eu quero O que será que as pessoas revoltam tanto é muito curioso Isso é para ponto de adm ou o comentar alguma coisa eu acho muito imagine que agora no chat do YouTube que é o esgoto do mundo deve ter uns cara já vakaras deixar meu Deus O Caio tem alguém deve ter alguém falando m**** então tem tem antigamente tem por quê Por quê que é assim por isso as pessoas se importam tanto e tu tu acha que também existe uma mais uma resistência mais quando um homem que se diz bissexual Cara eu acho que sim eu acho que sim mas mais eh por conta também de cultura eu acho eu acho que é conta cultural aí eu acho que sim existe o machismo grande contra o próprio homem né caso é tanto é que se fosse for pegar a taxa de suicídio a taxa de suicídio de homens é muito mais alto do que as mulheres sem eu se eu não me engano aqui no Brasil asset o 25 mas se você for para outros lugares ainda maior essa diferença é que as pessoas não tem por que é o feminismo tá muito em pauta mas não se fala por exemplo sobre esse número aí a carga que se impõe nas costas dos homens não só em relação à sexualidade de poder dizer que a Bia alguém a normalização do afeto é isso é f*** tá melhor certo então meu tem muita dificuldade sei lá se eu for fazer o carinho no meu amigo só sei lá entendeu tem uma coisa do tipo ah não sei o que que você tá mexendo sei o que né tem uma coisa assim agora eu eu por natureza eu sempre quebrei isso de certa forma Óbvio a gente também como não vou me colocar fora Um peixe fora da água também tem um certo dos machos nos embutidos assim enfim mas eu acho que a gente quebrar esses padrões eu acho interessante para a sociedade e para os homens para para saúde mental também das pessoas e enfim é mas eu não entro muito em detalhes nesses assuntos porque eu acho que tem pessoas que é que são mais embasadas mesmo para Ah entendi para diversos para conversas entendem melhor certos é a certos termos certas coisas eu não sou um cara muito rebuscado então ela tem essa experiência pessoal né de descoberta Ou nem sei se foi chegou a ser uma descoberta se foi natural o cara eu eu acho que eu meio fui descobrindo isso ao longo da vida vamos ver o que que os caras estão falando que curioso deve ter a tensão sexual entre os dois tá grande o hum treme É isso aí mas é óbvio para você nem falar ele fala que começou a namorar na pandemia ouvi falar né eu comecei aí comecei até vi preparar faz p**** Cara é muito louco comecei também a me envolver com uma pessoa nessa pandemia e tal e aí eu falei isso foi foi foi logo naquele período de isolamento e tal então assim alguns encontros em casa né de amigos e tal não sei o que aí eu comecei a me envolver com uma pessoa foi borra mas agora nesse período a gente conheceu de certa forma especialmente no isolamento e a gente tava conhecendo a versão quarentena das pessoas na versão casado já direto a primeira é você tá conhecendo a versão caseira a versão quarentena comer só flexibilizam negócio cara você já vem a versão normal da pessoa se fala meu Deus do céu sem vou ver com essa pessoa bicho não é possível aconteceu e não era possível é cara e aí fim aí foi só um desabafo mesmo que eu falei pô faz tempo que não entro no estúdio não falo mais m**** da minha Conheci no tinder durante a durante a quarentena né E aí a gente ficou lá vamos esperar terminar pandemia para se conhecer vamos esperar é passava semanas assim que se passava não acabava em um dia a gente combinou não vou po Vamos fazer alguma coisa e a gente se conheceu e a gente a poderia servir pra gente ver como é que é estar casado um com o outro assim a gente já viu a vida de casado e agora a gente vai agora começou abrir as coisas ela quer com ela ela e fala que essa aí que aí no lugar então eu sou mais caseiro aí agora que começou até as rixas que até então não tinha até então queria dizer não pode ser que tá tudo fechado então me conte lá em casa é por causa me passa eu quero que precisa brigar é foi mas ela que é o que eu imaginei É o que eu imaginei eu povo eu fiquei envolvido com uma pessoa um tempinho curto assim mas só a primeira flexibilização a primeira que p*** primeira saída junto eu falei meu Deus do céu mas é não tem jeito não não tem jeito o que que o motor brotou alguma coisa da pessoa Ah eu te conto em ó fiz da flora este continua vamos algumas perguntas aqui e vamos no grupo do telegram aqui é o João O João Godoy mandou no grupo do telegram aqui ó a gente falou sobre isso no programas vão ver que é pergunta se ele ainda é Aloprado por causa daquela época que foi colírio da Capricho E se ele eu amei super cima é muito louco cara eu lembro eu lembro quem locou a gente mesmo o Felipe Neto na época maionese fez um vídeo aloprando aloprando não sai por Felipe Neto se praticou bullying para [ __ ] agora você viu O Guardião virou Guardião né aí novo desculpa não corra nenhuma nenhuma eu lembro dos bons ele falava eu tá discurso de ódio Agora ele virou O Santo e tal ele era tudo bravo cuida falando mal da cultura do que era isso que isso não é um homem ele nunca era isso nunca retrato do jeito nenhum mas ninguém liga também né Ninguém liga vamos ver que o áudio do Lucas aqui no grupo Beleza vou colocar aqui ó G1 E aí se souber turfa objeto coloquei hoje aqui eu acho que é isso aqui mesmo no Lucas é o cara tem a mesma ele mora sempre mandar você mandar você me manda mensagem achei que eu abrir o programa passado aqui quem fala sobre Arthur salve Érica que farão o Lucas de Ituiutaba Minas Gerais e eu queria perguntar para o Eric se tipo você ter tido uma legião de adolescente para inflar o ego maior que é tão importante da tua vida foi álcool mudou muito quem você era se isso não subiu na tua cabeça em certo momento da sua vida e quando depois que se passou você não ficou meio quebrado depois disse Como que tu lidou com isso depois então obrigado e é isso aí então junta o Valeu meu querido pela pergunta é cara com certeza com certeza é o que eu tava a gente tava conversando você fica deslumbrada Dinho você perde o senso da realidade você perde o senso da vida normal total e numa num período muito esquisito era que é uma ação né rizzatos você de o intelectual de Formação maturidade então isso com certeza mexeu muito com a minha cabeça é a ele pergunta depois como tudo sentiu é quebrado né se sentiu quebrado depois cara é não seis quebrado mas é eu acho que sim essa queda né sei lá como aqui eu posso chamar mas essa cair na real é quando você usa é bom no fim das contas com certeza eu acho que em momentos eu eu pensei eu falei eu não sou sou Justin Bieber entendeu Não sou burra não sou Michael Jackson nunca sabe o que que eu tava fazendo tchau fotinho era bonitinho estava ali não sei o quê mas eu acho que é bom você cair na real e você lidar com o mundo real para para não sustentar Essa ilusão porque senão tu podia acabar entrando na [ __ ] de eu só isso esse é o meu personagem e se apegar e a tua vida e se até agora tá tentando replicar aqueles comportamentos né Então a prova de que foi bom se tente quebrada é que hoje tu fala sobre isso naturalmente e tu mudou várias coisas na sua cabeça com certeza e hoje eu vejo obviamente quem se deslumbra com algum reality show alguma coisa game dos Clones rolar eu fico a forma eu fico eu fico com seis é pena você é doida o pai um eu falo p*** beleza mas isso outro momento que passar todos nós vamos morrer todo tudo vai virar pó vai para o mesmo lugar sabe então é é isso assim essa culto essa idolatria esse negócio de idolatrar eu acho que é uma coisa talvez que ah sei lá eu acho mil maços um sintoma de uma sociedade infantil A sincera por falar era que precisa de um pai ou de uma autoridade mais uma referência que faltou em casa então acho que a cultura de idolatria de celebridade de pessoas que participam de reality shows É é muito por causa das famílias desestruturadas e não Unidas e pais que abandonam está escrito tá por aí é não sei se posso suar muito dentista da minha parte eu ouço há muito a arrogante mas eu acho útil né fútil assim olha eu acho que existem admira claro que a gente pode admirar uma pessoa intelectualmente a gente pode admirar as ideias agora as pessoas idolatrarem imagens ou cultuar em objetos materiais e tal não sei eu acho que a sintoma de uma sociedade um pouco um pouco Órfã decadente aquela cultura de menininha correr atrás os karas motel aquilo lá é é aquilo é muito estranho eu não sei da onde vem isso eu acho que eu já me peguei idolatrando pessoas já que eu não era mais adolescente Ainda bem que eu parei com isso eu consigo só me influenciar hoje entender porque a gente busca referência já tem referência e tal agora eu acho isso talvez seja você já Claro mercado o consumo ali por trás disso é sei lá obra Eu tenho meus vídeos por Michael Jackson da vida então no Al Pacino eu tenho certas pessoas que eu admiro e tal agora a forma como a gente idolatro talvez esses programas também de entretenimento reality show e etc até me ligaram para fazer reality show falei ó esse agora eu estrutura psicológica não foi para foi para um próximo aí de férias com o ex a porta não tem estrutura psicológica se quiser me chamar para apresentar para fazer porta Óbvio Com certeza agora é você vivenciar também um negócio desse tal eu vou mais posição a todo custo de coisas muito íntimas eu sei e eu não é nem tipo uma conversa que tu revela o teu íntimo para contribuir a conversão é uma revelação de íntimo só pelo mercado só todo dinheiro só pela fama instantânea estudar eu não sei exatamente quer esse de férias com o ex o que que é isso eu também um acompanho muito tem alguns amigos Até que participaram Então mas eu acho que é mais ou menos você vai para uma casa só que antes de você e eu sei que você fica um tempo ainda isolado no hotel assim como acontece nos outros aí você vai para uma casa e meio que você conhece alguém que você já pegou alguma coisa assim tal nessa casa galera lincha lata faz umas provas eu não sei muito bem o cachê que na minha opinião não vale a pena porque povo tem que pagar a terapia vida inteira conseguir superar ou mostrar é os traumas fica mandar junto mas Assessoria psicológica para depois do programa legal até encontrei o Lucas selfie peraí a Record vai te pagar o terapia vida inteira Pô cara mas eu não faria nenhum não faria Érico João não assim como participante não trabalharia direção um produção apresentação agora entrar num reality show não faria não entraria nunca cara nunca mesmo assim foi todo mundo chegou-se à conclusão de que é ruim para para cabeça por ver amigos próximos endoidando de pilotando também foi isso também também já tem amigos que fizeram Big Brother amigas e tal eu vejo eu falo bicho Male um ali ali eu acho que se é esse negócio que a gente tava falando as ilusão da Futurama de ter fã de não sei o quê e eu acho que você só descer sei lá se entra num loop eterno assim e eu não sei como Enfim pode saber como que tá o cérebro EA reagir a esse tipo de ração Total total e como eu já lhe dei com lido com fama com enfim com esse negócio Eu sei que não é como as pessoas pensam muitas vezes do amoroso Às vezes as pessoas colocam sim meu amor essa coisa e tal e eu sei que não é isso entendeu são trabalhos muitas vezes comuns envolvem envolvendo gente comum eu não me iludo com esse coisa e obra por números eu sei que as pessoas querem visibilidade de números isso muitas vezes atrai mexer Então mas jeito que tá eu não de jeito nenhum Cara eu acho que é uma experiência que deve mexer muito assim para você conseguir se livrar da em geral mas que subir deve ser difícil é vamos ver que o áudio do Lucas dos Anjos aqui no turno Oi gente aqui ai e o Patrícia vê para mim aí ele porque que o Emílio Surita não é não é muito sociável não não dá entrevista Ele é aquele Tiozão mesmo que ele parece ser eu nunca vi nem no Instagram maravilhoso já o Dodi o Dodi os cachorro do flor tá tudo lá como é que chama dói ninguém é o iG É então meu pai eu acho que até puxei um pouco isso dele cara de não ser tão tão sociável assim eu não sei meu pai o Emílio ele é um cara que ele não gosta ele não gosta de aparecer assim de jeito nenhum é ele faz o show dele ele sabe muito bem que ele tá fazendo ele sabe conduzia ali o negócio e tal mas mas ele não expõe nada eu tô aqui nem rede social ele tempo é muito sabido da parte dele eu acho É porque ele tá de uma geração que ele pode construir a vida deles em essa m**** e agora já a gente que vem Agora eu preciso eu não posso não ter a gente caiu nessa armadilha ele conseguiu ele foi a última geração que se livrou a gente nas redes sociais ele mais mesmo os parceiros dele é você pegar é muitos tem não é reta por cento hoje tens a noventa e cinco porcento sei lá para até o Galvão Bueno você deu aquele Só faltou Jô Soares o Wagner Moura não sei quem que não tem é mais fácil aqui não tem né é muito louco é é mas ele se como é que chama o cara que mandou o áudio o Lucas dos anjos o Lucas 200 não é o Emílio é um cara legal para caramba só ir lá na Dirce lá todo dia ele tá lá já almocei lá com vocês o bar da Dirce a gente tá todo dia lá né eu tô todo dia lá mais um áudio aqui do Mendes vamos lá e o Eric que eu menti Fala tu queria te perguntar cara sobre a ciclotimia que eu vi uma vez que tinha no uma reportagem que ela transição de humor né E por que você acha que causou isso tem vezes sempre porque eu te conheci na época do High School Friday e nessas coisas aqui em São Paulo Loft com achar que vocês eram tipo estrela cinema mesmo tem uma coisa a ver ou Nada haver um abraço o meu querido eu acho eu acho que tem haver sim eu não consigo te te dar um diagnóstico muito preciso assim agora eu acho que é um negócio que eu posso muito bem ter desenvolvido eu acho que com certeza tem relação aí com a vida conturbada mas histórico maluco de fama de que a gente conversou aqui né dessa ilusão uma louca de enfim pessoas no meu pé muitas vezes enfim como é que é o nome da doença que ciclotimia cinco time acabou de falar de pouco mais leve então é bem mais Ameno E você tem períodos De euforia e períodos de depressão o ideal Furia você fica completamente tô achando que ia pôr a vida é sabe você vive tudo com uma intensidade muito louca muito feliz você acha que você tá rico sai do vai dar certo e tudo é muito intenso tudo tocar colorido neto tem caloria É isso aí é muito louco e aí quando desce mão quando você começa a descer um se você vai ver se você quer ficar no seu quarto trancado em casa você não quer ver ninguém você fica o contrário Então você fica antissocial ou você fica completamente é pessimista fica muito pessimista é como se o humor ele fosse uma montanha russa mesmo não é o segundo os psicólogos psiquiatras dizem né que o obviamente é todo mundo tem variação de humor obviamente a gente tem dias mais felizes dias mais tristes mas que aquele humor não pode ter uma variação tão grande assim eu não deve ter uma variação tão grande e quanto mais lá vai para é mais para baixo vai né E aí tô tentando aquele ciclo que não consegue mais parar aí uma hora está beleza depois volta de novo isso aí é isso eu e só para complementar mas é são eu eu lembro muito bem períodos Eu lembro que eu comecei a perceber isso já antes de começar a me tratar Mas eu percebi aqui no verão por exemplo eu sempre tava muito mais aberto eu fazia E aí não sei o que aí era intenso e era muito às vezes eu me achava mais produtivo naqueles momentos tal mas mas era claro que e chegava no dois meses três meses depois eu tava no bagaço assim então então são esses ciclos de de longos períodos né eles dizem sazonais essa sempre esqueço o nome é muito muito como é que esse ciclotimia ciclotimia ela também traz pensamento suicida que lembro público lado É sim traz sim senhor já eu não sei na minha experiência eu tive sim é porque eu cheguei lá alguma manda as coisas que eu passei Eu passei duas crises fortes assim depressivas e tal é p*** pesado assim aí você não Deseja nem para melhor nem para o maior inimigo né Muito louco é você que há muito ruim no meu caso eu sei que a minha mente ela como ela vira tão pessimista e ela ver que tudo vai dar tão errado e ela começa não mas tem que ir lá no lado errado mas tem que ir lá não vai dar errado também eu vou indo errado vai dar errado e a última parede desse pensamento é então me resta suicídio que eu não vou aguentar tudo isso é por aí também é mas tem uma diferença de uma diferença Grande até que enfim que é claro você queria acabar com a vida tem uma diferença em você a falar eu quero morrer para acabar com os meus problemas e tem uma diferença eu vou morrer tá o dia tá hora do jeito tal sabe é eles dizem que são são bem distintos esse essa lacuna entre o pensamento suicida ou sabe esse pensamento de morte que passa então é óbvio vai de caso para caso situação para situação de indivíduo para indivíduo é um assunto muito complexo né Tipo quando quando abordado deve ser falado com uma responsabilidade muito grande então a gente tomou um cuidado muito grande a cê vê que é é um órgão gigante aqui uma ONG sensacional aqui do Brasil se liga 188 Você sempre tem alguém lá para conversar e tal para quem tá sentindo só ao se sentindo isolado Solitário tal eles tem todo um protocolo de como você abordar isso não tem não não estigar pelo amor de Deus porque fica um pouco receoso de falar sobre isso por meio de como as pessoas vão interpretar Não não é mais por um cuidado mesmo é mais para um cuidado para ou senão glamourizar o suicídio que não tem coisa o suicídio é a saída é a saída mais é é a Rafael né a saída Mais Cruel e para quem fica também tenda do Senhor então é é isso assim eu segundo os dados deles noventa porcento da do suicídios podem ser combatidos com o diálogo então se a pessoa é procura o diálogo se a pessoa ali que tem o pensamento suicida o que tem tendências ao suicídio é lá procura um diálogo noventa porcento vão conseguir vamos fazer a gente vai se consegue prevenir a 10 por cento Elas têm fatores genéticos em outros fatores é muito complexo então é algo é um assunto que deve ser tratado com muita ah sei lá você pega a tô linguistas uai é uma série que Eu discordo ver mente sim que eu vou usar a forma com glamour e aí você instiga as pessoas a fazer e por é É não a gente deve prevenir sabe tanto suicídio contra a depressão porque porque enfim eu te pergunto esses detalhes de como que isso baixo na cabeça porque o meu podcast porque é saco cheio eu eu comecei ele em 2013 e quando eu estava no auge da depressão não saber o que fazer da minha vida e o suicídio é uma constante na minha cabeça comecei a fazer o meu programa O Boticário saco cheio então lá pelas tantas Eu sempre falava sobre isso de uma forma muito apaixonada pela você não ficar o que eu tava sentindo e eu percebi que eu buscar entendeu como que isso batia na minha cabeça e consegui explicar no meu podcast como que isso vinha na minha cabeça ajudava as pessoas que também estavam pensando nisso as identificar o MEC criou uma união entre pessoas que eu acho que a base das pessoas que escutam o meu podcast solo que o podcast saco cheio foi formada por essas pessoas que me acompanhar nesse período de Escuridão e que pensava nessas coisas e viram em mim alguém que falar abertamente sobre isso e eu falava exatamente como que eu sentia por que que eu senti e tal e eu te pergunto porque eu sei que muita gente vendo agora que nem imagina que tu tem esse tipo de problema e às vezes o cara tá lá na casa dele e depois que era o Eric Surita ele ele sentiu isso que eu também senti não é muito importante falando sobre o cara vendo uma cara então o cara parecido comigo porque às vezes do atriz a gente coloca o cara num patamar de olha aqui no de milho colírio ou ele tá lá em cima lá é quando a gente vem aqui fala eu também penso em suicídio já senti isso não é tipo não nem querendo dar uma lição de moral dizer para não fazer ou querer se ela dá uma lição de moral nesse sentido assim só de falar exatamente querendo sem fio já Oi gente né total é é é muito importante se falar sobre desisto até um desistir muito durante muito tempo é recorrente o pacto das mídias de não falar sobre para não chegar no meu nariz ele já é provado cientificamente que Dependendo da forma que você aborda quanto mais você fala talvez você possa instigar as pessoas a cometerem né É agora por um ano eu esse caso inclusive o último caso de um grande amigo de infância que eu perdi para o suicídio né é num primeiro momento você fala p**** você fica com raiva da pessoa você fala p*** m**** é c****** mas como que ele deixou os p**** deixou sobrinho deixou quatro irmãos são sei o que p**** e a ferida que vai ficar na família inteira os caras vão ter que aguentar tem grupos também muito legais para familiares que perdem entes queridos por suicídio e tal mas é claro que a gente tem que e agora como mídia como como alguém que p**** que luta pela saúde mental que luta pela prevenção do suicídio você tem que também entender certos protocolos que existem para que aquilo não causa o efeito contrário também sabe quem é óbvio que que a gente como pessoa física e tal quando você quando eu converso até quando eu entrevisto alguém da CV por exemplo eles também tem todo um cuidado muito gigante em como falar sobre é óbvio chega Setembro a gente faz campanhas a gente estuda as maneiras de enfim como abordar o assunto e deve ser abordado de uma maneira complexa porque muitas vezes o sol dados estatística tal não tem que conversar Sabe tem que enfim vou dar apoio para quem tem tendência a isso agora enfim é é pequeno Não é é eu tento eu tô até inclusive o ano que vem a gente deseja fazer algo maior sempre todo todos Setembro vai virou virou um uma rotina virou junto a ser ver a gente sempre faz esse trabalho super legais agora em Janeiro tem o gênero Janeiro Branco né que para a saúde mental e tal eu quero Até eu pretendo até fazer organizar a corrida sair contra contra a depressão suicídio etc mas é algo que como mídia É tem que tem que ser Realmente é muito bem estudado para para não a pra enfim para que às vezes às vezes o jovem tá ouvindo e ele entende alguma coisa errada olhar acha mãe vem vou informação ele acaba interpretando como uma glamourização Então nesse sentido que você o restante para não passar uma frase que possa ser ambíguo e alguém entender de alguma forma diferente Principalmente quando a pessoa jovem e além do atualmente formada para entender as coisas nesse sentido que estudam a forma de se comunicar total ao MS tem protocolo dela a própria CV tem a maneira dela de se comunicar ao de como deve ser comunicado para que não haja esse efeito em bons vai tem vamos ver mais um áudio aqui vamos Rodrigo esquente me mandou um áudio aqui e fala Pedro e falar aqui beleza Ericsson eu te perguntar qual que foi a atuação social das que você já participou que você mais isso é um rolo de fazer que você achou que foi a mais os participou mais foi melhor para o contexto que você tava o meu perdi um Peugeot trechinho da pergunta ele falou ele perguntou qual foi a ação que tu mais orgulho e fazer basicamente isso a gente ter feito cara eu ponho eu realmente esse filhinho que a gente que a gente fez na o pessoas precisam de pessoas essa última série pode ser foi muito legal cara que é que tá a hora que tá esperando para ver cara tá no YouTube da Jovem Pan News pessoas precisam de pessoas têm um episódio por Tico Santa Cruz sempre com especialista acompanhando não lembro agora exatamente o nome da especialista o segundo episódio era com Amanda Ramalho que tem um podcast chamada esquizofrenia esc aborda saúde mental em todos os episódios é muito muito maneiro o trabalho que ela tá fazendo e e foi um trabalho que eu fiz junto com o Marinho com as e ver mais uma time gigante de publicitários é a gente também cria um filtro junto com Tik Tok com Instagram é para abordar justamente o fato de enfim a cada 40 segundos uma pessoa morre no mundo por suicídio e tal e que a gente deve conversar sobre cérebro que é o que a gente tava falando aqui mas foi sua um trampo super legal cara que eu realmente tenho orgulho e pretendo ir pretendemos continuar aí por muitos anos pessoas precisam de pessoas é o que que o foi o tico a Amanda e o tipo e Amanda foram dois Episódios só que eles que o que que eles revelaram aqueles falaram especificamente assim que eu foi a trabalham a no episódio com a Amanda a gente conversou muito sobre até junto a especialistas que a Bárbara Vargas a gente conversou muito sobre o com a pandemia né Não lembro que afetou o psicológico também como que tá afetando até que ponto a criançada também os E como que isso vai afetar a cabeça do Jobson como como fazer um trabalho de prevenção daqui para frente é que p**** Eu não sei esse isolamento pegou geral né a gente conversou já disse hoje sim mas a gente ficou muito nisso Claro Cut que eu falei muito a gente conversou muito sobre as redes sociais de que forma o salas de maneira saudável também existe a uma conclusão sobre as redes sociais especificamente então é um tipo ele ele é muito maneiro né E ele fala falou uma frase bem interessante ele ele disse que o nosso cérebro de como como que a maneira que o nosso cérebro se comporta nas redes sociais que é mais ou menos a maneira do rato de laboratório receber a recompensa é a gente com a com a endorfina né com a endorfina se não me engano não é engordou para mim não compra o grupo amigos nós a gente pode ou para mina a gente tem mais ou menos o mesmo efeito com o like por exemplo da rede social é mas a gente filosofou bastante até bem parecido com que a gente conversou longo do podcast em relação à a da mesma maneira que dá para a gente usar as redes sociais de uma maneira é saudável dá para a gente usar de uma maneira comparativa o tempo inteiro Então acho que foi mais ou menos por esse caminho assim chegando os gatilhos e tal e aí a gente soltou esses dois episódios mais ou menos eu acho que são 20 minutos de Episódio cada episódio com alguns vetores no meio o Marcio Atalla entra num dos BTS falando sobre a importância do esporte na prevenção do suicídio para a cognição para a saúde mental acho que a gente a gente descolou a mente do corpo em algum momento da história e a gente achou que não era nada a gente cansar só vou se exercitar meu cérebro vou ler você inteligente e a gente meio que negligenciou inclusive eu lembro que a não muito boa Há não muito tempo tinha um pouco de tipo assim eu rolava uma zoeira com quem para o copo com corpo quem é para academia quem fazer as coisas tinha uma certa aquele cara ali é burro ele tá indo trabalhar no corpo dele e acho que ao longo da evolução humana e descolou e ficou urgente só preocupado com a mente e algumas só com o corpo e agora a gente tava voltando o ponto originário não é os dois tem que cuidar dos dois da mesma forma e nem imagina o com o com Bom é se manter ativo fisicamente e como que isso gera um ciclo na mente e a mente joga para o corpo de volta o corpo joga para mim de volta o Caio tá na mesa nem inclusive Começou a correr todo dia de manhã também né que que tu percebeu de diferente da totalmente cara teve um negócio que que eu comecei a perceber foi foi uma coisa muito doida assim Eu já imaginava que ia começar a me sentir bem a minha a funcionar melhor e teve um dia acho que foi na foi foi ontem segunda-feira que eu eu fui correr aí a hora que eu cheguei da corrida tipo todo suado ali a tomar um banho e fazer uma coisa para comer eu vi que tinha saído de informação podcast que você faz com que água e eu comecei a ficar muito agradecido daqui não existe sabe eu comecei a ficar muito feliz cara eu falei cara que bom que esse negócio existe sabe que bom que que a que a natureza me proporcionar isso aqui vão que a vida me proporcionou isso eu nunca tive esse sentimento eu comecei a achar até minha chave tá meio meio idiotas e mas eu falei cara eu nunca senti isso é muito bom sentir sabe da cozinhando ali como um negócio no fone de ouvido para c****** eu tô eu tô temperando um arroz aqui eu tô fazendo o meu arroz ouvir no meu podcast preferido é uma coisa muito boa sabe e eu nunca senti isso na minha rotina bebê o e f***-se sabe fumando e de morreu humano usando droga é verdade dá um bem-estar né sensação de A melhor sensação da corrida após né Depois eu na hora que eu tô no banho se for um cara gostoso é é bem isso ai que gostoso é viver né outro e aí sei lá e dá valor para as coisas simples também eu acho que é porque tem esse corpo aquele foi feita para mexer ligado totalmente totalmente preparado totalmente e só para complementar lá no podcast no no episódio do pessoas a gente também conseguiu um depoimento super legal do Padre Fábio de Melo e uma coisa que Chico Rei ter o bastante que que obviamente a depressão ela não tá ligada à religião é que sentido ela estaria porque que ele a porque contra a pose ponto é porque porque algo que pode ser fator genético que pode ser fator individual pobre tem pessoas e na religião formas de se apoiar na Índia fé e tal mas que nós não estão intrinsecamente ligadas assim então foi algo que que o até o próprio Fábio de Melo quer um padre Super Pop Star até a gente negocinho ele coloca ali no depoimento dele que ele teve depressão Ele perdeu uma indico o suicídio e tal e enfim bem interessante você vê essas pessoas e como a gente tava conversando a tem que se falar sobre né Para para que as pessoas que que tenham se identifiquem consigam se abrir é uma coisa que eu sempre gosto de falar é o primeiro passo é igual aquele primeiro passo que a gente falou da corrida Bota qualquer primeiro estalo que te dá e quando você tá f***** quando você tá na m**** você tá se achando um lixo um bosta você consegue expor isso para alguém qual o mais difícil é isso cara eu vejo hoje em dia e quando a partir do momento que eu comecei a isso por isso Abrir isso também que eu comecei a ter muito tempo eu fui abrir isso tem dois anos assim publicamente as pessoas vem conversar comigo sim então eu virei também certa forma Um porto seguro para as pessoas se abrir em relação quando elas tão mal então as bem mas uma p**** Eric tô mal tô f***** eu sei que você fala disso então pô eu não tenho nem coragem de falar para os meus pais mas eu tô numa m**** mas eu sei que você é enfim se abre você fala sobre o assunto então p**** deixa eu te falar que eu tô na bosta tá eu falei mano aqui você já tomou o primeiro passo vai pôr procura psicólogo procurou terapia vai falar com alguém o conta para seus pais também porque p**** é importante que a gente fale porque a partir dali dali a partir do momento você chega no fundo do poço depois Só melhora já tendência dali quando você bota para fora muito melhor do que ficar remoendo e segurando tá fazendo aqui na nada eu não tô sentindo nada só que é bobagem Isso é só vai piorando vai negão desse ano ficando um contra um e se punha assim que fala essa essa é sentimentos tu não fazia porque tu achava que era uma bobagem tá chave aqui que tinha vergonha porque tu não falava antes sobre isso eu acho que até publicamente eu não falava por opção mesmo porque eu também tava no momento do tipo tô pensando se era isso que eu queria isso que ia tar E se eu queria estar na mídia só queria realmente trabalhar com isso você eu ainda ia para esse e-mail enfim tivesse tempo de reflexão de pensar será que eu vou continuar Mas era por uma opção agora é agora eu acho que nesse processo de autoconhecimento mesmo é você assumir cara você falar p*** tu não m**** me acho gosta né fuligem e tal mas por que que você acha um lixo tal não sei o que eu posso vai conversar com alguém conversa desabafa né teve um amigo teu para pessoa e Óbvio Você tem uma observação uma observação Clínica uma observação científica muito melhor agora você conseguindo jogar isso para fora eu acho que a tendência da Lia só melhorar enfim o JP mandou um áudio que eu não bebo vamos lá JP que eu achar ele aqui E aí embaixo do Fala fio tá bom e fala viu Tá bom Ah tá beleza e fala Eric beleza queria saber cara qual é a tua maior referência se você tem uma grande referência sempre trabalho que tu faz ou para a vida mesmo né Queria saber se eu tenho uma pessoa que você se espelha nas suas atitudes no teu trabalho Valeu Esse é o vô tem algumas assim né eu sou burra dentro desse meio da comunicação tem alguns Claras que eu boto no pedestal aí tem uma próprio Emílio meu pai é o Galvão acho Galvão f*** a gente que eu odeio nem assim eu acho que falta para a roda Não tem como negar que é o maior narrador da história do país muito f*** o cara chegou lá porque ele tem alguma coisa não é eu gênio gênio da comunicação cara agora Faustão também gosto eu gosto mas não tanto eu gosto mais do Faustão me lembra muito Aquele domingo fim de tarde dá uma risada Agora eu tenho outros cá eu acho Jô Soares f*** o mano brown f*** Seu Jorge as f*** tem alguns alguns artistas brasileiros assim coloquei alguns comunicadores artistas brasileiros que eu acho quando eu coloco Esse cinco aí num pedestal e o futebol ele tem aqui um cara o João Torres mandou um áudio também aqui é o último aí vamos ver o outro e fala Erik Erikson ter todo esse momento sem muito diverso sua carreira desde que tintas TV Globinho Jovem Pan eu queria saber como como que experimentar tudo isso aí que eu te dou entender quem você hoje tanto eu acho ficar mente Quanto operacionalmente é isso aí abraço valeu cara a p*** Até hoje eu tô entendendo assim até hoje tem muitas vezes que eu me questiono bicho é engraçado não sei se vou usar acontece isso com você até three mas muito até hoje eu me questiono as c****** todo dia é todos os dias Outro dia eu me pergunto será que eu tô fazendo a coisa certa Será que por aqui né então se o que é obra quando a gente por executa faz o podcast entrega o negócio legal ver o carinho da galera assim você por você fica sente motivado e Vivo para continuar fazendo então algumas pistas que vai tendo na vida que é isso aí mesmo total né quando você está executando igual agora no momento eu tô sem o stand up não tá mais colando tô não tô no rádio no rádio então isso me dá um buraco bicho que eu falo p*** que pariu tá faltando alguma coisa na minha vida eu vou para o estúdio falar para ela é o era isso mas mais claro a gente sempre vai se questionar eu acho que cada momento outra TV Globinho e com vai uma baita experiência maneira trabalhei com muita gente que eu mandei o contato até hoje o SBT por ano o que eu conhecido gente maneira também eu acho que é isso eu esqueci o nome JP né Eu já fui junto hoje o João dois então João eu acho que no fim é isso é as pessoas que você conhece as experiências que que te agregam e fortalecem E claro o carinho do público também é uma das coisas maneiras assim mas eu acho que não devemos apegar tanto também esse carinho e tal o público ele é da Nós também ele quando ele quer ele de volta para baixo para c****** que [ __ ] f*** certa vez tu chegou a estudar teatro Artes e estudei estudei estudei aqui no Globo em São Paulo é essa informação tem o curso de formação eu fiz duas peças profissionais as duas no teatro Santo Agostinho aqui em São Paulo e é com direção do Luccas papp que é um moleque maneiro também então teve uma chamava os donos do mundo e a outra que chamava forever foram duas peças adolescentes assim tal mas mas foram experiências muito boas também é uma gata do c****** outro não te ajudar teatro muito bom e não é nem pela eu procurei mas nem pela arte em si também mais pelo que tu conhece de ti mesmo lá nas exercícios na dinâmica de grupo é uma tudo e coloca numa posição de fragilidade de erro muito f*** no curso de teatro você não fala para todo mundo orar o dias improviso e a tua aprendi a lidar com a vergonha também é muito bom teatro Tu fez quantos anos é o curso formação mas eu fiz quatro anos é que ele que é f*** aquele que tem prova tem que passar aquele é f*** pra c****** e até isso daí também um tempo com a Globo Quando eu fui para a TV Globo antes eu fui eles tinham Na época eu mando a oficina de atores da E aí eles levavam uma galera lá para o Rio inclusive pagava a gente vai estudar um baita luxo e a gente tinha aula de voz aula de palhaço Cloud Cloud eu fiz quando você animal animal é eu quero voltar a fazer assim algo que ponto o teatro o palco me ensinou muito encostar minha voz exatamente a perder a vergonha capacidade de improviso é algo que pô eu acho que todo mundo deveria fazer até depois quando eu fui para reunião de comerciais Quando você vai fazer uma apresentação é algo que por que agrega pra [ __ ] porque se aprende a mexer com o drama da pessoa usar o tempo certo manipular também né enfim eu vejo que depois que tipo assim tem um exercício muito que tu não sabe o que fazer vai lá na frente da turma fase e erra para c****** passa vergonha todo mundo rir e tu aprende a aceitar um pouco essas esse lado de passar vergonha errar e para mim me ajudando a fazer stand-up né que antes eu era todo travado o time não consegui entrar no palco era horrível procurei teatro e e e por causa disso eu comecei a ter mais o aceitei mais a possibilidade de errado que eu vi que não errar não é tão grave assim não é a gente é muito a gente tem medo de rápido em inteiro né é como se fosse acontecer alguma coisa muito louco esse foi errar a gente ir acerta quantas vezes uma em cada dez p**** eu vou é normal aprender a lidar com o erro o nervosismo também perante ao público né uma coisa que eu senti muito quando morei fora estudei um tempo também e a gente já apresentações e tal mas voltado para esse negócio comercial e tá e eu e as pessoas cara nossa falar em frente ao público uma dificuldade todo mundo vai retrai o ombro tal e quando for eu tinha experiência do teto Então já chegava lá sabe colocava o meu slide aqui mas muitas vezes não tinha informação nenhuma no slide só o que eu dizia para chocar as pessoas marca as pessoas a forma como você se apresenta e você coloca a tua voz né como você essa expansão da voz também é morreu indireta todo mundo fazer eu acho que deveria deveria ser obrigatório É também acho né o tem mais uma aqui do Missouri nome do cara é esse sempre acho engraçado você me faz a mão quando leio o nome dele era é pa e petriere que como foi crescer sendo rodeado de pessoas famosas e também como foi ver o programa Pânico ser criado é que acompanham o a criação Com certeza eu tá com a Engraçado eu te amo 11 e 12 anos eu sentava na reunião com os caras e ficava observando as vezes ajudava da ideia então foi algo que eu acho que o projetou muito minha cabeça hoje em dia é é para Como eu como eu percebo a equipe né no papel de visual e tal mas cresceu rodeado de famosos é algo que hoje é até hoje eu enfim Conheço muita gente famosa às vezes tô tô ali no meio e tal mas é um se você Justamente eu acho que hoje eu tenho eu enxergo zero o famoso com glamour assim 0 + 0 pode ser o Neymar pode ser a Anitta eu não vejo glamour ali na pessoa e muitas vezes eu eu vejo também o lado do bebê da pessoa então sei lá se eu vejo uma eu sei lá vamos lá Anitta da vida eu vejo p*** e essa pessoa sei lá para o Neymar confiar numa pessoa que tá do lado dela não sabe eu vejo muito esse lado B eu acho que existe uma insegurança que ninguém enxerga porque todo mundo acho que pode ser lá Anitta f*** porque tal Porque ela tem muita grana ela conquistou tudo na carreira porque hoje em dia lá amiga da Biana sei lá o que é tão mas o lado do bem aí E a segurança dela em relação com ela mesma ou para com as pessoas que se relacionam com ela chega isso porque tu viu ou por causa da tua própria experiência em ser famoso eu acho que pelos dois pelos dois porque eu vi muita gente se virar famosa muita gente deixar de ser famosa eu vi eu também está na crista da onda daqui a pouco já não tava mais eu fui acompanhando muito história o meu próprio meu pai também tem muito história com as pessoas que passaram pelo banho que fizeram muito sucesso e hoje já pô já não sabe já estão em outro patamar da carreira então então eu quero essas dores enxergo eu não enxergo esse glamour todo pelo contrário assim muitas vezes eu eu até tenho não sei se é tem um tem uma como é que eu posso dizer uma reação é uma reação meio eu tenho dificuldade de me envolver demais também com quem tá vivendo muito a fama sim eu acho eu acho que essa pessoa a pessoa ali muitas vezes ela não ela vira o muito narcisista ou ou ela ela é justamente tudo que a gente conversou no ao longo do podcast lá ela não tá com pé muito firme no chão e isso acho preocupante da fama assim algo que e também traz muita coisa ruim assim apesar de trazer muita coisa boa apesar de muitas vezes trazer dinheiro trazer rodei O que é sexo poderes né Eu acho que traz a carreta também um lado ruim de gente invejosa de coisas que as pessoas não percebem de primeira instância mas que eu sei que daqui igual muitos anos da bater bate já pessoa vai sofrer alguma coisa depois Total O Caio tem alguma coisa no Super Chato aí não Super Chato não tem nada graças a Deus bater com uma pergunta alguma coisa eu tenho os cara tem um cara aqui pedindo para para falar da época do NR acampamento só tem que é será que é meu conhecido eu adoramos é o que que é um acampamento aqui em Sapucaí Mirim São Paulo com Minas Gerais ali é um acampamento que eu participei que eu estive muitas vezes conquito um abraço para o quito que é o verdadeiro dono do do Mr kito vivolo a gente fina para c****** e fui várias vezes e como acampante a mesma acampamento para molecada assim de temporadas meio de ano o fim de ano eu ia nessas temporadas e Conheci uma galera que que faz lá é uma zoeira uma festa que eu não é uma acampamento para adolescentes eu não sei lá de 12 a 17 anos e aí depois tranquilo e aí depois desse período eu virei monitores tal então fazer jogos transporte a gente ficava lá comia tinha um Chalezinho e tal é um lugar muito gostoso aqui no interior e enfim você aprende 6 conviver com a molecada assim é mais com esse intuito de com esse intuito de conviver com viver em grupos assim ela quer uns escoteiros tipo negócio assim só que não tão né você passa duas semanas você tem esses jogos você tem gincanas você tem festas é só que será que esse cara de lá e eu cara falou que ele foi monitor com você lá é quem que é o link aqui tá Faísca vai ao país que o monitor monitor país que monitor Faísca um abraço é depois fala para ele chamar no Instagram mas o kito p*** tem uma tem um amigos de lá assim o Chuck curso eu vou buscar é muito bom parece uma psicopata Faz uma série de acho que o Russo no Faísca é só os caras é mais ou menos Super Chato e nos estados tem mais uma coisa interessante aí uma perguntinha que rolou nada né não é isso que era perguntando o tio rico aqui hora essa todo mundo sabe que o tio rico Eric Surita né p*** que pariu às vezes não podem falar isso aqui o Daniel Zukerman vai me matar pô Não beleza beleza está na Barra que de resto é só uns cara que eu tô banido aqui porque eu enchendo o saco de boa aqui a gente bota aqui a lembrar é que a revista Ah tá certo galera deixar galera livre da problema pessoal não cara obrigado por vir aí curta papo sobre Obrigado você existencialismo existencialismo não é eu não sei eu não sou um cara de dar entrevistas Raramente eu eu aceito mas eu falei ao Petry parceiro do Meireles nosso parceiro vamos ver vamos ver vamos ver o que colou depois né pelo amor de Deus não vai cortar os três te mandar aí para polemizar pelo amor ele não tem nada porque não aguenta mais organizando na internet é só polêmica pelo tempo inteiro trabalho legal que repercute polêmica repercute para café falando para c****** sobre problema aqui mental sobre como superar as coisas esse tipo de coisa não bomba não corte que vai bombar é Érick é bissexual ou não é esse código a bombar outro aquele final de semana que ele vídeo que desapareceu lá me imagino que ver a família gente que não ex-namorada não sei quem amigos amigas todo mundo não porque tal que isso sério não sei o que eu falei meu amor chata de praia que eu fui falar é para que Então tá valeu Márcio Valeu obrigado obrigado você mão e é isso aí é quinta-feira estamos de volta com o à Deriva e sexta também sexta tem um convidado bem legal velho Deixa eu vou dizer o LetoDie vem na sexta e na quinta vem o Luca Mendes É isso aí então tá valeu até lá tchau tchau

Trivia

Curiosidades do episódio

O que o pessoal achou

Comentários


Compartilhe com seus amigos

À Deriva

Entrevista com um toque de humor, por Arthur Petry

Eric Surita

Eric Surita é apresentador, ator, radialista e comunicador.